sábado, 28 de julho de 2012

"DISCUTIR" IDEIAS BENFIQUISTAS


Alprazolan, um denso comentário.

O meu anterior “post”  mereceu do Companheiro Alprazolan um longo e denso comentário que eu já lhe agradeci e que considero suficientemente relevante para, juntos, discutirmos o que ele pede que eu esclareça, seguindo o caminho que ele abriu – o de discutir o Clube com Benfiquismo, permitindo-me marcar bem a diferença de tratamento que dou, quando surgem Companheiros que usam da perfídia, da mentira e da demagogia para tentar justificar o injustificável, o que não são os casos nem do Alprazolan, nem do Bagão Félix.

Eis o comentário em causa, no qual introduzi uma numeração que facilite a contra argumentação que se lhe segue: 

Caro José Albuquerque tenho enorme curiosidade em ler aquilo que escreve e agradeço-lhe alguns esclarecimentos que retirei das suas escritas. 

(1) É sempre bom ver as duas faces da moeda, principalmente, quando a imprensa teima em mostrar a mais depreciativa. No entanto, não creio que seja o que se passa neste caso e

(2) não creio que possa pensar que todos os benfiquistas que criticam a construção do plantel sejam "maus adeptos" ou pessoas com objectivos escondidos. Às vezes, é bom auscultar a população e retirar da mente os jogos de intriga da corte. 

(3) A saúde financeira do clube não pode constituir um objectivo final, mas sim um passo para o sucesso desportivo. 

(4) Quando se critica que o Benfica tem muitos avançados sob contrato e algumas carências defensivas, bem documentadas, parece-me uma opinião consensual. 

(5) Há vários anos que não temos um defesa lateral que possa substituir o Maxi Pereira. 

(6) É bem documentada a falta de investimento do Benfica na aquisição de um bom lateral esquerdo (F. Coentrão foi uma adaptação provocada pela falta de opções credíveis no plantel, para essa posição). 

(7) Imagine o que teria acontecido , na época passada, se Maxi Pereira se tem lesionado. Quem jogaria? Lanço-lhe outro desafio: 

(8) porque razão foi Capdevila contratado a época passada, se depois não preenchia o perfil desejado pelo treinador (jogador mais rápido e que fizesse o corredor todo)? 

(9) Nem vou falar sobre o Emerson, porque já me provocou pesadelos que chegassem a época passada. 

(10) Não acha que teria sido mais prudente, depois do calvário da época passada em relação ao lateral esquerdo, começar a época adquirindo um lateral que desse garantias, ao invés de tentar a adaptação de um miúdo que não tem rotinas no lugar?

(11) Numa época tão importante para a estabilidade do clube, não acha que tudo isto era desnecessário? 

(12) E as incongruências entre o que diz o treinador e o que diz o presidente?

(13) Enfim, muitas vezes, é bom cingirmo-nos ao óbvio, em vez de tentar defender o indefensável. É que, quando todos os carros circulam em direcção contrária à nossa, o mais provável, é ir-mos em contra-mão. 

Ah! (14) E não pense que sou oposicionista, porque até ao momento não conheço qualquer oposição.

Enorme Alprazolan, Companheiro,

1 Garanto-te que, para formar opinião, eu não necessito de “ver as duas faces da moeda”, porque a minha moeda tem as duas faces iguais e ocupadas pelo Nosso Glorioso Emblema e, talvez por isso, quando tenho duvidas sobre um assunto, procuro esclarecer-me junto de alguns Companheiros, nomeadamente na Gloriosasfera, sem nunca confiar na mérdia desportiva nacional. Ainda que os não confunda, considero que há muitos Companheiros em cujos blogues eu identifico a maioria dos defeitos de que enfermam os mérdia, não porque também os creia ao serviço do POLVO, mas porque sinto que o anti Vieirismo obsessivo lhes condiciona o raciocínio ou, pelo menos, a escrita.  Surpreende-me e muito que tu consideres que, neste caso (talvez consideres que o Roberto foi uma “exceção”), a mérdia não está a fabricar mais uma novela hedionda contra o Glorioso, mas olha que eu discordo de ti.
  
