segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Crónica de uma tarde bem passada



Caros amigos…

Ontem senti-me muito bem. Tremendo o ambiente na Luz. O meu Benfica é assim. Fiz os possíveis para adiar a viagem, porfiei e lá consegui ir ver o jogo. Só parto para Angola dentro de uns dias pois tive de optar pela melhor data para reduzir os custos do adiamento da viagem (nem vou sequer mencionar o que isto custou, mas enfim… foi pelo Benfica e ainda bem que assim foi).

Como já tinha cedido o meu Red Pass até final da época, arranjei o cartão de um amigo, comprei o bilhete e pumba. Lá fui eu a caminho do lugar mais especial do mundo. Como é óbvio direitinho aos couratos grelhados do Grupo Desportivo e Recreativo Bairro Dona Leonor. Uma mini e um courato e estava cumprido o meu ritual pré-jogo. Depois foi encontrar os amigos que vieram de Évora, beber mais umas frescas, visitar o memorial a Eusébio (espero sinceramente que a estrutura seja apenas temporária e que se encontre uma melhor forma de salvaguardar a homenagem linda e espontânea que o povo fez a Deusébio), e ganhar coragem para subir até ao meu querido terceiro anel (dizem-me repetidamente que agora são 4 mas para mim isso são questões técnicas de somenos).

Rumo ao estádio e aos torniquetes eis que surge a primeira e felizmente única contrariedade do dia. Por capricho do destino o sacana do cartão do meu amigo foi reconhecido mas o torniquete encravou-se e não fui capaz de entrar. Podem imaginar o que senti no momento. Tinha adiado a viagem, cedido o meu red pass a um outro companheiro, comprado o bilhete com o cartão de um amigo (eu sei que não se deve fazer mas os fins justificavam os meios) e agora estava do lado de fora e sem saber o que fazer. E se o segurança não me deixasse entrar por causa de ter o cartão de outra pessoa? Estava positivamente tramado, para não dizer outra coisa…

Dado que o meu embaraço era óbvio e como tentei entrar noutro torniquete e fui brindado com a famigerada luz vermelha por mais duas vezes, um dos seguranças  aproximou-se e perguntou-me o que se passava. Pediu-me o cartão (pronto já está, pensei eu…) e após esboçar um sorriso de perfeito deleite, virou-se para mim e disse: “Epá o meu amigo está muito diferente… Tem de me contar o seu segredo. Qual foi o produto que usou para deixar de ser careca?”. Embasbaquei… hehehehehehe

Fiquei mais pequeno que um rato e tenho a certeza que devo ter corado de vergonha. Mas a necessidade é mestra de engenhos e não me deixei ir abaixo e toca de sacar do meu cartão. Quando me preparava para lhe explicar a trama toda  em menos de um minuto, que era sócio, que tenho as cotas em dia (mostrei-lhe também os bilhetes dos jogos com o Arouca  e com o Braga), que tenho um Red Pass desde que me fiz sócio, que passei a sócio efectivo há um ano, que não estou a trabalhar em Portugal, que ia partir para Angola e aquele era o último jogo que devia ver durante muito tempo, que estava com uns amigos que tinham vindo de Évora de propósito para ver o jogo comigo… Enfim, quando ia desbobinar isto tudo o homem olha para mim, saca do cartão dele, abre-me o torniquete e diz-me simplesmente: “Hoje é dia de Eusébio, não é?”

Só tenho pena de não lhe ter fixado o nome para hoje lhe poder agradecer convenientemente. De todos os modos acho que um gesto destes não podia ficar sem o devido agradecimento, por isso ao segurança que estava na porta 14 e que deixou entrar aquela pessoa (com cabelo), um cachecol em cada pulso e vestido com um blusão polar impermeável do Benfica todo vermelhão e que dava até aos joelhos… O meu MUITO MAS MESMO MUITO OBRIGADO!!!!!!!!

E pronto aí fui, escadaria acima. Bebi o meu cafezito da ordem e dei por mim sentadinho mesmo por cima dos NN (um espectáculo dentro do próprio espectáculo diga-se e quando o Garay marcou o segundo foi a pura da loucura!).

