sábado, 26 de dezembro de 2009

Ele há com cada engano...

O caminho da insurreição leva por norma às trevas.

Miguel, o traidor.1, saiu do ENORME Benfica, há cerca de 4 anos, rumo a Espanha, à procura do El Doirado.
Saiu pela porta pequena e, já nessa altura tinha fama de play-boy.
Noitadas, águas turvas bebíveis, licores e outros (nada de bebidas alcoólicas ...), têm feito com que, periodicamente, se veja envolvido em cenas menos próprias de quem quer ser GRANDE, tais como:

- Agressões a jornalistas, no Algarve
- Noitada com o traidor.2 – Manuel Fernandes – tendo sido este e se calhar também o traidor.1, detido(s) em Espanha.
- Noitada em bares em Lisboa onde viu envolvido em Pancadaria
- Noitada, em Lisboa com passagem por uma discoteca, algures ali para os lados da Cruz de Pau, onde mais uma vez, embora se fizesse acompanhar por gente pacata e trabalhadora, se viu envolvido em cenas que, inclusive, porque o conheceram e pensavam que tinha regressado ao Benfica, houve até fogo de artifício, vulgo por engano... Tiros de arma de fogo

Um dos seus pacatos companheiros foi detido (mas como????) por posse de uma arma da qual não tinha licença.
Conhecendo como se conhece (olhando aos antecedentes...) os amigos do traidor.1, é evidente que todos sabemos tratar-se de uma pistolita de água, daquelas que se usam pelo Carnaval.
Ninguém tem culpa que os jactos de água que porventura tenham (ou não) saído dessa ou doutra análoga, fossem esbarrar numa parede e num carrito, ambos de papel, razão pelo qual lhes fizeram uns furitos sem qualquer importância

Consta que o grupo de meninos de coro foram levados para uma Esquadra local onde estiveram a prestar declarações, sendo um, logicamente por engano, detido pelo uso (ou transporte que é o mais correcto...) da tal fingida pistolita de água.

Também não se compreende a razão de não terem deixado entrar, na Discoteca, o traidor.1 e os seus amigos, quando ao que consta, quando esses chegaram, até se dirigiram a um porteiro, menino franzino, magrito, com cerca de 1,60m de altura e, educadamente, até lhe pediram por favor para lhes deixar ir buscar uma garrafita de água das pedras, em virtude de, um deles, estar mal disposto com azia.

Talvez se recordando de algum jogo de futebol recentemente jogado na Capital do País.

Dizem as más línguas que o traidor.1 nem queria ir com os amigos, só tendo ido, por conhecer os seus dotes de bons e super pacíficos rapazinhos.

Que azar teve o traidor.1, estar no local errado à hora errada.

NOTA: Não consigo (ou consigo????) perceber o porquê das estações de rádio, tvs e outros orgãos de informação, que deveriam ser isentos e não tendenciosos, catalogam o Miguel como ... ex-jogador do Benfica, quando deveriam dizer: Miguel, jogador do Valência.
Não seria mais honesto?

Mas o Benfica é muito grande, não é verdade?

Há coisas fantásticas não há???????

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...