terça-feira, 15 de maio de 2012

Milagre financeiro ?

Acabei de receber um correio com uma série de links para um excelente texto publicado pelo Enorme Boloposte no BnRB e para outro no BENFIQUISTASDESDEPEQUENINOS, ambos (de dia 11 de Maio) a propósito de um slide show (www.slideshare.net) que está a ser divulgado pelos anti Vieira e que pretende ser uma critica aos resultados da gestão do Glorioso (essencialmente da Benfica SAD).

Uma vez mais e por tratar-se de um documento relativo ao tema da minha competência profissional, sinto-me na obrigação de escrever para os leitores d’ OBELOVOAR, por forma a esclarecer e desmentir o que esse documento sugere e afirma. Uma vez mais e como os autores atacam o Benfica porque, aparentemente, não sabem atacar a Direção sem o fazer, sinto-me na obrigação de os vir desmentir, esclarecendo os nossos leitores.

Entretanto, parecem-me exigíveis dois pontos prévios, a saber:

1. Que este vai ser um texto longo, mas que me comprometo a evitar escrever em “economês”; e 
2.  Que este vai ser um texto “para adultos”, porque eu não tenho o talento dos escribas acima citados e não considero que quem tenta manipular os Benfiquistas, ainda mais quando o fazem a coberto da cobardia do anonimato, mereça que usemos de diplomacia para adjetivar as atoardas que escrevem.

Cabe aqui um esclarecimento dirigido aos (muitos) que pensam que o debate entre Benfiquistas se deveria pautar pela máxima elevação e evitar todo e qualquer excesso de linguagem, maioria essa á qual me juntaria de bom grado e me juntarei de pronto, desde que os que desejam atacar o Nosso Presidente e, eventualmente, substitui-lo, o não façam a qualquer preço, sobretudo quando fazem com que seja o Glorioso a pagar esse preço.

O que me move é, exatamente, isso mesmo: defender o Benfica destes ataques “enviesados”!
Por isso me insurgi contra o “desabafo” (sem titulo) do Companheiro Nunomaf, que não hesitou em apoucar o Clube (chegou a apelidá-lo de “edifício decrépito”), nem achincalhar o “suposto diretor desportivo cheio de problemas familiares”, tal como, antes, me tinha insurgido contra as mentiras do Enorme Bcool e contra a suprema demagogia daquele Companheiro que nos agitava o espantalho de uma divida de 2 mil euros.
Vontade de os ofender? Nunca!
Como seria possível tal coisa quando se trata de Companheiros que não conheço.
Vontade de “agredir” esses seus comportamentos? Absolutamente!
Tratando-se de comportamentos que, na minha humilde opinião, colocam em causa o Benfica e contrariam, frontal e expressamente, os Valores que emanam da Nossa História Gloriosa, sinto que cumpro o meu dever de Benfiquista ao desmascarar esses comportamentos, ao criticá-los sem contemplações, advogando a respetiva erradicação definitiva.

Não gostam do meu estilo, ou não concordam com esta justificação?
Estão no vosso pleno direito, tal como eu estou no meu. Eu exerço esta minha opção de escrever e cada leitor exercerá a sua, quer criticando-me, quer deixando de ler o que escrevo, pura e simplesmente.
O que me não parece intelectualmente honesto é considerar que esta Democracia funciona melhor quando temos a liberdade de mentir, achincalhar e fazer demagogia integral, desde que tal venha em favor das nossas preferências enquanto exigimos que os outros, os que discordam de nós, se atenham aos mais rigorosos princípios de civilidade e respeito democrático.
Além de tudo isto, ainda acresce que eu não sei muitos sinónimos “meigos” para palavras como mentira, cobardia ou hipocrisia.

Posto tudo isto (e foi muito), passo a uma critica ao tal “slide show” …

Desde logo, não vou contestar nenhum dos números avançados no documento, não só porque, confesso, não tenho tempo para os ir confirmar, como, principalmente, porque ainda tenho esperança que Companheiros Nossos não cheguem ao ponto de aldrabar os “R&C” da Nossa SAD.
Ainda assim e numa apreciação global ao documento, posso dizer que se trata de uma compilação de tudo o que nas “Contas” da SAD pode ser apresentado sob uma forma negativa, como algo de mau (ou menos bom) e sem nunca, nunca, nunca, referir quais seriam as alternativas de gestão que poderiam inverter esses aspetos.

Vale a pena recordar que o que o Autor (ou Autores) do documento apenas pretendem atacar a gestão de LFV, tentando desmentir um suposto “milagre financeiro” que eu nunca ouvi ser apresentado pelo Presidente como uma das obras da sua Direção. O que todos lemos, ouvimos e vemos, isso sim e é bem diferente, é um Benfica pujante, capaz de fazer todo o tipo de investimentos e sem que se levante nem a mais leve ponta de incredibilidade sobre a sua solidez. Essa é a realidade que, desgraçadamente, os que fizeram aquele documento tentam escamotear, em prejuízo claro do Nosso Clube e sem, por isso, merecerem compaixão.

Como sempre, esta gentalha omite que até uma Empresa irremediavelmente falida pode ser gerida com brilhantismo (e eu conheço vários exemplos), ou seja: a qualidade de uma gestão não se pode medir pelo último balanço conhecido e ainda menos quando se “elegem”, demagogicamente, apenas algumas rubricas do último balanço.
Por mais que os anti Vieira gostassem, os factos demonstram que os sucessivos mandatos deste Presidente trouxeram o Clube de um abismo económico e financeiro (que prescindo de descrever, para não nos expor á dor dessa memória) para uma situação que é, de muito longe, a mais sólida de todos os clubes portugueses, mesmo com a ajuda negativa que tem constituído a péssima remuneração pelos direitos televisivos e ao ponto de prenunciarem a entrada do Glorioso no grupo dos 20 mais ricos da Europa.
Esta é a verdade indesmentível, chamem-lhe “milagre” ou outra coisa qualquer (eu prefiro chamar-lhe uma excelente gestão) e seria bom que todos os anti Vieira deixassem, de uma vez por todas, de tentar apoucar o Benfica por esta via. Qualquer aluno do primeiro ano de um curso de Economia e/ou Gestão, se confrontado com os Nossos “R&C” de há uma década e comparando-os com os mais recentes, ditará esta mesma conclusão geral que enunciei.

Entremos pelos detalhes …

“Sabia que o Passivo do Benfica, as dividas do Benfica, quadruplicaram nos últimos 10 anos?”

Começa assim (e poderia lá não ser assim) esta difamação nojenta e, confesso, já me surpreendem pela falta de imaginação: ao baterem, sistematicamente, nesta mesma “tecla” do “Passivo igual a Dividas” estes candongueiros da contabilidade perdem, de imediato, toda a credibilidade, quer a técnica, quer a Benfiquista.

Mas quando será que esta gente deixará de confundir (manipulando) Passivo com dividas?
Quando é que um deles, um só que seja, nos dará um exemplo de uma Empresa que não tenha Passivo?
Será que as melhores Empresas não “sofrem desse mal”?
Não podemos afirmar que estão nesta mesma situação – um Passivo quadruplicado em 10 anos, todas as Empresas que viveram um crescimento rápido na última década e que realizaram investimentos determinantes?

Como eles não se cansam de esgrimir este espantalho do Passivo da Nossa SAD, eu não posso cansar-me de repetir que qualquer Passivo só assume relevo negativo se não tiver uma relação equilibrada com o correspondente Activo.

E não, não chega referir que o valor do Activo é ligeiramente superior ao do Passivo!
Ao falarmos do Activo da Nossa SAD, temos, obrigatoriamente, de referir que ele está claramente subavaliado e que os cerca de 400 milhões de euros (ME), deveriam ser entre 600 e 700ME, tais são as diversas mais valias potenciais que ele encerra.

Quais?

Pois, uma vez mais, falemos delas e façamo-lo para que, de uma vez, se aquietem estes agitadores:

1)  O contrato de exploração da Marca Benfica, que vale um mínimo de 150ME (pelo critério do valor atual dos cash flow, aplicado em moldes pessimistas) e que deve estar em balanço por menos de 10ME; e
2) O valor total das partes detidas dos “passes” dos Atletas, que eu já avaliei (num texto publicado há cerca de um ano) num mínimo de 250ME e cujo valor de balanço não chega aos 100ME.

Só nestas duas rubricas do Activo da Nossa SAD e sem otimismo, ficam identificadas mais valias potenciais de quase 300ME.E o que é que isto representa?

Considerando a “equação básica da contabilidade” à

Activo = Passivo (Capitais Alheios) + Situação Liquida (Capitais Próprios)
Essas mais valias potenciais “transformariam” os Nossos Capitais Próprios (hoje quase nulos) em mais do dobro do Capital Social (115ME) !!!

Espera lá, Companheiro, que essa análise só seria correta se fosse possível vender todo o Plantel e o tal Contrato de Exploração da Nossa Marca, dir-me-ão vocês e … cheios de razão.
Só que eu respondo que não só não é possível vender isso tudo (e a Catedral e todos os outros itens do Activo), como não seria desejável, nem, sobretudo, temos disso necessidade!

A mais valia potencial “escondida” no Contrato de exploração da Marca, que “custa” uma amortização anual de poucas centenas de milhar, concretiza-se em cada exercício económico em Proveitos de alguns ME, tal como vai acontecendo com as relativas aos passes de Atletas, sempre que alguns vão sendo vendidos e por valores bem acima do que estavam “em balanço”, ou seja, com um Proveito.
Ora como nem todo o Passivo é Exigível (tem de ser pago), aqueles (e outros) Proveitos vão assegurando um “cash flow” suficiente para responder a todas as responsabilidades que se forem vencendo e ainda sobram fundos para reforçar investimentos. A isto é costume chamar-se uma Gestão equilibrada, controlada e responsável.

Outros Benfiquistas perguntarão se não poderíamos “apressar” a redução do Passivo, ao que eu, mesmo recordando que não temos disso necessidade, respondo que sim e indico que há duas grandes alternativas, a saber:

3)  Promover um aumento do Capital Social por entrada de fundos “frescos” e utilizá-los, diretamente, para ir pagando quaisquer responsabilidades que se fossem vencendo (ou, mesmo, antecipando o respetivo vencimento); ou
4)  Executar uma politica de desinvestimentos e redução geral de custos (não renovando contratos com Atletas, não aumentando salários, não investindo em mais Atletas, ou investindo em passes mais baratos, por exemplo), suportando os inerentes riscos (mau desempenho desportivo, saídas “a custo zero”, por exemplo) e tentando obter, por essa via, um aumento dos resultados dos exercícios (pelo menos a curto prazo).

Então, Companheiros?Qual destas duas vias preferem?

A primeira, em que, tal como a osgalhada, perderíamos o controlo da SAD para investidores externos?
Ou a segunda, ficando a competir internamente com as osgas e os pedreiros e externamente, fora da Champions (com o “bónus” de aliviarmos esta pressão sobre o crac que os está a aproximar do precipício)?

Ainda numa linguagem muito simples e numa derradeira tentativa para que todos possam entender a diferença que há entre um negócio que é gerido sem recurso a Capitais Alheios (Passivo) e um outro em que a gestão se faz com recurso exclusivo a esses capitais, aceitem um convite e olhem para o Balanço como aquilo que ele também é: um mapa que mostra a origem do dinheiro envolvido e em que é que ele está aplicado …
Assim, teremos que, de um lado (no Activo), temos os edifícios, os carros, os móveis, o contrato que nos dá o direito a explorar a Marca e os passes dos nossos Atletas, entre outras coisas.
Entretanto, do outro lado, verificamos que aquele dinheiro teve duas origens diferentes: uma parte que pertence á própria Empresa (o Capital Social e as Reservas de Lucros que não foram distribuídos aos acionistas) – os Capitais Próprios, e uma segunda parcela, a dos Capitais Alheios, constituída com toda a guita que conseguimos convencer terceiros a confiar-nos (empréstimos, crédito de fornecedores, etc.).

Vendo as coisas por este prisma, o que podemos concluir?

Muito simplesmente e uma vez que os Capitais Próprios da Nossa SAD são muito pequenos, concluímos que a Administração anda a gerir este negócio com … o dinheiro de outros!
Outros que confiam na Nossa Administração e na capacidade da SAD para continuar a gerar suficiente valor para os compensar por essa confiança (pagando juros, por exemplo)!
Outros que, mesmo sem controlar o nosso negócio (esse controlam-no os que elegemos e em Nosso nome), nos confiam o seu dinheiro (ou o dos seus depositantes).
Nesta situação, ninguém pode ficar surpreendido ao verificar que uma boa parte dos Resultados Operacionais (sempre positivos) da SAD tenha de ser “compartilhada” com quem nos financia o negócio (pagamento de juros).

Espera lá, isso quer dizer que, caso tivéssemos Capitais Próprios em montante suficiente, poderíamos ter mais lucro? Exato! Nesse caso, deixaríamos de ter de entregar a outros uma fatia que já foi de menos de 10ME (antes da crise e da alta das taxas de juro) e que agora se aproxima do dobro.

E agora que todos os leitores ficaram a pensar o pior de todos os Empresários que recorrem a empréstimos (ou qualquer outra forma de Capitais Alheios remunerados), permitam que vos volte a confundir com este pequeno exemplo meramente pedagógico.

Eu vou começar um certo negócio que exige um investimento de 100 e tenho duas alternativas:. na alternativa A, invisto só com o meu dinheiro;
. na alternativa B, não invisto um cêntimo meu e só uso dinheiro de um empréstimo (que garanto com um aval, ou uma hipoteca sobre um imóvel, por exemplo.

