sexta-feira, 18 de julho de 2014

José Marinho explica o negócio Garay

Já muitos, mas muitos rios de tinta se gastaram sobre a venda de Garay. Fica agora aqui a posição de José Marinho na sua pagina do facebook sobre a venda de Garay. Nota de atenção: Já há informação de que a seguinte posição foi apagada da página do autor, pelo que, não garanto a veracidade das informações, mas, para mim, esta é somente mais uma posição a juntar a muitas outras e reproduzo-a porque enquadra em alguns dos pontos que pensei sobre o negócio Garay, aquando da sua venda.

Aqui deixo as alegadas palavras de José Marinho:


«Uma das coisas que mais me incomoda, nas redes sociais, é ver a forma como pessoas desinformadas têm acesso a um meio de comunicação onde podem expandir os seus delírios sem que isso seja um custo para as suas vidas ou sem que sejam responsabilizadas por aquilo que escrevem. Todos têm fontes, informações e conhecimentos sobre tudo e mais alguma coisa. São infalíveis, inefáveis e senhores absolutos de uma única verdade. A deles. Vem isto a propósito do negócio Garay. Até hoje, o que se sabe é que o Benfica vendeu o jogador argentino por seis milhões. 


E depois, nada mais se sabe, além da gritaria, do ruído e das certezas que alguns se dedicam a escrever.

O negócio Garay foi assim: O Benfica vendeu o jogador por seis milhões e concretizou a venda nas últimas semanas. Mas o Benfica deixou de pagar os salários ao jogador desde Janeiro, altura em que ficou estabelecido o acordo de venda entre as três partes. Aqui reafirmo as três partes, para aqueles mais sensíveis, cujo entendimento das coisas é, por vezes, escasso e intangível.


Além da poupança em salários - 2 milhões de euros - desde Janeiro até ao final da temporada, o Benfica entregou ao Zenit a responsabilidade de pagar ao jogador todos os prémios e alcavalas que ainda teria de receber, pelas conquistas recentes e outras. Ao todo, podemos juntar mais 2 milhões de euros.


Posto isto e após a rescisao de contrato, o Benfica libertou-se do encargo de pagar mais quatro milhões de euros correspondentes ao último ano de contrato, o que significa que bem feitas as contas, já vamos em 14 milhões de euros, por um jogador em final de contrato e que assumiu, perante os dirigentes do clube, que não renovaria contrato. 


Antecipando o argumento daqueles que consideram que a poupança de quatro milhões de euros não pode ser determinada como valor factual de venda, recordo que esses mesmos quatro milhões de euros aplicados ao valor declarado da transferência seriam, na prática, dois milhões de euros correspondentes aos 50% por cento dos direitos económicos. 


Como se vê, não há nada de obscuro nesta operação, apenas uma forma criativa de fazer as coisas não penalizando terceiros e sobretudo libertando o clube da responsabilidade de ter de dividir metade desses 14 milhões de euros com o anterior clube de Garay.


Há poucas semanas, referindo-se a este caso, André Villas Boas disse que a transferência de Garay para o Zenit tinha sido um caso de magia. Tem razão. Magia financeira. 


PS: Há algumas semanas tinha prometido mais alguns esclarecimentos sobre a venda de Garay. Fiz aquilo que é normal fazer em jornalismo. Procurei a informação, escolhi as fontes e agora dou a notícia. Era bom que este procedimento fizesse escola na internet. Evitava-se muito disparate e sobretudo discussões grosseiras sobre as motivações das pessoas.»

***************************************************************************


Agora termino o presente post ao estilo do grande criador deste Blogue:

O que pensam os Benfiquistas sobre isto?


Um abraço e Viva ao Benfica!

53 comentários:

  1. Bom dia

    Isto será mesmo verdade? Mas o Benfica também já entra em esquemas como dizem que o Pintinho fraudulento entra?
    Será que alguém acredita que o Zenit pagou os salários do Garay desde Janeiro?

