quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Benfica:- Candidatos: Perguntas!!!...


Bem sei que já venho atrasado (o 'post' das perguntas já passou) e, ainda por cima, venho 'a moda do MST', ou seja, com umas quantas perguntas plagiadas (não sei de quem são  mas foi o meu Filhote mais novo que me as ofereceu).

No entanto elas parecem-me tão boas e oportunas, que não resisto a partilha-las n'OBELOVOAR.

Aqui vão elas ...

1 "Se o JEM e o Varandas Fernandes não têm espinha dorsal, isso faz de Rangel um candidato que não sabe escolher equipas?

2 Se o apoio do condenado Veiga ao desembargador Rangel não tem relevância, o apoio de LFV ao impoluto cidadão Fernando Gomes também não?

3 Se é possível apresentar uma lista a eleições em menos de duas semanas, a antecipação do anterior acto eleitoral serviu para evitar listas concorrentes?

4 Se os profissionais com interesses no mercado de transferências não vão ter contrato, isso quer dizer que Fernando Tavares, dono de uma empresa de agenciação de imagem de jogadores, vai trabalhar a recibos verdes?

5 Se o Veiga o o Tavares queriam o Bagão, isso faz de Rangel uma...vá lá...segunda instância?"

Eu nao sou invejoso, mas tenho que reconhecer que gostava muito de ter o talento que o(s) Autor(es) destas perguntas demonstra(m).

Viva o Benfica!
** 
Escrito por: José Albuquerque

52 comentários:

  1. Não percebo a 1.ª pergunta: Mas os dois JEM e Varandas não fazem parte da lista de Luís Filipe Vieira? O que tem Rangel a ver com isso?

    Na 2.ª penso que ambas têm relevância. Não gostei nem de uma situação nem de outra, pois ambas cheiram mal.

    3,ª Nem vale a pena falar do anterior acto eleitoral tão grande manobra foi feita que nem tem comentários

    Não sei se queriam ou não o Félix, mas que me parecia ser uma boa escolha, penso que sim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na 1.ª pergunta não será Luis Filipe Vieira em vez de Rangel?

      Eliminar
    2. Mas então o Moniz e o Varandas não estavam na lista do "Vencer, Vencer", juntamente com o Rangel, que o Veiga juntou e financiou há 3 anos? Nessa altura as suas colunas vertebrais estavam impecáveis. Será da espandilose?


      Eliminar
  2. Caro José,

    Não acho as perguntas tão fantáticas com tu achas, mas deixo as minhas respostas:

    1-Não. Vi a lista de Rangel e a mesma é composta por pessoas que amam o benfica, e não por oportunistas e tachistas como JEM e Varandas que apenas querem usar o Benfica para prosseguir os seus interesses. Além disso, na lista de LFV há claramente dois galos para o mesmo poleiro... Mais cedo ou mais tarde sairá um... ou outro. E o Benfica não sairá beneficiado, como de costume.

    2-Há uma enorme diferença. Rangel não pode escolher QUEM O apoia, nem pode impedir ng de o apoiar, pois o apoio é público. Já LFV pode escolher QUEM apoia, o que no caso de Fernando Gomes é bem mais grave, tratando-se de alguém que anteriormente era administrador da SAD dos corruptos.

    3-Obrigado por levantares este ponto. Claramente. Não há dúvidas. A questão não é só a apresentação formal da candidatura, é todo um trabalho de preparação que começa meses antes, e que a antecipação do anterior acto eleitoral impediu de forma abusiva e antidemocrática.

    4-Era bom não entrarmos em demagogias rasteiras. Estamos a falar de profissionais que lesam o Benfica, levando a cabo operações em seu benefício pp e em prejuízo do clube. Não vejo qq ligação com a empresa de FT, que segundo sei não está envolvida na negociação de passes de jogadores.

    5-Esta não é a candidatura de Veiga e Tavares, é a candidatura de Rangel. Segundo sei e vi na CS, Veiga não está de modo algum envolvido na candidatura.

    Miguel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Miguel, podes estar de boa fé, isso pode ser tudo ingenuidade, mas deixa-me que te diga que uma candidatura custa muito milhares de euros. O Rangel não tem dinheiro nem para mandar cantar um cego.
      O Veiga é que é o mentor, tem muito dinheiro, é quem está financeiramente por detrás desta candidatura assim como esteve na anterior do Vencer, Vencer, há 3 anos. Ele não irá desistir até meter um pé no Benfica. Podes ter a certeza.

      Mas o que me assustou mesmo foi ver o Bibi ao pé dele.

      Eliminar
  3. Rui Rangel é um homem integro e não foi ele quem julgou o Apito Dourado ou outros processo em que Pinto da Costa dizem está envolvido
    .
    "Tudo na vida tem um tempo e o desta direção chegou ao fim. O tempo de uma direção que há dez anos anda sempre a pedir mais tempo, mais compreensão, porque agora é que vai ser", disse Rui Rangel, na apresentação da sua lista de candidatura às eleições à presidência do Benfica, marcadas para 26 de outubro.
    Para Rangel, na última década, os sócios encarnados deram "suor, lágrimas, sofrimento, um capital de confiança único, paz e condições para que esta direção fizesse uma equipa ganhadora", mas esta "falhou", razão pela qual "não é mais possível pedir outro mandato de quatro anos".
    O Juiz Desembargador aludiu "a dez anos, a dois campeonatos e a um estádio lindo" que Luís Filipe Vieira "não queria construir", porque preferia "um estádio municipal partilhado com outro clube" [Sporting], a dez anos "sempre atrás do principal rival" FC Porto e dez anos "de promessas não cumpridas de uma equipa para liderar a Liga e a Liga dos Campeões".
    "Dez anos sem apostar na formação, não deixando espaço para os novos talentos e jogando com onze estrangeiros: o Braga já tem mais jogadores convocados para a seleção do que o Benfica", referiu Rui Rangel, que não se ficou pela análise à parte desportiva do mandato do atual presidente.
    O candidato criticou "o passivo galopante, que ascende a 500 milhões de euros, e os custos financeiros na ordem dos 17 milhões de euros por ano", lembrando que aquele "está fora do balanço" que consta no fundo "Stars Fund" e que empurra o Benfica para "uma plataforma sem autonomia financeira".

