domingo, 15 de maio de 2011

A DIGNIDADE DE ASSUMIR O FRACASSO. QUEM O FEZ ?????

Terminou ontem para o Benfica a época 2010/2011. Felizmente direi eu.

A época de 2011/2012, inicia-se a 14 de Agosto. Até lá muita coisa se vai escrever sobre o Glorioso. Os próprios benfiquistas estão neste momento divididos em função dos acontecimentos da finda época. Uns gostam da continuidade de Jorge Jesus, outros mais cépticos, preferiam que houvesse mudança de técnico
Existe também quem ponha em causa a continuidade de Rui Costa como director desportivo.

Vamos certamente ser confrontados quase todos os dias com a venda de Fábio Coentrão, Óscar Cardoso, Aimar, Kardec, e as saidas para muitos uma certeza de Nuno Gomes e de César Peixoto. Fala-se também da saída de Sidnei e Roberto. As entradas de novos jogadores ou em atletas a serem negociados pelo Benfica vão ser capa de jornal até 31 de Agosto. Decerto que existirá muita "discussão" à volta do Benfica. Mau seria se tal não acontecesse. Somos um clube vivo, cuja dimensão é ímpar, que movimenta emoções ao nível de alma e coração.

Ontem após o final do jogo concentrei-me em alguns pormenores que me pareceram elucidativos de que muito vai mudar no Benfica.

Não gostei por exemplo da atitude de Jorge Jesus ao dizer que o empate se deveu ao não poder fazer outra substituição em função da necessidade de colocar Nuno Gomes a jogar.

Não gostei. Não foi bonito. Foi uma "desculpa" menos pensada. Poderia muito bem refugiar-se em frases de circunstância, alegando azar, cansaço, jogo de final de época, entre outras nuances, mas não colocando sobre os ombros do Nuno Gomes, quase que a culpa, por termos empatado. Sabemos que Jorge Jesus não é um expoente na forma de alinhavar palavras e/ou frases. No entanto, penso que, já vai sendo tempo de parar um pouco antes de falar sobre factos que não serão certamente condizentes com a imagem de um bom "balneário".

Numa mistura contraditória num misto emocional entre tristeza/alegria, vi como o nosso "minino" Fábio Coentrão, se dirigiu aos benfiquistas, tanto quando da entrega da camisola como quando foi entrevistado no flach interviu.

Um senhor na forma como abordou as questões tendo respostas de um benfiquismo exemplar, que a seguir enumero:

"" Despedi-me desta época, mas só isso. Tive esse gesto porque os adeptos estiveram sempre comigo ao longo de toda a temporada. Dia 22 de Junho, com certeza, vou estar aqui com o símbolo do Benfica ao peito "".

"" É espectacular! Há 3 anos andava emprestado e ninguém queria saber de mim. O Benfica voltou a dar-me a mão, a conceder nova oportunidade e os adeptos nunca me abandonaram. Ajudaram imenso a que fosse possível ter chegado ao nível em que estou hoje "".

Quando indagado a abordar a próxima época, declarou:

"" Durante toda a época, tal como hoje, tentámos fazer tudo para ganhar, mas as coisas não nos correram sempre bem. Temos de assumir os erros, todos nós, dos jogadores, aos técnicos, aos dirigentes. O fracasso é de todos Na próxima época não pode voltar a acontecer. O que tem de mudar? O desempenho dos árbitros tem de ajudar um pouco, pois todas as pessoas que têm olhos sabem do que estou a falar. Aliás, mesmo cometendo erros, não estivemos assim tão mal. Ganhámos 18 jogos seguidos em determinado momento, o que revela a nossa capacidade "".

É nesta capacidade de raciocino, sendo frontal, apontando factos conjunturais de diversa ordem, que contribuíram para o fracasso de uma época, que assumiu de frente, com coragem, fazendo da dignidade ponto de verdade e honra.

Admiro pessoas assim. São atletas como Fábio Coentrão que precisamos para "atacar" a próxima época de forma a não dar hipótese de o fracasso se repetir. Fábio Coentrão, transporta no peito a ALMA BENFIQUISTA. Todo ele é uma CHAMA IMENSA. Não pode sair do Benfica. Já imaginaram o Fábio como capitão do Glorioso? Estão a imaginar a força que poderá transmitir aos seus colegas de equipa?

Apelo à direcção do Benfica. Não deixem sair Fábio Coentrão e, acredito, todos os benfiquistas apoiarão a ideia e ficarão eternamente reconhecidos.

Se formos melhores, mais capazes, como fomos por exemplo nas dezoito (18) vitórias seguidas, não me parece que existem factores externos, como a arbitragem por exemplo, que nos "corte" o caminho do sucesso.

Não seria maravilhoso ver Fábio Coentrão, dia 22 de Junho, apresentar-se para o inicio da época 2011/2012, para ficar ?!?

Eu quero acreditar que vai continuar a envergar o Manto Sagrado que, como todos nós, tanto ama.....

BENFICA SEMPRE NA ALMA E NO CORAÇÃO

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...