    Não aprecio nada estes negócios encapotados e com alguma máfia e não quero acreditar que o Benfica entra neles, quando tanto se criticam os outros.

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gil António:

      Não sei se é verdade ou não. É uma opinião que considero interessante, até porque desde o inicio da venda, e após diversos contactos com o maior número de leituras possíveis, eu delineei o seguinte pensamento: Garay iria sair em Janeiro/Fevereiro. Acredito que conseguiram convencer o jogador até ao final da época, mas para tal, nessa ocasião, Garay deveria ter assinado um pré-acordo com o Zenith, no qual se comprometia a transferir-se para aquele clube.

      A ideia do pré-acordo surgiu-me após notar que, apesar do interesse de outros clubes, a comunicação social sempre afirmou que o destino do jogador era o Zenit. E nas condições do pré-acordo deve ter ficado ainda estabelecido que, caso o Benfica não acedesse vender os seus direitos, o mesmo sairia a custo zero, na temporada seguinte.

      Perante este cenário, eu entendi que o valor dos 6 milhões teria sido o valor mínimo que o Zenit aceitou pagar para levar já o jogador, quando podia tê-lo a custo zero.E com a venda do jogador, para mim, o Benfica ainda poupava mais os salários do jogador, um valor bastante alto e considerável.

      Se o Zenit aceitou pagar os ordenados desde Janeiro até agora, o problema é deles. Não sei se é verdade. Mas não duvido que, se as três partes negociaram já em Janeiro, o Benfica deve ter feito algumas cedências, bem como o Zenit poderá ter assumido algumas responsabilidades. Mas aqui entro no campo especulativo mais uma vez, e como tal, só pretendo dar a conhecer uma opinião que achei interessante, e que contribui para enriquecer o meu pensamento sobre a venda do negócio Garay.

      O problema muitas vezes é saber o que é a mentira, e onde está a verdade. E no mundo do futebol, o que é verdade hoje, é mentira amanhã. Por isso, só com espírito crítico, análise e raciocínio poderemos conseguir vislumbrar algo.

      Apesar de tudo, que role hoje a bola, para amanhã estarmos aqui todos a falar dos reforços, do jogo... ou a discutir a pobreza e a falta de valor dos novos reforços!

      Viva ao Benfica

      Eliminar
    2. E a confirmar esse pré acordo estão as palavras da mulher do Garay que em Janeiro disse na CS que já sabia para onde ele ia.

      Eliminar
  2. Não acredito nestas trafulhices negociais dos salários pagos ao jogador desde Janeiro. Decerto que outras coisas haverá, mas essas não creio ser verdade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. caríssima Cidália:

      Não sei se é verdade ou não. Mas reforça a minha ideia inicial: a de que já em Janeiro/Fevereiro, o jogador era para sair. Ao ficar, acredito que deve ter assinado um pré-acordo com o Zenit, no qual se comprometeu a transferir-se para aquele clube. Esta informação, apenas me mostra que o Benfica é bem capaz de ter assinado também o referido compromisso, e se assim o fez, é porque houve cedências, de parte a parte. O que terá sido, agora é entrar no campo especulativo!

      Mas graças a Deus que hoje rola a bola, e logo estaremos aqui a falar, bem ou mal, do jogo do Benfica!

      Viva ao Benfica!

      Eliminar
    2. em troca dos salarios o benfica vendia mais barato ,e ja nao th dividir com real esse dinheiro.

      Eliminar
    3. Não é trafulhice nenhuma. É perfeitamente legal como o pagamento de transferencias.

      Eliminar
    4. O Zenit pagou 4M€ em prestações mensais desde Janeiro ao Benfica e título de ordenados e prémios ao jogador.

      Eliminar
  3. Moral da história: Será que eles aprendem todos uns com os outros a arte do engenho malicioso?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caríssimo Silver:

      Não sei se aprendem todos uns com os outros. Sei sim que aquilo que hoje é verdade, amanha é mentira no mundo do futebol!

