terça-feira, 8 de maio de 2012

O filme do campeonato - Parte I

Ou se quiserem a crónica de um roubo anunciado... É longo mas está aqui quase tudo. Em 2 partes que é para não os maçar muito. Leiam e critiquem.

1.ª Jormada (Guimarães-Porto) - 14/08/2011
Penalti aos 45'+1 convertido por Hulk - Resultado final 0-1
Árbitro: Olegário Benquerença
Nota: Aos 90' Rolando mete a mão à bola na sua área num lance com Toscano e Benquerença nada assinala!
PS: O 1.º penálti fantasma da época decide os 1.ºs 3 pontos a favor dos corruptos. Curioso que em Guimarães ninguém do Vitória se demonstrou especialmente indignado. Ao invés vejam mais abaixo o que aconteceu quando o Vitória se deslocou à Luz...

1.ª Jormada (Gil Vicente-Benfica) - 12/08/2011
Resultado final 2-2
Árbitro: João Ferreira
Nota: Exibição oscilante do Benfica, com Ruben Amorim no melhor e no pior (passe para o golo de Nolito e falhanço do qual resulta o primeiro golo do Gil). Na jogada do 2.º golo do Gil tudo começa num erro do nosso bem amado Emerson. E pronto, com este resultado se perfaziam 7 anos sem ganhar na 1.ª jornada do campeonato. É muito ano, pá!
PS: Viram o mar vermelho no resumo do jogo? Pois é.. É o tal capital de confiança que desbaratamos todos os anos com decisões erradas quer ao nível directivo que ao nível técnico.

2.ª Jormada (Porto-Gil Vicente) - 19/08/2011
Penalti aos 11' convertido por Hulk - Resultado final 3-1
Árbitro: Rui Silva
Nota: Aos 3' Otamendi comete falta passível de expulsão e Rui Silva mostra apenas o amarelo. Aos 11' Hulk mergulha para a piscina e Rui Silva prontamente aponta para a marca da grande penalidade!
PS: Não expulsar o jogador do Porto aos 3 minutos de jogo é decisão digna de uma qualquer reunião matrimonial na Madalena.

2.ª Jormada (Benfica-Feirense) - 20/08/2011
Resultado final 3-1
Árbitro: Hugo Pacheco
Nota: Complicou-se o que inicialmente se afigurou fácil, para o que muito contribuiu ao desperdício da 1.ª parte. Cap foi titular e segundo dizem jogou bem. No lance do primeiro golo do Benfica há ainda penalti sobre Cardozo. O Garay estava a beber um copito de "mate" no lance do golo do Feirense... E no fim... Golaço do "gordo".
PS: Quim Machado no fim do jogo disse que merecia ter ganho este jogo... A sério que disse! Vejam o resumo, vejam também o fora de jogo tirado a Saviola e o lance hilariante do penalti que a SporcosTV quis inventar. Apesar dos resultados terem sido iguais, e se tiverem oportunidade, comparem o que disseram os avençados acerca do jogo do Porto e do jogo do Benfica... Comparem LOL

3.ª Jormada (Leiria-Porto) - 06/09/2011
Resultado final 2-5
Árbitro: João Capela
Nota: Aos 43', com o resultado já em 0-2, Belushi ajeita a bola com o braço em plena grande área e João Capela nada assinala. No reatamento da 2.ª metade a União de Leiria viria a fazer o 1-2 que poderia ser o 2-2 caso a penalidade de Belushi tivesse sido devidamente sancionada.
PS: O corte do corpo de Belushi  no lance da repetição é da inteira responsabilidade da televisão avençada de serviço ao jogo em causa. O lance de Belushi é também inexplicavelmente cortado por todos os orgãos de comunicação social. Escrita ou falada.

