terça-feira, 22 de Abril de 2014

Como as coisas mudam !!!...


Estou enganado ou esta Taça da Liga sempre foi para o Porto uma Taça sem interesse algum?

Será que as coisas para aqueles lados mudaram?

Estranho, muito estranho.
.

segunda-feira, 21 de Abril de 2014

SOMOS CAMPEÕES ... VIVA O BENFICA


Esta é a equipa do Benfica que tornou possível o sonho de sermos campeões nacionais. Claro que estão aqui apenas 11 quando o plantel é formado por 25 jogadores, mas o certo é que não podiam estar aqui todos.
Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, está duplamente de parabéns. Não só pela conquista do título pela equipa de todos nós, mas sim, por ter acreditado no trabalho de Jorge Jesus e da sua equipa técnica. Lutou contra tudo e contra todos, acreditando nas suas convicções, e venceu. 
Sem dúvida que este campeonato foi o culminar de muita fé, humildade, e união de uma estrutura de trabalho
Foi um ano complicado. Partiram Eusébio, Coluna, entre outros benfiquistas menos conhecidos, fazendo sua nova morada o reino dos Céus.
Tivemos lesões graves no plantel, saídas de jogadores importantes na manobra da equipa, caso de Matic, mas a realidade é que a estrutura se uniu em torno de um objectivo, e esse, foi ontem, com todo o mérito, alcançado


A festa que se seguiu após o terminar do jogo, em que vencemos a Olhanense por 2-0, golos de Lima, tanto no Estádio, depois no Marquês de Pombal - Lisboa, outras partes do País, e em todo o Mundo, foi indescritível.  Não existe festa igual em mais nenhum clube do mundo. 

A imagem é bem ilustrativa da festa, qual onda vermelha, que juntou e uniu ainda mais, toda uma massa adepta que ama o Benfica.
Lágrimas de alegria, champanhe, bandeiras e cachecóis ao alto, gargantas soltas gritando Benfica, Benfica, Benfica, nós somos Campeões. Foi maravilhoso de ver e no coração, sentir.


Jogadores em festa, emocionados pela conquista do 33.º título.

Agora que terminou esta brilhante festa de conquista, é hora de parar as emoções, e nos concentrarmos na Liga Europa, com jogo muito difícil a ter efeito já na próxima Quinta - Feira, contra a Juventus, equipa fortíssima, a qual, estará certamente motivada, por a final ser no seu estádio em Turim.
Mas o Benfica é o Benfica e, estou certo, tudo fará para estar presente na final. 

EU ACREDITO. FORÇA BENFICA.
.

domingo, 20 de Abril de 2014

Benfica vs Olhanense ( Liga Zon Sagres - 28.ª jornada )

Benfica  2  * 0 Olhanense
.
Árbitro: Carlos Xistra ( SF Castelo Branco )
Árbitros assistentes: Luís Marcelino * Jorge Cruz
Árbitro ( 4.º): Carlos Espadinha
Observador: José Rufino
Delegados: Baptista Rodrigues * Nuno Cabral

Transmissão: Benfica TV

Constituição das equipas:

BENFICA: Oblak; Maxi, Luisão, Garay, André Almeida; Sálvio, André Gomes, Enzo, Gaitan; Rodrigo e Lima
Suplentes: Artur, Rubén Amorim, Cardozo, Djuricic, Jardel e Ivan Cavaleiro

OLHANENSE: Belec; Luís Filipe, Ricardo Ferreira, Diakhite, Jander; Lucas, Obodo, Rui Duarte, Sampirisi; Dionisi e Celestino
Suplentes: Ricardo, Pelé, Vítor Bastos, Tozé Marreco, Femi, Bigazzi e Mehmeti

Somos campeões. Desculpem não tenho condições para escrever/falar mais....

.

sexta-feira, 18 de Abril de 2014

DIA DE ONDA VERMELHA

Este Domingo de Páscoa vai ser um dia diferente para todos os benfiquistas. Acredito que o Estádio da Luz, Catedral de todos os sonhos, vai estar cheia que nem um OVO DE PÁSCOA, de gente vestida de vermelha, a fim de comemorar a conquista do Campeonato Nacional, 2013/2014.
Respeitamos a Olhanense. Mas que nos desculpe aquele simpático clube algarvio, desta vez não vai ter hipótese de travar a ONDA VERMELHA


UMA SANTA E FELIZ PÁSCOA PARA TODO O UNIVERSO BENFIQUISTA
.

quinta-feira, 17 de Abril de 2014

Benfica:- A Força e a determinação do querer vencer...

Ouçam este video...Não ficam arrepiados???





