quarta-feira, 26 de outubro de 2011

QUATRO EXPOENTES DO BENFICA ...

Witsel, Javi Garcia, Rúben Amorim e Nicolás Gaitán.

Quatro futebolistas que honram o Manto Sagrado e nos orgulham por vestir aquela camisola, que pela sua beleza e história, é única no Mundo.
Witsel, chegado esta época, veio dar ao meio campo do Glorioso, a sustentação de um futebol que liga o meio campo/ataque.
Javi Garcia, um jogador que jogando no meio campo, ajuda na defesa, com uma garra só própria dos predestinados.
Rúben Amorim é aquele jogador que, sempre voluntarioso, joga no meio terreno, pela direita, fazendo também de defesa direito, quando por impedimento de Máxi Pereira, a tal é chamado.
Nicolás Gaitán, é um médio ofensivo, que pauta e comanda o futebol de trás para a frente, jogando e fazendo jogar os seus companheiros.
Um grande jogador que todas as equipas de topo gostariam de ter. Felizmente que veste o Manto Sagrado.
Transportando os factos, por analogia de curiosidade, para um programa televisivo, diria eu, e se calhar muitos benfiquistas, que Rúben Amorim, é o elo mais fraco. Até poderá ser.
No entanto é um jogador que disfarça a falta de certos atributos técnicos, com a sua entrega ao jogo, deixando em campo, tudo o que tem. Por isso o admiro e respeito.

Estes quatro jogadores, entre outros, são mensageiros do "GRITO" de rebeldia, que em campo se transforma em vitórias do Glorioso.

Continuem assim.

VIVA O BENFICA

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...