3.ª Jormada (Nacional-Benfica) - 29/08/2011
Resultado final 0-2
Árbitro: Artur Soares Dias (mais conhecido por "o cego")
Nota: Na 1.ª parte 2 fogachos do Nacional a abrir, nevoeiro e golo do Benfica. Cardozo qual D. Sebastião, Na 2.ª parte e assim que se conseguiu ver qualquer coisinha começou o festival Soares Dias a fazer jus ao seu nome de família. Porfiou, apitou, empurrou o Benfica para trás o mais que pode mas não foi capaz. O Benfica resisitiu e o "gordo" sentenciou a partida. Golaço do Bruno!
PS: A agressão a Witsel fica para os anais da história e servirá de certeza para a tese de doutoramento de Fillipe Lopes (sim é com dois 2 eues que se escreve),o qual irá em breve apresentar a dita cuja sob a designação "A influência dos autogolos no desenvolvimento da fruta e o contributo sócio-económico das agressões aos jogadores do SLB para o crescimento dos lucros do negócio do café com leite". Algo muito útil para o seu patrono desta tese, o qual é também ele doutorado honoris causa mas pela Universidade do Calor da Noite...

4.ª Jormada (Porto-Setúbal) - 09/09/2011
Resultado final 3-0
Árbitro: Marco Ferreira
Nota: Nada a assinalar excepto as 3 bolas ao ferro da baliza de Diego durante a primeira metade e o facto de o Vitória ter jogado sem avançados durante 65'.
PS: Um passeio para os corruptos, o qual já se vai tornando habitual quando defrontam equipas amigas do sistema.

4.ª Jormada (Benfica-Guimarães) - 10/09/2011
Penalti aos 32' convertido por Cardozo; penalti aos 35' falhado por Cardozo; Penalti aos 45' convertido por Cardozo - Resultado final 2-1
Árbitro: Duarte Gomes
Nota: Três penaltis em 15 minutos assinalados a favor do Benfica. Eu estava lá e posso garantir que o Estádio da Luz estava perfeitamente incrédulo. Era preciso recuar uma boa dezena de anos para encontrarmos o último jogo onde algo similar tinha acontecido. E poderiam ter sido marcados mais. Alex aos 26' joga bola com o braço ao impedir centro de Emerson (UaU! Um centro do Emerson!). Seria também o 2.º amarelo a Alex com a consequente expulsão. Para mim apenas o 3.º penalti poderá não ser penalti, mas a bola antes de ir à cabeça do N'Diaye bate-lhe no braço. Quanto aos dois penaltis reclamados pelo Vitória, no primeiro o Assis faz falta sobre o Garay que lhe tem a posição ganha e depois para a olhar para o árbitro. No segundo o Emerson corta claramente a bola e no seguimento do corte acaba por cair derrubando o homem do Vitória mas fora da área. O golo do Vitória foi de uma simplicidade assustadora. Nilson coloca a bola nas costas de Emerson que fica nas covas (como sempre), Edgar lança-se em direcção à área, remata cruzado e marca com Artur a ficar mal na fotografia. Um lance mil vezes repetido no Estádio da Luz ainda que com outros artistas...
PS: O Duarte Gomes ainda hoje está para perceber o que lhe aconteceu. O homem inspirava e o apito soava, expirava e nada. Nem um piu. Alguém adulterou o apito do homem. Só pode. Mas o Benfica iria pagar bem cara esta brincadeira... A naçon portista entrou em choque histérico e foi um manancial de referências e pressões encapotadas sobre o Pereira da arbitragem. Até o Calabote foram buscar. Por esta altura o golpe palaciano do Nando das facturas estava também no seu auge e o Benfica seguia alegremente qual cordeiro rumo ao sacrifício.

5.ª Jormada (Feirense-Porto) - 18/09/2011
Resultado final 0-0
Árbitro: Bruno Esteves
Nota: Aos 16' Diogo Cunha sofre falta para grande penalidade cometida por Belushi, prontamente transformada em simulação por Bruno Esteves, mostrando inclusive o amarelo ao jogador do Feirense. Aos 90'+2 James agride ostensivamente Rabiola e é expulso. Espantosamente ouve quem não concordasse com a decisão do árbitro...
 PS: "Rabiola atirou-se para o chão... não o agrediu... não lhe criou nenhum problema... está em campo completamente à vontade... Deitou-se para o chão e levantou-se em seguida o Rabiola... não é de maneira nenhuma uma agressão... o futebol não pode expulsar jogadores por razões que não sejam muito graves..." by ignorante, faccioso, burro, fanático e demente comentador (portista) da TVI, Manuel Queirós