      Penso que já expliquei qual era a minha ideia inicial do negócio Garay nos comentários acima. Este texto apenas vem enriquecer um pouco mais a minha tese. E fará tudo sentido entender que também em Janeiro o Benfica é capaz de ter assumido algum compromisso com o Zenit, existindo cedências de parte a parte. Agora quais, acho que já estarei a especular demasiado. E aí, deixo isso para os adeptos mais imaginativos do nosso clube e para os Josés Marinhos da nossa praça!

      Que logo role a bola porque já estou com saudades demais de ver o Benfica jogar!

      Viva ao Benfica!

      Eliminar
  4. Tiago Nobre18/07/14, 10:28

    Respeito a opinião, mas a parte de se juntar os 4 milhões do salário ao valor da transferência não me parece bem... pois sendo assim tb poderiamos dizer que o Oblak não saiu por 16 milhões, mas sim por 16 + 3 ou 4 que tinha receber de salário, que o Rodrigo em vez dos 30, rendeu ao Benfica 35 pois não é mais preciso pagar salários a ele tb.. Não me convence o argumento.

    Quanto aos pagamentos de salários e prémios desde Janeiro, parece-me uma boa ideia financeira... mas mesmo assim acho que o Garay foi mal vendido. Quando leio por ai que o Mancherter city vai pagar 40 milhoes pelo Mangala...que não tem nem de perto nem de longe a categoria, competencia e classe do Garay... dá me dores de barriga.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caríssimo Tiago Nobre:

      compreendo muito bem a sua posição. No entanto, eu aqui vou usar o critério que os jornais utilizam quando se trata de vendas, ou rescisões que se fazem no sporting. Para eles, são sempre muito boas vendas, porque além do dinheiro auferido, ainda poupam nos salários, nos prémios de jogo e nas comissões até.

      Já quando é para o Benfica, ao valor da venda, é sempre preciso descontar os salários que já foram pagos, as comissões pagas, os prémios de jogo pagos, para apurar o verdadeiro lucro. Esquecem-se é de mencionar muitas vezes o valor das amortizações já feitas ao passe do jogador. Mas já estou a entrar em campos técnicos que não domino. Apenas refiro que, não me repugna a ideia do José Marinho quando afirma que ao valor da venda, o Benfica poupa nos salários futuros. Tem sido esse o critério da comunicação social no que concerne a outros clubes. Por isso, errado ou bem, deve-se aplicar o mesmo critério para todos.

      No entanto, não nego que o negócio Garay foi um mau negócio. Mas acredito que tenha sido o negócio possível. E aqui, dou o braço a torcer à estratégia do Zenit. Foram mais fortes na negociação, sabendo que podiam ter um jogador com a categoria, classe e competência do Garay a custo zero. Mas, assim, ainda pagaram um determinado valor. É uma opção que foi feita. Mas só é criticado quem toma decisões.

      Obrigado pelo comentário, e continuação de um excelente dia Tiago Nobre.

      Um abraço e viva ao Benfica

      Eliminar
    2. Concordo com o Rebelbe, o Benfica tentou melhorar um pouco as contas sabendo que o Zenit tinha todos os trunfos na mão. Posição legítima e legal numa negociação.

      Eliminar
  5. Onde esta a trafulhice, podes expicar por favor? Ou melhor era deixa-lo sair a custo zero para parecer que o Benfica era gerido pela Santa Casa da Mesericordia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não há trafulhice nenhuma. Isso são opiniões fruto da ignorância.