2 Eu nunca usei “Benficómetros”, não me considero nem mais nem melhor do que qualquer outro Benfiquista, mas não hesito em atacar, sem punhos de renda, alguns comportamentos (a opinião escrita é um comportamento) que demonstrem a negação dos Valores Benfiquistas. 
Casos como os Companheiros do “Por Ti Benfica”, alguns dos apoiantes do “Vencer, Vencer” e, especialmente, o bicho castrado, que parecem fazer gala em mentir, aldrabar e abusar da demagogia mais cobarde, sempre em prejuízo da imagem do Clube e em desrespeito pelos que, eleitos ou contratados, lutam o melhor que podem e sabem pelos Nossos interesses coletivos, exemplos infelizmente muito ecoados em alguns blogues, para com esses Companheiros e esses comportamentos, peço-te que não me peças contemplações.
No caso do Companheiro Bagão Félix, que mais não fez que “encarreirar”, nesta novela dos laterais, com a maioria que qualifica a gestão da SAD de incompetente, eu apenas quis identificar todas as contradições em que, para assim fazer, ele se enterrou. O excelente comentário que o Companheiro GUACHOSVERMELHOS fez (logo a seguir ao teu) expressa, com brilhantismo, onde eu sinto que erradicou o seu crasso erro.

3 “… um passo para o sucesso desportivo”, escreveste tu e eu, completamente de acordo contigo, adiciono o adjetivo necessário (infelizmente, não suficiente), ou seja e no longo prazo, não haverá sucesso desportivo sem equilíbrio económico e saúde financeira.
Aliás e regressando ao Companheiro Bagão Félix, essa tem sido uma das teses que ele mais tem repetido (tal como “mais portugueses” e “mais jovens da formação”) e que, implicitamente, abandonou para escrever aquela crónica. 

4 E eu concordaria contigo se tu escrevesses que o Plantel tem mais opções e de melhor qualidade do meio campo para a frente, do que no setor defensivo, mas discordo dessas alegadas “carências defensivas”. 

5 Tal como discordo que a Equipa não tenha tido, “há vários anos” um suplente para o Maxi: temo-los tido (incluindo um Benfiquista que mandou o Técnico á merda) e continuamos a ter. O que acontece é que há Companheiros que lhes não reconhecem a qualidade desejada.

6 Não é verdade o que afirmas: não só a SAD tem investido bastante em Atletas para ocupar essa posição (e a do lado direito), como é sabido que quis investir ainda mais, nomeadamente nos dois atletas que o crac adquiriu por quase 30ME, tal como tinha tentado contratar o ranhoso do Álvaro Pereira.

7 Mesmo depois da saída do Ruben e se fosse eu a escolher, o Miguel Vítor faria a posição (e teríamos melhor lateral do lado direito que do esquerdo).

8 Parece que insistes em escamotear que a SAD contrata os melhores Atletas disponíveis, dentro dos seus limites económicos e financeiros. Sempre que o mercado e os Nossos limites tornam possível a contratação do “Atleta Ideal” (???) ficamos todos radiantes (exceto os anti Vieira, claro), quando um e outros só permitem a contratação de mais um excelente Atleta (como são todos, todos sem exceção, os que vestem o Manto Sagrado), compete ao Técnico tentar dele retirar o melhor contributo para a Equipa.

9 Não vais falar do Émerson mas … deverias, porque se trata de mais um caso em que uma “santa aliança” entre a mérdia, os anti Vieira e os “exigentes” condicionaram negativamente, a ponto de … já não haver outra saída.