Na situação A e no final de um ano, tenho um Lucro (antes de impostos) de 20. Para simplificar, imaginemos que pago 20% de impostos (20% sobre 20 = 4) e embolso os 16 remanescentes, ou seja, tive uma remuneração liquida do meu capital de 16%, o que não é nada mau.
Já na situação B e face ao mesmo Lucro (antes de impostos e Encargos Financeiros) de 20, terei de pagar os juros a quem me emprestou o capital, no valor de, digamos, 10%. Ou seja, agora o meu Lucro antes de Impostos “desceu” para 10 (= a 20 – 10) e, por isso, já só terei de pagar 2 (20% sobre 10) de impostos e embolsarei 8 (= 10 -2).

Chegou a hora da … pergunta “capital”. Aquela pergunta que vos vai confundir. Qual das duas formas de investimento me foi mais rentável?
A formula A que me permitiu uma rentabilidade de 16% num ano?
Ou a B, em que eu tive um lucro “limpo” de infinito%, porque não investi nem um cêntimo (e fui, por exemplo, investir os tais 100 num outro negócio que me deu a mesma rentabilidade)

Recorri a este exemplo simplista para vos convencer de que, em cada negócio e em cada momento, há um equilíbrio ótimo entre as origens (próprias ou alheias) dos capitais que devem ser investidos. Espero que a minha argumentação tenha sido suficientemente clara.

Entretanto e se me perguntarem se eu considero, ou não, que a estrutura de capitais da Nossa SAD é a mais adequada, evidentemente que terei de responder que seria preferível termos mais capitais próprios e mais … direi que estou certo de que os capitais próprios da Nossa SAD vão crescer nos próximos exercícios (com o corrente incluído), na exata medida em que a exploração vai ser lucrativa, apesar da pesada parcela dos encargos financeiros (juros) e apesar de continuarmos a receber uma miséria pelos direitos televisivos.

Nem sequer considero que possa falar-se de “insuficiência de Capitais Próprios”, na medida em que a Administração tem dado provas de não ter a sua atividade limitada por esse desequilíbrio.
Se assim não fosse e ao contrário do que afirmam os anti Vieira, a SAD não poderia ter recusado uma oferta do mamão chupista que significava um aumento de 14ME nos nossos proveitos anuais, durante os próximos cinco anos após 2013.
O facto de o mercado não ter “penalizado” a cotação das Nossas ações após esse comunicado á CMVM (ao contrário, os papeis valorizaram), constitui prova insofismável quer da credibilidade da Administração, quer da confiança que os especialistas depositam na capacidade do Grupo Benfica para gerar e gerir alternativas.

Finalmente e regressando aquela primeira pergunta dos anti Vieira, a minha resposta é muito clara: Claro que sabemos que o Passivo da SAD quase quadruplicou em 10 anos!Já o Passivo Global do Grupo Benfica ficou longe do quádruplo e, mesmo assim, ainda mais longe do crescimento do Activo do Grupo que, corretamente avaliado mais que se multiplicou por … 6!

E vocês, sabem por quanto foram multiplicados os Proveitos?

Bem sei que seria difícil falar de Proveitos em 2003, uma vez que os poucos que tínhamos estavam quase todos a caucionar dividas vencidas e não pagas por Direções anteriores. Essas sim, DIVIDAS, e esses, poucos e pouco proveitosos Proveitos, que nem “descontados” podiam ser junto da banca, por já terem os seus destinos comprometidos para suprir os calotes que o Manuel Vilarinho herdou, numa situação que teria sido inultrapassável sem que o atual Presidente se tivesse “atravessado” com vários milhões de euro do seu património pessoal.

Adiante …

“Sabe que a SAD do Benfica esteve falida em 2009 e que só a retirada do estádio do clube para a SAD permitiu corrigir essa situação?”

Gente mentirosa que não evita nem as mentiras mais descaradas e a difamação mais asquerosa, na sua sanha sangrenta contra um Companheiro que elegemos, reelegemos e reconfirmamos com mais de 90% dos Nossos votos.

Mentira! A SAD nunca esteve falida em 2009, já que, tal como agora, a insuficiência aparente de Capitais Próprios assentava na mesmíssima subavaliação dos respetivos Activos. 
Mentira! O estádio (deveria doer-lhes a boca quando assim se referem á Nossa Catedral) não foi “retirado” ao Clube (com maiúscula, sempre) e pela simples razão que nunca lá esteve.
A Catedral foi construída no quadro de uma Empresa que o Grupo constituiu para o efeito (a Benfica Estádio) e o que se fez foi a fusão dessa Empresa com a Nossa SAD.

E só é verdade que essa operação permitiu a correção da insuficiência contabilística de Capitais Próprios, por que se tratava de um Activo que estava menos subavaliado (sim, que também ele vale mais que o respetivo valor de balanço).

O que é que se pode responder a esta cambada? 

Sim, sabíamos! Nós, os Sócios e Acionistas, sabemos de tudo isso. Não só sabemos como votamos, esmagadoramente, essa operação, quer em AG do Clube, quer em AG de Acionistas.

“E sabia que se não for vendido nenhum jogador até ao final de junho, a SAD terminará esta época novamente falida?”

O que eu sei é que essas contas de merceeiro, tipo “trouche e lebou”, que o Autor fez “presumindo que …” ainda podem vir a ser desmentidas pelos factos, bastando que não seja feita nenhuma venda até ao final deste exercício.Estas bestas de memória e presunções seletivas esqueceram-se de contar com as receitas da Champions no semestre corrente, só podem!
Só nessa linha, aldrabam cerca de 10ME! Coisa pouca, portanto.

Estes bandalhos não se envergonham nem de referir que os resultados operacionais positivos do primeiro semestre do exercício (o segundo de 2011) foram possíveis graças a “vendas muito grandes como Roberto e Fábio Coentrao”.

Roberto?Sim, Companheiros, eles citaram o Roberto.
Um Atleta (a este vou referir-me toda a vida com letra maiúscula, por tudo o que lhe fizemos e pela coragem com que ele nos suportou) cuja venda deve ter gerado um proveito de pouco mais de 1ME (o valor de 1 ano de amortização do respetivo passe)?

Confesso que há momentos em que me pergunto se estes Companheiros sabem mesmo do que estão a falar, ou se não passam de caloiros cábulas de um mau curso de contabilidade, caso em quase poderia sentir pena de tanta ignorância. Se querem um exemplo eloquente disto mesmo, reparem nesta citação: “… mais valias (normalmente um valor mais baixo  pelo qual o jogador é vendido)”.

“Normalmente”, ó ignaros? E que tal escreverem … sempre e por definição (mais valia é a diferença, se positiva, entre o valor da venda e o valor de balanço) !

Mas não, Companheiros. Acreditem que eu consigo ler neste documento a capacidade técnica mais que suficiente para os poder acusar de má fé, de despudorada demagogia e de descarada mentira.

Porque será que nos não perguntam se sabemos que a Nossa SAD, enquanto estiver privada de um valor justo pelos direitos televisivos (faltam dois semestres, podem ficar descansados) e não querendo privar-se de manter os investimentos necessários para acompanhar a valorização do Plantel (seja por renovações, seja por novas aquisições), tem de realizar mais valias com a venda de passes de Atletas?Será porque todos conhecemos essa realidade e há anos? Ou será porque o Presidente o afirmou e reafirmou várias vezes?

“Sabia que o Benfica tem empréstimos a reembolsar no curto prazo (menos de um ano) superiores a 100ME?”

E um pouco mais adiante, na ponto 11 …

“Sabia que entre Dezembro de 2012 e Abril de 2013 o Benfica terá de reembolsar ao mercado mais de 90ME de empréstimos obrigacionistas?”

Entendamo-nos com clareza: o(s) Autor(es) deste documento entenderam começá-lo perguntando se sabíamos que as nossas “dividas” tinham quadruplicado nestes derradeiros 10 anos e que já montam a 400ME, depois, mais ou menos a meio do documento, perguntam-nos se sabíamos que vamos ter de pagar no próximo ano mais de 100ME e, no final do documento, perguntam se sabíamos que, entre dezembro e abril p.f., vamos ter de pagar 90ME em empréstimos obrigacionistas.

Perceberam bem?

Alguém ficou a pensar que “devemos” 400ME, mais 100ME que teremos de pagar dentro de um ano, mais 90ME que se vencem entre dezembro e abril?Não terá sido com essa intenção que “distribuíram” as três perguntas ao longo do slide show?

Pois que ninguém duvide que os 90ME fazem parte dos 100ME e que também estes fazem parte dos 400ME!Ou, melhor, nem sequer os dados são verdadeiros, porque estão incorretas algumas datas de vencimento !
Depois disto ainda vos parece que devemos ser “meigos” com esta gente? Com quem se tenta servir da falta de informação e conhecimentos técnicos de muitos Benfiquistas para os alarmar, mesmo que isso prejudique o Glorioso?
Eu aplaudo quem consegue “dar a outra face” a este tipo de gente. Mais ainda aplaudo os que conseguem rir-se de tais comportamentos e sublinhar o desespero que confessam, mas … eu não sou capaz disso e não consigo deixar de sentir uma revolta profunda pelo mal que estão a fazer ao Nosso Clube.

“Sabia que o Benfica tem hoje uma massa salarial superior a do crac (esta é uma citação incorreta, que eu recuso-me a escrever P….) e que duplicou nos últimos nove anos?”

“Sabia que temos mais de 60 (são 68) jogadores sob contrato?”

“… vista a desagregação dos valores relativos aos salários dos Atletas …”

Vergonha e repulsa pela mentira, não vos assistem?

Todos os Benfiquistas reconhecem o formidável enriquecimento, qualitativo e quantitativo, do Plantel conseguido durante o consulado do Presidente e, nestes termos, temos de considerar que um crescimento médio anual de pouco mais de 7% da massa salarial, ao longo de 9 anos, já seria um bom resultado, mesmo que não fosse acompanhado pela fusão com a Benfica Estádio e o consequente impacto nessa rubrica dos custos.Ou seja e na minha humilde opinião, a incompetência do(s) Autor(es) deste panfleto eletrónico, á mingua de argumentos, vai ao ponto de sublinhar um evidente sintoma de excelente Gestão como se do oposto se tratasse.

E suportam essa interpretação nalguma(s) comparação(ões) com os valores de outros clubes que, tal como o Benfica, se tenham distinguido por um especial reforço dos seus planteis (como seria o caso, bem próximo, da sad de Braga)?
Ora, ora … como se fosse legitimo esperar tal coisa de Companheiros tão “normais”: claro que não!
Preferem, isso sim e mentirosamente, fazer uma comparação impossível com o crac, ainda para mais aceitando “embelezar” o desempenho desse adversário e, só para eles, separando os salários pagos a atletas.

Invulgar comportamento Benfiquista este, não concordam? Mostrar tudo o que de menos bom possamos ter, sublinhar até alguma coisa de boa desde que se consiga fazê-lo de um modo pejorativo e, para cúmulo, fazê-lo comparando com um quadro adulterado e pintado a azul.
Irra, Companheiros!
E ainda dizem que o fazem … “por ti, Benfica?”

Concretamente e para os desmascarar como merecem, eu afirmo que a Administração tem conseguido controlar excelentemente o crescimento da massa salarial, garantindo a sustentabilidade do crescimento qualitativo e quantitativo do Plantel e de todo o “Capital Humano” do Grupo Benfica.Para comprová-lo e aceitando o convite ao recurso a comparações (honestas, claro) com qualquer outra das sad’s existentes em Portugal, basta … fazer as contas: temos, de muito longe, o melhor Plantel e ele custa-nos, quer em amortizações, quer em salários, bastante menos do que são os custos apresentados pelo crac. Acresce que a taxa de crescimento da massa salarial da Benfica SAD não foi, em nenhum destes anos, a maior entre as quatro maiores sad’s existentes em Portugal.

“Sabia que a transferência de um jogador como o Contrão não chega já sequer para contrabalançar as amortizações de jogadores comprados nos últimos anos?” (sublinhado meu).

“Contrabalançar” … ? Palavra estranha, não acham?

Acontece que o que gostariam de usar era o verbo “pagar”, mas tal seria incorreto uma vez que as amortizações … não se pagam (são um custo, mas não uma despesa). Por isso e á forca de quererem “ligar e/ou comparar” um custo com uma receita (o que referem é, apenas, a receita liquida da venda do Fábio, esquecendo o proveito acumulado decorrente da sua transferência), chegam a esquecer-se do que a SAD já tinha ganho com a venda parcial anterior de uma parte do passe ao Benfica Stars Fundo, sem se esquecerem (viva a memória seletiva) da parte que lhe competiu da transferência para o Real.

“… comprados nos últimos anos? ”Limitação estranha, não acham?

Acontece que o que esta gentalha pretende, a todo o custo, não é só “atacar o Vieira”: de preferência o que eles desejariam seria descredibilizar os anos mais recentes da Gestão do Presidente.
Comigo, “vêm de carrinho”, como costuma dizer-se. Não vos permito nem estas pequenas manobras demagógicas, pelo menos sem as desmascarar.
Será que o(s) Autor(es) conhecem o valor das amortizações relativas aos Atletas “… comprados nos últimos anos?”
Não, não conhecem!
E o que fazem, então?
Ora essa: o que fazem em todo o documento – mentir, mentir, mentir.

Para o efeito sugerem que o valor das amortizações de passes dos outros Atletas (os que não foram comprados nos últimos anos) seria tão pequeno que se permitem considerá-lo nulo e, desta forma mentirosa, atribuem a totalidade do valor das amortizações aos tais Atletas “… comprados nos últimos anos”.Omitem, por má fé ou ignorância (que escolha o leitor), que qualquer renovação contratual, mesmo que não inclua um “premio de renovação” e desde que implique um aumento salarial, resulta num acréscimo ao valor contabilístico do passe desse Atleta e, recorrentemente, a um aumento do valor da respetiva amortização anual.
Tanto assim é que eu (mesmo desconhecendo os valores individuais) estou seguro de que a amortização do passe do Luizão (ou do “Tacuara” e já para não falar do “Super Maxi”) deve exceder a soma das amortizações do Nelson, do Melgarejo, do Jardel e do Nolito.