Tenho a dizer que ontem saiu tudo bem. O voo da águia, a coreografia, o respeito comovente de todos pelo minuto de silêncio, os nossos jogadores, o nosso treinador (coragem em escolher o Oblak e em jogar com o Porto só com 2 médios, coisa que noutras alturas já nos correu tão mal...), o grande jogo do Markovic (com ritmo de jogo e sem lesões este rapaz vai dar que falar) e do Rodrigo (golão), a chuva que parou mesmo antes do jogo, o público incansável...

Por falar em público… Que pena a Luz ter estado sempre a meio gás desde o início do campeonato. Às vezes é preciso uma perda grande para nos lembrarmos de que massa somos feitos. É como diz o speaker antes de todos os jogos: Juntos somos mais fortes.

Este lema é transcendental neste momento se queremos chegar a Maio e sermos campeões.

Vocês têm-me ouvido dizer sempre que quando não se tem nada de bom para dizer de alguém o melhor é guardarmos reserva das nossas opiniões. Apesar disto tudo tenho as minhas diferenças de opinião com outros que opinam noutros locais da nossa gloriosaesfera, e já aqui o fiz saber, mas sempre tentado sempre ser justo e acima de tudo cordial com as críticas que se me aprazem fazer. Às vezes o calor do momento retira a lucidez necessária para que tal aconteça mas adiante...

Ontem foi justo termos vencido aquele jogo. Não só pela competência e querer que demonstrámos (porque é que não é sempre assim porra?) e pela carga emocional que este jogo envolvia, mas também porque desde os famigerados 5-0 no covil dos corruptos que temos sido quase sempre superiores a eles nos encontros que disputamos e acabamos sempre por esbarrar no nosso infortúnio ou na incompetência propositada dos bois do apito.

Por falar em bois do apito, ontem estiveram pelo menos dois no Estádio que não tem o mínimo de competência para serem tratadores de relva no estádio da Luz quanto mais profissionais apitadeiros. Foi uma vergonha a arbitragem de ontem. E para os dois lados. Senão vejamos e pasme-se:

Ainda na primeira parte 3 foras de jogo escandalosos não assinalados aos corruptos, que noutros encontros já nos custaram bem caro e que ontem a providência divina (de Eusébio com certeza), fez entortar as botas do Colombiano trauliteiro que também distribuiu pau durante a primeira parte inteira.

Um penalti escandalosamente não marcado, em mais um (já habitual) lance de andebol na área dos corruptos, certamente não marcado devido a um fenómeno de cegueira histérica momentânea a que não é alheia a clubite aguda de que sofre a aventesma de serviço ao apito no jogo de ontem.

E para o lado dos outros, a expulsão do Danilo que é anedótica e o penalti não marcado sobre o cigano, que é penalti quer se queira quer não.

Mas a incompetência do apitadeiro de ontem foi sublimada nos minutos finais quando após a enésima recuperação de bola no nosso meio campo, o Enzo (este homem é sobre-humano) aparece isolado frente ao Helton e leva um cacetadão de lascar osso do Mangala.

Falta pensei eu. Pensaram todos vocês. E PRIIIIIII ouviu-se. O gajo marcou. Olha os corruptos vão acabar com 9 contra nós. Há quanto tempo eu não via isto?

Pois, mas eis que de repente, a arteriosclerose ataca outra vez e o homem de amarelo com o apito na boca cai na real, fica quase tão senil com o velho da bufas e resolve emendar a mão: "Mas o que é que eu marquei? Ó meu Deus! Mas eu estou parvo ou quê? Um superdragay a expulsar dois jogadores de azul? Amanhã o macaco faz-me a folha, ou então ainda queimam a camisola que lhes ofereci em pleno dragoun! Vamos lá resolver isto mas é já!”

E resolveu. Saca de um amarelo ao Enzo por ter magoado o piton do Mangala com a barriga da perna e resolve inventar uma bola ao ar pois quando apitou o som saiu amaricado e isso não pode acontecer a um homem do sistema.

Sim pois, o que é que vocês julgam? Quem gosta de fruta, não emite sons amaricados nem pelo apito, a não ser que seja o Jacinto que gosta do leite com pouco café. Enfim, esquisitices...

Curioso é ver que os cumentadeiros avençados (parasitas digo eu) que pululam nos programas desportivos das nossas “TB’s” não fizeram referência a este momento caricato.