    Filipa Norte

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Partes do discurso escolhidas a dedo que não passam de pura demagogia.
      Gostava que tivesse explicado o que é que o motiva agora e não pouco antes da queda de Val e Azevedo a candidatar-se. Por ventura é por gostar de desafios de confrontar "grandes passivos"!
      A parte do discurso que se refere ao apoio às claques também não foi bem explicada. Será por tencionar ilibar os NN dos crimes a que estão indiciados? Sim porque este processo foi parar às suas mãos e estou ansioso para ver como vai descalçar esta bota. Será que tenciona ser presidente do Benfica à lá Sporting? Ou seja fazer o que as claques lhe dizem que tem de fazer?
      Uma última pergunta - se não está lá porque foi o Veiga que o escolheu para lá estar, porque motivo não se demarca dele? Ou será que tanto ele como o Veiga foram escolhidos por interesses instalados?
      Se as notícias de hoje forem verdade de uma coisa tenho a certeza - tanto ele como o Veiga já foram.

      Eliminar
  4. Parece que Luís Filipe Vieira não aceita fazer debates públicos com Rui Rangel

    Acho que faz mal, sinceramente. Um debate sério, honesto, olhos nos olhos, bem moderado evitando a lavagem de "roupa suja", parece-me que seria de todo o interesse para o Universo Benfiquista.

    Talvez nesse debate(s) se ouvissem muitas respostas às perguntas pertinentes que o caro José Albuquerque faz.

    Assim...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não aceita fazer deveria aceitar. Tem medo de quê?

      Eliminar
  5. Vejam aqui o programa eleitoral de Rui rangel

    http://www.presidenteruirangel.org/programa.html#.UH6KJsV9IsQ

    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Onde posso ler o programa do candidato LFV?

      Eliminar
  6. Programa de Rui Rangel:
    .
    Por uma política desportiva vencedora

    Pretendemos implementar uma estrutura profissional e simplificada competente que desenhará um plano de curto, médio e longo prazo para a área do futebol, sempre com valores benfiquistas como o esforço, a ambição, a entrega e as vitórias em mente.

    No curto prazo, iremos consolidar uma equipa com capacidade competitiva para recuperar a liderança no futebol nacional e assegurar uma presença anual relevante na Liga dos Campeões.

    A médio/longo prazo, pretendemos projectar um Benfica Europeu através de uma presença sistemática no topo do futebol europeu, recuperando o prestígio angariado nos anos 60. É também a partir do êxito internacional da equipa que se pode obter resultados económicos e financeiros de excelência.

    De acordo com o nosso plano, a área de suporte aos jogadores e equipas técnicas estará sob a tutela directa do director desportivo, que voltará a desempenhar um papel fundamental no acompanhamento da equipa principal de futebol.

    Para este efeito, teremos em consideração benfiquistas competentes existentes na presente estrutura, promovendo-os aos lugares onde possam utilizar todo o seu potencial em prol do projeto desportivo do Benfica.

    Seremos a favor da estabilidade técnica, acabando-se a reformulação integral de equipas técnicas quando muda um treinador.
    Combateremos a desnacionalização do plantel do Benfica, incentivando o sucesso de novos talentos portugueses, preferencialmente oriundos da formação do Clube.

    As compras e vendas de jogadores serão cirúrgicas e cuidadosamente analisadas, e estarão em consonância com as necessidades reais da equipa principal de futebol.

    Dotaremos o Benfica de condições para manter durante mais tempo os seus jogadores mais influentes, evitando a descaracterização da sua equipa principal de futebol época após época.

    Daremos continuidade ao trabalho feito nas camadas jovens, migrando alguns dos conceitos também para o futebol profissional, como a definição de um modelo de jogo transversal ao Clube.

    Racionalizaremos o número de jogadores com contrato profissional para números aceitáveis tendo em conta a existência de duas equipas profissionais que se podem complementar, optimizando, deste modo, custos relevantes de estrutura e permitindo acompanhar de forma mais próxima e personalizada o desenvolvimento dos jogadores ligados ao Clube.

    Queremos fazer regressar ao Benfica a cultura de Clube e de Vitória, com o regresso de grandes figuras do Benfica que possam funcionar como elo de ligação entre as diversas equipas e que fomentem valores do Benfica como a união, a exigência, a disciplina e o espírito vencedor.

    Distinguiremos claramente os cargos operacionais dos estratégicos – nos segundos, apenas Benfiquistas de inegável abnegação e ambição serão admitidos.

    Terminaremos imediatamente a ligação contratual com todos e quaisquer profissionais do Clube que tenham algum interesse no mercado de transferência de passes de jogadores.