      Eliminar
  6. O Garay sempre se negou a aceitar a renovação do contrato. O jogador sabe gerir a sua carreira e sabia que terminado o contrato com o Benfica faria um contrato muito superior aquele que podia fazer com o nosso clube.
    Acredito sim que o Zenit para ganhar o jogador tenha pago os salários do atleta desde Janeiro. É uma técnica financeira como qualquer outra e não prejudica terceiros pois é um negócio entre as partes directas interessadas.
    Nem o jogador tem alguma coisa a ver com isso. Tem sim em aceitar ir para determinado clube, acreditando eu que também terá tido - ou irá ter - as suas contrapartidas. Hoje em dia é assim. É a lei do negócio e saber fazê-lo não está ao alcance de todos, mas está, ao alcance de alguns.

    Sinceramente também sou de opinião que os valores a pagar não devem entrar nas contas finais do negócio, mas ainda que em paralelo a verdade é que entram, só difere a forma de assim o entender.

    E pronto...NUNCA MAIS SÃO 19H00, LOOL

    ResponderEliminar
  7. nao acredito nessa teoria...

    entao o garay tinha 4 milhoes de euros de salario?.... penso que nao, nenhum jogador chega a esse nivel de salario em portugal (apenas o jj). Os 4 milhoes sao usados nesse "artigo" para tentar fazer o benfica passar como bom negociador... 6+2+4... e realmente... usar o ultimo ano de contrato como um ganho da venda nao lembra o diabo

    ResponderEliminar
  8. Se isto é verdade ficámos a saber que o Garay ganhava 333.000€ por mês, valor bruto mas mesmo assim bastante elevado para a realidade nacional... Será que há por lá quem receba mais ou seria mesmo o mais bem pago?
    Também ficámos a saber que os prémios de desempenho do Jesus são baixos comparando com os dos jogadores: 2M pelas conquistas?
    Eu sei que o Garay é um jogador de nível mundial e que seria sempre caro manter na equipa mas se ainda há outros que estão por lá a receber mais dá que pensar.
    Também não concordo com se considerar valor da transferência a poupança em salários, em termos económicos para os resultados da empresa essas são as contas a fazer mas para as análises que normalmente se fazem e para comparações com outras transferências não faze sentido ser tido em conta.
    No total seriam quase 7M o que já se torna bem razoável especialmente porque eliminou qualquer incerteza e evitou ter de esperar até o Verão para fazer planos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Relatório e contas, salvo erro página 24.
      15 jogadores do Benfica recebem 66.392M€ ao ano.
      Dá em média 4,4M€ cada um.
      60 recebem quase 90M€.

      Sem o dinheiro dos bancos, o Benfica tem que vender urgentemente...

      Eliminar
    2. Baresi:

      O teu comentário permite também uma reflexão deveras interessante, uma vez que dá uma noção de quanto custa uma temporada a um clube como o Benfica, algo que muitas vezes escapa a muitas pessoas, benfiquistas incluídos.

      Em média, o Benfica vende por época 2/3 titulares do plantel. Isso não aconteceu o ano passado, pelo que o clube acabou por fazer um esforço financeiro adicional para reforçar e manter o plantel intacto. Mas em Janeiro, face ao afastamento da Liga dos Campeões, aconteceram os negócios que conhecemos. Acresce ainda que um dos jogadores do plantel titular era um empréstimo, logo não pertencia ao Benfica. Terminado o contrato de empréstimo, retornou à casa. E para assegurar a próxima temporada, o Benfica necessita de vender mais 2/3 titulares da equipa. Tudo junto, a debandada dá-se assim numa época na qual só deviam sair, no máximo dos máximos, quatro jogadores da equipa titular! Estão a compensar a ausência de saídas do ano passado, este ano, infelizmente, na minha humilde opinião!

      Eliminar
    3. Baresi, tenho a leve sensação que estás a colocar a "pata na poça". Dedica-te ao futebol que sabes muito.

      Eliminar
    4. É o Luisão quem recebe mais no SLBenfica. 250.00,00€/mês.

