domingo, 22 de janeiro de 2012

BENFICA - GIL VICENTE- LIGA ZON SAGRES - 16ª JORNADA

Benfica 3 * 1 Gil Vicente
.
Data: 22JAN2012
Local: Estádio da Luz - Lisboa
Árbitro: Marco Ferreira ( AF Madeira )
Árbitros Assistentes: Sérgio Serrão *** Nelson Moniz
Árbitro (4.º): Nuno Almeida

Espectadores presentes: Cerca de 43000 ( nada mau...)

Constituição das equipas:

BENFICA: Artur, Maxi Pereira, Garay, Luisão, Emerson, Gaitan, Witsel, Javi Garcia, Nolito, Rodrigo e Cardozo.
Suplentes: Eduardo, Bruno César, Aimar, Nélson Oliveira, Saviola, Jardel e Luís Martins

Marcou: Óscar Cardozo, 26m, Rodrigo 72m, Pablo Aimar 74m

GIL VICENTE: Adriano, Daniel, Cláudio, Halisson, Júnior Caiçara; Luís Manuel, Pedro Moreira, André Cunha; Rodrigo Galo, Richard e Hugo Vieira.
Suplentes: Jorge Baptista, Tó Barbosa, Yero, Paulo Lima, Mauro, Roberto e Guilherme.

Marcaram: Rodrigo Galo, 39m

Uma 1.ª parte onde a posse de bola por parte do Benfica é esmagadora - 68% contra 32% - mas sem resultados práticos.
O Gil Vicente jogando mais na expectativa, montando o autocarro defronte da baliza, partindo em contra ataque, criou muitas dificuldades ao Benfica.
Criou inclusive as melhores oportunidades de golo.
Empatou num bom remate do brasileiro Rodrigo Galo, mas na minha opinião com algumas culpas para o Artur que se encontrava adiantado e pareceu-me mal batido.
Depois do Benfica marcar, aos 26 minutos por Óscar Cardozo, pensou-se que, seria o pronúncio de grandes jogadas e de outros golos. Não aconteceu assim e acabámos a 1.ª parte empatados a um golo, o que nos gera algum amargo de boca.

Uma 2.ª parte dentro daquilo que foi a 1.ª com a excepção de que o Benfica foi mais rápido nas transições pressionando o Gil Vicente, o qual, quase não saiu do seu meio-campo.
Pablo Aimar entrou e o perfume de um futebol diferente apareceu no imediato. Jogou e fez jogar os seus companheiros, o nosso Pablito.
O Gil Vicente com a sua estratégia fez suar o Benfica. O resultado é bom mas sofremos e muito para o conseguir.
Não nos podemos esquecer que com 1-1, o Gil Vicente teve uma oportunidade de ouro e não fosse o Artur estar ao MAIS ALTO NÍVEL e as coisas tinham-se complicado.
Era importante ganhar para continuar isolados no 1.º lugar. Foi conseguido, pelo que, o Benfica está de parabéns.
Uma palavra para a arbitragem. Mais uma vez uma VERGONHA. Aquela falta que deu origem ao cartão amarelo ao Rodrigo é de bradar aos céus. Como é possível quando os jogadores disputam o lance ombro com ombro, sendo Rodrigo, mais forte.
E o que dizer do livre indirecto que nos marcou, dentro da área, quando o Witsel corta a bola e não a atrasa para o Artur???
Enfim... mais do mesmo.

VIVA O GLORIOSO

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...