5.ª Jormada (Benfica-Académica) - 18/09/2011
Resultado final 4-1
Árbitro: Vasco Santos
Nota: Mais uma vez os penaltis  que não foram mas eram. E os que não eram e à força tinham de ser. Cissoko (acho que é assim que se escreve), aos 60' de jogo, descobre que o relvado da Luz era cama apetecível e resolve esticar-se ao comprido em plena área numa atitude digna do "Folies Bergère", Vasco Santos não foi na cantiga mas esqueceu-se do amarelo. Antes disso já aos 9' a Académica tinha reclamado penalti por falta que acabou por ser marcada fora da área e aos 24' em remate de Bruno César, Nivaldo mete mão à bola e nada foi mais uma vez assinalado. A segunda parte foi profícuo em lances mal ajuízados por Vasco Santos, especialmente pelos seus auxiliares, e ficam na retina dois fora de jogo mal assinalados a jogadores do Benfica e dois amarelos completamente incompreensíveis a Nolito e a Maxi Pereira. Ah... E mais uma agressão... Nolito fez  mais 2 golos e Matic não se saiu bem na contenda.
PS: Mais uma jornada mais uma agressão a um jogador do Benfica. Desta vez a vítima foi Saviola que quase viu o seu maxilar arrancado pela violenta cotovelada com que foi brindado em plena área. Penalti por assinalar e vermelho por mostrar.

6.ª Jormada (Porto-Benfica) - 23/09/2011
Resultado final 2-2
Árbitro: Jorge Sousa
Nota: Arbitragem completamente tendenciosa de Jorge Sousa, em que permitiu tudo ou quase tudo aos jogadores do FCPorto. Conseguiu o milagre de não expulsar o trauliteiro Fusile e apenas mostrou uma amarelo a Moutinho ao 90´+2!
PS: Os resumos são os que consegui encontrar. A esta distância dos acontecimentos a equipa de limpeza dos corruptos já tratou de remover grande parte dos vídeos em que se viam claramente os erros do árbitro Jorge Sousa. Nada a que não estejamos já habituados.

7.ª Jormada (Académica-Porto) - 02/10/2011
Resultado final 0-3
Árbitro: Paulo Baptista
Nota: Na ressaca do empate com o Benfica em casa, nada melhor que um jogo com uma equipa amiga para ajudar a levantar a moral. A Académica de Pedro Emanuel foi uma sombra e praticamente inócua em termos ofensivos. Só para terem uma ideia, até o Walter marcou um golo neste jogo...

7.ª Jormada (Benfica-Paços de Ferreira) - 01/10/2011
Resultado final 4-1
Árbitro: Bruno Esteves
Nota: O nosso primeiro encontro com mais um filho do sistema, Bruno Esteves, recém chegado a estas andanças, mas que demonstrou ao longo da época ter interiorizado na perfeição o papel que lhe tinha sido destinado. Uma enormidade de foras de jogo mal assinalados aos jogadores do Benfica, um penalti sonegado ao Benfica por falta sobre Aimar mesmo a finalizar a segunda parte, e um golo mal anulado foram as notas de destaque de uma arbitragem que seria um prenuncio do que viria a acontecer na segunda volta do campeonato. Inacreditável o golo anulado ao Benfica logo aos 5' deste jogo. E também o sem número de faltas e faltinhas que nos foram marcadas. Bom jogo de Emerson que foi o melhor da defesa e uma boa primeira parte de Saviola. Nolito mais uma vez facturou numa grande jogada de entendimento com Saviola que foi para mim um dos melhores em campo.
PS: Espectacular o apoio dado à equipa pelos No Name nos últimos 15'. Contagiante. Aqui fica o link para recordar. Melgarejo tem pinta. Desejo vê-lo no plantel principal para o ano que vem. Mais um penalti fantasma na Luz. É o jogador do Paços que avança deliberadamente contra a perna de Luisão que está imóvel e com o pé assente no chão. Bruno Esteves como tantos outros não teve dúvidas e ainda mostrou mais um amarelo injusto ao Girafa.

