terça-feira, 28 de maio de 2013

Salvé 28 de Maio, nós os portistas te saudamos...com eterna saudade!!!

Para quem acusa  o Benfica de ser o clube de regime, aqui está mais uma prova de quem era realmente o clube do regime  e de Salazar !!!

Podiam os portistas inaugurar o seu estádio numa outra data qualquer? Como por exemplo uma semana antes de 28 de Maio ou uma semana depois? 

Claro que podiam...MAS NÃO ERA A MESMA COISA !!! Eles adoravam o Salazar... que proibiu o hino do Benfica (Avante Benfica) e lhes mudou a cor das camisolas. ( de vermelho para encarnado)


O CLUBE DA FRUTA, DOS QUINHENTINHOS, GUIMARO, CALHEIROS, Martins dos Santos, Garrido e de outros meliantes, TINHAM QUE MOSTRAR GRATIDÃO  ao regime que até os salvou em 1939 de não irem parar à 2ª. Divisão.

Já vi a Taça na nossa Catedral. É realmente uma Taça grandiosa que não fica nada a dever em beleza e tamanho às duas Taças dos Campeões Europeus.
    -----para dar mais brilho à coisa, convido-vos a lerem um post num blogue portista.
----------------------------

«Curiosidades FCP» - A vitória do Benfica na inauguração do Estádio das Antas

Hoje, nas «Curiosidades FCP», recuamos a 28 de Maio de 1952 e ao jogo que marcou a inauguração do Estádio das Antas.
A cerimónia de inauguração contou com a presença do General Craveiro Lopes, então Presidente da República, que desceu ao relvado para colocar no estandarte do FC Porto a Medalha de Mérito Desportivo e para passar revista à guarda de honra, formada por um batalhão de milícias da Mocidade Portuguesa. Além do General Craveiro Lopes, a inauguração do estádio contou com outro ilustre convidado, o Benfica! Como foram convidados de honra, os encarnados levaram consigo um troféu (na foto) com 18 quilos de peso, destinado ao vencedor dessa partida.
No entanto, o resultado desse jogo acabou por não ser propriamente o que os portistas desejavam que ficasse associado à inauguração do novo estádio: 2-8!
  
Uma vitória benfiquista que, no dia seguinte, gerou controvérsia na cidade do Porto, pois levantaram-se suspeitas e muito se especulou sobre o possível estado ébrio de alguns jogadores. Quem o confirmou foi Virgílio, o célebre defesa direito do FC Porto e da Selecção Nacional, que, numa entrevista aquando da demolição do estádio, recordou o dia da inauguração: «Disseram que estávamos embriagados, porque tínhamos ido almoçar ao restaurante Abadia. Mas é mentira! Estivemos muito tempo parados, ao sol, a aguardar o final das formalidades da inauguração, enquanto os jogadores do Benfica estavam no balneário e subiram ao relvado frescos. Isso fez a diferença. Nós queríamos muito ganhar, mas nesse dia nada saiu bem».
(eheheheh foi do sol...não foi por causa da superior categoria do Benfica...)
Apesar da derrota, o sonho de todos os portistas foi transformado em realidade. O FC Porto passava a ter um espaço condizente com o estatuto que, nessa altura, já ostentava. Para Virgílio, o melhor «foi deixar a caixinha de fósforos que era o Campo da Constituição e passar a jogar naquele estádio. Foi como despir um fato de ganga e vestir um fato de gala».
Em cima, a ilustrar o 'post', 3 fotos da inauguração do antigo Estádio das Antas. Na primeira, os benfiquistas Francisco Moreira e Manuel Arsénio (autor do primeiro golo no Estádio das Antas) surgem a transportar o pesado troféu (reparem que se vê o emblema do FC Porto na base) que o Benfica conquistou depois da vitória sobre o FC Porto.

É curioso que, dois anos mais tarde, a 1 de Dezembro de 1954, o FC Porto retribuiu a "gentileza" e também venceu (3-1) na inauguração do Estádio da Luz. (AQUI SIM....foi do sol)  Naquele tempo, as relações entre os dois clubes eram tão diferentes que Urgel Horta, Presidente do FC Porto e deputado da Assembleia Nacional, afirmou: «Daqui, do alto da minha tribuna de deputado, velho praticante e dirigente, saúdo o Benfica, apontando-o como exemplo que deve ser imitado e seguido, a bem da Nação». Outros tempos! 
(Este Urgel Horta deputado na era fascista ( quando o Benfica tinha operários na Direcção perseguidos pelo Estado Novo)  era presidente do fcporto em 1939.....quando o porto devia ter ido para a 2 ª.divisão...)

19 comentários:

  1. Sou Luiz Sousa - Portista

    Caro Viriato de Viseu,

    Só na democracia comecei a ver futebol com consciencia, mas...chamar ao FCP de "clube do regime" parece-me francamente exagerado...

