terça-feira, 3 de outubro de 2017

AG(IR)

Na passada sexta-feira realizou-se uma das mais participadas Assembleias Gerais dos últimos anos.

Para tal, não será alheio o momento desportivo do clube (e não só do futebol, pois já vamos com duas derrotas nas Supertaças de Futsal Masculino e de Voleibol).

Ao contrário de outros, que nada ganham há vários anos, onde se instalaram o comodismo e mentalidades perdedoras, no Benfica, apesar do tetra há pouco mais de 4 meses, o grau de exigência é máximo e, talvez por isso, os adeptos disseram presente!

Nessa demonstração de grande vitalidade do Glorioso muitas foram as intervenções críticas da gestão desportiva (sobretudo do futebol) que a actual Direcção escolheu.


Num clube com grande tradição pluralista e democrática, não podia deixar de ser assim.

Ali não se discutiu o aumento do salário do Presidente para 10500€/mês (discussão que ocorreu a cerca de 2 km dali, sem que a imprensa desse qualquer importância...), nem a fraca afluência de sócios e muito menos o tempo que os sócios passam no facebook...

No Pavilhão número 2 da Luz, discutiu-se... Benfica!

Nesse sentido, considero extremamente positivo os sinais que foram dados à Direcção de que estamos atentos e, ao contrário de outros clubes, mais dados a unanimismos, não nos coibimos de dizer a quem dirige o clube (mas que não é o seu dono!) quais os pontos em que consideramos que estão a ser cometidos erros que se podem pagar bem caro.

Perante tal demonstração de sentido crítico (que é muito diferente de dizer mal), o Presidente resolveu dar o peito as balas e responder a muitas (que não todas) das questões apresentadas.

Dessas respostas, destaco:

Pela positiva:

1 - Acossado perante as críticas, desafiado "a sair da toca", não se escondeu e deu a cara. Também por isso, o meu aplauso (aqui e lá in loco).

2 - Sobre os emails, disse nunca termos "comprado" um resultado. Finalmente! É bom ouvir isso, mas é pena que não haja uma defesa cabal da imagem do clube perante a campanha suja dragarta!

Pela negativa:

1 - Colocou claramente o ónus da responsabilidade em cima de Rui Vitória (por exemplo nas escolhas de Gabriel e de Douglas, mas também na escolha do plantel). Curiosamente ou talvez não, Rui Vitória convocou de imediato Douglas... que ainda assim foi para a bancada...
Começo a ficar com poucas dúvidas de que Luís Filipe Vieira não hesitará se sentir que a contestação pode pôr em causa o seu próprio mandato...

2 - Revelou aquilo que considero um enorme desastre: um "pormaior" no contrato com a NOS: afinal as receitas das subscrições da BTV são entregues à NOS. Ora, se o contrato já me parecia mau (tendo em atenção os valores dos dragartos que não valem juntos o que vale o Benfica), assim ainda piora substancialmente! 

É que, assim sendo, dos 40 milhões de euros anuais pagos pela NOS ao Benfica, a maior parte vem directamente dos bolsos dos... benfiquistas! Mau, muito mau!

3 - Com a frase "vou estar cá muitos, mas muitos anos", parece querer dizer que vai fazer o que quer e bem lhe apetece pois o clube é dele! Assim não!

4 - Disse que o "Benfica não desinvestiu" e nesse momento fez-me lembrar o Rui Vitória no final dos últimos jogos em que parece ver algo diferente de toda a gente...

5 - Apontou para a possibilidade de se "investir em Janeiro". Ora, como se está a ver da pior forma, semana após semana, Janeiro poderá ser, irremediavelmente muito tarde... imperdoável para tão competente "estrutura".

6 - Disse que Mitroglou saiu por haver excesso de avançados. Oh diabo! Ninguém disse ao nosso Presidente que o Mitrogolo não era (mais um) avançado ? Era o único Ponta de Lança!!!