Mas, porque raio de razão é que a venda do Fábio teria de ser suficiente para “contrabalançar” os custos em amortizações dos passes de todo o Plantel?Será que a Nossa SAD não tem outros Proveitos?

Ups!Outros Proveitos, é expressão proibida para esta gentalha, sob pena de terem de reconhecer o “Milagre Financeiro” (que é económico e não financeiro) imputável ao Presidente e ainda que eu continue a preferir chamar-lhe, apenas, excelente Gestão.

Imagino a discussão entre os (prováveis) Autores do documento …“Diacho, não podemos insistir em falar apenas dos custos e das despesas, que os Benfiquistas vão desconfiar ou, ainda pior, pensar que é o “Orelhas” que anda a pagar estas despesas todas do próprio bolso.”
“Tens razão, mas vamos falar de que receitas?”
“Ora essa, das que os Benfiquistas menos gostam: da venda de Atletas”, como se esses Atletas não tivessem sido comprados e/ou formados, antes de poderem ser vendidos.

O “R&C” do exercício corrente irá demonstrar que o Grupo Benfica ultrapassou largamente os 150ME de Proveitos (é obra, caramba!) e estes amestrados (desculpem-me, mas há horas que estou com esta palavra debaixo da língua) insistem em reduzir tudo a uma parcela de cerca de 20% desse montante?

“Sabia que o Benfica, só para pagar juros e amortizar investimentos feitos nos últimos anos em jogadores, tem de vender o equivalente a dois Di Maria (25ME) por ano?”

Como um Fábio lhes parecia curto, toca a multiplicar o Di Maria, especialmente porque nem o mais Vieirista poderá alegar que o Presidente comprou dois Di Maria, ou que poderá comprá-los no futuro.Para além do erro grosseiro quanto aos números, toda a minha argumentação anterior chega e sobra para destruir esta espécie de “raciocínios”.

Falso! Mentirosos! O Benfica não tem de vender nada nem ninguém para pagar juros e amortizar investimentos.O que a Nossa SAD tem, enquanto não conseguir reforçar os seus Proveitos em outras rubricas (como os direitos televisivos ou o “naming” da Catedral, por exemplo), é de obter mais valias pela venda de passes de Atletas e nem de longe necessita que esse acréscimo seja da ordem dos 50ME anuais (valor que, alias, nunca foi conseguido).

“Sabia que o Benfica gasta hoje com juros relativos aos seus empréstimos mais de 20ME por ano devido a subida das taxas de juro e a subida galopante do Passivo?”

“Sabia que o Benfica tem contraído empréstimos para equilibrar a tesouraria, renováveis automaticamente e com taxas de juro crescentes a cada três meses? A cada três meses o empréstimo renova-se e o Benfica paga mais 0,5% de juros ao BES.”

Ou seja, mais do mesmo e com a mesma “técnica”: refere-se a parcela A, sublinha-se a soma das parcelas A e B e, depois, faltando melhor, regressa-se á parcela B

Os Companheiros que ainda resistem á leitura deste texto, já sabem perfeitamente a que correspondem estes quase (não, não são mais de) 20ME em Encargos Financeiros e podem estar seguros de que eles não resultam da “subida galopante do Passivo”

O Passivo, se não fosse a fusão com a Benfica Estádio da qual resultou um aumento ainda maior do Activo, quase não teria crescido nestes últimos 3 anos. O período de forte crescimento quer do Passivo, quer do Activo, foi aquele que traduziu os maiores investimentos estruturais realizados pelas Direções, coisa que todos os Benfiquistas não só sabem como compreendem, perfeitamente.

A Nossa SAD, que nasceu e cresceu com recurso (exagerado) a Capitais Alheios, ficou especialmente vulnerável á crise financeira internacional que resultou numa extraordinária alta das taxas de juro (essencialmente pelo aumento exponencial dos “spreads” impostos pelos Bancos): essa é uma verdade incontestável!

Mas, uma vez mais, esse processo verdadeiramente excecional e imprevisível (apesar de ter sido previsto), acabou por constituir mais uma prova que a Administração da SAD ultrapassou com nota muito elevada, quer pela celebração imediata de uma série de contratos de “swap” que permitiram como que adiar o aumento das taxas, quer pela adaptação mediata dos orçamentos, em ordem a conseguir “absorver” esse acréscimo nos custos.Para demonstrar o que acabo de afirmar, bastará que, quando estiver encerrado o exercício corrente, se avalie a Demonstração de Resultados do triénio (2009-2012), para concluir que a SAD “atravessou esta tempestade com Louvor e Distinção”, coisa da qual não se podem gabar a esmagadora maioria das Empresas.

Ainda assim e porque há anos que, aqui neste OBELOVOAR (e não só), eu venho alertando todos os Benfiquistas para a séria ameaça para a SAD que resulta desta reconhecida dependência de Capitais Alheios, muito eu gostaria que as eventuais e desejáveis candidaturas abordassem o assunto durante a próxima campanha eleitoral, sem se esquecerem de apresentar propostas concretas e credíveis orientadas para a diminuição dos riscos emergentes desta ameaça.

Para terminar a minha argumentação em torno desta “questão dos empréstimos e dos juros”, recorro ao mesmo trunfo, óbvio, que já usei antes (contra as falsas conclusões do Companheiro Bcool): mas que raio de SAD é esta Nossa que, mais que falida, afogada em custos e despesas e já sem Di, Fábio e Roberto para vender, continua a ser uma cliente estimada pelos Bancos, mesmo depois de recusar a “prenda” com que o mamão chupista nos queria envenenar?Será que estes banqueiros não sabem o que andam a fazer com o dinheiro dos seus depositantes, ou será, em alternativa, que eu tenho razão quando afirmo que a Nossa SAD se tornou numa verdadeira máquina de fazer dinheiro (capaz de acrescentar valor aos seus Activos) e, por isso mesmo, um excelente e seguro destino para financiamentos bancários?

Um pouco mais de coragem Companheiros, que nos aproximamos do fim …

“Sabia que o Benfica já não vai pagar o estádio ate 2011, ou até 2013 como disse o diretor financeiro da SAD em 2008? O Benfica por incapacidade contraiu um novo empréstimo no âmbito do Project Finance do estádio, no valor de 63ME, para ser pago até 2024!”

Para verem que, se julgavam que o(s) Autor(es) já tinham descido a um nível ilimitadamente rasteiro, o documento ainda vos vai surpreender e … muito!

Ora bem, começando pelo alegado desejo segundo o qual a SAD iria “pagar” a Catedral (que está paga) até 2011 ou 2013, isso corresponderia a uma enormidade sem tamanho e percetível pelo menos conhecedor dos Benfiquistas que estão mais do que habituados a que os investimentos em imobiliário tenham um horizonte de financiamento (e amortização contabilística) bem mais largo.Portanto e mesmo sem saber quem era o “diretor financeiro da SAD em 2008” (devem estar a referir-se ao Administrador Executivo, Dr. Domingos Soares de Oliveira), tenho a certeza mais do que absoluta que ele nunca terá feito tal afirmação.
Na pior das hipóteses, o DSO poderá ter dito (e eu duvido muito) que o prazo do Project Finance da Catedral expirava em 2011 ou 2013, o que não corresponde, de todo, ao que pretendem citar.
Mais do que isso e mesmo que tal afirmação tivesse sido produzida (resta saber em que contexto), no que seria um erro em qualquer caso, bastaria ter consciência do “terramoto financeiro” que sobreveio a essa data para justificar que ela, tal como todas as outras, nunca pode ser considerada independentemente da data em que teria sido produzida.

Ou seja:. constituiria uma bestialidade insustentável, sobretudo com a estrutura de capitais da SAD, pretender que a Catedral deixasse de servir de colateral em empréstimos a obter, pelo menos antes de estar integralmente amortizada (talvez em 2024, mas não posso garantir);
. por isso e num momento em que a Catedral já só estava a garantir cerca de 72ME de financiamento (o valor atual do PF), nada mais correto em termos de gestão do que aumentar esse valor, por forma a substituir empréstimos com taxas de juro mais gravosas, especialmente após o dealbar da crise financeira internacional; e
. agitar “um espantalho” relativo ao prazo e modo de pagamento dos financiamentos relacionados com a Nossa Catedral, ainda que revelando que dele resulta uma operação de “consolidação de passivos” (alargamento dos prazos de reembolso), constitui uma verdadeira difamação levantada contra a inteligência dos Benfiquistas e a competência e integridade da Administração da SAD.

Bem sei que a maioria dos Companheiros já se estão a dizer qualquer coisa como “estou-me marimbando para o prazo de amortização da Catedral, porque o que eu quero mesmo … são títulos!”.A minha tese é que, nem eu, nem os que assim pensam, nem nenhum Benfiquista deve ser tolerante para com a baixeza com que o(s) Autor(es) do documento aqui em discussão, se permitem tratar o Nosso Clube, com o único propósito de atacar um Homem, um Companheiro, que se tem batido e bem, em prol do Benfica.

Last but not least …

Sabe que o dinheiro do contrato que vai ser assinado com o mamão chupista pode ser antecipado todo nessa altura (entre Dezembro e Abril) só para reembolso destes empréstimos, não vendo um tostão desse contrato no futuro?

Rasteirinhos, ou rasteiríssimos: qual preferem?

Esta cambada, marimbando-se para o Benfica, confessam aqui que têm um único e simples interesse: atacar o Presidente por tudo e pelo seu contrário, por ter e não ter cão, por assinar e por não assinar com o mamão chupista.Eles não têm nenhum programa, nem sequer candidato. Eles não desejam a redução do Passivo, nem o seu aumento, eles não querem a renovação do contrato com o mamão chupista, nem o seu fim, eles não querem que se vendam os Di, nem queram que eles sejam mantidos no Plantel, eles não querem nem mais custos, nem menos, nem os que temos, nem os que possamos vir a ter.
Esta gentalha não quer nadica de nada a não ser uma única coisa: achincalhar o Presidente, custe o que custar!

Demagogia, mentira, confusão, cobardia e tudo o mais que lhes permita sentir que estão a conseguir atacar LFV, tudo serve e em qualquer dose.

Mas, então, esta gentalha não sabe que foi recusada a proposta de renovação do contrato com o mamão chupista, logo eles que sabem que um tal ato de Gestão passa por comunicação obrigatória á CMVM?Imaginam que, depois de recusada essa proposta, ela ainda pode vir a ser assinada? Não só que pode, como que … vai ser assinada?
Que sabem pouco de contabilidade e são movidos por muita má fé, isso já era evidente, mas que não têm nem a mais leve noção de como se pode (e não pode) gerir uma SAD cotada em Bolsa, disso escusavam de se confessar com tanta falta de vergonha.

Infelizmente, há muitos mais Companheiros (sobretudo pela Gloriosasfera fora) que patenteiam a mesmíssima confusão sobre este tema dos direitos televisivos, embora eu esteja convicto de que, na maioria, o façam completamente isentos de má fé. Chegou o momento para tentar esclarecer esta questão.

O Presidente do Grupo Benfica (do Clube, da SAD e da SGPS) deu uma entrevista em Fevereiro passado em que afirmou, sem tibiezas, o seguinte (e o tempo demonstrou que eu tive razão quando escrevi, aqui mesmo, que essas afirmações constituíram a única razão pela qual foi concedida a entrevista):. que esse assunto iria ser decidido até final desse mês;
. que existia um valor (um número mágico) capaz de viabilizar a renovação do contrato ainda em vigor; e
. que, face á ausência de outro operador (e outra proposta), caso esse contrato não fosse renovado, a Benfica SAD passaria a gerir diretamente os seus direitos televisivos.

Não confundam, não se confundam e não percam o vosso tempo a fazer leituras entre as linhas!

O Presidente foi de uma clareza meridiana (nem ele é pessoa para trocadilhos rebuscados) e os factos posteriores vieram confirmar tudo o que ele disse:. uma vez que o “número mágico” não foi atingido, foi tomada a decisão de não renovar o contrato com o mamão chupista; e
. essa decisão foi formalizada na primeira reunião do CA da SAD posterior ao fim de Fevereiro e foi comunicada á CMVM.

Não há mais mas, nem meio mas: o contrato não será renovado e o CA da SAD não está a conduzir nenhuma negociação alternativa ao atual contrato, seja com quem for (e se o vier a fazer, terá de o comunicar á CMVM)!Mais ainda, eu posso garantir que uma tal negociação só se poderia iniciar com outro operador (ou reiniciar com o mesmo), no mínimo dos mínimos sobre um MoU (Memorandum of Understanding) que apontasse para um valor substancialmente superior ao que foi recusado (talvez 25ME anuais, diria eu).

Tudo o que aqui afirmo só poderia ser infirmado caso houvesse ou uma alteração profunda no CA da SAD, ou um novo “terramoto” no mercado. Por menos do que isso, a CMVM não perderia a oportunidade de submeter a Nossa SAD a uma pesada (e justificada) coima.  Nestes termos, esqueçam este tema como “arma eleitoral”, ou seja: podem criticar a opção tomada pela SAD se e como quiserem (já agora, convinha que fossem indicadas alternativas), mas não podem continuar a lançar a confusão sobre o assunto, admitindo hipotéticas manobras dilatórias orquestradas pelo Presidente e pelo mamão chupista (uma “amizade” que já viveu muito melhores dias, como os factos recentes comprovam a saciedade).

Viva o Benfica!
****************************
Escrito por: José Albuquerque
****************************
NOTA DA ADMINISTRAÇÃO:

O caro amigo e colaborador deste nosso cantinho, José Albuquerque, solicitou que, caso eu o entendesse, que publicasse este seu extenso texto, em dois ou mais posts.
Entendi não o fazer a fim de que, aqueles que o quiserem fazer, possam ler sem perder o fio à meada e assim com calma poderem dar a vossa opinião sobre o assunto em questão.