      Eliminar
    5. Pata na poça? Essa é para rir...

      http://www.slbenfica.pt/Portals/0/Documentos/Relatorio3TrimBenficaSAD20132014.pdf

      Página 24. Infelizmente (porque estes valores pagos são monstruosos) estão no relatório e contas os números, preto no branco.
      Só não vê quem não quer ver...

      Eliminar
    6. Caro Baresi, já te disse para te dedicares àquilo que sabes que é o futebol e deixa os números para quem é especialista porque estás a ver com óculos de cor errada. Isso que está na pág. 24 é o VALOR CONTABiLíSTICO do plantel do Benfica a 31/3/2014, e não os salários pagos.

      Para além disso, os valores de salários pagos este ano, custos de pessoal, foram empolados porque a BTV, não sei se sabes o que é, foi incorporada na totalidade na consolidação. Percebeste amigo?

      Eliminar
  9. pois eu vou respondero que importa é quem mais paga o resto é treta mas já em se falava da ida dele para o Zenite ,mas que a mulher se opunha, pelo era mentira ,mas já se contava que ele fosse ,mercenários ,amor á camisola vái lá vai ,como foi vendido não intereça agora para nada.

    ResponderEliminar
  10. Isto é tudo muito bonito e perspicaz, mas a questão de fundo mantém-se: não há transparência nos negócios com jogadores. O que os senhores dirigentes devem fazer é exercer a responsabilidade que têm para com os sócios com todos os negócios que são efetuados e lhes dizem respeito, sendo comunicativos, claros e céleres. O que se passa é que temos dois pesos e duas medidas para as comunicações públicas, conforme convém. Esse senhor podia também colocar as fontes da sua informação.

    ResponderEliminar
  11. Belíssimo artigo!

    ...Mas, eu quero é ver a bola rolar logo à noite!
    CARREGA BENFICA!!!
    O resto deixo para os entendidos na coisa, lool

    Saudações Benfiquistas.

    ResponderEliminar
  12. O melhor comentário que li a isto foi escrito no NGB por um dos nossos escribas:

    "Quanto à história rebuscada, é tão credível, tão credível ... que até sugeria que o Benfica tivesse feito várias ilegalidades contabilísticas que nenhum clube pode fazer ;)"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quais são as ilegalidades contabilísitas que nenhuma clube pode fazer?
      Prova isso com a indicação dos artigos da lei.

      Eliminar
  13. Uma perguntinha inocente : Porque é este senhor que dá as explicações ? Afinal sao mais: Porque só agora as explicações ? Porque este senhor umas vezes é jornalista outras não ???? havia mais mas já chega .....................não mais uma: o que mudou nos ultimos 3 anos para este senhor passar de oposicionista a defensor ????

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Marinho sabe lá do que fala. Se a versão dele se confirma então o Benfica anda metido em ilegalidades e esquemas corruptos tipicos dos lá de cima. Deve ter sido os ensinamentos que o pintinho passou ao vieira quando estes eram amigos intimos

      Eliminar
    2. Caro anónimo das 12:27:

      Se acha que há ilegalidades na forma como José Marinho explicou, quando o mesmo indica não haver nenhuma, tem bom remédio: denuncie às autoridades competentes. Agora, se apenas adora dizer asneiras em modo anónimo, mas depois não faz nada, então presta um mau serviço ao Benfica. Além de levantar falsas acusações, é ainda cobarde e demagógico!

      Anónimo das 12: 07:

      Quanto à perguntinha que se transformam em perguntinhas, acho que as deve endereçar a quem de direito. Ao jornalista em si! Só ele pode responder! Agora, não espere que nenhum dos comentadores aqui saibam responder a isso! Mas se quer dizer algo mais, do que deixar subentendido nas questões, faça favor de nos elucidar, sim?

      Eliminar
    3. O José marinho é benfiquista e é jornalista e pelos vistos também é sério. Não ficou contente com as constantes suspeitas e teorias da conspiração e foi buscar a verdade. Não gostaram da verdade?