7 - Não respondeu a promessas antigas como a redução do valor das quotas ou ao aumento do preço dos bilhetes para a Champions

8 - Não convenceu na explicação da relação com Jorge Mendes

9 - Não respondeu às acusações feitas ao Director de Comunicação, Luís Bernardo, de que terá sido ele o mentor da campanha contra Renato Sanches, há duas épocas atrás, quando Luís Bernardo era director de comunicação do Sporting

10 - Não respondeu às questões levantadas sobre o Hóquei Patins (ausência na final four da Taça em contraste com a ida dos nossos atletas à Selecção junto de quem nos insultou e agrediu)

Para além disto destaco a frase infeliz de quem dirigia a Assembleia (por ausência do Presidente da MAG que estava em campanha eleitoral (??!!)), de que ali na Assembleia "mandava ele". Lamentável. Escusado. Incendiário.  

Destaco também a demora na entrada no pavilhão (filas de uma hora e meia!!) e a falta de documentos (Relatórios) para todos os sócios presentes (estariam a contar só com 100 ?)...

De referir também que no Benfica sempre nos habituámos à democracia e à pluralidade de opiniões (mesmo no tempo do fascismo) e que isso contribuiu indelevelmente para o engrandecimento do Glorioso. Não se entende assim a falta de respeito por quem tem opinião diferente (seja ela a favor ou contra a actual estratégia da Direcção). Essa falta de respeito é transversal a elementos dos Órgãos Sociais e a sócios críticos da Direcção. Não deve ser assim! Não pode ser assim! Na pluralidade e no respeito nos tornámos dos maiores do mundo! 

Nesse registo enquadro também os petardos. Mas que raio de pancada! Já não basta no estádio? AInda hão-de arranjar maneira de fazermos uns bons jogos à porta fechada e talvez aí aprendam!

Ouviu-se variadíssimas vezes o cântico "o Benfica é nosso". Para continuar a ser nosso, tem que continuar a ser participado pelos sócios tal como foi na sexta-feira, senão qualquer dia em vez de termos um clube desportivo teremos uma empresa. Em vez de lutarmos nos estádios e nos pavilhões vamos lutar na Bolsa de Valores. E em vez de podermos ganhar campeonatos de futebol (e outras modalidades), arriscamo-nos a ganhar o campeonato do PSI-20. Mas aí não seremos sócios do Sport Lisboa e Benfica, mas sim de uma qualquer EDP ou GALP!!!

Em suma, deixo o desejo de que a AG de dia 29 tenha servido de alerta à Direcção do Benfica. Os sócios do Benfica não são acéfalos, pensam e amam o clube. Perante tudo o que foi dito na AG é fundamental que a Direcção (e sobretudo o Presidente), percebam que é preciso AGIR!

Viva o Benfica!

16 comentários:

  1. Os díscolos e a baderna

    O Benfica não é vosso, nem nunca há-de ser!

    Se por hipótese académica tal acontecesse, o Benfica morreria nesse momento.

    O Benfica é dos Benfiquistas, de Homens de Bem.
    O Benfica não é nem nunca será um coio de bandoleiros, desordeiros e criminosos que mancham com petardos, agressões e insultos os actos democráticos legitimados por regras e leis votadas e aprovadas livre e conscientemente por todos aqueles que civicamente se dedicam à Causa Gloriosa.

    A tolerância tem limites. E sendo assim, todos aqueles que cometem actos de coacção e violência, alterando a ordem estabelecida, ou que de alguma forma contribuem para isso - e neste caso, refiro-me a uma autêntica alcateia de canídeos raivosos e esfaimados que deambula pelas redes sociais e pela blogosfera vermelha - terão obrigatoriamente que ser identificados, processados, julgados e banidos do Sport Lisboa e Benfica.
    No Sport Lisboa e Benfica não há lugar para esta escumalha.

    O Benfica e as suas nobres Gentes não podem estar à mercê de uma matilha de selvagens que quiseram transformar uma Assembleia Geral numa baderna suja e vergonhosa.