Obrigado pela compreensão

Boa leitura 

105 comentários:

  1. Muito muito muito obrigado pelo esclarecimento!

    ResponderEliminar
  2. O meu Louvor a este texto.....

    ResponderEliminar
  3. Ui!!
    Obrigado!!!
    Saudações Gloriosas!!!!

    ResponderEliminar
  4. Obrigado José Albuquerque pelo excelente artigo, que vem demonstrar de forma brilhante alguns dos factos que também venho defendendo...a cobardia desses anónimos candidatos á Presidência do Benfica tolda-lhes os poucos neurónios disponíveis e faz com que confundam a palavra Passivo...

    Haja alguém que lhes explique desta forma brilhante que o Passivo por si só não diz nada...um Balanço tem Activo e Passivo e tem que ser analisado na globalidade para se perceber a firma ou clube em questão...

    Para que essa gentalha perceba de vez a contabilidade, o meu Passivo é inferior ao da EDP e isso não me faz mais rico nem mais financeiramente mais sólido do que essa firma...mas pelos vistos, infelizmente, contas é coisa que não são muito do agrado dos Tugas e por isso chegámos á situação actual do País.

    O documento desses anónimos cobardes só faz com que eu fique aterrorizado com a gentalha que está por detrás desses comunicados e me leve a encetar desde já campanha a favor de LFV e de DSO...Deus nos livre de ver chegar á Presidência do Benfica um grupo de merceeiros, mais interessados em jantaradas e viagens do que em pensar o Benfica na sua globalidade...o passado recente ainda está vivo na nossa memória e prefiro..

    O Coração de Vieira ..á Corrupção de meia dúzia de cobardolas..

    LFV tem cometido erros? Claro que tem...mas a minha memória não é curta e ainda me recordo do que tem feito pelo SLB..

    O ùnico facto que me fará ser anti-Vieira será a renovação com a Sporka TB... e espero sinceramente que tal não seja efectuado para bem do nosso clube.

    Red Bull

    ResponderEliminar
  5. Diz-se entre o seu meio (nisto das finanças) e avalia o activo do Benfica em 600 ou 700 milhoes de euros?

    ResponderEliminar
  6. O senhor José como pode comparar divida real e concreta medida em euros, com activos como o valor de atletas que podem valer x hoje e y amanha? Enfim...o Vieira que de a vaga porque 10 anos já bastaram.
    Rui

    ResponderEliminar
  7. O SPORT LISBOA E BENFICA vai ter uma lista alternativa à actual direcção de LFV, uma equipa trabalhadora com verdadeiros benfiquistas que vai trabalhar para o clube 24horas por dia.

    ResponderEliminar
  8. Caros Benfiquístas, este vosso post foi tremendamente oportuno.

    assim vou linkarvos em

    http://aminhachama.blogspot.pt/2012/05/uefa-e-o-conceito-de-verticalidade.html

    saudações gloriosas

    ResponderEliminar
  9. Meus amigos,

    Este texto precisa de ser partihado pelo maior número de Benfiquistas...,vou tomar a liberdade de o publicar na minha página do facebook (O Maior Clube do Mundo).

    ResponderEliminar
  10. Fantástico post do José Albuquerque, um grande benfiquista com uma paciência de santo para aturar tanta porkalhada e tanta má-fé junta. Eu não tenho nem tempo nem pachorra para os aturar.
    Mas nas minhas caminhadas pelos blogues ao longo das semanas tenho dito mais ou menos a mesma coisa, embora não com a diplomacia e a pachorra que demonstra. O meu agradecimento e um bem haja! Um texto para guardar!

    ResponderEliminar
  11. Um período néscio pelo qual nunca esperei voltar a ver passar o Benfica!
    Pior do que isso é esta incapacidade que as pessoas têm em ouvir os outros, quando a opinião lhes é contrária ou a realidade vai contra os seus desejos.

    O problema caro José, se assim o posso tratar, é que esta gente que se esconde por trás de um movimento - sem cara e cobarde - tem intenções escondidas. E estas mensagens dirigem-se a um povo que eles julgam acrítico, convencidos que de tanto repetirem a falsidade ninguém lhes mata o mensageiro.

    Os Benfiquistas tem dado mostras de lucidez em todos os momentos difíceis por que têm passado. Vamos ver se assim se mantêm.

    Espero de facto que surjam outras candidaturas credíveis a bem da saudável história democrática do Benfica, mas uma coisa já esta gente conseguiu, o meu redondo NÃO a qualquer candidatura que eles venham a apoiar!

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  12. Eu li até ao fim ;) E lia mais se mais tivesse sido escrito. Porque eu não gosto de meias verdades nem de fantasias.

    ResponderEliminar
  13. Gostei de ler. É uma forma diferente de observar o momento económico do Benfica. Em muitas coisas vejo razão, noutras é um "nim" ao que foi escrito pelos autores do "Milagre Financeiro". Tudo isto seria interessante, mas a avaliação dos activos parece-me inflacionada, ou consentânea com os valores "antes da crise financeira" nomeadamente ao valor do Estádio e complexo exterior, porque quanto muito, haverá um interesse somente nos terrenos, que numa possível alteração do pdm, poderiam ser vendidos para construção de habitação. Já no momento o projecto imobiliário que envolve a nascente o Estádio, observa as dificuldades de venda que todo o património imobiliário na generalidade em Lisboa enfrenta. A venda do activo Estádio tal qual como está, parece-me risivel e pouco razoável, eventualmente se a câmara de Lisboa tivesse capacidade financeira e interesse em o comprar. Logo aí, o valor desse activo, neste momento e nos próximos 5 anos, estará longe do valor considerado em R&C.
    Em relação aos activos (jogadores) também há uma tendência geral de contracção, e que se notou no valor dos passes dos jogadores vendidos o ano passado. Nesse aspecto os activos estão de certa forma inflacionados nos seus valores. É certo que se considerarmos os nossos (poucos) activos feitos no Seixal, e como tal sendo da formação o valor está muito abaixo em relação aos que são comprados no exterior, o certo é que desses jogadores temos um número reduzido capaz de serem vendidos em alta. Mas nesse capítulo o Benfica encontrou um exponenciador de jogadores, e estes últimos 3 anos tem tido vendas que nunca antes existiram e com a regularidade observada.

    O valor da marca Benfica, é flutuante e dependente da paixão gerada pelas vitórias e consequentes títulos. Em alta, valerá bastante, sem vencer será complicado. O Naming do Estádio terá o seu valor é certo, mas no actual momento, não é expectável os valores previsto a rondar os 10M€ ano que foram especulados. Pelo menos com investidores Nacionais. Aliás, um bom barómetro será a renovação proposta pela Direcção ao seu representante desportivo, a ADIDAS. Vamos ver qual é o valor que eles atribuem à Marca Benfica a nível de vendas no mercado nacional e internacional.
    Em relação aos direitos televisivos, de facto o Benfica recusou uma proposta de 22M€ ano, mas também é certo, que existem pessoas dentro do meio audiovisual, que afirmam que tal recusa, foi uma mera opção estratégica, e que mais tarde(a ver vamos!)seria apresentada como uma grande vitória negocial do nosso Presidente, e rondaria os tais 25M€ que o José Albuquerque, menciona como "fatia possível e apetecível". De facto o Benfica no mercado nacional terá dificuldade em encontrar um parceiro a quem possa vender o pacote dos poucos jogos em casa, por valores perto dos tais 40M€ que por brincadeira, foi afirmado pela Direcção do Benfica que haveria propostas reais. É um facto que o Benfica e esta direcção, viveu ao longo deste 9 anos à sombra do contrato que eles próprios assinaram e renovaram com Joaquim Oliveira, e que o fizeram de livre vontade. Que o Benfica merece um valor maior é algo que se poderia em alta, no ano em que fomos Campeões, ter sido renegociado, mas a esperança em que se sistematizasse esses título o que, consequentemente nos traria outra capacidade negocial. Foi um erro crasso confiar no derrube do Sistema apoiando os pivots que o sistema foi colocando com o inequivoco apoio desta direcção. Exemplo maior a eleição de Fernando Gomes, alertado que foi várias vezes o Presidente do Benfica, que não dando ouvidos ao que os sócios lhe foram dizendo decidiu-se, provocando com esse erro, danos graves no património das vitórias do Benfica. Também elas, lá está, o mais importante, porque com tantos números, importantes é um facto, não nos podemos esquecer, que para um accionista como o autor deste texto, a leitura é ambígua, flutuando do Clube para a empresa, ao passo que para o sócio, só exista o Clube.

    (continua)

    ResponderEliminar
  14. (continua)

    Nisto tudo, resta dizer que li o Milagre Financeiro, como o complemento ao Insucesso Desportivo dos 9 anos de mandato do Presidente Vieira, pessoa em quem não votei, por precisamente o conhecer desde 1995 na sua actividade na Alverca SAD, e na sua vida profissional na zona, com quem por motivos profissionais me cruzei.

    Sou um adepto das alternativas de poder, não sou partidário do comodismo que poderia exemplificar com o Milagre Madeirense de Alberto João, por isso mesmo, quero que apareça e com tal espero que apareça essa alternativa forte, e que seja autorizada a apresentar-se e que possa ser debatida com a democracia de outros tempos. Não estou a tentar pedir um igual tratamento pela Benfica TV, porque estas seguem uma compreensível e visível linha editorial, mas pelo menos nos outros canais. Infelizmente a realidade é esta. Caso não surja um personalidade credível e com um bom projecto, então aí sim, fará sentido a permanência de Luís Filipe Vieira no seu lugar. Não terá o meu apoio, votarei em branco, mas respeitarei a decisão dos sócios.

    Não sendo da área económica, gostei em parte de ler o texto(não me chocou o recurso ao soft vernáculo), mas como Benfiquista, foco muito o meu real interesse na paixão das vitórias e títulos que é o "PIB do Sport Lisboa e Benfica" para os adeptos, por isso agradeço ao autor o tempo dedicado apresentar os seus conhecimentos e a sua visão argumentativa.

    Cumprimentos

    Marques Vicente

    P.s. desculpem o texto corrido à pena solta e sem ser corrigido.

    ResponderEliminar
  15. GhostWriter16/05/12, 00:32

    Uma questão:
    Os mesmos que se queixam de que o Movimento Por Ti Benfica é covarde por não dar a cara, não os insultariam por querer protagonismo se a dessem?

    E não, não faço parte do Movimento.

    Saudações Benfiquistas.

    ResponderEliminar
  16. Podemos ter muitas interpretações contabilísticas sobre proveitos e activos, dividas e passivos, mas a verdade é indesmentível meus amigos. O Benfica não ganha títulos com o Sr Luís Filipe Vieira como presidente. É isso que os Benfiquistas querem. Não estaríamos a falar das contas se o Benfica tivesse sucesso desportivo. Não venham com desculpas que estávamos na falência e que precisamos de recuperar primeiro etc etc. CHEGA!! Quero um novo projecto para a presidência. Quero ganhar títulos. Quero ser Campeão. Bi Campeão. Quero ir ao Jamor todos os anos. Isso é que é o Benfica. Não aquilo a que temos assistido ultimamente. BASTA! Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  17. No meu blog "corrigi" um post que tinha lido acerca dos títulos conquistados nos últimos anos e também falei um pouco sobre este caso.

    Parece que partilhamos as mesmas ideias em relação a estes movimentos anti-Vieira. Que as pessoas que estão contra a gestão desta direcção se manifestem, não tenho nada contra. Acho saudavel a critica (bem feita) e a discussão de ideias. O problema é que em grande parte das vezes fazem-no com mentiras ou meias verdades, denegrindo e apoucando o Nosso Clube. E discussão de ideias não aparecem.

    Quanto a este caso especifico vou ser sincero. Percebo muito pouco de contabilidade. Mas muitas das coisas aqui ditas eu já tinha percebido. O caso do passivo (nunca falam do aumento do activo), do Contrão e dos Di Marias para "contrabalançar" amortizações e pagar dividas como se não tivéssemos outros proveitos, entre muitas outras coisas.

    Em relação ao contrato com a olivedesportos tenho exactamente a mesma opinião. Sem tirar nem pôr. Acho que aquela entrevista foi devido a esse motivo (lembrar que foi no jogo seguinte, com o Nacional em casa, que começou a sem vergonhice com o penalti ridículo marcado por Jorge Sousa contra nós. O resto já todos conhecemos). Nessa entrevista afirmou claramente que se não oferecessem o valor pedido até ao prazo estimulado (por volta do fim desse mês) apostava-se na BenficaTV. Entretanto foi rejeitada oficialmente a proposta e a BenficaTV passou a estar disponível em França. Acho que são sinais que são mais do que evidentes para se acreditar que não vamos renovar com a Sportv em vez do contrário.

    Adicionei-vos no meu blog. Se gostarem do meu adicionem também.

    ResponderEliminar
  18. Caro José Albuquerque,

    Muito lhe agradeço a resposta que produziu ao "Milagre Financeiro".

    Há que entender que análises financeiras não podem assentar no relato produzido dentro de normas contabilísticas desadequadas ao negócio em questão.

