segunda-feira, 16 de abril de 2012

DI NATALE... O GESTO HUMANO ...O MEU APLAUSO


Hoje, enquanto ouvia Guns N`Roses na canção November Rain, dei comigo a pensar no mundo do futebol.

Não propriamente que Nicolás Gaitán ia para o Manchester United, recebendo o Benfica cerca de 25 milhões de euros, mais os jogadores Macheda - avançado italiano, e Fábio, defesa esquerdo brasileiro, sendo o primeiro a título definitivo e o 2.º por empréstimo de uma época.

Não pensei nisso porque efectivamente quero esquecer essa transferência feita pelo nosso jornalismo, como já esqueci os dois jogadores do Atlético de Madrid que vinham para o Benfica no negócio Simão Sabrosa, ou mais recentemente, a ida de Óscar Cardozo para o Besikas, do Javi Garcia para o Olimpique de Marselha, do Luisão para o Inter de Milão ou Roma, do Emerson para o nosso vizinho Ceportém por troca com um tal avançado Holandês - Wolfswinkel - que eles lá têm e que de vez em quando marca um golito quando tropeça na bola, ou ainda do Witsel para o Manchester City.
Sei e sabem todos os benfiquistas que também Saviola já tem contrato assinado para a próxima época, com o Rkcabal da Ásia, ou ainda que Nolito vai para o Lyon, não esquecendo que Garay vai regressar ao Real Madrid, a troco de 10 milhões de euros, mais o passe do Di Maria que assim volta à Catedral.

Todos estes jogadores já foram vendidos pela imprensa, pelo que, sugiro a Luís Filipe Vieira e/ou ao Rui Costa, que comecem a preparar os juniores para que na próxima época possamos ter jogadores disponiveis para jogar o campeonato Nacional, entre outras competições.

Pensei sim em Di Natale, avançado italiano, actual jogador do Udinese. Não. Não consta que venha para o Benfica, embora se fosse trocado pelo Capdevilla, visto que têm a mesma idade (34 anos) até que não seria mau de todo. Um pelo outro, decerto que o Benfica não ficaria a perder.

Pensei nele, simples e puramente por esse, ter hoje, revelado um lado humano apaixonante, brilhante, quiçá mesmo exemplar.
No último Sábado morreu em campo Mário Morosini, jogador do Livorno, emprestado a esse clube pela Udinese, vitima de paragem cardiaca a fazer lembrar o nosso saudoso Miklos Feher.

Ora o falecido tinha uma irmã, Maria Carla de seu nome, portadora de deficiência fisica, que se encontrava sobre a sua responsabilidade. Ficou sozinha e sabemos o quanto é difícil nestes casos arranjar quem tome conta destes maravilhosos seres humanos.

Di Natale decidiu requerer a custódia da Maria Carla, a qual, havia ficado sem o seu maior suporte de vida, que era o seu irmão, Mário Morosini. Um gesto a todos os títulos LOUVÁVEL.
Os homens não se medem pela altura, cultura, habilitações, extracto social, filiação, ou outro análogo. É nestes exemplos simples e solidários que se vê o quanto o coração humano pode não ter fronteiras para a grandiosidade da alma.

BRAVO  Di Natale.... O MEU APLAUSO

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...