    Nas modalidades, tudo faremos para que o Benfica tenha sucesso, O eclectismo sempre foi uma referência do Clube. Temos já planos ambiciosos para diversas que podem passar muito pela divulgação e crescimento da marca Benfica no estrangeiro.
    *
    Continua
    *

    ResponderEliminar
  7. 1- Será que é Rangel que escolhe a equipa? Tenho dúvidas que seja. Parece que para quem é da lista de Rangel e para os apoiantes de Rangel, mudar de opinião é ser um vendido, mas se alguém mudar de opinião para o lado deles parece que viu a verdade...

    2- Parece que ter apoio (na realidade é ser apoiado), por alguém que foi condenado não é problema, mas se o mesmo apoiasse o Vieira, o que eles não diriam...

    3- Pelo programa apresentado vê-se claramente que a candidatura de Rangel foi preparada em tempo recorde...

    4- O que eu vejo é muitos "regressados" nesta lista de Rangel, talvez queiram voltar ao poleiro de onde saíram. Mas quando vejo Veiga e Bibi juntos, nada de bom para o Benfica pode vir...

    5- Rangel foi o que se arranjou...

    ResponderEliminar
  8. Programa de Rui Rangel ( Continuação)
    .
    Por uma gestão financeira e patrimonial sólida

    O grande objetivo passa por garantir uma agenda desportiva competitiva e ganhadora, sustentada num modelo de equilíbrio financeiro. Num Clube de futebol de elite, será difícil existirem resultados financeiros sólidos sem resultados desportivos. O caminho para o sucesso passa pelo investimento criterioso com vista ao sucesso desportivo que possa alavancar os proveitos do Grupo Benfica.

    Procuraremos assegurar o cumprimento escrupuloso de compromissos com o sistema financeiro por forma a garantir que o Benfica seja um parceiro credível na relação com os Bancos.
    Atualmente, o serviço da dívida do Clube assume valores astronómicos e preocupantes, ascendendo o valor de juros pagos anualmente a cerca de 20 Milhões de Euros, o que absorve por si só praticamente todas as receitas regulares provenientes dos sócios – quotizações e Red Pass. É absolutamente prioritário encontrar soluções que aliviem rapidamente o Benfica deste sufoco financeiro.

    Iremos em simultâneo avançar com a inevitável redução do passivo bancário e procuraremos novas formas de financiamento que permitam a redução do défice na rúbrica de resultados financeiros. Estas medidas serão cruciais para garantir a independência e sobrevivência do nosso Clube.
    A existência de compromissos com o Benfica Stars Fund e outros veículos que adquirem percentagens dos passes dos jogadores, acaba por criar responsabilidades que retiram independência e flexibilidade ao Benfica. Estas fontes alternativas de financiamento devem ser geridas de forma meticulosa e transparente de modo a salvaguardar os interesses do Clube.
    Um dos temas centrais do próximo mandato terá que ver com a solução encontrada ao nível dos direitos televisivos. Este processo deverá aumentar de forma significativa as receitas operacionais do Benfica e contribuir decisivamente para o crescimento e sustentabilidade do Clube.

    Neste âmbito, analisaremos modelos inovadores de remuneração dos direitos televisivos, com possibilidade de explorar as redes de televisão por subscrição, o pay-per-view, exploração directa através de canal próprio ou inclusivamente um modelo híbrido.

    Actuaremos sob os seguintes princípios orientadores:

    • O parceiro encontrado terá de demonstrar um forte compromisso e alinhamento de interesses com o Benfica – o sucesso desportivo do Benfica terá de ser desejado pelo parceiro em causa.

    • A remuneração do Benfica deverá estar ligada à adesão dos benfiquistas – todo este projecto está alicerçado na vontade dos benfiquistas e por esse motivo queremos garantir que estes sentem que a sua adesão contribuirá para o engrandecimento do seu Clube. Não pretendemos perpetuar o “nivelamento por baixo”, mesmo que isso implique uma remuneração inferior durante a fase de crescimento.

    • O Benfica deverá voltará a ser o organizador dos jogos em casa, com o objetivo de equilibrar os interesses televisivos com o interesse dos adeptos que se deslocam ao estádio.

    O regresso dos jogos à tarde, em conjunto com outras iniciativas de marketing e de bilheteira, permitirá a reaproximação do Benfica ao país aumentando a taxa de ocupação do Estádio da Luz e as respectivas receitas de bilheteira.
    Em simultâneo, procurar-se-ão iniciativas que visem valorizar o papel do sócio e introduzir-se-ão novas vantagens de forma a atrair novos sócios.

    O Benfica deverá também fomentar e cuidar das suas bases de adeptos espalhadas pelas Comunidades Portuguesas e nos PALOP. Para tal, será muito importante a presença periódica das nossas equipas e atletas junto dessas comunidades. A distribuição televisiva dos jogos do Benfica deverá ser igualmente acautelada.
    *
    Continua
    *

    ResponderEliminar
  9. Programa de Rui Rangel (Continuação)
    *
    O modelo de financiamento do Benfica encontra-se muito baseado na valorização e alienação dos seus atletas. Infelizmente, esse modelo não poderá ser abandonado enquanto não se consiga obter o necessário controle do passivo e aumento de receitas. De qualquer forma, procuraremos, através das melhorias ao nível da estrutura do futebol, que esses movimentos sejam processados de forma cuidada e garantindo que não surgem ruturas e desiquilíbrios no plantel.
    Ao nível da publicidade e patrocínios, fomentaremos as parcerias com marcas que partilhem os valores do nosso Clube e analisaremos o dossier de naming do estádio tendo em conta o interesse do Benfica e a sensibilidade dos benfiquistas. As infra-estruturas e instalações configuram partes essenciais do património do Clube e devem continuar a ser objecto de modernização e evolução, sempre ao serviço dos sócios.
    Valorização da sede da rua do Regedor, como epicentro nevrálgico do Benfiquismo numa das zonas mais relevantes da cidade de Lisboa.
    Em geral, procuraremos pois levar a cabo uma gestão séria, transparente e rigorosa das contas, com uma supervisão efectiva do Conselho Fiscal do Clube. O orçamento será rigoroso, mas sempre servindo o propósito de obtenção de vitórias desportivas.