Palavras para quê?. Eles o sabem, eles o escrevem, eles o dizem.

Confesso que, ontem, quando vi o Siqueira ser expulso temi o pior. O Benfica estava dominador, por cima do jogo, e essa contrariedade foi de pôr os cabelos em pé a qualquer benfiquista. Eram decorridos apenas cerca de 27 minutos de jogo. Faltava uma eternidade para o fim da partida.
Jorge Jesus faz entrar o André Almeida para ocupar o lugar de defesa-esquerdo, saindo por substituição, o Cardozo.

Estávamos a ganhar por 1-0, golo de Salvio, marcado com um perfeito golpe de cabeça, a centro magistral de Nico Gaitán. Haviam 17 minutos de jogo.

Quando aos 53 minutos, inicio da 2.ª parte, o Varela empata a partida, o meu coração sofreu. A minha alma, doeu.

Só que os nossos jogadores, verdadeiros campeões na acepção da palavra, sentiram dentro de si o apoio de milhares de benfiquistas no estádio e de milhões fora dele.

Daí, qual guerreiros de escudo e espada, digo, pés em movimento, partiram para cima do adversário, que estava com um jogador a mais, fazendo lembrar a batalha de Aljubarrota, onde os portugueses mostraram toda a sua fibra de vencedores, conseguindo o 2.º golo, através de Enzo Perez, na marcação de uma grande penalidade, existente e muito bem assinalada. Eram decorridos 60 minutos do embate.

Não tremeu Enzo Perez no momento da decisão. A partir dai notou-se que o adversário ( Porto) recuou na tentativa de segurar a avalanche controlada, destemida, dos nossos guerreiros jogadores.
Como em todos os "exércitos" existe sempre um que na hora da decisão dá o golpe final e fatal.

Foi chamado pela divina e altaneira águia, André Gomes, que não enjeitou a celestial determinação, e num lance genial, de poder, determinação e querer, lançou o nosso glorioso conjunto para a glória, com a obtenção do 3.º golo. Eram decorridos 81 minutos.

Logicamente que não dei nenhum salto acrobático apenas pela simples razão que não estava sentado, mas sim, deambulando pela sala, embora sempre com os olhos e ouvidos no jogo. Vi através do Pc.

A partir daí, se já sofria, meu Deus, como eram intermináveis os minutos que faltavam. Quando o árbitro, Pedro Proença, deu 6 minutos de descontos, quase caí. Sim, é verdade. Faltaram-me as forças nas pernas, agarrei-me a uma cadeira, a fim de me segurar.

As minhas emoções foram muitas, o suor também, assim como de milhões de Benfiquistas espalhados pelo mundo, pelos nossos jogadores, e pelos benfiquistas presentes no Estádio. 
Foi sem dúvida uma noite de glória, uma noite à Benfica.

Sei que ainda não ganhámos nada. Todos os benfiquistas o sabem. Mas alguém acredita que esta época o campeonato e a Taça de Portugal, pelo menos, a nível interno, não vão ser nossos? Sobre a Taça da Liga falaremos noutras núpcias.

Domingo de Páscoa vamos ser campeões. Decerto que Jorge Jesus vai fazer alinhar/jogar, contra a Olhanense, uma equipa totalmente diferente daquela que alinhou ontem, mas uma verdade, é que jogue quem jogar, a vitória será benfiquista. Claro que respeitamos a Olhanense. Nem nos passa pela cabeça não ser assim. Mas o certo é que a onda vermelha está imparável e o título de Campeão Nacional, vai ser uma certeza absoluta.

Sobre o jogo com a Juventus, 5ª feira da semana que vem, para as meias-finais da liga Europa, falaremos noutra altura. Agora é desfrutar e sonhar com outros voos da ÁGUIA.


NOTA: A dada altura do jogo, Quaresma vem junto à linha e recebe algo de alguém ligado ao Porto ( comprimido?...pastilha rennie?...) que toma. Recordo que o resultado do jogo, na altura, era de 1-0.

Essa situação não deveria ser investigada por quem de direito?