    Vejo que, apesar de tudo, demonstra uma perspetiva conservadora sobre a estrutura financeira da SAD. Partilho-a. Não pode deixar de ser considerada como, vá lá, audaz, a opção de admitir o vencimento de 2 empréstimos obrigacionistas no espaço de 5 meses. A verdade é que não dispomos de informação acerca dos influxos financeiros da SAD, que poderão ser suficientes para os cobrir, mas de toda a maneira há, pelo menos, uma aparência de risco. Sugere que se discutam alternativas para a redução destes passivos. Pois bem, aquilo que outros acham criminoso, eu acho que deveria ser considerado sem estados de alma: renove-se com a olivedesportos e antecipe-se uma parte da receita para remover definitivamente um desses empréstimos do balanço. Veja-se: se renovarmos um empréstimo obrigacionista (tendência sugerida no R&C, declarando-se que há margem para isso, o que só abona em favor do trabalho da equipa de gestão), admitindo uma taxa de 8% (usando como referência a última subscrição do fcp) e um principal de 50M€, teremos um gasto com juros de 4M€ (negligencia-se o efeito fiscal por razões óbvias)em cada ano. Se anteciparmos os mesmos 50M€ deixaremos de receber os 22M€/ano e passaremos a receber apenas 12M€/ano. Parece pouco? bom, atualmente recebemos 7,5M€/ano... mas não acaba aqui. Aos 12M€/ano teremos que somar os 4M€ que deixamos de pagar de juros. Então já são 16M€/ano. Mas ainda há mais. Reduzindo a dívida reduz-se o risco. Em futuras negociações de dívida a diminuição do risco fatalmente refletir-se-á nas condições de financiamento, subindo este cash flow. Acresce que os 8% que parecem razoáveis agora podem, no futuro, ser otimistas. Depende. A crise acaba antes dos 5 anos do contrato?

    Também fala nos contratos de swap. Confesso que não é a área que melhor domino, mas normalmente o swap garante as condições pretendidas, não adia o impacto da evolução das taxas de juro, a não ser numa (provável) operação do mercado OTC que produza esses efeitos. De qualquer modo, e apesar dos passivos produzidos pela gestão do risco de taxa de juro, o trabalho desenvolvido nesta área é, sem dúvida, meritório. Pena é que para alguns benfiquistas seja admissível pôr em causa esse mérito e o profissionalismo de DSO pelo facto de ser sportinguista.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  19. Jose Albuquerque16/05/12, 08:49

    Caro Danilo Oliveira,
    Percebi que discordas, mas ... permite que te pergunte:
    1) Qual deve ser o valor correto do Contrato de Exploracao da Marca Benfica (por mais 5 dezenas de anos)?
    2) Por quanto avalias o Nosso Plantel (todos os 68 Atletas)?

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  20. Jose Albuquerque16/05/12, 09:00

    Caro Marques Vicente,
    Obrigado pelo teu comentario, cuja leitura recomendo a todos os Companheiros.
    Sinto que sabes bem quantos seriam os criterios possiveis para avaliar um Activo como a Nossa Catedral (por exemplo) e espero que concordes que nem nos vale a pena gastar (perder) muito tempo com esse "pormenor", pela simples razao que nenhum Benfiquista estaria disposto a abrir mao dela.
    Para mim, a Catedral so pode ser avaliada (para efeitos contabilisticos) por um de dois (ou um misto de dois) criterios:
    1) Custo de substituicao; e
    2) Valor atual dos cash flow futuros.
    Assim sendo, ela ja esta muito subavaliada no Activo da SAD.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  21. Jose Albuquerque16/05/12, 09:11

    Caro Colega "Bicadas",
    Obrigado pelo teu comentario.
    Sugiro-te que, aqui n'OBELOVOAR, evitemos o jargao profissional, sob pena de nos nao fazermos entender pela maioria dos Benfiquistas.
    Mesmo estando de acordo com quase tudo o que sugeriste, deixa que te recorde o que me parece mais importante (espero que concordes).
    Mais que a qualidade da Gestao Financeira, a Nossa Administracao excedeu-se na excelencia da Gestao Economica e conseguiu conceber e implementar (pela primeira vez desde que o Futebol se transformou em "Industria") um verdadeiro Plano de Negocios (rentavel).

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  22. Caro Jose,

    Respondo com todo o gosto, mas antes uma nota.
    Ambos os activos que mencionou, são alvo de análises subjectivas. Um jogador vale quanto estiverem dispostos a pagar por ele (e não o que o vendedor "quer") e o valor da marca é algo que varia muito, no caso de clubes desportivos, e que faz depender a flutuação dos resultados desportivos. Seguramente que a marca Benfica valia muito mais em Junho de 2010 do que em Junho de 2011.

    1) Em meu entender o valor da Marca por si só não é relevante, pois não a podemos "vender" para abater dividas. O que podemos fazer é contabilizar os contratos que temos e que serão possíveis de aumentar, de modo a aumentar receitas. A marca tem o seu peso na realização de contratos. Assim que não penso que se possa dizer que a marca é um activo, per se, mas antes um suporte aos "verdadeiros" activos. A menos que exista um contrato expresso de exploração da marca com parceiros, do qual não tenho nenhum conhecimento.

    2) O Jose avalia o nosso plantel num mínimo de 250M€ e verifica que apenas está avaliado em 100M€ no balanço dos activos. Como disse em cima, o valor de um jogador a dado momento é aquilo que alguém estiver disposto a pagar por ele. Não é por dizermos que o jogador vale 100M€ que ele os vale efectivamente. Nesse sentido a minha abordagem de valorização dos 68 jogadores do plantel, far-se-ia da seguinte forma:
    - Custo de compra
    - Se uma percentagem do passe é vendido a um fundo ou parceiro, a nova avaliação do jogador tem por base isso mesmo.
    - Jogadores da formação teriam sempre um valor residual, ou em alternativa o valor da ultima proposta oficial recebida.
    - jogadores a custo zero teriam uma de duas opções. Ou se ficam pelo valor residual ou pelo valor da ultima transferência.
    No total acho que seria possível aumentar o valor agregado ao plantel de futebol (fazendo aumentar os activos), mas nunca para valores megalómanos como defende.

    cumprimentos,
    Danilo

    ResponderEliminar
  23. Para quem estiver interessado poderá ver como se faz a defesa das contas do Benfica. É um texto vergonhoso, com a aparência de ser sério. É com coisas básicas como estas que se enganam os Benfiquistas. Na área de comentários há quase um aplauso geral porque se diz aos Benfiquistas o que eles querem ouvir. E então quem escreveu esta porcaria é designado por grande Benfiquista!!!. Sinceramente não sei como é possível desmentir tanta burrice junta. A análise económica é feita a um nível tão primário que só lendo. Lendo e aprendendo! E, por favor, não acreditem no que lêem!!!

    ResponderEliminar
  24. Este especialista em contabilidade, economia e finanças, vende as coisas caras, mas ninguem lhe compra nada!

    ResponderEliminar
  25. É de facto extenso.Estive quase a desistir quando diz que o SLB está entre os 20 clubes mais ricos da europa!É um discurso confuso, demogogo e eleitoralista, julgando ser um arauto defensor da Instituição.

    ResponderEliminar
  26. Gostava de saber quanto é que este senhor recebeu para escrever esta coisa(para não dizer outro nome mais agressivo), quanto recebeu e é se já lhe pagaram. Os anti-vieiras não existem,existem é VERDADEIROS BENFIQUISTAS REALISTAS.

    ResponderEliminar
  27. Mas que obra "non-prima"! Há partes em que me fez lembrar o José Socrates quando dizia que Portugal não precisava de ajuda externa...

    ResponderEliminar
  28. Podendo estar a ser injusto, um texto destes deverá ter origem "interna" aparentando ser um blogger normal. A estupidez do que é dito não tem limites, mas parece ser sério...

    ResponderEliminar
  29. A avaliação entre passivo e activo é de ir ás lágrimas!

    ResponderEliminar
  30. Então e o Passivo que temos que pagar ainda pelo Estádio? O que fazemos com ele? Pomos no fundo da gaveta debaixo de tudo para ninguem o ver?!

    ResponderEliminar
  31. Então aí vendemos o plantel que é avaliado não em 100M mas em 250M.Porque não avaliá-lo em 400M.Já cobria quase o passivo todo.

    ResponderEliminar
  32. Mais uma vez foi prestado um serviço público aos benfiquistas de boa-fé.

    Não sendo especialista em economia e finanças, por dever de ofício sou obrigado a saber, minimamente, ler balanços e relatórios.

    Tive curiosidade de ir ver o que pretendiam os "contra ti Benfica" e bastou-me ler as perguntas que ali eram colocadas para não querer ler mais porque era por demais evidente a má-fé e, ou ignorância.

    Estes pseudos não percebem que quanto mais mentem e ofendem a dignidade de LFV, mas anticorpos arranjam e obrigam os indecisos a sentirem uma enorme vontade, um impulso, de o reeleger em outubro. Não é assim que se passam mensagens e se atinge o objectivo de fazer eleger uma nova direcção.

    Como resultado imediato daquela verborreia logo apareceu um Tavares a colar-se aos "rapazes" numa tentativa (que junto daqueles resultou) de apalpar o ambiente para uma eventual candidatura.

    É impressionante que apesar de o Tavares nada ter dito de concreto e útil, além de produzir as afirmações que os "contra ti Benfica" queriam ouvir, logo (de imediato, nem sequer pensaram 2 segundos)uma panóplia de "contras" veio fazer loas e juras ao Tavares. É digno de se ver o espectáculo de estupidez.

    Pela minha parte (e tendo já reservado os meus 50 votos para um candidato e uma equipa a sério e sérios que se viesse a formar como alternativa ao actual Presidente) que não sou um ferveroso apoiante de LFV, a continuarem as coisas assim, cada vez mais extremadas, vou seguir o tal princípio que refiro acima; ou seja, não vou resistir ao impulso e vou dar os meus 50 votos a LFV. É o que esta cambada me anda obrigar a fazer (eles não fazem a mínima ideia que a esmagadora maioria dos sócios pertence a uma maioria silenciosa).

    P.S.: A propósito de alguns comentários que se vão lendo na glorioesfera de que se Vieira for reeleito deixam de pagar quotas e comprar cativos e ir à Luz, direi que,pela minha parte, é algo que desde já agradeço. O ambiente fica mais limpo e o Benfica livra-se de indivíduos que por um qq problema genético deviam ter sido osgas ou corruptos mas marraram com o vermelho.

    ResponderEliminar
  33. Que não está pago... Vende-se o que deveria estar quase pago (estava previsto acabar de pagar em 2014) mas a data passou para 2024. E vende-se o estádio ao Spartacus para fazer lá umas lutas de gladiadores :)

    ResponderEliminar
  34. Quanto aos jogadores, só temos que nos lembrar que sempre que vendemos jogadores acabamos por gastar pelo menos o mesmo em jogadores novos..

    ResponderEliminar
  35. olha a bela da comichão .... é a vender e a comprar ... muita comichão ... e assim se faz a sarna ... se fica milionário ...

    ResponderEliminar
  36. Leiam este texto de um ex-Vice-Presidente de Vieira ... ele saiu pelo seu pé, bateu com a porta .... leiam ...

    http://eternobenfica.blogspot.pt/2012/05/fernando-tavares-em-discurso-directo.html

    ResponderEliminar
  37. "O Benfica não tem de vender nada nem ninguém para pagar juros e amortizar investimentos.O que a Nossa SAD tem, ... é de obter mais valias pela venda de passes de Atletas e nem de longe necessita que esse acréscimo seja da ordem dos 50ME anuais (valor que, alias, nunca foi conseguido)."

    PODE REPETIR? NÃO TEM DE VENDER NADA...MAS TEM DE OBTER MAIS VALIAS PELA VENDA...?????
    Pode repetir?

    ResponderEliminar
  38. Sabem o que lhes digo!! Digo que existe uma vontade ferrea de retirar este presidente ao Benfica, porque parece que a estabilidade que se comeca a formar no Benfica ja atrapalha muitos dos que tem estado durante anos a comer, corrumper e destruir o nosso futebol. Vem agora com esta do Benfica estar a falir... meus amigos nao e o Benfica que deve ordenados aos seus desportistas e funcionarios, sendo em tempo de crise uma instituicao que emprega um enorme numero de pessoas. Nao e o Benfica que se atrasa a pagar os seus compromissos. E por fim e mais relevante, nao e o Benfica que esta preocupado por nao ter renovado com a olivedesportos.

    ResponderEliminar
  39. Jose Albuquerque16/05/12, 12:58

    Caro FL,
    Por favor, presta bem atencao, que vou tentar fazer um desenho bem simples para compreenderes:
    Retiraste a citacao de um contexto em que se pretendia (os anti Vieira pretendiam) que o Benfica (a SAD) necessita de vender para pagar, certo?
    A minha afirmacao, que mantenho, e que a SAD nao tem nenhum problema de tesouraria (tem diversas fontes alternativas de financiamento).
    Enquanto se mantiver o roubo do mamao chupista, a SAD tem de (para ssegurar os resultados economicos) obter mais valias com passes de Atletas (pode e tem vendido apenas partes), para aumentar os Proveitos.
    Reconheco que a forma como escrevi pode ter sido pouco clara, mas sinto que tu ja tinhas percebido perfeitamente o que eu pretendia defender.
    Tenho razao, Companheiro?

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  40. Se é uma questão de nrs tens q analisar os nrs, e ainda para mais dizes q és da área.
    Por causa de Benfiquistas como tu e com a tua mentalidade é q em 10 anos o PC ganhou 8 vx.
    Para acabar, vai opiniar para o caralho q t foda.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  41. Cuidado amigos benfiquistas

    Opinem mas com elevação. Muitas senhoras nos visitem e, certamente, não gostarão de ler certo tipo de linguagem que não favorece ninguém

    Sejam dignos e amigos

    ABREIJOS

    ResponderEliminar
  42. José Santos @ http://obelovoardaagui... - Milagre financeiro ?
    20 hours ago · 0 replies · +5 points
    Obrigado por esta lição de contabilidade.è preciso desmascarar esses pseudo benfiquistas.Podemos não estar satisfeitos com os resultados desportivos, mas temos de dizer que a gestão do Benfica tem sido , dentro dos condicionalismos, excelente.Obrigado. è preciso divulgar este documento.