    O sucesso desportivo, que constitui o eixo central da nossa candidatura, trará novas receitas a nível de bilheteira, quotizações, direitos televisivos, participações em provas desportivas e transferências de jogadores, entre outros aspectos, constituindo por isso uma peça essencial da nossa estratégia.

    Não deixaremos portanto de aprofundar a exploração comercial da marca Benfica, tornando-a numa marca global, porque o potencial existe desde que se assegurem as bases para o sucesso desportivo do Clube.
    *
    Continua
    *

    ResponderEliminar
  10. Programa de Rui Rangel ( Continuação )
    *
    Por um Benfica defensor do futebol em Portugal

    Fomentaremos as relações com os Clubes nacionais, nos diversos escalões, possibilitando a existência de uma plataforma saudável e potenciadora do desenvolvimento do futebol português.

    Participaremos activamente nos fóruns de decisão em Portugal, nomeadamente:
    Através da reformulação da representação do Benfica nas reuniões das Assembleias Gerais da Liga e Federação, assegurando a presença do Presidente do Clube sempre que a ocasião o exija.

    • Através de um maior envolvimento nas comissões e estudos levados a cabo pelas instituições do futebol no sentido de desenvolver o futebol português.

    • Apoiando a introdução de novas tecnologias no campeonato português, bem como de regras e boas práticas que diferenciem positivamente o campeonato português no contexto europeu.

    • Pugnando pela sustentabilidade financeira e introduzindo mecanismos de fair-play financeiro que sejam efectivos também na escala nacional.

    • Tomando parte ativa no processo de credibilização da arbitragem nacional, através de uma vigilância atuante sobre o papel desempenhado pela Liga e a Federação nesta matéria, e fomentando a profissionalização dos árbitros portugueses.

    Procuraremos também reforçar a presença do Benfica nas instâncias internacionais, que permitam reconquistar um papel no futebol europeu e mundial também ao nível dos fóruns de decisão.
    *
    Continua
    *

    ResponderEliminar
  11. Programa de Rui Rangel ( Continuação)
    *
    Por um Benfica de valores

    O Benfica é uma referência ética e moral do país. É um património nacional e mundial. Temos que ser um clube de valores fortes e inabaláveis e estes valores devem ser assumidos por todos, sem excepção, que sirvam o Clube.

    Queremos ganhar sem “batota”, e ajudar a evitar que outros o façam.

    A comunicação não será um eixo central da propaganda da direção do Clube. O eixo central é o sucesso desportivo. A comunicação servirá a informação dos sócios. O Canal Benfica TV, o jornal e o site do Clube serão plataformas de opiniões, dando voz a todo o tipo de posições que estejam em linha com os valores de respeito e boa educação.

    Queremos aumentar a democraticidade no Clube. Incentivaremos uma maior afluência dos sócios às Assembleias Gerais. Instituiremos o processo de voto confidencial e electrónico.

    O Benfica sempre foi um clube democrático, respeitador de valores essenciais e que valoriza a coesão entre associados e adeptos como força motriz do sucesso, pelo que a nossa proposta contempla a realização de uma assembleia geral para que seja deliberada uma alteração estatutária que devolva valores recentemente alienados, mediante:

    • O restabelecimento de condições de elegibilidade para os órgãos sociais do Clube alinhadas com práticas normais;

    • A existência de mecanismos que confiram um estatuto de participação a oposições organizadas;

    • A revisão equilibrada da distribuição de votos por sócios em função da sua antiguidade e estatuto;

    • O aumento das competências e poderes de fiscalização da Assembleia Geral em relação à Direcção;

    • A criação de mecanismos de divulgação obrigatória de informações relevantes.

    Não toleraremos atitudes de quaisquer indivíduos nos espaços do Clube que sejam contrárias ao espírito do Benfica. Não aceitaremos atitudes de violência, racismo ou atividades ilícitas.

    Sempre que outros Clubes tomem atitudes que não estejam de acordo com a tradição do Benfica, não responderemos na mesma moeda. Queremos liderar pelo exemplo.

    O Benfica deverá estar consistentemente junto dos seus adeptos nas comunidades de emigração portuguesa. Através destas comunidades a marca Benfica deverá projetar-se como marca mundial, assumir-se nas vertentes institucional e comercial como um ativo de crescimento, estabelecendo parcerias desportivas e associativas junto das comunidades locais.
    Aproximar a realidade do clube dos jovens, através de políticas formativas sobre a sua história, sobre o seu papel na cidadania e, numa perspectiva transgeracionalmente solidária, contribuir para a renovação das classes dirigentes no desporto em Portugal.