    O Benfica e todos os Benfiquistas têm a obrigação de denunciar e extirpar estas pústulas que só prejudicam o Clube.

    Estes criminosos não são do Benfica.
    O Benfica não é deles, nem nunca o será!

    GRÃO VASCO

    ResponderEliminar
  2. Antes pediam-se responsabilidades, mas se o Vieira aponta o dedo a quem pediu as contratações, já se está a defender? Que lógica é esta?

    ResponderEliminar
  3. O que se passou na AG foi vergonhoso. Todos os benfiquistas andam tristes é um facto. Mas não é com arruaças, ofensas pessoais, petardos, cadeiras pelo ar, entre outros, de análoga gravidade, que se resolvem as coisas. Essas, as coisas, resolvem-se com a palavra, o diálogo, a inteligência.

    VIVA O BENFICA

    ResponderEliminar
  4. Duas perguntas:
    1- o consócio Fernando Henrique marcou presença na Assembleia Geral?
    2- Mitroglou era o único Ponta de Lança, e qual é o papel do Jonas?

    P.S. a assembleia geral do Sport Lisboa e Benfica não é exactamente a mesma coisa que a assembleia geral do SITAVA...pergunte ao meu grande amigo e ex-colega Vitor Mesquita que ele explica-lhe !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Catedrático da Picheleira,

      1 - o que é que acha ?

      2 - não era ? Jonas é Ponta de Lança ? Na minha concepção de futebol não é... mas admito que seja só na minha...

      O seu grande amigo e ex-colega Vitor Mesquita é sportinguista, não terá muito para me explicar de AG´s do Benfica, digo eu..

      Eliminar
    2. jonas é um segundo avançado sempre foi, e o seu mau percurso em espanha deriva disso de jogar a ponta de lança sem o ser.

      parece que existe ainda muita gente a confundir goleador com ponta de lança.
      os primeiros podem actuar em qualquer posição, e são vários os centrais goleadores, já os segundos muitas vezes nem goleadores são.

      Eliminar
    3. Meu caro, eu só perguntei porque não estive presente por ter estado ausente do país, porquanto a pergunta não faria sentido.

      Saudo o facto de ter aproveitado a oportunidade para expor os seus pontos de vistas sobre o momento actual do S.L.B.

      Não estou de acordo com a sua opinião sobre a actuação do vice-presidente da mesa da assembleia geral porque tal como está descrito nos estatutos, e passo a citar:

      ARTIGO 49º
      1.Nas reuniões da assembleia geral apenas podem ser tomadas deliberações sobre assuntos que façam parte da ordem de trabalhos, salvo as de simples saudação ou pesar.

      2.Nas reuniões da assembleia geral pode o presidente da mesa conceder um período de tempo limitado, durante o qual poderão ser apresentados quaisquer assuntos estranhos à ordem de trabalhos.

      ARTIGO 50º
      1.O presidente da mesa,perante motivo justificado,pode suspender os trabalhos, marcando, desde logo,a data da sua continuação.

      2.O presidente da mesa, perante circunstâncias excepcionalmente graves, pode interromper a reunião,declarando-a terminada antes de esgotados os assuntos incluídos na respectiva ordem de trabalhos. A qualquer sócio presente na mesma é, porém, reconhecido o direito de recorrer, judicialmente, dessa decisão.

      E como a agressão a um membro do orgão social mais importante do clube é na minha opinião uma circunstancia excepcionalmente grave, eu se estivesse no lugar do Virgilio Vieira teria encerrado imediatamente os trabalhos.

      Foi uma atitude execrável de pessoa ou pessoas que na minha opinião pessoal deveriam ter sido devidamente identificadas e tal como consta do Artigo 13º alínea g.

