quinta-feira, 5 de abril de 2012

AIMAR - DOIS JOGOS DE SUSPENSÃO??? - CRÁPULAS


Sou daqueles que ainda quero acreditar na seriedade das pessoas. 
Custa-me ter que pensar que existem factores, falando no "campo" desportivo, que interferem no subconsciente de quem manda nas instâncias superiores, não os deixando esquecer os seus interesses clubistas.

Sei que todas essas pessoas gostam deste ou daquele clube. É uma verdade indesmentível.

Mesmo sendo um leigo na matéria custa-me verificar que Pablo Aimar que levou um cartão vermelho, muito discutível, no jogo realizado em 27Mar2012, contra a Olhanense, tenha sido punido pelo conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, com dois jogos de suspensão, falhando assim, dois dos jogos mais importantes a disputar pelo Benfica neste campeonato: Contra o Braga na Luz, que ganhámos brilhantemente por 2-1, e na próxima Segunda-Feira, contra o Sporting, em Alvalade.

Ainda hoje existe quem defenda que Pablo Aimar nem tocou no jogador da Olhanense. Essas mesmas pessoas, defendem que, o lance pela existência de alguma espectacularidade deveria, quanto muito, ter sido punido com cartão amarelo.
Olhando a essas opiniões, algumas de árbitros já na reserva, sendo vermelho, deveria o jogador ser castigado somente com um jogo de suspensão.

Recorreu o Benfica para o Plenário do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, a qual indeferiu o recurso apresentado, ratificando a suspensão de dois jogos que havia sido aplicada ao jogador em referência.
O Benfica pode, e penso que o vai fazer, recorrer para o Conselho de Justiça da FPF. Só que, mesmo que o faça, nunca a suspensão será ratificada (ou não...) antes de 2.ª Feira, dia em que se realiza o jogo contra o Sporting, como já foi referido.

Diz o ditado: "Ganhar contra tudo e contra todos".

Na minha modesta opinião nunca tal ditado se aplicou tão bem como agora. Altos interesses estão em jogo. E podemos aquilatar da veracidade desses Altos interesses, bastando para o efeito verificar como o Benfica foi prejudicado em Coimbra e contra o Porto no Estádio da Luz, para falar apenas em dois dos jogos mais recentes.
Sem Pablo Aimar vencemos o Braga de uma forma justíssima, sem mácula. Acredito que também o vamos fazer em Alvalade, dando razão ao referido ditado: "Contra tudo e contra todos".
O Benfica está coeso. Existe entre os jogadores uma vontade indomável de vencer. Não será, penso eu, fácil de derrubar a estrutura mental dos nossos atletas.

Claro que se o árbitro quiser não ganhamos em Alvalade. Infelizmente é um "ser superior" que faça o que fizer serão sempre válidas (validadas...) as suas decisões. Mesmo que a seguir esteja uma semana ou duas na "jarra" - como se ousa dizer - , nunca se saberá se perdeu ou ganhou, com o "castigo". Se calhar... ganhou.
Quero acreditar que vamos ter, em Alvalade, uma arbitragem isenta. Existirão erros entre todos os intervenientes, bem o sabemos. Também sabemos que os erros dos jogadores são mais fáceis de esquecer que os erros do árbitro.
Bom será que que não se fale dele, e se assim for, acredito que o Benfica com a sua capacidade de luta, sofrimento e querer, sairá de Alvalade vitorioso.

Os crápulas não nos vencerão. Por isso, contra tudo e contra todos, o Benfica vai ser CAMPEÃO NACIONAL, e o Universo benfiquista festejará em Maio, no Marquês de Pombal, em Lisboa, em todo o Portugal, e em todo o Mundo, onde houver um cidadão português.

Viva o Benfica

Abaixo os Crápulas encapotados

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...