      Eliminar
    4. O José Marinho não é o tal que elogiava o Artur a torto e a direito, e que depois se veio a saber que tinha "algo a ganhar" com a carreira do GR?
      A partir daí, a sua credibilidade passou a valer zero.

      Eliminar
    5. Ó Silva tu não passas de um troll que passa os dias inteiros na net a atirar porcaria para cima de benfiquistas. Não andarás nas moradas erradas?

      Eliminar
  14. Desde que os seis milhões comam tá tudo bem! O Liverpool esteve a pagar ao Markovic desde Agosto de 2013, o Atlético está a pagar a outro qualquer, o gajo do Valência ao André e ao Rodrigo e melhor ainda, os seis milhões não sabiam mas o Roberto quando cá esteve pagava ao 5LB para jogar!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Unknow:

      não se trata de comer ou não! Se leu com atenção muitos dos comentários aqui expostos, verifica que muitos dos que se pronunciaram não comem o que o José Marinho afirma. Por isso, não crie generalidades quando não as há.

      No Benfica, há debate, há opiniões diferentes e diversas e existem discussões, muitas vezes acaloradas, mas não se verifica o total seguidismo que se vê no fcp, onde ninguém pode questionar qualquer negócio dos homens fortes do clube, onde em dois defesas, se gastou quase trinta milhões, onde se afirma que um jogador custa um determinado valor, e depois descobrem que o valor é 20, 30 por cento mais do que o declarado, e ninguém se interroga de onde vem o dinheiro e como é gasto.

      Por isso, quem come e cala são os adeptos azuis e brancos, que enquanto têm titulos para festejar, aceitam tudo sem nada suspeitar! Por isso, não reconheço qualquer moral a quem do Benfica já levou com uma goleada de 12-2 do SLB!

      Eliminar
  15. o zenit também pagou os impostos a portugal ?

    epah ...lol. jornalistas e numeros. uma má combinação desde tenra idade.

    marinholas nao diga disparates sff , e muito menos nao tente fazer os outros passar por aquilo que voce é...parvo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Terão pago tudo não achas? Qual é o problema? Parvo parece-me mais tu.

      Eliminar
    2. O "problema" é que é uma ilegalidade. Só isso.
      Mas nada de mais para LFV.

      Eliminar
    3. Onde estão os artigos que provam que é uma ilegalidade? Coloca aqui a lei e os respectivos artigos.

      Eliminar
    4. Vai tu procurá-los. Isto é tão risível que me sinto ridículo em considerar este conto defadas como vedadeiro...

      Eliminar
  16. O Pintinho deve-se estar a rir da manada dos 6 milhoes que acha o seu clube bermelho exemplar.
    Ahahahahhahhahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pintinho deve estar-se é a rir das comissões que continua a colocar à custa da manada dos azuis e brancos.... e com isso, vemos ex jogadores azuis e brancos a dizerem que no fcp é uma escravatura, que os dirigentes azuis e brancos são mafiosos...

      Já agora, conseguiram vender o Mangala para cobrir o prejuízo de trinta milhões nas contas azuis e brancas???? É que para jogadores, o investimento já está a ultrapassar os trinta milhões de euros, mas depois não quero ouvir falar de calotes, como aconteceu com as compras do mesmo Mangala e do Defour. E depois falam de concorrência leal no futebol português!

      Eliminar
  17. Ah, tinhas o post e obrigaste-me a citá-lo de memória! :)

    No Vermelho Directo: O post censurado de José Marinho que contava toda a verdade do negócio Garay.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caríssimo Vermelho:

      Peço desculpas por o obrigar a citar de memória. Eu apenas quis divulgar algo que achei interessante, nunca pensei que iria criar tanto burburinho! No entanto, passarei a ter mais atenção ao seu blogue. Parece-me muito interessante!

      Desejo a continuação de um excelente dia e Viva ao Benfica!