8.ª Jormada (Porto-Nacional) - 23/10/2011
Resultado final 5-0
Árbitro: Cosme Machado
Nota: 1-0 aos 23' após um desvio no defesa Neto que encaminha o remate de Defour para a sua própria baliza (já vão sendo habituais os auto-golos dos defesas do Nacional nos jogos contra o FCPorto, principalmente aqueles já com contrato assinado para a próxima época). 2-0 aos 40' com Walter em fora de jogo, pois o fiscal de linha de Cosme Machado estava cego devido às luzes ofuscantes que a cabeleira do Hulk reflectia...
PS: Ver o Hulk de cabelo amarelo fez-me lembrar da anedota da banana e da melancia...

8.ª Jormada (Beira Mar-Benfica) - 22/10/2011
Resultado final 0-1
Árbitro: Paulo Baptista
Nota: Jogo que se adivinhava difícil pois o Benfica ia defrontar a defesa menos batida do campeonato. Sem Maxi e com Rúben Amorim e com Javi de regresso, Jesus acabou por fazer 5 alterações em relação ao jogo de Basileia optando por fazer também descansar Rodrigo, Aimar e Gaitán. Jogo de sentido único em toada morna com alguns contra-ataques esporádicos do Beira Mar aos quais Artur se opôs com a segurança a que nos habituou neste início de campeonato. Houve ainda antes do lance do 0-1 um golo anulado ao Benfica por suposta falta de Garay antes de Saviola introduzir a bola na baliza. Não me foi possível encontrar imagens deste lance.
PS: Jogo marcado pela intervenção desastrada de Rui Rego no lance que dá o golo de Cardozo. Liderança isolada para o Benfica por um dia.

9.ª Jormada (Porto-Paços de Ferreira) - 28/10/2011
Resultado final 3-0
Árbitro: Hugo Miguel
Nota: Mais um autogolo no dealbar da 1.ª parte e sabem quem foi o prevaricador? Melgarejo, pois claro. Dizem as más línguas que nesta altura o puto andava um bocado confuso... Parece que até chegou vestir inadvertidamente uns calções do FC porto numa festa na piscina de uns amigos... da onça de certeza.
PS: Um jogo onde o Hugo Miguel não teve influencia no resultado é algo tão raro como uma prova contra o Pintinho/FC Porto ser admitida como válida em julgamento...

9.ª Jormada (Benfica-Olhanense) - 29/10/2011
Resultado final 2-1
Árbitro: Marco Ferreira
Nota: Entrada de rompante do Benfica com 2 golos de Rodrigo. Depois Marco Ferreira em acção. Penalti não assinalado sobre Rodrigo aos 34' igual a tantos outros que se marcam a favor dos corruptos sempre que estes estão em dificuldade e golo mal anulado a Cardozo aos 68'. Pelo meio o golo do Olhanense em que toda a defesa do Benfica (à excepção de Artur) acaba por ficar mal na fotografia. Susto final pregado pelo Olhanense num lance em que Djalmir papa completamente os dois centrais do Benfica, valendo a capacidade de sacrifício de Luisão que se esticou para efectuar um corte providencial.
PS:A segunda parte do Benfica foi toda feita já com Braga no pensamento, espelhada na substituição de Aimar ao intervalo. Não havia necessidade de a fazer tão cedo penso eu. mas a equipa jogava bem e ganhava por 2-0 ao intervalo.