Talvez porque  a vergonha não seja coisa que abunde no meio de quem durante tantos anos deu o cú e dois tostões por uma mezinha santa de café com leite ou por um batido especial de frutas tropicais. É do clima dizem uns, para aliviar o Calor da Noite dizem outros...

Eu prefiro dizer como Cícero: “O tempora o mores!”

Fiquem bem e lembrem-se:

VIVA O BENFICA PORRA!!!!!!!!!!!

PS: A foto do início gamei-a na net e já não sei onde. Ontem não havia condições para tirar fotos. Quando o Benfica joga fico um bocado primário e a tecnologia só me atrapalha. Amo-te Benfica!

15 comentários:

  1. Jose Albuquerque13/01/14, 13:02

    Enormerrimo Nunomaf, Companheiro,

    Uma bela tarde e ... uma bela estoria: eu imagino a tua cara e o teu sofrimento, ate' te terem salvo, hahaha.
    Felizmente, tudo, tudo, tudo acabou como deveria e como o King merecia.

    Boa estadia em Angola (sempre, sempre com o "ar condicionado", hahaha).

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  2. Grande Nuno! foi bom demais!!! espero que a viagem para Angola não seja tão atribulada...

    Abr.
    Marciano

    ResponderEliminar
  3. Amigo Nuno

    Imagino os teus nervos antes de entrar no Estádio...E os palavrões que assaltaram a tua mente, eheheeheheh
    Mas tudo, felizmente, acabou em bem, como mereces e mereceste....

    Nem imaginas o quanto sofri a ver o jogo...Este coração um dia não vai aguentar..

    Termino como tu

    VIVA O BENFICA PORRA.

    ResponderEliminar
  4. Boa Nuno gostei da tua linda narrativa viste o jogo e regressas mais feliz a Angola olha boa viagem,ontem nao pude ver nem ouvir o relato do mesmo andei todo o dia por fora mas soube que tinhamos ganho por 2-0 fiquei louco de alegria ate que enfim que vergamos essa equipa ora por uma razao ou outra a vitoria escapava-nos sempre nao hajam duvidas que o King deu uma ajudinha ganhar ao Porto foi meio caminho andado para ganharmos este campeonato mas segundo o que ouvi dizer vamos vender Matic,Rodrigo,Garay ai meu Deus la se vai os meus sonhos por agua abaixo e caso para dizer os deuses enlouqueceram para tanta venda ate parece que nao existem amis equipas em Portugal para a estrangeirada comprar jogadores so veem o Glorioso porraaaaaaa um abraco e boa Viagem.

    ResponderEliminar

  5. BRUTAL chavalo.

    O dia de Ontem teve de tudo para ti,

    Emoção, sentimento, explosão, alegria e até angústia.

    Um dia para daqui a muitos anos ((sim porque tu ainda és um chavalo)) contares aos teus netos.

    Para mim foi um dia calmo porque tinha a vitória como certa já que estes corruptos não valem nem jogam um corno. Tinha algum receio da amarelinha mas como também suspeitava a habituação é tamanha que já nem faz efeito a não ser nas cacetadas e estouvadas reacções.

    Não deixei no entanto de me aperceber da enorme ansiedade com que a equipa continua a jogar e bem à imagem do seu celerado treinador porque penso que com a equipa personalizada os corruptos teriam regressado a palermo derreados tal o peso da farda.

    Os meus picos foram os saltos, qual Pantera, quando a redonda beijou a rede mas também soltei os meus rugidos ((sou signo Leão)) à mãe dele quando o filho do árbitro, de quem herdou o genes, mais corrupto que a máfia de palermo pariu teve uma paralisia ocular ou medo que a chapada do mangala o fosse atingir na fronha mas pior ainda foi quando mais tarde a paralisia foi cerebral inventou uma nova regra do jogo para não expulsar directo o mesmo mangala entre muitas outras. A sua compensação final, num ou noutro lance foi para dar pretextos aos cumentadores avençados.

    Perante uma das arbitragens mais vergonhosas que me lembro nos últimos anos continuo à espera que quem de direito no Benfica se pronuncie sobre mais estes roubos mas também sei que esperarei sentado porque para ELE os abutres não são os corruptos, de quem ele de diz um ""homem de confiança"" e a quem continua a apoiar.