VIVA O BENFICA SEMPRE
.

quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Benfica vs Porto ( Meias - finas Taça Portugal - 2.º Mão )

Benfica  3  *  1 Porto
1ª mão ( no Porto)
Porto 1 * 0 Benfica
.
Árbitro: Pedro Proença ( AFLisboa)
Árbitros assistentes:

Transmissão: Sporttv1

Constituição das equipas:

Benfica: - Artur; Maxi, Jardel, Garay, Siqueira; Salvio, André Gomes, Enzo, Gaitán; Rodrigo e Cardozo
Suplentes: Paulo Lopes, Steven, Sulejmani, Djuricic, Lima, André Almeida, Markovic

Marcou: Salvio 17m; Enzo Perez, 60m; André Gomes, 81m

Siqueira é expulso por duplo cartão amarelo e consequente vermelho, 27 m

Porto:-  Fabiano; Danilo, Diego Reyes, Eliaquim Mangala e Alex Sandro; Fernando, Steven Defour e Herrera; Varela, Ricardo Quaresma e Jackson.
Suplentes: Kadú, Maicon, Josué, Carlos Eduardo, Quintero, Ricardo e Nabil Ghilas

Marcou: Varela, 53m

Espectadores: 45 380

Obrigado Jorge Jesus ... Obrigado Benfica...por me proporcionarem esta alegria tão grande. Não consigo escrever mais nada, tanta é a emoção que sinto

Benfica está na final, no Jamor, e seja contra quem for, é para ganhar.

SERVIÇO PÚBLICO BENFIQUISTA DE QUALIDADE



simplesmente.... DESLUMBRANTE!

BENFICA, a força e o sentimento que nos move!

segunda-feira, 14 de Abril de 2014

Rumo ao Título Benfica

“Jesus respondeu: Se eles se calassem, até as pedras ao longo da estrada começariam a aclamar-me!” - Evangelho de Lucas, versículo 40




Montados numa viatura dotada de potentes cavalos, Jesus e seus Discípulos, envergando o símbolo sagrado, chegam ao Municipal de Aveiro, passeando pela multidão que exulta os seus futuros campeões com gritos de alegria, palavras de apoio e hinos de vitória.


A azia dos demais por causa de um Benfica grandioso ouve-se por todo o Portugal que não entende, não sente e não vibra com o amor que devotamos ao Benfica, preferindo desvalorizar os feitos já alcançados por este clube sem igual, esta massa adepta inigualável. Mas na verdade, se aqueles que nos odeiam se calassem, até as pedras da calçada gritavam: Benfica!


Mas deixando o terreno propício ao cultivo do melão para os nossos demais rivais, é com arrepio épico que assistimos à entrada triunfal dos nossos guerreiros naquela mini Luz engalanada de vermelho, onde proliferam os cachecóis afectos ao Benfica e as vozes em uníssono por desejo em comum: rumar em definitivo ao 33º título de campeão nacional!


No entanto, mesmo com tanto para conquistar esta época, ainda nada está ganho. Já sentimos o sabor do título de campeão nacional, e na data que assinala a ressurreição de Cristo, desejo ver o Benfica Campeão.


Mas os fariseus, não muito felizes com a chegada possível do Benfica Campeão, continuam a saudar e a salientar os feitos de um "excelso" clube vizinho da segunda circular, o qual está apenas a fazer uma temporada normal!!!!!

Muitos questionam-se, neste momento, com o meu inusitado descaramento pela afirmação de que o Sporting está a fazer um campeonato normal! Mas para os mais incautos e surpreendidos com a minha opinião eu esclareço: dados os seus pergaminhos, é normal que este clube seja sempre candidato a todos os títulos internos. Mas, a história recente do campeonato mostra-nos que os verdes e brancos apenas estão ao nível do “excepcional” Braga da temporada de 2009/2010, 2º classificado nessa altura, mas afastado de todas as competições precocemente. Por isso, neste belo rectângulo à beira mar plantado, vemos a nossa comunicação social a criar o maior mito do futebol recente: o do Sporting excepcional! Eis o feito mais salientado e sobrevalorizado nos nossos dias. 

E segunda maior mentira dos fariseus é a que dá conta de que mesmo com o Benfica campeão, esta época será de fracasso se um clube como o nosso não conquistar todos os troféus em que participa! Não sou eu que o digo. São os fariseus intelectualmente superiores que assim assinalam, sendo que no Benfica, o grau de exigência não é máximo, tem que ser perfeito. Já para os adversários verdes e brancos, basta uma época ao nível do excepcional Braga, para serem o maior clube português! Interessante a diferença de critério utilizada para valorizar um clube sobre o justo e inegável futuro campeão!

Assim, só me resta responder aos antis fariseus que nos desvalorizam: se V. Exas. se calassem, até as pedras ao longo daquele percurso do Benfica até ao estádio municipal de Aveiro começariam a aclamar o Benfica!

Que no próximo domingo, façamos a festa de campeões nacionais no nosso estádio, completamente lotado. E que dali, a festa se espalhe pelo mundo inteiro, porque nós só queremos o BENFICA CAMPEÃO!


VIVA AO BENFICA!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...