10.ª Jormada (Olhanense-Porto) - 05/11/2011
Penalti aos 2' falhado por Hulk - Resultado final 0-0
Árbitro: João Capela
Nota: Jogo com o Olhanense após este ter jogado com o Benfica. Foi o jogo do folclore, com o Porto a apresentar a mesma má qualidade de jogo de tantos outros jogos, mas em que desta vez as coisas lhe correram mal pois não houve muitos apitos auxiliantes. Apesar do penaltizinho da ordem logo aos 2'... Ficámos também a saber que apesar de estar no banco o Vitó também sabe cabecear ao lado. :D
PS: Um penalti logo a abrir as hostilidades, mas desta vez o boneco animado foi mesmo incrível e falhou a conversão do castigo máximo

10.ª Jormada (Braga-Benfica) - 06/11/2011
Resultado final 1-1
Árbitro: Pedro Proença (mais conhecido pelo empurrencinha ou desdentado)
Nota: Penalti assinalado por mão de Emerson. Proencinha não teve dúvidas e apontou o castigo máximo. No lance de Luisão aos 10' de jogo, Proencinha deve ter tido um ataque de diabetes pois mesmo em cima do lance cegou e não viu nada. Mais um penalti escamoteado ao Benfica e o lance desapareceu misteriosamente de tudo o que eram imagens do jogo (encontrei finalmente isto no zerozero.pt, ver a partir dos 43s). Depois o costume. Faltas, fitas, decisões sempre em prejuízo do Benfica e em benefício do Porto B. Jesus também ajudou à festa e houve um momento do jogo (logo após a substituição incompreensível de Gaitán), em que o Benfica fica a jogar com Rubén Amorim e Witsel como... Alas! Finalmente o golo salvador e redentor de Rodrigo, que com um pouco de sorte ainda poderia ter feito o 1-2 no último lance da partida.
PS: O jogo dos apagões e em que ficámos a saber que na Pedreira a instalação do estádio está toda mal feita pois misturam-se circuitos de iluminação com circuitos de força motriz e vai daí ficamos sem luz e sem água quente ao mesmo tempo. Pelo menos para os jogadores do Benfica. Ah! Ficámos também a saber que o Alain é preto e estúpido. Deusébio dixit! Ficámos também a saber nesse pós jogo que o Benfica tinha assumido de vez  a decisão de não falar de arbitragens e eram os jogadores do Benfica que denunciavam as condições com que forma brindados em Braga... Algures alguém esfregava as mãos de contente...

11.ª Jormada (Porto-Braga) - 27/11/2011
Resultado final 3-2
Árbitro: Artur Soares Dias
Nota: Se o Hulk algum dia tivesse de marcar um golo de cabeça, a quem é que o marcaria? LOL ao Jaquim pois claro!
PS: Mais um exemplo de como o Braga é mesmo Braguinha...

11.ª Jormada (Benfica-Botafogo do Lumiar) - 26/11/2011
Resultado final 1-0
Árbitro: João Capela
Nota: Estádio da Luz cheio num jogo que teve de tudo. Caixas de segurança, bichanos inchados depois de "n" jogos a jogar com equipas menores e até houve uma churrascada no final. Estádio cheio, ambiente fantástico e mesmo assim o Benfica a começar mal o encontro, muito nervoso, e permitindo muitas liberdades aos médios do Sportem que, não fosse a conhecida inépcia de Van Wolkswagen, nos poderia ter custado caro nos primeiros 5-10' min de jogo. Depois aparece El Mago e os seus passes magistrais e pimba! Bola no poste em remate de bandeira de Gaitán. Seria o golo do ano mas não foi. Depois mais um fogacho do Sportem (certamente fornecido pelos pirómanos que assistiam ao jogo a partir da caixa de segurança) e finalmente o vulcão da Luz entra em erupção. Golo de Javi e intervalo. Aos 51' Oniauioweiou entrega a bola redondinha a Aimar e este assiste Cardozo que deita 2 defesas dos lagartos e remata forte mas quase à figura de Patrício que defende por instinto. E depois... Bom depois apareceu João Capela, pois é impossível este senhores do apito virem à Luz sem deixarem a sua marca. Cardozo vê o segundo amarelo após ter descarregado a sua frustração com uma palmada no relvado. Impressionante a facilidade com que qualquer besta destas põe um jogador do Benfica no banho. Até ao fim o Benfica arregaçou as mangas suportou o previsível forcing final dos submissos e chegou inclusive a enviar uma bola ao ferro em mais um lance de Gaitán, desta vez na marcação de um canto directo. Vitória justa e muita azia na caixa de segurança...
PS: A vergonha do nosso futebol está bem patente no facto de o Benfica ter custeado e concluído as obras de reparação do estádio, o processo contra o nosso clube (PASME-SE!) aberto pelos incendiários ter sido considerado improcedente, e até ao momento ninguém ainda se ter preocupado em forçar os submissos a pagar o que devem ao Benfica. Um autêntico nojo!