    Por último, a nossa agenda passará muito por uma política de desenvolvimento das Casas do Clube e da Fundação Benfica. A dimensão nacional e internacional do Clube tem que ser obrigatoriamente materializada por uma política de inclusão das casas dentro do Universo Benfica, enquanto agentes fundamentais de divulgação social e comercial do Clube, bem como dos valores do Sport Lisboa e Benfica.
    *
    Continua
    *

    ResponderEliminar
  12. Programa de Rui Rangel ( Continuação )
    *
    BENFICA 2016: recuperar o passado, projectar o futuro

    Pretendemos apresentar aos sócios a nossa visão do que deverá ser o clube no final do espaço de tempo correspondente ao próximo mandato desportivo.

    Em 2016, pretendemos que esteja finalmente instalada no Benfica uma verdadeira dinâmica e cultura de vitória.

    Esperamos também que, no final deste mandato, o Benfica seja, como em tempos, o grande clube de futebol em Portugal, vencedor inequívoco e regular da maioria das principais provas disputadas no nosso país.

    Então, quando o ciclo vitorioso em Portugal for já uma realidade, poderá ser então projetado o Benfica Europeu, através de uma presença sistemática no topo do futebol continental, recuperando o prestígio angariado nos anos 60.

    A partir do êxito internacional, a equipa poderá começar a obter resultados económicos e financeiros de excelência, ao nível dos restantes colossos europeus.

    Nas modalidades, o nosso pensamento é exatamente o mesmo: ganhar, e difundir os nossos valores.
    O envolvimento das bases benfiquistas possibilitará a maximização do potencial associado aos sócios e adeptos e aos direitos televisivos durante o próximo quadriénio, contribuindo decisivamente para que o Benfica tenha todas as condições para se projetar a nível internacional.

    A visibilidade internacional do Sport Lisboa e Benfica contribuirá para que o nosso Clube assuma maior protagonismo à escala europeia, abrindo portas a um novo mercado comercial e de exploração da marca.

    No final do mandato esperamos que o passivo bancário do Benfica seja apenas utilizado para financiar os projectos estratégicos e de longo prazo. A atividade corrente do futebol e modalidades estará sustentada pelas receitas ordinárias que o Clube será capaz de gerar.
    A consolidação da sustentabilidade do Benfica permitirá que se iniciem novos desafios:

    • Investimento superior no futebol, permitindo uma maior competitividade e ambição na Liga dos Campeões.

    • Abertura de novos mercados não só através do futebol, como também através das modalidades.

    • Melhoria das infra-estruturas do Clube, com a respectiva melhoria das condições para a competição e para geração de novas receitas.
    *
    *
    FIM
    *
    *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Ricardo. Os Benfiquistas agradecem. :D

      Eliminar
    2. superaguia190417/10/12, 14:54

      Nem há palavras para descrever tamanha demagogia.


      Espanta-me que o facilitismo com que se fazem estes manifestos.

      Espanta-me a menoridade com que ainda se tratam os sócios.

      Espanta-me o silêncio que se faz perante quem ousa brincar assim com o Benfica.


      Que miséria.

      Eliminar
  13. Obrigado caro amigo Ricardo por nos trazer aqui o programa de um dos candidatos à presidência do Benfica.
    Não percebo muito de certas coisas mas gostei do que li, parecendo-me que muita coisa faz sentido. É preciso é que não seja apenas demagogia e campanha eleitoral, e sejam cumpridas as promessas aqui feitass

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde "Amigo" Pedras...

      Todos eles "Os candidatos"falam muito bem...Vamos ver põe em prática tudo o que prometem...

      Viva o Benfica

      Eliminar
    2. Boa tarde ilustre menina Cidália Ferreira

      Concordo consigo, mas se temos que ir votar em algum é bom podermos ler o que cada um propõe ainda que muitas das coisas sejam apenas promessas.

      Saudações Benfiuistas

      Eliminar
    3. Caro Pedras,

      Sim, e também acho que os Benfiquistas mereciam um debate entre candidatos, uma oportunidade única para esclarecer os sócios.

      SB
      Miguel

      Eliminar
  14. Será que ainda existe alguém com duvidas em quem votar depois de ler este fantástico programa?

    Rui Rangel é o homem certo para mudar o Benfica e fazer do clube um clube vencedor, pois já é tempo de festejarmos os títulos prometidos mas que época após época vão sempre para os mesmos que não o Benfica

    Francisco Lázaro das Neves

    ResponderEliminar
  15. AL, Posso mandar posta? Tive o cuidado de inserir o link do programa do Rangel no fim do meu texto.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Força nas teclas caro nunomaf

      Sem problema

      Abraço

      Eliminar
  16. Amigo José Albuquerque

    Com o devido respeito, acrescento outra pergunta:

    Onde se lê Rangel pode ler-se Veiga?


    ResponderEliminar
  17. Boa tarde caro Ricardo AL.
    Quanto ao programa...palha e mais palha para ruminantes!!

    RADIO BENFICA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde caro RADIO BENFICA

      Foi apenas para informação. É sempre bom ler-se o que cada candidato propõe.

      Cumprimentos

      Eliminar
  18. Navegador,
    IMPOLUTO cidadão Fernando Gomes?

    Mas ó Navegador, passas-te acaso por alguma tempestade com vagas alterosas?

    Impoluto? Quem? Nandinho das facturas???

    (ò xor Araujo, arranje facturas de restaurantes - despesas das prostitutas - e entregue-as no 14º. andar à Senhora Manuela Cunha)

    ResponderEliminar
  19. Os meus parabéns ao filho do José Albuquerque. As perguntas, para além de pertinentes, denotam um espírito perspicaz, inteligente e lúcido.

    O programa do Rangel mais não é do que o aproveitar de tudo aquilo que o Vieira tem feito. Não há qualquer novidade, para além de terem acrescentado alguns lugares comuns e generalidades.