    ResponderEliminar
  43. Pedro Ribeiro @ http://obelovoardaagui... - Milagre financeiro ?
    19 hours ago · 2 replies · -2 points
    eu não sou nem pró nem anti Vieira. Consigo reconhecer mérito assim como consigo apontar vários defeitos na gestão do homem. Agora, perdoem-me, mas achar que o aumento da pauta salarial com o adjacente investimento em jogadores que nunca na vida vão envergar o manto sagrado, ser considerada boa gestão por parte da direcção deve ser para rir. Achar que é um sinal de vigor, concordo, mas esse vigor ser encaminhado para o lixo é que já acho mal. Kardec, Eder Luis, Fellipe Bastos, Enzo Perez e mais um sem número de exemplos de milhões que poderiam estar investidos no actual plantel e não estão. Nestes tempos de guerra e de campanha eleitoral, cada vez mais me convenço que tenho que me sentar no sofá a assistir ao debate que se avizinha. Este post é bom e elucida-me. Confesso que li coisas que não sabia e fiquei a saber. Mas por gostar de ler disto ou daquilo não significa que eu seja pró ou anti-Vieira. Resumindo e concluindo, tenham lá calma que somos todos benfiquistas. Se começa toda a gente a entrar pela via do insulto isto torna-se uma patetice pegada que em nada dignifica o nome do nosso clube. Um abraço

    ResponderEliminar
  44. Carlos_Alberto @ http://obelovoardaagui... - Milagre financeiro ?
    19 hours ago · 0 replies · +3 points
    Olha... apenas uma palavra: ESCLARECEDOR.

    Acho que vais ganhar mais uns quantos inimigos, meu caro José Albuquerque

    ResponderEliminar
  45. Carlos_Alberto @ http://obelovoardaagui... - Milagre financeiro ?
    19 hours ago · 0 replies · +3 points
    Olha... apenas uma palavra: ESCLARECEDOR.

    Acho que vais ganhar mais uns quantos inimigos, meu caro José Albuquerque

    ResponderEliminar
  46. GuachosVermelhos @ http://obelovoardaagui... - Milagre financeiro ?
    18 hours ago · 0 replies · 0 points
    Ah, e obviamente vou partilhar isto no facebook!

    ResponderEliminar
  47. Viriato de Viseu @ http://obelovoardaagui... - Milagre financeiro ?
    18 hours ago · 0 replies · 0 points
    eheheheh....que grande Diário de bordo, caro Navegador.
    Isto é parta ser lido com mais calma, que só mais logo o posso fazer.

    ResponderEliminar
  48. João Tomaz @ http://obelovoardaagui... - Milagre financeiro ?
    18 hours ago · 1 reply · 0 points
    Sobre este assunto, escrevi, sem insultos e bem menos "economês", um post em que apresento as mesmas conclusões que o José Albuquerque.
    Este documento ("Milagre fianceiro 1.2") denota, essencialmente, vontade de atacar o LFV e impreparação. É pena pois, apesar de algumas indicações em contrário, estou certo que os autores apenas desejam o melhor para o Benfica. Pelo menos, têm o mérito de se ter iniciado a discussão. Este post do José Albuquerque, com tanta informação detalhada, provavelmente não existiria caso não existisse também as críticas em foco...
    Fica o link do meu post... http://pelicanobenfica.blogspot.pt/2012/05/o-mila...
    Outra questão será que nem tudo é maravilhoso. É por esta razão que penso ser necessária melhor oposição!

    ResponderEliminar
  49. João Tomaz @ http://obelovoardaagui... - Milagre financeiro ?
    17 hours ago · 0 replies · 0 points
    Bem, o post é tão extenso que me esqueci que, no início, fazem a referência ao meu post no "Benfiquistas desde pequeninos"...

    ResponderEliminar
  50. João Tomaz @ http://obelovoardaagui... - Milagre financeiro ?
    17 hours ago · 0 replies · 0 points
    E convém acrescentar de forma mais directa: Os insultos parecem-me desnecessários!

    ResponderEliminar
  51. Paula Vilhena @ http://obelovoardaagui... - Milagre financeiro ?
    17 hours ago · 0 replies · 0 points
    Não tenho capacidade para discutir o exposto no post mas estou convicta que é uma carta que deveria ser lida por todos os benfiquistas visto que a nivel de informação está soberbo

    ResponderEliminar
  52. aguialiv @ http://obelovoardaagui... - Milagre financeiro ?
    17 hours ago · 0 replies · +1 points
    Pena que os benfiquistas não se juntem e discutam este artigo até à exaustão, que decerto muito contribuiria para melhor entender o Benfica e a sua SAD.
    Já se fizeram alguns artigos sobre a matéria em questão e se calhar todos eles com a sua razão.

    Juntem-se e discutam abertamente o artigo e, acredito, muito se aprenderá

    VIVA O BENFICA

    VIVAM OS BENFIQUISTAS

    ResponderEliminar
  53. Alprazolam @ http://obelovoardaagui... - Milagre financeiro ?
    17 hours ago · 0 replies · 0 points
    Muito obrigado pelo post caro Albuquerque (permita-me que o trate assim). Eu penso que o que poderá ser questionável é o excessivo recurso a capitais alheios (com acréscimo das taxas de juro). Tenho receio que este caminho nos conduza a uma perda de competitividade. Acredito , no entanto, que ainda temos margem (com o naming do estádio e com aumento das receitas da transmissão televisiva). Claro que as outras 2 opções, nesta altura, parecem-me piores: aumento de capital ou diminuição do investimento. Sobre este assunto pergunto-lhe se acredita que o processo do naming estará concluído proximamente? Sobre o número de jogadores sob contrato encaro como um investimento da Sad. O que me parece criticável nos mandatos de Vieira é a gestão desportiva e o facto de não ter conseguido criar uma estrutura desportiva ao mesmo nível da estrutura económico/financeira. Outro aspecto censurável no Benfica é a comunicação ambígua ou em zigzag (luta contra o sistema e apoiar o Fernando Gomes ou Valentim Loureiro!). Quanto à oposição a Vieira, acho que se se meter pela gestão económico/financeira vai dar um tiro de caçadeira nos pés.

    ResponderEliminar
  54. Carlos Loureiro @ http://obelovoardaagui... - Milagre financeiro ?
    16 hours ago · 0 replies · 0 points
    Excelente, caro José Albuquerque.
    Espero que continues a elucidar os Benfiquistas menos capacitados como eu.
    Quanto aos autores do texto em discussão, será que são Benfiquistas? não serão osgas ou corruptos a quererem dividir-nos? Fica a pergunta.
    Viva o BENFICA.

    ResponderEliminar
  55. AMIGOS BENFIQUISTAS

    Não sei o que aconteceu mas uma verdade é que a caixa de comentários foi modificada sem que eu tenha alguma coisa a ver com o facto

    Será que alguém me pode ajudar, esclarecendo-me porque razão a caixa de comentários saiu do intensedebate para esta? Desde já agradeço.

    Coloquei aqui alguns comentários que estavam na caixa do intensedebate a fim de que, quem quiser, poder comentar.

    Mais uma vez pelo elevação nos vossos comentários pois as palavras de injurias não interessam a ninguém nem fazem de quem as profere melhores benfiquistas

    O meu Obrigado

    ResponderEliminar
  56. Jose Albuquerque16/05/12, 14:27

    Caro Alprazolam,
    Obrigado pelo teu comentario (e, uma vez que me perguntas a preferencia, podes mesmo tratar-me por Ze e por tu).
    Aproveito a oportunidade para te dizer, a ti e a outros Companheiros, que este texto nao passa de uma "resposta" (basica) para desmascarar o que os autores do "Por ti Benfica" escreveram.
    A situacao economica e financeira do Glorioso (de todo o Grupo Benfica em geral e da SAD em particular) nao pode ser debatida "de memoria" (como eu fiz), nem, especialmente, com o nivel de informacao "basico" que permita ser compreendido pela totalidade dos Benfiquistas.
    Dito de outra forma, por favor nao leiam este meu texto como se de algum "Tratado" se tratasse.

    Enormerrimo Fundador,
    Por mim, deixa la estar esta caixa de comentarios: ha muitos meses que eu nao conseguia comentar com tanta facilidade.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  57. Aquele abraço amigo José Albuquerque
    .

    ResponderEliminar
  58. Alguem me pode dar umas dicas? Eu pretendo comecar a comentar nos sites portistas como infiltrado.
    _Que nick devo escolher? ; _Sera melhor dizer que sou idoso ou joven?; _Seria benefico dizer que sou socio dragao de ouro?; _Seria bom fazer-me passar por mulher?; _Como devo abordar os assuntos que pretendo que destabilizem?; _Como poderei fazer com que os leitores acreditem que o que esta bem, afinal esta tudo errado?...SE houver aqui algem que me possa ajudar agradecia

    ResponderEliminar
  59. Amigo Ricardo;
    Não que seja demasiado importante mas nos anteriores comentários deixei uma resposta ao Pedro Ribeiro que certamente por esquecimento ou outro imprevisto qualquer não transcreveste para aqui...

    ResponderEliminar
  60. Caro José Albuquerque
    Então desenhemos.
    Mas antes, um esclarecimento. Não sou pró nem anti nada. Ou, melhor dizendo, sou pró Benfica. E só.
    Vamos ao desenho. Não tirei nada do contexto. Tive mesmo a preocupação de transcrever a sua mensagem. Vc continua a afirmar que a SAD precisa de obter mais valias com a venda. E eu continuo a afirmar que isso está em contradição com o que afirma antes, que não precisa vender nada. E com isso não rebate os “anti”. Ou seja, quer os “anti”, quer os “pró” dizem o mesmo. Que a SAD precisa de vender.
    Por isso fico na minha. Nem os “anti” nem os “pró” me convencem. E eu só espero é que o Benfica consiga, no meio desta tormenta, tomar o rumo certo.

    ResponderEliminar
  61. És um analfabeto Zé!

    ResponderEliminar
  62. Amigos benfiquistas:

    Por lapso não transcrevi para aqui a resposta do caro amigo GuachosVermelhos ao caro amigo Pedro Ribeiro
    Aos dois peço imensas desculpas:

    Segue-se a resposta:

    GuachosVermelhos @ http://obelovoardaagui... - Milagre financeiro ?
    23 hours ago · 1 reply · +3 points
    Kardec, Eder Luis, Fellipe Bastos, Enzo Perez são excelentes jogadores e ainda são todos pertença do Benfica! Alguns estão já mais valorizados do que quando jogavam cá!
    Veremos se serão mais valias ou não! Parece-me abusivo falar de milhões que poderiam estar aplicados no actual plantel quando esses jogadores foram por esta ou aquela razão (tal como muitos outros) desvalorizados e achincalhados por quem mais os devia apoiar; os sócios e adeptos! sim, esses mesmos que vão para programas de televisão fazer piadas de mau gosto, achincalhando jogadores do seu clube fazendo o jogo de quem nos odeia! exemplos? Roberto, hoje no onze ideal do futebol espanhol ou Emerson só para ficar-mos por aqui. Serve a carapuça? não serve? mas olha que devia servir, pois foi feita mesmo à medida!

    ResponderEliminar
  63. Wass convocado pela selecção dinamarquesa para o euro; Javi Garcia convocado para particulares pela selecção espanhola; Oblak é um investimento seguro; Carole é um investimento seguro; Jardel já valorizou imenso desde que foi contratado ao Olhanense; Bruno César já foi convocado para o escrete desde que chegou ao Benfica; Nolito é um valor seguro deste Benfica (estava na 2ª divisão espanhola); Gaitan vale muito mais agora do que quando chegou da Argentina; Melgarejo acabou de ser convocado para a selecção do Paraguai; Kardec, Eder Luis, Fellipe Bastos, Enzo Perez são excelentes jogadores que por qualquer razão não se adaptaram ao Benfica mas estão longe de serem maus investimentos; Roberto está no onze ideal do futebol espanhol. Muito bem anda o Benfica na prospecção do mercado. Aliás, isto é reconhecido internacionalmente. Ainda há pouco tempo alguém ligado ao Barcelona dizia que os clubes que compram melhor são o Benfica, o porto e a Udinese. Eu penso que o Benfica quando parte para a aquisição do passe de um atleta fá-lo numa lógica de que esse jogador até pode não chegar a jogar de águia ao peito, no entanto, pode vir a ser um negócio favorável. Ainda há pouco tempo alguém ligado ao Barcelona dizia que os clubes que compram melhor são o Benfica, o porto e a Udinese. O problema do Benfica é, na minha opinião, a incapacidade de contornar o sistema e a incapacidade de ter um discurso coerente para o exterior.

    ResponderEliminar
  64. ha muito tempo que nao lia tanta asneira seguida. O senhor esta a mentir de proposito? ou é apenas ignorante na materia?

    ResponderEliminar
  65. Alguns correcoes aos muitos erros do seu post

    "tentando desmentir um suposto “milagre financeiro” que eu nunca ouvi ser apresentado pelo Presidente como uma das obras da sua Direção"

    o senhor tem memoria curta… http://relvado.sapo.pt/benfica/vieira-quando-cheguei-benfica-estava-falido-399846


    "Mas quando será que esta gente deixará de confundir (manipulando) Passivo com dividas?"

    Basta “googlar”… http://www.thinkfn.com/wikibolsa/Passivo

    "Como eles não se cansam de esgrimir este espantalho do Passivo da Nossa SAD, eu não posso cansar-me de repetir que qualquer Passivo só assume relevo negativo se não tiver uma relação equilibrada com o correspondente Activo."

    Se calhar esqueceu-se ler a opiniao dos auditores (KPMG) ultimas contas semestrais e como fala que o benfica nao esta a cumprir o artigo 35 do CSC (capital proprio minimo)


    -

    ResponderEliminar
  66. "O contrato de exploração da Marca Benfica, que vale um mínimo de 150ME (pelo critério do valor atual dos cash flow, aplicado em moldes pessimistas) e que deve estar em balanço por menos de 10M"

    Quase… são 56 Milhoes de euros… enganou-se em 100 Milhoes http://www.record.xl.pt/Futebol/Nacional/1a_liga/Benfica/interior.aspx?content_id=719449

    "O valor total das partes detidas dos “passes” dos Atletas, que eu já avaliei (num texto publicado há cerca de um ano) num mínimo de 250ME e cujo valor de balanço não chega aos 100ME"

    Se tiver tanto jeito para avaliar jogadore como marcas estamos bem servidos

    ResponderEliminar
  67. O benfica no ultimo ano ganhou 54 Milhoes de euros com venda de jogadores mas gastou 53 Milhoes de euros a comprar novos jogadores... onde é que eles andam??