12.ª Jormada (Beira Mar-Porto) - 10/12/2011
Resultado final 1-2
Árbitro: Carlos Xistra
Nota: Topem só o falhanço do Hélio no último segundo do jogo. O Xistra acabou logo com aquilo a seguir não fosse o diabo tecê-las... :D
Crónica do jogo

12.ª Jormada (Marítimo-Benfica) - 11/12/2011
Resultado final 0-1
Árbitro: Jorge Sousa
Nota: Depois da derrota frustrante contra este mesmo Marítimo na eliminatória da Taça de Portugal o Benfica tinha de ganhar este jogo, e ganhou. Mesmo ainda que o Superdragay de serviço se tenha encarregado de dizimar o meio campo do Marítimo tendo em vista a partida que iriam realizar no Dragay na jornada seguinte. É a já famosa vantagem de jogar com as deixas do Benfica. Jogo mais uma vez difícil e que fica marcado não só pelo golo tardio do Benfica mas também pelo falhanço incrível de Cardozo ainda na primeira parte. Depois deste jogo acreditei piamente que iríamos ser campeões. Mal avisado estava para o que aí vinha...
PS: Escolhi este vídeo de propósito. O facciosismo e a vontade de enaltecer os nossos adversários e diminuir o Benfica é tanta que este "cumentador" da Sick até perde a visão e deixa de ver os jogadores do Benfica que estão na imagem. Sigam o resumo, ouçam o que ele diz e depois parem o vídeo aos 40s. Esclarecedor... Foi uma época disto... Quer na SIC, quer na TVI, quer na Sporcos...

13.ª Jormada (Porto-Marítimo) - 17/12/2011
Resultado final 2-0
Árbitro: Duarte Gomes
Nota: Duarte Gomes não assinala um penalti a favor dos corruptos, por pretensa falta sobre o "peitadas" aos 35', mas logo a seguir expulsa Roberge com 2 amarelos em 1 minuto para equilibrar a coisa. Mais uma expulsão de um jogador adversário que veio a servir de desbloqueante para um jogo em que o Porto estava à rasca para conseguir chegar à baliza com sucesso. Aos 78' bola na trave com Helton batido que podia ter dado outra história ao jogo. No final para completar o ramalhete mais uma vez um autogolo a beneficiar os porcos, desta vez da autoria de Briguel.
PS: O Marítimo chega a este jogo sem os seus 3 médio centro nucleares todos ausentes devido a castigo. A vantagem de jogar com as deixas do Benfica a ser mais uma vez decisiva...
13.ª Jormada (Benfica-Rio Ave) - 16/12/2011
Penalti aos 32' convertido por Cardozo - Resultado final 5-1
Árbitro: Bruno Esteves
Nota: E a partir do penalti só deu Benfica... Este foi também o último penalti a nosso favor em muito muito tempo na Luz...
PS: Olha o Bruno Esteves outra vez! E desta vez o Atsu jogou e não se constipou... Mas ganhámos 5-1! Como é possível? Fácil o jogo? Vejam o vídeo... Estivemos a perder! ah pois foi...

14.ª Jormada (Sporting-Porto) - 07/01/2012
Resultado final 0-0
Árbitro: Pedro Proença (gama gama gama proencinha)
Nota: Jogo tenso. Muita posse de bola de ambos os lados e poucas oportunidades dignas de registo. As únicas aconteceram de bola parada e uma em cada baliza. Os porcos pareceram sempre mais perigosos mas com o passar do relógio ambas as equipas acabaram por se acomodar ao resultado. Rui Patrício é realmente o abono de família deste sporting em crise de identidade, mas ainda assim pode agradecer a Otamendi o facto de mesmo no final não terem comprometido o trabalho de um jogo inteiro. Um jogo de amigos sem ambiente e onde o Proença aproveitou para mais uma vez pavonear sua brilhantina e personalidade irritante. Este homem dá um  novo significado à palavra asco.
PS: Jogo de empatas onde mais pareceu acontecer um encontro de irmãos do que uma partida entre dois rivais no campeonato. Tão amiguinhos que eles são...