10 Se reparares bem, verificas que as duas primeiras contratações do defeso (Luisinho e Michel) incluíram aquele que eu considero ser o segundo melhor lateral esquerdo português, ou não concordas comigo?
O que sucede, Companheiro, é que, tal como em 90% das contratações do Glorioso, há sempre quem as ponha em causa (Maxi, Luizão, Coentrão, Javi, Nolito, “Gordo”, Rodrigo, Matic, Tacuara, Di Maria, David Luiz, etc., etc., etc.), “beneficiando”, muitas vezes, dos ecos da mérdia e a amplificação dos anti Vieira. O paradigma destes exemplos vai ser, por muitos anos, a vergonhosa campanha contra o Roberto.
Quanto ao “miúdo que não tem rotinas” e que o Bagão Félix já sabe que não presta (veremos qual vai ser o tamanho do sapo que ele, e outros, terá de engolir), vou-te dizer o que lhe diria se fosse pai dele: tens tudo o necessário para vir a ser um excelente lateral (esquerdo e direito) e como essa é a posição em que o mercado mais valoriza os atletas, trata de dar o litro e aprender o mister.

11 Nesta época, tal como em todas as outras, o que eu considero desnecessário é ver tantos Benfiquistas armados em “baratas tontas” (ai que já perdemos o campeonato, ai que vamos voltar a ser humilhados, ai …, ai …, ai) e sem perceber que a Equipa está ainda mais forte do que na época passada, em que foi, de longe, a que melhor futebol praticou em Portugal e uma das melhores de toda a Europa.

12 Sugiro-te que faças como eu: não ligues ao que o Técnico diz nas conferencias de imprensa, porque já todos sabemos que não é esse o seu ponto mais forte. E gaba a pachorra do Presidente (que sabe bem que não vivemos num “mundo ideal” e usou de uma extrema classe para esclarecer a politica de aquisições do Clube.

13 Como sou muito exigente, começo por sê-lo comigo próprio, antes de o ser com os demais. Por isso, nunca penso pela cabeça dos outros, mesmo que eles aparentem ser uma maioria. Nota que tenho muito Orgulho Benfiquista em me ter juntado á “minoria” que veio a conseguir salvar o Clube do abismo em que um Presidente (democraticamente eleito) o estava a afundar.

14 Espero que concedas que te não tenho tratado como “oposicionista”, mesmo que estejamos em clara oposição, ahahah.

Companheiro (Companheiros), 

Quem me conhece sabe que nunca contribuirei para este tipo de “novelas” (eu estou mais com a Imensa Margarida, quando ela confessa já estar “pelos cabelos”), mas creio que, com tantas respostas, também conquistei o direito a devolver algumas perguntas …

Quem é que acha que a SAD (Presidente, Administrador do pelouro do Futebol, Diretor Geral do Futebol e Técnico) não preferia já ter conseguido contratar um Atleta “ainda mais excecional” (se pretendem ler outros adjetivos aplicados aos Atletas, mudem para blogues dos adversários) e para todas as posições da Equipa?

Quem é capaz de sugerir o nome de um só (um só já chegava) atleta, lateral esquerdo de raiz, que não seja só uma promessa (desses, temos vários), passível de ser contratado a custos (também salariais) comportáveis?

Quem é que acha que o Rojo, contratado pela osgalhada por 4ME como defesa central, teria sido a solução “sebastiânica” para a Equipa?

Quem é que acha que a SAD deveria ter investido quase 30ME em dois laterais (um deles uma adaptação) que nem na canarinha olímpica são titulares?

Deixemo-nos de tretas, Companheiros: ainda que a Equipa fosse formada pelos 11 (e 18 e 25) melhores atletas do mundo, haveria sempre um que seria o menos bom, tal como haverá, sempre, uma “galinha mais gorda no quintal do vizinho”.

A maioria esmagadora dos que alimentam a “novela NH3”, fazem-no por anti Vieirismo, fazem-no porque estamos a 3 meses de eleições e fazem-no sabendo bem como esta época é fundamental para o projeto desportivo do Glorioso (com o lançamento da Equipa B, o fim do monopólio do mamão chupista e a AG eleitoral)

Viva o Benfica!
***********
Escrito por: José Albuquerque
****************************************************
Nota da Administração:


Embora este artigo brilhantemente escrito pelo nosso amigo José Albuquerque seja baseado num comentário desse enorme amigo e benfiquista Aprazolan, TODOS os OUTROS benfiquistas, o podem (e devem...) comentar, apresentando as suas ideias perante o exposto, debatendo outras, apresentando-se activos na "discussão" dos temas.

Obrigado

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...