    A única pessoa que eu até agora fez alguma coisa de concreto, para além das palavras, foi o Vieira. A obra está feita e ninguém a pode recusar!

    A visão de internacionalizar a marca Benfica e espalhar a BTV pelo mundo viu-se agora com a ida ao Médio Oriente. Vamos vender os jogos do Benfica para todo o mundo, O resto não passam de tretas!

    Agora queria chamar a atenção para uma coisa que encontrei:


    http://www.asjp.pt/2011/04/07/tribunal-da-razao-a-advogados/


    "Será esta uma candidatura credivel? Juiz, marido da juíza Galante, e co-titular da conta onde o solicitador Patuleia depositava o dinheiro da corrupção pela qual foi condenado na Boa Hora. Noutro país estavam ambos dentro. Em Portugal ainda se vem candidatar ás eleições do Benfica. Já tivemos como presidente um advogado que se revelou ser um grande vigarista... vai lá vai e não leves a manta vais ver o frio que passas!!!!!!"

    Já que os adeptos do Rangel andam todos com uma lanterna na mão à procura de razões para criticar o Vieira e até impedi-lo de ir a eleições, exactamente o mesmo que fez o Bruno Carvalho há 3 anos com um processo em tribunal, acho que é importante informar o que vem nessa notícia.
    Amor com amor se paga!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No Record on vem um novo dado sobre a seriedade deontologica de Rangel.

      Eliminar
    2. Espera lá, o LFV não foi condenado por roubo?
      Amor com amor se paga!

      Eliminar
    3. José Ramalhete, e sabes porque o Pinto da Costa foi ilibado do apito final?

      LFV foi condenado por razões de não poder fazer justiça por suas proprias mãos. Apoderou-se de uma camioneta que pertencia a um seu devedor para reaver o valor que o meco lhe devia. Alias é questão bem conhecida, natural em quem não conhece leis. A do Rangel é que é novidade e provoca estranheza por ser obra de um especialista em leis.

      Mas aqui vem outra do Rangel
      http://www.asjp.pt/2011/04/07/tribunal-da-razao-a-advogados/

      Para um juiz a pena deveria ser agravada

      Eliminar
  20. Depois de uma vista de olhos pelo programa do Rangel, só me apetece perguntar,

    o que há de novo?
    apenas acrescentos à obra de LFV...

    Depois, o grande vacuo, a ausencia de garantias financeiras para executar o anunciado. Afinal onde vão buscar a grana`? A credito, com fundos seguros, como? Expliquem à gente ou será que resolvem tal materia com meia duzia de patacoadas escritas e alinhavadas nos ultimos 10 dias da campanha? Não queiram passar atestados de menoridade aos benfiquistas.

    A escolha dos benfiquistas envolve muita guita, e as responsabilidades e garantias de execução do programa e projectos tem que ser sustentada atraves de compromissos com entidades financeiras e não com meia duzia de patacoadas, que qualquer escriba pode teclar.

    Força LFV

    Com que então o juiz gosta de claques. Vão ao Record on de hoje.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acrescentos??

      Pois os pontos exemplificativos seguintes não me parecem acrescentos, parecem-me uma clara clivagem com o passado recente:

      - SUCESSO DESPORTIVO (BENFICA A GANHAR CONSECUTIVAMENTE, LEMBRAM-SE???)
      - RUI COSTA VOLTAR A TRABALHAR NO BENFICA
      - SÓ BENFIQUISTAS PODEM TRABALHAR EM CARGOS ESTRATÉGICOS
      - ESTRATÉGIA DE REDUÇÃO DO PASSIVO
      - BENFICA DEMOCRÁTICO
      - ORGÃOS DE COMUNICAÇÃO (e não de PROPAGANDA) PLURAIS
      - COMBATE EFECTIVO AOS ERROS ARBITRAIS
      - METAS CONCRETAS E AMBICIOSAS PARA O MANDATO 2012-2016, QUE OS SÓCIOS PODEM ESCRUTINAR

      São alguns exemplos que parecem separar esta candidatura da de LFV. A regeneração parece pois inevitável.

      Eliminar
  21. Caro Navegador,
    As minhas respostas
    1-Sabe Rangel escolher equipas? Pelos vistos não ... Como qualquer pessoa que esteja de boa fé, presumo eu, e que partilhe as mesmas opiniões, neste caso críticas à gestão de LFV até 2009, deduzo que partiu do pressuposto que JEM e Varandas Fernandes estavam de boa fé. Se era só uma forma de ganharem notoriedade para arranjarem tacho, eles lá o saberão.
    2-Como alguém já aí o disse antes, há um diferença entre ser apoiado e apoiar, mais ainda apoiar inequivocamente.
    3-As dúvidas quanto à preparação da lista de Rangel são a melhor resposta a essa pergunta. Eu deixo no entanto outra questão, será que a lista só estava a ser preparada mesmo há 2 semanas ? Não sei a resposta, mas se há 3 anos criticaram a gestão, é natural, acho eu, que se estivessem a preparar a algum tempo atrás, pelo menos isso é o que para mim fazia sentido, pois se assim não foi, demonstra pouco profissionalismo e não augura nada de bom.
    4-A ser eleito, o que eu duvido, Fernando Tavares deve imedatamente deixar de ser sócio dessa empresa de representação jogadores, pois não posso advogar algo para uns que não advogue para os outros
    5-Penso que sim, obviamente que se era o Bagão que queriam, o Rangel será uma segunda escolha

    Olhe que a segunda pergunta revela muito menos talento e coerência que o companheiro Navegador mostra nos seus textos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Antes de mais, como autor das perguntas, gostaria de agradecer as palavras elogiosas do autor do post mas elas não são merecidas.
      Prova disso mesmo é que até o B Cool, conhecido por mal dominar o português, se sentiu habilitado a responder às mesmas.