14.ª Jormada (Leiria-Benfica) - 08/01/2012
Penalti aos 32' convertido por Cardozo - Resultado final 0-4
Árbitro: Cosme Machado
Nota: Jogo sem história. Oportunidade inicial do Leiria pelo novo reforço do Benfica Djanniny e a partir daí o Benfica galopou para uma exibição convincente e sem sobressaltos de maior. Aimar faz sempre falta, mas desta vez fez menos falta que em outras ocasiões. Jogo sem casos. E mais um golão do "gordo"... E outro do Cardozão. E Rodrigo a bisar!
PS: 2 pontos de avanço sobre a porkalhada e o Vitó a sentir os calos apertados. E Janeiro ainda estava no início... Lindas as bandeiras do meu Benfica neste estádio.

15.ª Jormada (Porto-Rio Ave) - 14/01/2012
Resultado final 2-0
Árbitro: Marco Ferreira
Nota: Rolando expulso! Mesmo que a expulsão acontecesse no finalzinho do jogo e já sem contar para nada, aqui o vosso pobre escriba julgou realmente que os deuses estavam a mudar e que tudo se conjugava para que uma lufada de ar fresco varre-se o nosso futebol. A bitola do Porto neste jogo foi a mesma de tantos outros. Hulk enquanto pode (saiu lesionado aos 30') e depois disso o génio de Rámes (escrevi como ouço os cumentadeiros dizer) a resolver o assunto, se bem que apenas aos 79' a partida tivesse ficado sentenciada. O Rio Ave desperdiçou algumas boas oportunidades para igualar a contenda, mas esbarrou sempre na sua própria ineficácia. Arbitragem sem casos.
PS: Olha! O Atsu desta vez constipou-se... O costume. Jogador emprestado pelo Porto não defronta a casa mãe. Arranja-se uma lesão, uma constipação, uma unha encravada, etc. O suficiente para contornar o regulamento que impede os clubes que emprestam jogadores de condicionar a sua utilização. Apenas mais uma das mil e uma estratégias que os corruptos usam para condicionar resultados e roubar campeonatos.

15.ª Jormada (Benfica-Setúbal) - 14/01/2012
Resultado final 4-1
Árbitro: Hélder Malheiro

Nota: 56000 espectadores na Luz. Impressionante a crença da onda vermelha e também impressionante o apoio prestado à equipa nas bancadas. Apesar do começo algo titubeante da equipa, que cedo se viu em desvantagem num lance infeliz de Luisão (mais um! porra de sorte). O Setúbal ainda ameaçou o segundo golo num remate ao posto de Neca, logo após o golo do empate de Nolito, mas depois veio ao de cima a superior qualidade dos futebolistas do Benfica e ao ataque de Cardozo à baliza de Diego e antes do intervalo 3-1 e jogo resolvido. Na segunda parte ainda houve o golo de Matic que fez o resultado final. Espaço ainda para os protagonistas de sempre e para a segunda expulsão de Cardozo no campeonato.
PS: Cardozo mais uma vez expulso! Mais uma expulsão de um jogador do Benfica em pleno Estádio da Luz desta vez por que Hélder Malheiro entendeu que Cardozo simula uma grande penalidade... É tão fácil reduzir o Benfica a 10 unidades, não é adeptos da fruta?


Peço desculpa mas tenho agora de ir ganhar coragem para completar a Parte II do filme do campeonato. O pior vem aí.

Ia tendo uma congestão de tanto ver resumos dos corruptos...  Para a próxima tenho de me lembrar de fazer isto sempre com o estômago vazio.

Não se acanhem. Qualquer incorrecção, esquecimento ou link que deixe de funcionar façam o favor de me avisar. Isto é para ficar para a posteridade!

VIVA O BENFICA PORRA! A segunda parte segue dentro de uns dias...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...