    Ningem pode negar que na década de 60/70 o slb era efectivamente, por tudo o que ganhava e alegrava o povo, o representante do Futebol na trilogia dos 3 "F's" -Fátima/Futebol/Fado

    Cavalgava o regime nos sucessos do slb e o benfica nas vantagens dadas pelo regime.

    Abc

    ResponderEliminar
  2. Sou Luiz Sousa - Portista

    Caro Viriato,

    As vantagens das "facilidades" da centralidade de Lisboa, que acabavam por resultar no periodo de 3 campeonatos para slb, 1 para o sporting :)
    Depois dizem os sportinguistas que o Eusebio foi "desviado" para o slb pois assim quiseram os "mandantes" do regime.

    Sou leitor ocasional deste blog e de outros blogs benfiquistas, pois é interessante ler o que diz o adepto adversário.

    De qq maneira, para quem lê e comenta neste óptimo blog, pf consultem este post num blog portista que é escrito por gente equilibrada (sempre com uns óculos azuis, como deve ser...)

    É sobre o Jesus e, na minha opinião, faz um excelente e muito lúcido resumo que serve para as vossas discussões internas...

    http://www.dragaodoente.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se os ceportinguistas têm em si alta consideração, já para mim eles falarem e chiar uma carroça é mesmíssima coisa.

      O Eusébio veio para o Benfica porque segundo a sua Mãe, o Benfica deu "dinheiro grande"

      As "facilidades" do regime, resultaram - a seu ver - em 3 campeonatos para o Benfica e 1 para o Ceportém?

      Então o regime, só durou esses 4 anos???

      Eliminar
    2. Caro Viriato,

      Nao me fiz entender...Veja este site que tem a tabela dos campeões: http://www.campeoesdofutebol.com.br/portugal.html

      No período de 1960 a 1977 o slb começou com 2 campeonatos e depois 1 Sporting e a partir dai até 77 eram TRI para slb e 1 para sporting.

      Estamos a falar de 19 anos de "poder" de Lisboa no futebol...o nosso período de "seca" em que o FCP já perdia quando cruzava o Douro...Só o Pedroto nos retirou esses estigma ! :)

      Eliminar
    3. O poder de Lisboa no futebol, no que ao Benfica diz respeito tem vários nomes.
      Tome nota por favor;
      Costa Pereira, Bastos, Mario João,Cavém, Humberto Coelho,Germano, Calado, Artur, Cruz, Malta da Silva, Adolfo, Luciano, Toni, José Augusto, Santana, Eusébio, Coluna,Águas, Torres, Simões ...e podia estar aqui mais umas horas a falar desses "poderes" mas acontece que amanhã tenho que me levantar cedo pelo que, foi um prazer teclar consigo.
      Amanhã voltamos ok?
      Abraço

      Eliminar
  3. O Benfica é um clube do Povo mas não me parece que tenha sido do Regime do Salazar.

    ResponderEliminar
  4. Enfim, ser clube do regime é ter ganho na altura do Salazar, quando contra ele o Poder que na altura governava perseguia dirigentes do SLB. Já nessa altura, e uma vez que até poderia ter havido vantagens financeiras para o clube, viu vetada a transferencia de Eusébio para o Real Madrid.
    Ser clube do regime é ser o primeiro clube em Portugal a ter eleições democraticas, ter como cor clubistica a cor do partido da oposição do antigo regime, não ter dirigentes que pertenceram ao governo de Oliveira Salazar, ver o seu direito como vencedor do campeonato negado em primor do 2º classificado e irem eles à Taça dos Clubes Campeões Europeus por nomeação do próprio governo... Isso é que faz do Benfica o verdadeiro clube do regime!!! Tenha dó e pense mais um pouco antes de atirar para o ar tudo o que o seu presidente regorgita como verdades absolutas.
    É tanto o Benfica o clube do regime como o seu clube é fundado em 1894!!! Mentiras, por mais espalhadas que sejam nunca irão passar disso mesmo, MENTIRAS!!!

    ResponderEliminar
  5. Recomendo dar uma vista de olhos com mais atenção a este blog onde explica mais detalhadamente a veracidade dessas afirmações!!!

    http://www.empowernetwork.com/ahmunra/blog/benfica-o-clube-do-regime/?id=ahmunra

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já li. É tudo muito interessante. Por exemplo esta;
      ---------------

      Alguns dados curiosos reunidos sobre a fruta:

      O Estádio das (C)antas, construído com fortíssima ajuda do regime, e financiado por gente a ele ligada, foi inaugurado num dia 28 de Maio (de 1952 pelo General Craveiro Lopes,) data em que Gomes da Costa (Décimo presidente da República Portuguesa e o segundo da Ditadura Nacional) havia partido do norte em direcção a Lisboa para instalar a ditadura em Portugal, isto 26 anos antes. Curiosamente, o Benfica estragou a festa e venceu por…2-8 !! E já agora, o antigo Estádio da Luz foi inaugurado no dia 1 de Dezembro (data da Restauração da Independência) e a 5 de Outubro (Implantação da República) foi inaugurado o 3º anel.
      No início dos anos quarenta, a tão apelidada época dourada de Salazar, os frutas beneficiaram da ajuda dos seus influentes homens do poder para, através de dois cirúrgicos alargamentos, evitar cair para a segunda divisão, pois tinham ficado classificados em terceiro lugar no seu campeonato regional, o que naquela altura significava não ter acesso à fase final do campeonato nacional, pois só lá íam… os dois primeiros. Bestial.
      13 de Março de 1928, é uma data que assinala a estreia do aproveitamento institucional de um clube desportivo e consequentemente da cobertura e protecção que lhe foram dadas pelo aparelho político que iria desembocar no estado novo. Urgel Horta – 31 anos de idade (conhecido PIDE, responsavel por muita tortura e por muita gente desaparecida; Urgel Horta foi do piores personagens que este país já conheceu. Foi o que se denomina por um Facho reacionário), sendo presidente do FCP e tendo feito amizades, com alguns dos militares que implantaram em Portugal, a Ditadura Nacional que estaria na origem, em 1933, do Estado Novo, consegue com uma “cunha de tamanho fascista” que o Presidente da República Óscar Carmona, Manuel Rodrigues Júnior (Ministro das Finanças) e José Alfredo Mendes de Magalhães (Ministro da Instrução Pública) assinem o Decreto-Lei que fez do FC Porto o pioneiro (e único clube durante 32 anos e seis meses) detentor do estatuto de Utilidade Pública passando a usufruir de todos os benefícios daí inerentes:

      O Benfica, apenas atingiu tal distinção e proveitos a 6 de Setembro de 1960, passados… 32 anos e seis meses após a estreia portista como “Clube do Fascismo”!E não foi sozinho…

      Eliminar
  6. BOM DIA
    As coisas que se descobrem. lool
    BENFICA É SEMPRE ENORME.
    O resto que "discuta"quem entende.

    Saudações desportivas.

    ResponderEliminar
  7. Nós os antigos, já velhotes, sabemos essas coisas, embora nunca consigamos sabê-las todas. Tenho aprendido muito com os blogues. Agora que o fê-cê-pê foi SEMPRE UM CLUBE FASCISTA, ah isso eu sempre soube!Ao contrário, o SLB foi sempre democrático, conectado com o PCP, daí Salazar ter proibido o hino primitivo(este que está no blogue acima) e ter proibido a designação de "vermelhos" exatamente pele conotação com os vermelhos do PCP. Salazar aproveitou-se do Benfica apenas para dar projecção internacional ao país. Ninguém sabia quem era o fcp, toda a gente sabia quem era o BENFICA. O regime aproveitou-se disso, ao contrário do fcp que se aproveitou do regime!
    maria

    ResponderEliminar
  8. LC (do fcp)29/05/13, 13:55

    Continuem a entreter-se com estas histórias. Entretanto o meu Porto continua a ganhar.

    ResponderEliminar
  9. Na realidade apenas fizeste copy paste de parte dum artigo sobre a inauguração. O teu post perde relevância quando metes mentiras e suposições, além de várias incorrecções históricas.

    Bastaria pesquisar um pouco sobre o que aconteceu entre 1938 e 1942 para esqueceres o disparate do regime poupar a descida de divisão ao FCP. Já agora sabes o que aconteceu? 5 minutos de pesquisa ajudam-te.

    Depois relembro os meus colegas benfiquistas, os que ainda têm clarividência, que o clube cuja sede foi invadida pela PIDE em 4 ocasiões foi o FCP. O clube que mantinha tertúlias secretas anti-regime era o FCP, o clube que mantinha uma relação de cordialidade com o SLB quando este estava afastado do regime era o FCP. Relembro também que o clube mais beneficiado, ás claras, entre 1964 e 1972 era o SLB. Relembro que a selecção de 1966, quase por decreto, foi impedida de convocar 3 jogadores do FCP em deterimento de jogadores do SLB.

    Percebo que isto vos incomode, mas nenhum benfiquista algum dia mudará a história!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tertulias secretas anti-regime onde? Nos corruptos?
      Deixem-me rir antes que me esqueça...

      A Selecção de 66 quase por decreto? Nem era preciso decreto nenhum, basta veres os nomes dos jogadores do Benfica na altura. Enxerga-te!!!

      E uma selecção onde estavam 10 Benfiquistas a jogar, mais o Costa do teu clube de Contomil? Lembras-te???

      Eliminar
    2. Tertúlias secretas anti-regime?????O FCP?

      Eliminar
  10. A propósito da imagem do Benfica transportando a taça ganha na inauguração do campo do corruptos, deixem-me só realçar a titulo de curiosidade, que os dois jogadores do Benfica que carregam a taça, são o Moreira e o grande Arsénio, que nesse jogo contribuiu com "apenas" 4 golos para a goleada!


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito bem.Parabéns e obrigado pela informação...

      Eliminar

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...