    Quanto à homenagem e à vitória estou certo que Eusébio gostaria mais de as ter tido em vida pois não foram só as derrotas dos últimos anos que apressaram a partida para a sua mas também muita amargura provocada por alguns que na despedida choraram lágrimas de crocodilo.

    Agora o dono do Benfica mandou entubá-lo num mamarracho execrável, contra a vontade do homem que ofereceu aquela bela estátua e também da da maioria dos Benfiquistas que hoje só servem para alimentar os devaneios e o pecúlio de um fariseu que fará ao Benfica o mesmo que aqueles fizeram a Cristo.

    Não abram os olhos, não e já agora alguém terá uma explicação para:

    A PRESSA QUE HOUVE EM ENTERRAR O EUSÉBIO ?????????????????
    impedindo que Benfiquistas fora de Lisboa e do país pudessem presencialmente homenagear este NOSSO ENORME SÍMBOLO.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Definitivamente aqui o conde da vinhaça passou-se de vez senão vejam:
      Em resposta a um excelente texto de grande fervor BENFIQUISTA do NUNOMAF(Boa viagem Nuno),o pobre do conde (toma as gotas rapaz) no meio da sua habitual salgalhada, começa por falar em chavalos passando por abutres indo depois até aos leões sem se esquecer dos crocodilos para terminar em enterros acompanhado por cristos e fariseus.
      Não, não se riam porque isto não é para rir, isto é um caso sério de saúde.
      Vai-te tratar home.
      BENFIQUISTA DE FARO

      Eliminar
    2. Este farsante pensa que por usar nicks às carradas, próprio de covardes sem caracter e corrido de todo o lado ainda pensa que influencia alguém, fala do que não sabe, insulta-me hoje como amanhã insultará o Nuno.

      Este triste, que julga os outros como ele, até se agarrou ao ""chavalo"" porque nunca ele terá afectos que lhe permitam usar estes termos sabendo eu que o Nuno ((um rapaz bem formado e Enorme Benfiquista, de quem tenho o prazer de ser amigo e que estou certo dispensa os teus elogios)) recebeu com agrado.

      Sobre o Benfica nada sabes limitando-te a ver passar os comboios e como néscio mais não fazes do que ir debitando o teu lambebotismo reverenciando os siameses do teu carácter. Fica-te bem.

      Não me lisongeia que me leias mas diz-me alguma coisa já o inverso só acontecerá quando houver respostas directas e aí podes ter a certeza que vais continuar a levar na corneta já que salafrários nunca terão de mim contemplação.

      Pateta, ordinário e covardolas.

      Eliminar
  6. Bravo por tanto entusiasmo
    o que interessa é amar
    com essa profundidade
    tào profunda!

    abraço,

    Maria Luísa

    ResponderEliminar
  7. Bom dia Nunomaf e Ricardo!

    Nuno, que luta para chegares lá dentro hein?..Fez-me lembrar a primeira vez que fui ao estádio ver o jogo, dia 19 de Maio... mas entrámos...
    Imagino como estarias, ou se calhar nem consigo imaginar, pois é completamente diferente!

    Este texto está formidável, muito bem escrito...Emocionou-me a tua luta! :-)
    Desejo-te muito boa viagem até Angola... Valeu a pena teres adiado a viagem.

    Era bom que em Maio lá estivéssemos todos, para uma festa à muito desejada...pois mas isso já são outras contas. lool

    VIVA O BENFICA CARAGO
    OBRIGADO EUSÉBIO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia para si também.

      Eliminar
    2. Caro Anónimo; Para me dizer bom dia tem de mostrar o seu nike, custa assim tanto???? Que coisa!!

      Eliminar
  8. Luz Benfiquista14/01/14, 10:54

    Adorei ler... contagiante de alegria a transbordar!

    A união faz realmente a força!

    Benfica Sempre ...Eusébio Sempre...

    ResponderEliminar
  9. Nesse espaço sempre mostra como é bonito
    falar daquilo que faz bem, como disseram ai a
    união faz a força, um texto valiso cheio de emoção
    Elogios pelo belo escrito

    Abraços com carinho!

    └──●► *Rita!!

    ResponderEliminar
  10. Grande Nuno! Na mouche!!!

    ResponderEliminar
  11. Sem aventuras, a vida seria muito monotona!
    Mais uma vitoria,num jogo verdadeiramente inesquecivel.
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...