      Tem razão o B Cool quando refere existir uma diferença entre apoiar e ser apoiado, desde logo porque não podemos impedir ninguém de nos acompanhar em determinada iniciativa.
      Podemos, isso sim, escolher as pessoas com quem nos relacionamos. Se a "aliança" foi inclusivamente selada com um jantar e sabendo que não existem "almoços grátis" não vejo como possa deixar tal apoio (ou a sua aceitação) de ser considerado inequívoco.
      A bem da coerência, valor tão do agrado do B Cool, talvez ele queira comentar o facto de Veiga ser um condenado que tem a correr um recurso no tribunal onde Rangel é juiz. Não será o caso (estou seguro que não) mas Rangel arrisca-se (sem necessidade) a que seja dado um outro cunho à expressão "magistratura de influência".

      Eliminar
    2. Boatos rasteiros e infundados... E que tal discutirmos ideias e não propaganda de baixo nível? Pode ser?

      Então vá, comecemos pelo programa de LFV. Onde está?...

      Ah, pois, é LFV continua a achar que os benfiquistas não SABEM LER nem PENSAR, ou seja, que são todos uns grandes IDIOTAS e por isso não é preciso mostrar as ideias novas, só a mesma lengalenda do costume.

      Pois dia 26 vamos comprovar o contrário!! como? Votando Rangel!!

      Miguel

      Eliminar
    3. Caro Anónimo

      Diz que é o Autor das perguntas. Se é porque não se identifica?
      Porque é anónimo?

      Obrigado

      Eliminar
    4. Caro Miguel, sou adepto - para além do Benfica - da discussão de ideias pelo que, se sabe ler e pensar (o que, por ora, não duvido) concordará que o meu comentário não alberga nenhum boato.

      Caro Ricardo/águia_livre, confirmo que sou o autor das perguntas. Quanto à questão que me coloca, posso-lhe responder de 3 formas: porque é um direito que me assiste; porque este blog permite comentários anónimos; porque nada mudaria se me identificasse como "Ricardo/águia_aprisionada".
      Contudo, em jeito de esclarecimento, coloquei as referidas questões no blog "benficadependente" por achar deplorável o maniqueísmo que se apoderou dos benfiquistas (de que o Miguel é um bom exemplo).
      Pese embora considere que LFV já não constituiu solução para os graves problemas do clube, não concordo com aqueles que defendem, a todo o transe, uma alternativa, seja ela qual for. Pior do que isso, que sejam radicalmente intolerantes com quem defenda a aposta na continuidade.
      Cumprimentos.

      Eliminar
    5. Caro Ricardo/Águia Livre,
      Não desço ao nível de anónimos, pois se o fizesse, provavelmente não publicaria a minha resposta, que seria no mínimo ácida para quem tão soez se mostrou.

      Eliminar
  22. Forca Vieira mostra-nos o teu programa continua Vieira mesmo sem programas es o maior mas muito maior que o Benfica um dia quando desapareceres da face da terra desaparece o Benfica,tudo quanto fazes e valido se das um p... todos te aplaudem e esquecem o de mal que tens feito nestes ultimos dez anos uma vergonha como essa de mudar os estatutos,apoiar Fernando Gomes,meter tres ou quatro nao benfiquistas dentro do clube foi uma autentica pedrada no charco mas o que mais me irrita nao havera mesmo ninguem mais capaz de tomar as redeas do destino dos Benfica apos Vieira estou mesmo vendo que nao,parabens a inteligencia do filho do nosso navegador filho de peixe sabe nadar perdao sabe navegar gostei do post.

    ResponderEliminar
  23. Jose Albuquerque17/10/12, 17:17

    Enorme Fundador, Meu Amigo Aguia Livre,
    Companheiros,
    Meo General,

    Antes de mais, Fundador, o meu aplauso por publicares o 'programa' do Candidato Rangel: eu so lamento que boa parte dos Benfiquistas parecam nao o conseguir ler e interpretar (eu ja contribui com alguns comentarios 'metidos' num post anterior).

    Registo, entretanto e com agrado, que o documento ja foi corrigido quanto ao valor dos 'Custos Financeiros' (inicialmente eram referidos 17ME): ainda andam a tentar acertar (ahahah), mas ... "sao novos, tem tempo".

    Companheiros,

    Obrigado por me terem distinguido com excelentes respostas, mas trata-se de uma distincao que me nao compete (nem ao meu Filhote), uma vez que nao sou o Autor das mesmas.

    Sinceramente, preocupa-me que tantos Companheiros levem 'tao a serio' este tipo de perguntas (o Enorme Carlos Alberto perguntava, muito bem, se podia trocar os nomes de Rangel e vose jeiga, ahahah), a ponto de lhe nao reconhecerem o merito que a critica muito sintetica ("a la" Boloposte ou Carlos Alberto) e humoristica inegavelmente tem.

    Meo General,

    Comparado com o vose jeiga, o nandinho das faturas parece um menino de couro!
    Bem mais inteligente e perigoso (na minha humilde opiniao), mas um menino de couro.