    O benfica gera cerca de 5 Milhoes de euros de dinheiro (ja depois de compra/venda de jogadores) e tem de pagar juros de 18 Milhoes de euros.

    Ou seja... nao ha dinheito para isso. O que se faz? vamos ao banco. por isso os emprestimos bancarios aumentarm 40 Milhoes de euros nos ultimos 2 anos.

    E confirmo que o benfica no proximo ano tem de pagar 115 Milhoes de emprestimos (e nao estou a contar com os 18 Milhoes de juros anuais)

    ResponderEliminar
  68. Para a proxima antes de escrever tanta asneira talvez seja melhor informar-se primeiro.

    ResponderEliminar
  69. O seu texto esta cheio de informaçoes incorrectas (alias.. sao poucas as correntas). Fala de 1Mio de lucro do Roberto??? sao 100 mil euros... enganou.se num zero.

    ResponderEliminar
  70. Caro José Albuquerque: gostei muito da sua missiva, longa mas medianamente clara para um arquitecto , como é o meu caso!Só tenho uma duvida até quando é positivo para o SLB continuar a investir em jogadores da forma como o tem feito!! Ou seja qual é o limite, sabendo que o está a fazer suportado, como diz, grande parte em capital alheio? OU seja mesmo considerando que nem todos podem jogar nas equipas principal e B, não lhe parece que 68 jogadores, não obstante a valorização de grande parte deles, é mais que muito?
    Grande abraço
    ps: vamos ver como terminam os jogadores brasileiros emprestados! e o papal da academia?

    ResponderEliminar
  71. Jose Albuquerque17/05/12, 07:39

    Caro Consocio 218219,
    Obrigado pelo teu comentario e interrogacoes (e desculpa a falta de acentos graficos).
    Toma nota que eu julgo que sao mais de 68 os Atletas que a Nossa SAD tem sob contrato profissional. Nao sei de onde nasceu esse numero que todos citam e, logo que tenha tempo, hei-de investigar esse assunto, mas, entretanto e para desfazer o "mito" da falta de portugueses e/ou produtos da Nossa "Fabrica", afirmo que a Benfica SAD tem, nesta data, 32 (trinta e dois) Atletas portugueses, dos quais apenas 5 (cinco, Mika, F.Faria, C. Martins, R. Amorim e Y.Djalo) nao sairam da "Fabrica".
    De facto, nao sei se esse numero e exagerado ou insuficiente, mas sei 3 coisas:
    1) Que a Benfica SAD tem boas espectativas de Proveitos com esses Atletas;
    2) Que os Benfiquistas (a maioria dos que se manifestam) vao "aos arames" de cada vez que um jovem Atleta sai para outro clube, por nao renovar contrato com a SAD; e
    3) Que eu confio inteiramente na capacidade do Nossso "Maestro" (e da Equipa que ele lidera) para determinar essa politica.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  72. Jose Albuquerque17/05/12, 07:43

    Caro Nuno,
    Vais desculpar-me, mas nao vou responder a essas tuas atoardas, nem vou perder um segundo (a hora ja vai adiantada, ahahah) a investigar esses links que aqui deixas.
    Ficou claro que de contabilidade e financas nao ves um boi (e dos grandes).
    Permite-me uma pergunta: foste um dos Autores do slide show?

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  73. Querer desmentir factos com opiniões, só funciona para quem não percebe minimamente do que se está a tratar ou não quer ver.

    E este artigo, apenas dá opiniões para desmentir factos...

    Agora cada um entende como quiser...

    ResponderEliminar
  74. Caro Luis,
    Dizes que defendes a redução do passivo e depois dás duas soluções, uma delas é esta:
    "Executar uma politica de desinvestimentos e redução geral de custos (não renovando contratos com Atletas, não aumentando salários, não investindo em mais Atletas, ou investindo em passes mais baratos, por exemplo), suportando os inerentes riscos (mau desempenho desportivo, saídas “a custo zero”, por exemplo) e tentando obter, por essa via, um aumento dos resultados dos exercícios (pelo menos a curto prazo)."

    Mas destacava mesmo esta frase "suportando os inerentes riscos (mau desempenho desportivo, saídas “a custo zero”, por exemplo)" gostava de te deixar a pergunta: Como classificas os resultados desportivos destes últimos 10 anos do nosso futebol senior? É que continuar a aumentar o passivo com maus resultados é o que temos feito! Se é para se ter maus resultados que seja para diminuir o passivo, como defendes e bem! Ou seja tudo o que tem sido feito é o que não defendes! A não ser claro que tenhas visto grandes resultados que eu não vi!

    Abraço,

    Simão

    ResponderEliminar
  75. Ainda em relacao ao MILAGRE FINANCEIRO e ao ENFASE que consta na opiniao de auditoria podemos ler a explicaçao da Administraçao da Benfica SAD

    "Apesar da evolução positiva da situação líquida do Grupo no período em análise, a Benfica SAD ainda não cumpre o disposto no artigo 35º do Código das Sociedades Comerciais, mantendo-se a intenção de continuar a melhorar os capitais próprios da Benfica SAD. De qualquer forma, é entendimento do Conselho de Administração que a continuidade das suas operações é assegurada pelo apoio financeiro dos seus accionistas"

    "é entendimento do Conselho de Administração que a continuidade das suas operações é assegurada pelo apoio financeiro dos seus accionistas"????

    mas entao ninguem pergunta aos genios da finança o que é que isto quer dizer??? entao o Benfica nao é uma maquina de dinheiro??? entao o benfica nao gera milhoes e milhoes de receitas e nao vive uma condiçao financeira inagualavel???

    nao brinquem mais com os benfiquistas se faz favor!

    ResponderEliminar
  76. Eu, Carlos, Presidente Vitalicio do SLB e sem saufrágio (...)

    No parágrafo numerado 53) desta página http://www.cash-platform.com/futebol.html está uma nota extremamente importante...

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
    Pessoalmente existem os seguintes reforços prioritários para o SLB que faço questão ... Di Maria(Real Madrid), David Luiz(Chelsea), (((... Ronaldinho(Flamengo) ... SLB/Tottenham Hotspur/Napoli ... ))), Patricio Rodriguez(Independiente), Leandro Damião(Internacional), Lucas Moura(São Paulo), e eventualmente Mario Balotelli(Manchester City) ... (se o Balotelli aceita ir ao psiquiatra,quer salvar carreira no city,não quer sair do Manchester City,etc) ... ... (Fábio Coentrão ... se o Gaitan for para o Manchester) ... (Se o Oscar Cardozo for vendido por 40 milhões, proposta ao Napoles por Edinson Cavani no valor de 60 milhões)... os Presidentes dos clubes onde jogam estes jogadores ... basta lerem isto e por mim podem confiar no que está aqui escrito ... explicado no esquema demonstrativo dos jogadores(...a equipa/plantel base do SLB ...), valores das cláusulas de rescisão,etc ... de forma resumida ... proponho-me a investir este ano 250 milhões de euros em contratações como limite máximo e como excepção ... ser campeão nacional e vencer a Champions League no mesmo ano e num limite de dois anos ... e repetir este feito de forma regular diria,etc,etc ... está relativamente bem explicado nesta página http://www.cash-platform.com/futebol.html
    ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Tenho escrito...
    Carlos

    ResponderEliminar
  77. O chorrilho de asneiras é tão extenso que nem sei por onde começar. Mas já agora gostaria que o autor disto justificasse estas afirmações, "Mentira! O estádio (deveria doer-lhes a boca quando assim se referem á Nossa Catedral) não foi “retirado” ao Clube (com maiúscula, sempre) e pela simples razão que nunca lá esteve.
    A Catedral foi construída no quadro de uma Empresa que o Grupo constituiu para o efeito (a Benfica Estádio) e o que se fez foi a fusão dessa Empresa com a Nossa SAD."


    Não sabe ou não quer dizer que a Benfica Estádio SA. era detida em 100% pelo Sport Lisboa e Benfica.

    E já agora explique o motivo pelo qual o activo/passivo do clube diminuiu logo após o Estádio ter sido integrado na SAD. De referir que o valores que diminuiram no clube foram os mesmos que aumentaram na SAD.

    Se o Estádio não foi retirado ao clube como afirma como explica o abate do activo/passivo do mesmo nas contas do clube?

    ResponderEliminar
  78. Há aqui duas pessoas que estão com certeza de má fé, dando razão ao José Albuquerque. Um tal Nuno e um Achor81. Entre dezenas de pontos desmistificados apontam um ou dois pontos que, na sua opinião, estão incorrectos. E a partir daí, extrapolam e dizem que todo o posto está errado. Enfim, se isto não é má fé, não sei o que é má fé! Mesmo que esses pontos estivessem incorrectos nunca será razão para recusarem como correcto todo o post.

    É como se uma pessoa chegando a uma floresta, a olhasse, visse uma ou duas árvores doentes e dissesse: "Esta floresta está doente, não tem futuro!".

    Na minha opinião, e eu também tenho alguns conhecimentos de gestão, posso dizer que o post, com o qual eu concordo na sua totalidade, ARRASA todo esse documento, que mais não é do que uma tentativa barata e baixa de propaganda e ma-ni-pu-la-ção da opinião benfiquista. Quem faz isto não é gente séria nem honesta! Não merece a mínima credibilidade!

    ResponderEliminar
  79. Olá a todos,

    Não tenho nada a ver com quem escreveu nem este nem o outro documento, mas uma coisa eu sei: A hostilidade que existe por parte dos Vieiristas com toda a gente que pensa diferente deles. O Benfica é dos Benfiquistas, não é do Vieira, e sempre foi um clube plural e democrático desde a sua fundação. A caça às bruxas a toda a gente que pensa diferente, ou pela sua própria cabeça é NOJENTA! Como se o LFV e os seus apoiantes tivessem o monopólio do benfiquismo e todos os outros não fossem benfiquistas, ou apenas oportunistas. Acreditam mesmo nisso? Este é mesmo o unico caminho? Estão mesmo contente com o estado das coisas? Onde estão as vitórias desportivas do futebol? Estou farto das desculpas dos arbitros, o Benfica tem que conseguir ganhar com boas ou más arbitragens. Em 10 anos ganhou-se 2! campeonatos! Estão assim tão contentes com isso? Eu lembro-me do Benfica a ganhar 1 em cada 2 campeonatos, de ir a finais europeias (até já Braga e Sporting estiveram lá nos ultimos anos, já para não falar que o Porco ganhou mais na Europa nestes ultimos 10 anos que o Benfica internamente), etc. Nestes últimos 20 anos não se ganhou quase nada, ou seja não se está melhor que no tempo do Damásio ou do Vale, que esta direcção tanto critica! Há credibilidade? Sim, conseguiram isso. Mas agora é tempo de dizer basta e que se quer é vitórias, e essas meus amigos, este presidente já se percebeu não ser capaz de as dar. Se gostam de perder mantenham-no lá. Eu não gosto, não faz parte da minha cultura de Benfiquista, que é ganhar!!

    Saudações benfiquistas,

    João Pedro

    ResponderEliminar
  80. Jose Albuquerque17/05/12, 21:42

    Caro Achor81,
    Sabes o que mais me custa nisto tudo?
    Que pessoas como tu, que parecem saber do que estamos a falar, usem esse tipo de verborreia para tratar assuntos serios.
    Entao de quem e a Nossa Catedral? Da SAD, correto?
    E quem exerce a titularidade da SAD (por maioria mais que qualificada do Capital)? O Nosso Clube, correto?
    Sabes bem que e falso que a Catedral estivesse no "activo/passivo" do Clube! So estaria numa optica de balanco consolidado, optica essa em que continua a estar. Correto?
    Estas a sugerir que o Balanco do Nosso Clube ficou pior depois da restruturacao co Grupo Benfica? Que ficou pior depois da constituicao da SAD?
    Nem uma nem a outra, claro!
    Entao qual e a treta da tua duvida?
    Explica-te, Companheiro!

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  81. Caro José Albuquerque,

    Dizes que defendes a redução do passivo e depois dás duas soluções, uma delas é esta:
    "Executar uma politica de desinvestimentos e redução geral de custos (não renovando contratos com Atletas, não aumentando salários, não investindo em mais Atletas, ou investindo em passes mais baratos, por exemplo), suportando os inerentes riscos (mau desempenho desportivo, saídas “a custo zero”, por exemplo) e tentando obter, por essa via, um aumento dos resultados dos exercícios (pelo menos a curto prazo)."

    Mas destacava mesmo esta frase "suportando os inerentes riscos (mau desempenho desportivo, saídas “a custo zero”, por exemplo)" gostava de te deixar a pergunta: Como classificas os resultados desportivos destes últimos 10 anos do nosso futebol senior? É que continuar a aumentar o passivo com maus resultados é o que temos feito! Se é para se ter maus resultados que seja para diminuir o passivo, como defendes e bem! Ou seja tudo o que tem sido feito é o que não defendes! A não ser claro que tenhas visto grandes resultados que eu não vi!

    Abraço,

    Simão

    ResponderEliminar
  82. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  83. fiquei extasiado..olha!..adormeci.

    ResponderEliminar
  84. "Sabes bem que e falso que a Catedral estivesse no "activo/passivo" do Clube! So estaria numa optica de balanco consolidado, optica essa em que continua a estar. Correto?" Isto é MENTIRA é só afirma tal coisa quem nunca colocou os pés numa AG e analisou um RC do clube. Basta comparar o activo/passivo de 2009 e de 2010. Não lhe vou permitir que continue a insistir numa mentira seja ele dita de propósito ou por ignorância. Antes da fusão da Benfica Estádio SA. na Benfica SAD a Benfica estádio era detida em 100 % pelo Sport Lisboa e Benfica.