      Um abraço

      Eliminar
  18. O benfica é tão transparente tão transparente que até tem que vir um ex jornalista do refugo "tentar" explicar a transferência do garay numa página de facebook.

    ResponderEliminar
  19. seguindo a logica deste ex jornaleiro, entao diriamos q o Oblak n foi vendido por 16M mas sim por 16M + salario comportado pelo benfica ate ao final do contrato antes de este se transferir po Atletico..., e o mm se aplica ao Markovic, o negocio n foram so 25M...enfim, isto é de burro. transferencia é dinheiro a entrar no "clube" enquanto nao pagar salarios é dinheiro q n sai, agora meter tudo no mm saco e dizer q afinal o negocio foram 14M é de quem quer atirar areia aos olhos dos mais desatentos...

    http://chutapahfrente.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  20. Então mas se as coisas se passaram assim e se é tudo legal, porque não vem ninguém do Benfica dizê-lo!!

    Depois de tudo que já se falou sobre este caso, teorias e mais teorias, se é assim tão claro porque não se informam os sócio!?

    Para que serve a Benfica TV, não é também para esclarecer os sócios?! Ou o nosso presidente gosta de ouvir o nome do Benfica a ser enxovalhado! É que ninguém percebeu isto!

    EMRF

    ResponderEliminar
  21. E COMO NÃO PODIA DEIXAR DE SER... GANHAMOS... ESTOU CONFIANTE...CARREGA BENFICA!!!

    ResponderEliminar
  22. Mais um que não tem lugar no Benfica mas que custou uns 10 milhões de euros ao clube.
    .
    Djuricic vai ser jogador do Mainz até ao final da temporada. O jogador chegou ontem à Alemanha, conheceu as condições de trabalho do clube e acabou por assinar contrato. Neste negócio, de imediato, o Benfica garante 400 mil euros pela cedência e poupa nos vencimentos do jogador, que serão totalmente suportados pelo Mainz. No final da temporada, caso a equipa germânica decida ficar com o médio-ofensivo, terá de investir os 12,5 milhões de euros que ficaram estabelecidos na cláusula de opção.

    Com espaço de manobra reduzido no Benfica, dado o esquema tático habitualmente utilizado por Jorge Jesus, o futebolista foi confrontado com a possibilidade de sair, de forma a continuar a evoluir e não correr o risco de ficar um ano a lutar por um lugar na lista de convocados. O Mainz acabou por ser o clube a apresentar-lhe as melhores propostas mas existiam mais interessados na Alemanha e Inglaterra. Contudo, nenhuma das ofertas era originária de um clube de topo, por isso o médio-ofensivo acabou por escolher a única que lhe permitia disputar a Liga Europa.

    Agradado

    Inicialmente Djuricic estava renitente em aceitar o convite do Mainz. O jogador deixou Lisboa com algumas dúvidas, que acabaram por ser dissipadas após a reunião com os responsáveis do clube germânico. O internacional sérvio também se mostrou agradado com a cidade alemã, por isso decidiu assinar um novo vínculo. Agora na Bundesliga, o jovem, de 22 anos, vai procurar relançar a sua carreira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. onde é que o jogador custou 10 milhões ao Benfica???????

      Mais rigor e menos demagogia anónimo!!!!!!!!! Conforme comunicado à CMVM o jogador foi adquirido por 6 milhões de euros ao Herenveen. Entretanto, o Benfica vendeu 20 por cento do passe ao fundo Benfica Stars do BES, por 2 milhões de euros. Agora, com o empréstimo, o Benfica obtém mais 400 mil euros, além de que o clube inglês suporta os ordenados do jogador! Se conseguir relançar a sua carreira, será muito bom, quer para ele, quer para o Benfica, quer para o facto de na próxima época possuir mais vontade e garra para obter um lugar na equipa principal do Benfica, como acontece este ano com o Ola John, que já disputa cada bola, ajuda a defender, luta e mostra vontade em permanecer no plantel principal!

      Eliminar

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...