    Quanto ao 'programa', alem do que eu ja comentei (foi de memoria) e apos esta releitura que acabo de fazer, da-me vontade de escrever que mais nao fizeram do que recuperar o que tem sido concretizado nos ultimos anos, juntando uns aditamentos oportunos (como o caso dos direitos de TV).
    Nao consigo deixar de sentir que, com algumas 'ligeiras' correcoes, este poderia ser o 'Programa' (pobrezinho) de uma lista de continuidade.

    Enfim ... "quem da o que tem ... a mais nao pode ser obrigado".

    Viva o Benfica!
    Viva o Benfica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José Propaganda,

      17 ou cerca de 20 milhões por anos de juros?!? Isso dá-te vontade de rir?! Pois a mim não, preocupa-me sobremaneira.

      Miguel

      Eliminar
  24. Jose Albuquerque17/10/12, 17:30

    Companheira(o)s,

    Esquecia-me de comentar um ultimo aspeto que pode ter alguma importancia: a questao dos 'debates' a dois.

    Fosse eu candidato e, de certeza, nao estaria na disposicao de debater o que quer que fosse com um candidato como Rangel, por ele proprio e por alguns dos Companheiros que o apoiam.

    Debates a dois nunca podem ser esclarecedores (acabam sempre por ser uma 'batalha' vazia de ideias e argumentos), pelo que nada acrescentam nenhum valor ao discurso individual das candidaturas.
    Eu compreendo que alguns Companheiros gostassem e, inclusive, se divertissem com esse tipo de 'hapening', mas nao e o meu caso pessoal.

    Sinceramente, creio que os Benfiquistas ja dispoem de informacao suficiente para tomarem a sua decisao. Nos casos em que tenham duvidas, ha um bom remedio: escrevam as listas colocando as vossas questoes.
    E menos 'espetacular' mas muito mais eficaz.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. José da Propganda Albuqerque

      Informação suficiente?

      - Ainda não vi o programa de LFV, pois este não se dignou a apresentar um aos sócios.
      - Ainda nao vi a posição de LFV sobre a venda dos direitos TV à Olivedesportos
      - Ainda não percebi o papel de JEM - já está combinada a sucessão de LFV?
      - Ainda não ouvi uma explicação de LFV sobre os insucessos desportivos e sobre o descalabro financeiro
      - Ainda não ouvi um comentário de LFV sobre o afastamento de Rui Costa.

      Posto isto, acho que é fundamental debater estas e outras ideias, pelo BENFICA, num debate frente a frente. O BENFICA e os BENFIQUISTAS merecem. Se LFV pensa que tem uma vitória antecipada e que os benfiquistas são estúpidos está muito enganado!!

      Acho incrível que o José, que tanto gosta de debater, não defenda o debate entre os dois benfiquistas que mais têm que falar neste momento - os candidatos ao cargo de presidente no nosso clube.

      SB
      Miguel

      Eliminar
    2. Concordo com o José Albuquerque. O debate a dois não iria dar resposta ao que quer que fosse, iria dar lugar a acusações de parte a parte, àquilo que se chama de "peixeirada" pública para gáudio dos antis, dando-lhes argumentos para atacar o Vieira.
      Dissesse Vieira o que dissesse tudo seria razão para o atacar. Estão à espera disso como cães esfomeados à espera de um osso.

      Quando temos uma oposição que apelida o presidente do Benfica de "ditador", "querido líder", de ladrão e o Benfica de Coreia do Norte, não se pode esperar lisura por parte da oposição num debate de ideias. Quando não há "fair-play" é melhor não ir a jogo.

      Seria dar armas e munições a quem está em clara desvantagem, em quem não tem nada a perder pois começou a campanha 9 dias antes das eleições com um programa claramente feito sobre o joelho que é quase uma cópia do mesmo de há 3 anos e uma extensão daquilo que Vieira tem feito nos últimos anos.

      E também acho bem que a BTV se afaste das eleições e deixe a cobertura para outra CS. De outro modo, seria mais uma razão que a oposição encontrava para criticar.

      Basta ver que a BTV foi criticada - prova de uma televisão ao serviço do "querido líder" diziam - por não ter estado na apresentação da candidatura do Rangel, esquecendo-se de mencionar que também não esteve na do Vieira. Para eles tudo é bom para criticar.



      Eliminar
  25. Caro Miguel

    Gostaria que o sr comentasse - reconheço que gosto da sua forma e luta em prol do seu ideal e da sua boa prestação aqui no nosso cantinho - sem ofender a pessoa a quem se dirige. O caro José Albuquerque tem o direito de defender a sua dama, como o caro Miguel tem o direito de defender a sua.

    Ficar-lhe-ia bem que se dirigisse nos comentários de forma educada e elegante, que tenho a certeza sabe fazer, sem essa do José da propaganda Albuquerque, simples e puramente, porque não é assim, que a pessoa se chama.

    Já num outro cometário e dirigindo-se à mesma pessoa, o caro Miguel abusou da má educação na forma como escreveu o nome do caro José Albuquerque, alterando-o de forma inadmissível.

    O caro Miguel defende Rui Rangel e tem esse direito. Por isso agradeço-lhe que comente, caso o entenda, mas sem alterar o nome das pessoas a quem se dirige, ou de qualquer outra forma entrar na linguagem depreciativa.

    Queira receber os meus cumprimentos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Rcardo,

      Aceito a sua crítica e apresento as minhas desculpas a si e ao visado.

      Cumps.
      Miguel

      Eliminar
    2. Caro Miguel

      São assim os grandes homens

      Abraço Glorioso

      Eliminar

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...