    Depois como qualificar que a exploração da marca Benfica vale 150 M€. Só para que tenha noção do disparate a marca Real Madrid vale 160 M€ e o Barcelona nem aos 150 M€ chega. http://swissramble.blogspot.pt/search/label/Bayern%20Munich

    Quando se afirma algo é preciso ter certeza naquilo que se diz, o que não é o caso. Todo este texto não passa de um chorrilho de asneiras e mentiras.

    ResponderEliminar
  85. http://img72.imageshack.us/img72/5577/semttulo2dx.jpg


    http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/FR26348.pdf


    Ai ficam documentos que provam e comprovam que a Benfica Estádio era detida em 100% pelo Clube.

    ResponderEliminar
  86. "O “R&C” do exercício corrente irá demonstrar que o Grupo Benfica ultrapassou largamente os 150ME de Proveitos (é obra, caramba!) e estes amestrados (desculpem-me, mas há horas que estou com esta palavra debaixo da língua) insistem em reduzir tudo a uma parcela de cerca de 20% desse montante?»


    http://web3.cmvm.pt/sdi2004/emitentes/docs/PCT39786.pdf

    Será que o Senhor Professor pode-me elucidar, como foi buscar no Grupo Benfica esse valor dos 150M€ que se irá ultrapassar largamente, segundo as suas previsões, depois de ler o documento da BenficaSAD, respeitante ao 3º trimestre, onde apresenta proveitos operacionais de 74M€ até 31 de Março de 2012.

    Obrigado

    Carlos Francisco F. Alves

    ResponderEliminar
  87. Vê-se bem que pouco percebes do que falas.

    "...1) O contrato de exploração da Marca Benfica, que vale um mínimo de 150ME (pelo critério do valor atual dos cash flow, aplicado em moldes pessimistas) e que deve estar em balanço por menos de 10ME; e

    2) O valor total das partes detidas dos “passes” dos Atletas, que eu já avaliei (num texto publicado há cerca de um ano) num mínimo de 250ME e cujo valor de balanço não chega aos 100ME.


    Só nestas duas rubricas do Activo da Nossa SAD e sem otimismo, ficam identificadas mais valias potenciais de quase 300ME.E o que é que isto representa?"


    De que te interessa avaliar em 500Milhoes se nunca na vida e em liquidaçao total conseguias fazer sequer metade. Os jogadores valem o que a procura/oferta ditam e nem tu nem ninguem sabe os valores que se podem processar relativamente a cada transaçao.

    Passivo aumentar nao é preocupante? Nao, continua a viver no mundo da alice e das 7galinhas, o abismo está á porta...

    ResponderEliminar
  88. Caro Nuno,
    Vais desculpar-me, mas nao vou responder a essas tuas atoardas, nem vou perder um segundo (a hora ja vai adiantada, ahahah) a investigar esses links que aqui deixas.

    LOLOLOLOLOL

    ResponderEliminar
  89. Ufa.... que cansaço, para chegar até aqui é mesmo cansativo, estava a ver que não,com tanto relambório..POÇA!.

    ResponderEliminar
  90. Jose Albuquerque19/05/12, 14:28

    Caro Achor81,
    Muito obrigado por teres reconhecido que a Catedral so estava no Activo do Clube numa otica de Balanco consolidado, exactamente como continua a estar. Alias e desse ponto de vista e indiferente que a Benfica Estadio SA fosse detida em 100%, enquanto a SAD e detida por maioria mais que qualificada.
    Para o comprovar, afirmo que, mesmo que os Acionistas da SAD votassem pela venda da Catedral, os Socios do Clube teriam instrumentos Estatutarios para anular essa decisao.
    Certo?
    Para compreenderes vais necessitar de fazer um pequeno esforco, mas vais verificar que vale a pena.
    Quanto ao tema da valorizacao da marca, sugiro-te que leias um texto mais recente e, sobretudo, que te esforces a fazer os teus proprios calculos (da um pouco de trabalho, mas, pelo menos, poderas dizer que nao estas a pensar pela cabeca de terceiros).

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  91. Jose Albuquerque19/05/12, 14:33

    Caro Carlos Alves, Companheiro,
    Esclareco-te com todo o prazer: estas a cometer o erro de reduzir o Grupo Benfica as "contas" da Nossa SAD no final do 3o trimestre do exercicio, pelo que vais ter de esperar mais uns 3/4 meses e somar mais parcelas para confirmar, ou nao, aquela minha previsao.
    Certo?

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  92. @ MAnuel: eu sou mencionei estes erros porque nao consegui ler o documento todo... tamanha é a asneirada que la esta escrita

    ResponderEliminar
  93. Nao sei quem é pior... se quem escreve estes textos completamente ideotas ou se os que os defendem quando nem sequer percebem o que esta la escrito.

    Os socios do benfica tem o presidente que merecem... mesmo!

    ResponderEliminar
  94. Boa tarde
    No seguimento das discussões neste espaço em relação a grave crise financeira do benfica (ainda que existam pessoas que tem a coragem de dizer que esta tudo bem) entendi que há algumas opiniões de “expertos” que sugerem que não á problema nenhum porque o valor dos ativos é muito superior ao valor pelo qual estão registados no balanço gostava de vos deixar aqui a minha opinião também em relação a este assunto.

    Avaliar os ativos do Benfica (sejam os jogadores ou infraestruturas) assumindo o seu valor de mercado não passa de um exercício teórico já que isso pressupõe um cenário de liquidação e ai sim iramos vender os nossos ativos pelo seu valor de mercado para pagar as nossas dividas. Num cenário de liquidação teríamos 2 problemas principais:
    1) Teríamos obviamente de vender os nossos jogadores a desconto (por isso não iriamos receber o que alguns dizem ser o valor de mercado)
    2) Outros ativos poderiam não valer sequer o valor de balanço (não sei se seria fácil encontrar alguém que nos pagasse mais de 150 Milhoes para ter um estádio de futebol em Lisboa e um campo de treinos no seixal)

    Mas como nunca vão deixar “cair” o Benfica o cenário de liquidação não se coloca pelo que para manter a sua atividade o Benfica precisa destes jogadores (ou de outros de valor semelhante) e obviamente também por isso o Benfica ganhou ao no passado 54 milhões com venda de jogadores mas gastou 53 Milhoes de Euros a comprar jogadores. O Benfica hoje é muito mais do que um clube de futebol e a única forma de conseguir ter resultados positivos é comprar jogadores para valorizar e vender mais tarde. Isto é um negocio de alto risco e para conseguir acertar num di maria ou num coentrao há 30 ou 40 negocios que saem furados… e se olharmos para os últimos anos do benfica vemos que :
    1) O saldo liquido entre compras e vendas de jogadores foi de 1 Milhao de Euros o ano passado (7 Milhoes no ano anterior). Ou seja… ganhamos muito mas os 30 ou 40 jogadores acima referidos também nos custam muito)
    2) Em resultado dos maus negócios que não conseguimos despachar ficamos com 70 jogadores na folha salarial (o que faz com que os custos com pessoal aumentem aos 30% ao ano sem contar com prémios)

    O verdadeiro problema financeiro do Benfica não esta no valor dos seus ativos (porque esse é o que é como em qualquer empresa) mas (i) na rentabilidade que o Benfica consegue sacar desses ativos e (ii) na forma como esses ativos estão financiados. Neste aspecto podemos facilmente constatar que:
    1) O ano passado tivemos um resultado liquido NEGATIVO em 7 Milhoes de Euros e no ano anterior NEGATIVO em 20 Milhoes de Euros
    2) O passivo do benfica representa 99% do activo (e isto não acontece em nenhuma empresa no mundo)
    3) As dividas bancarias do benfica cresceram 40 Milhões de euros nos últimos 3 anos resultando num valor de juros anual de 18 Milhoes de Euros (ou seja temos de vender um di maria so para pagar os juros anuais)
    4) No curto prazo (menos de 1 ano) o benfica terá de pagar mais de 100 Milhoes de euros aos bancos.

    CONCLUSAO: O VERDADEIRO PROBLEMA DO BENFICA NÃO É O VALOR DOS ACTIVOS MAS SI A RELACAO PROVEITOS/CUSTOS E O GRAVE ENDIVIDAMENTO DO CLUBE.

    Saudaçoes Benfiquistas!

    ResponderEliminar
  95. "a Catedral so estava no Activo do Clube numa otica de Balanco consolidado" - MENTIRA. E já agora agradeço que não coloque palavras suas na minha boca.


    "exactamente como continua a estar" - MENTIRA.

    "Alias e desse ponto de vista e indiferente que a Benfica Estadio SA fosse detida em 100%, enquanto a SAD e detida por maioria mais que qualificada." - MENTIRA, e a diferença de uma situação é como do dia para a noite.

    "Para o comprovar, afirmo que, mesmo que os Acionistas da SAD votassem pela venda da Catedral, os Socios do Clube teriam instrumentos Estatutarios para anular essa decisao.
    Certo?" Nesse aspecto, certo. Na eventualidade da SAD falir era uma vez um estádio.

    ResponderEliminar
  96. Jose Albuquerque20/05/12, 02:06

    E porque razao haveria de falir a SAD?
    Por falir o Clube?
    E se, na situacao anterior, falisse a Benfica Estadio?
    Podes insistir nessa negacao do evidente, mas continuas a nao aprender.
    Sabes o que aconteceu, recentemente, as "bacquets" onde se sentavam Tecnicos e Atletas nos "bancos"?
    Nao mereces mais respostas.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  97. Jose Albuquerque, continua a não me responder... Devo admitir que está contente com os gloriosos resultados que temos tido...

    Abraço,

    Simao

    ResponderEliminar
  98. Simao achas que ele vai responder com o quê? SIMPLESMENTE O sr ALBUQUERQUE NAO TEM RESPOSTA. A quantidade de mentiras neste post só revela o grau de desonestidade deste senhor.

    João

    ResponderEliminar
  99. Gosto muito destes anonimos sejam joão ou josé, cuja coragem de acusar anonimamente de desonestidade o autor deste post é relevante do que são...Abraço aos benfiquistas...Não ligue josé e continue a pensar benfica!

    ResponderEliminar
  100. não questiono a tua análise... mas para analisar uma gestão temos de a comparar com outra gestão.... comparemos com a gestão do FCP, nos últimos 10 anos....:

    termos desportivos:
    FCP: 8 campeonatos, 1 Champions League, 2 ligas europa
    SLB: 2 campeonatos

    termos activos:
    FCP: estádio para 50 mil adeptos, centro estágios, pavilhão
    SLB: estádio para 60 mil adeptos, centro estágio, pavilhão

    não vou discutir quem são os melhores, maiores, mais bonitos... até porque valor estádio vale pelo terreno e por jogarem lá os clubes... sem o fcp e o slb, estádios valiam pela localização e valor terrenos... só serviam para serem deitados abaixo (ver exemplo do estádio leiria que ninguém o pega)

    tb não vou discutir o plantel, vou apenas assumir que o valor de mercado do plantel do FCP e do SLB são idênticos (o meu benfiquismo colocaria sp o plantel SLB a valer mais, mas sei q estaria ser tendencioso)


    termos passivos:

    de acordo com último relat. e contas Dez 2011

    SLB: 403 (SAD consolidada, inclui estádio)+ 52 Milhões clube SLB = 455 Milhões

    FCP: 202 (SAD consolidada, não inclui estádio)+ 51 Milhões (Euroantas, é onde está o estádio) + 26 Milhões clube FCP = 279 Milhões

    é uma diferença de 176 Milhões...

    Resumindo.... gestão SLB perde em comparação com FCP em:
    termos desportivos e em termos de Passivos (mais 63% relação FCP, é uma enormidade em termos de juros...e qd os juros começarem a explodir, nem quero imaginar...)e iguala em termos de activos (ok, posso admitir q a marca SLB é mais forte e gera mais receita, mas será q é assim tanto? grande fonte receitas SLB será a TV, e contrato FCP está indexado ao valor q SLB conseguir, e esse indexante é de 80/85%... ou seja...se SLB conseguir 40 milhões,FCP receberá apenas 8 milhões a menos....)

    ResponderEliminar
  101. Mais um anonimo com os cueiros a cheirar a fruta! é pá preocupa-te com o clube da corrupção e da fruta e deixa o SLB seguir o seu caminho... Olha que no SLB não existem salários em atraso, nem somos caloteiros ... o que diz muito da gestão de cada clube!

    ResponderEliminar
  102. eu acho muito bem como portista que os benfquistas procurem perceber realmente o que se passa no seu clube...mas este texto, com alguem que se diz da área e lança uma avaliação especulatória de hiper valorização do benfica, para insultar depois todos os factos demonstrados em relatórios de contas oficial é no minimo estranho...quem muito fala, muito adjectiva mas pouco concretiza ou diz, ou é sofista ou demagogo...acho estranho é insultarem-se uns aos outros e o vieirismo ser sempre defendido á estalada, interna ou externa...se são esses os grandes valores que este senhor jose procura não sei que dizer...o que sei como foi ai mostrado, é que em comparação, com o porto ou seja com quem for, ate com o sporting do sec 21 o vieira perde...de resto são livres de escolherem o que quiserem...

    ResponderEliminar
  103. PARABÉNS BORREGO!

    ResponderEliminar
  104. Jose Albuquerque17/08/13, 10:14

    Enormerrimo Fundador, meu Amigo Aguia Livre,

    Que interessante, ahahah.

    Passados tantos meses sobre este 'post' e o famigerado 'slideshow' que lhe deu origem, creio ser muito interessante reler tudo isto.

    Sinceramente, Ricardo, creio que valeu a pena escrever, value a pena teres publicado e valeu a pena aos Companheiros que comentaram.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...