      O meu grande amigo e ex-colega Vitor Mesquita é sportinguista mas também é presidente da mesa da assembleia geral do Sitava e foi nessa condição que eu o citei sobretudo porque refere no seu comentário a falta de documentos (Relatórios); mas enquanto no Sitava não é difícil elaborar um relatório para cada sócio presente, já no S.L.B. essa tarefa não sendo impossível, é completamente impensável e dispensável sobretudo porque as ferramentas colocadas ao nosso dispor pelas novas tecnologias permitem-nos consultar a informação requerida que estava disponível no site da CMVM desde 19 de Setembro, e só não leu quem não quis, sobretudo porque uma minoria devidamente referenciada estava mais interessada em " assuntos " fora da ordem de trabalhos !
      http://web3.cmvm.pt/sdi/emitentes/ultimas_comunicacoes.cfm?num_ent=%25%23TKY"%3DT%20%0A.

      Não vou comentar petardeiros porque não merecem ser sequer considerados benfiquistas; de tanto encherem a boca com a democracia acabam por demonstrar exatamente o reverso da medalha.

      Quanto ao resto, é a sua opinião que respeito naturalmente, vale o que vale, ainda que não esteja globalmente de acordo.

      Eliminar
    4. E chamar "palerma" a um sócio? Também é permitido nos estatutos?

      Eliminar
    5. Recordar-lhe que Emídio Vieira é só o vice-presidente da Assembleia Geral, e Jorge Arrais 1.secretário também agredido com uma cadeira na cabeça será que o ajuda a que perceba definitivamente a GRAVIDADE desta situação e o quão foi prejudicial para o Benfica, pelo que transpirou para fora do Pavilhão n.2 ?

      E se fosse consigo, será que estava de consciência tranquila?

      Eliminar
    6. Atenção, eu também sou totalmente contra os arruaceiros que atiraram cadeiras na AG de sexta-feira passada. A falta de civismo não pode ser bem-vinda num clube como o Benfica e nada tem a ver com democracia... para esta existir, é fundamental que haja respeito de todas as partes.

      No entanto, dois pesos e duas medidas. Se a um sócio (embora não seja admissivel), podemos esperar que, por vezes, se exceda. A um vice-presidente da AG (que estava em substituição do presidente, Luis Nazaré), espera-se que mantenha uma postura que dignifique o clube que representa.

      Eu estive presente e, assim como muitos outros, não posso deixar passar em claro que foi a prepotência desse senhor (no momento em que insulta um sócio) que originou aquele "minuto" de descatos.

      Tanto uns como outros, estiveram manifestamente mal.

      Eliminar
  5. Caro Fernando Henrique,
    Fizeste um relatório muito completo. Quem lá não esteve, fica a saber ao minuto o que se lá passou.

    Os zés dos petardos, deviam ser identificados e banidos!
    -------------

    Catedrático da Picheleira;
    Não só o Fernando Henriques esteve na Assembleia, como até usou da palavra, durante 3 minutos e onze segundos, onde expôs as suas razões e preocupações, sendo até muito aplaudido!!!

    ResponderEliminar
  6. Comentar para contradizer com factos ou opiniões o que é estampado no post, nada!
    Pior ainda, tentar "sorrelfamente" colar o postador ao que de mau aconteceu na Assembleia é de artista!
    Até vale perguntar quem eram ou a quem interessaria a cena dos petardos.
    Congratulo-me pelo facto de no Glorioso haver (muita) gente com a calma e a clarividência do Fernando Henriques.
    É a certeza que o S.L.B. continuará o seu caminho Glorioso e impar neste país de faz-de-conta onde condenados por corrupção e xico-espertos continuam a dar cartas!
    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  7. Vou manter-me calado por respeito ao meu coração. Apenas digo isto.
    Obrigado amigo Fernando Henriques pela excelente postagem
    Abraço

    ResponderEliminar
  8. Um tema que merece a maior reflexão dos benfiquistas. Na minha modesta opinião assim escreve quem sente na alma o Benfica, vive com ele e por ele.

    Gostava que me visitassem e deixassem a vossa opinião.

    ... https://aguiadeluz1982.blogspot.pt/2017/10/o-grito-de-grimaldo-isto-e-uma-equipa.html#comment-form ...

    Abraço a TODOS os benfiquistas

    ResponderEliminar

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...