sábado, 28 de janeiro de 2017

Augusto Inácio e as pastilhas para a azia...

Dentro da grandeza dos 11 milhões de portugueses que se diz existir tenho o privilégio de pertencer à grande maioria que vivem felizes desportivamente falando.

É evidente que fazendo a analogia a uma estrada podemos sempre dizer que não existem estradas sem curvas ou sem cruzamentos de nível. Isto para analogicamente me referir às alegrias e tristezas.
Nunca imaginei que perdêssemos com o Moreirense na meia final da Taça CTT. Se calhar deveria ter-me preparado para essa eventualidade. Não o fiz e sofri por isso.

Quero acreditar que foi apenas um pequeno acidente de percurso. Se eu quisesse ser irónico diria que, o Benfica, é o clube mais solidário que existe. Aquela gente simpática de Moreira de Cónegos merecia uma alegria enorme. Gente simples, pacata, boa índole.

Claro que sabemos não ter sido por isso que o Benfica perdeu. Isso, na minha opinião, deveu-se a alguma sobranceria dos jogadores do Benfica que, marcando logo aos seis minutos, através de Salvio, pensaram que o jogo estava ganho. Daí os toques para a esquerda, para a direita, de calcanhar. Esqueceram-se que, de repente, o vento muda e…acontecem os “bailinhos da Madeira”, para uns de bom gosto, para outros nem tanto.

O certo é que vamos ter Rui Vitória castigado 15 dias. Abriu a boca e sai castigo e multa de quase 4 mil euros. Existem regras que se têm que cumprir, Rui Vitória sabe disso. Mas a verdade também é que quem não se sente não é filho de boa gente, lá diz o ditado tão português.

Rui Vitória no final do jogo não cumprimentou Augusto Inácio. Tem o meu aplauso. Quem não se recorda das baboseiras e ataques ferozes de Augusto Inácio ao Benfica e ao seu treinador quando era comentador do programa “ Play-Off” da Sic?. 
Simplesmente um comentador desprezível, mal educado, sem respeito por uma instituição com a grandeza do Benfica, e muito menos respeito, por um homem que, como ele, é treinador de futebol.

Esqueceu-se aquela “inteligência” que um dia poderia voltar a ser treinador, como voltou, e depois o “cuspo” lhe iria cair em cima. Mereceu.

Porque ganhou ao Benfica, Augusto Inácio, anda inchado que nem um Pavão. Talvez amanhã a prosápia lhe caia pelo beiço. Imaginemos que, na final, o Braga ganha com golos ilegais como o Moreirense ganhou ao Benfica e, talvez, as pastilhas para a azia que agora recomenda a Rui Vitória – decerto a pensar em Jorge Jesus – lhe surjam sobre a mesa. É que a prosápia nunca foi boa conselheira.

Existe quem tome banhos de água fria. Se calhar um desses banhos faria bem a Augusto Inácio. Talvez lhe desse um pouco de humildade que é aquilo que não tem. É que a queda por vezes é estrondosa e, quem muito alto se julga estar, mas “dor” sente quando se cai. Pensa nisso, Augusto Inácio. É que tu, como treinador, comparado com Rui Vitória, és ... zero.

VIVA O BENFICA SEMPRE.
.

4 comentários:

  1. O meu aplauso para o Artigo!

    Por falar em pastilhas; Deu-me a sensação que eles andaram a tomar alguma coisa antes do jogo! Impressão minha apenas.

    Aplaudi a atitude de Rui Vitória em não o Cumprimentar!

    Esse Inácio é um cínico. Não merece o chão que pisa! Amanhá pode ser que vá procurar as pastilhas!!! Não vale nada! Ganhou ao Benfica, pronto, ganhou o campeonato!!!! Hipócritas:

    Quanto ao Benfica; Acredito que esta escorregadela os vai fazer pensar e crescer.

    O BENFICA É ENORME!!

    ResponderEliminar
  2. Boas, caro amigo Ricardo!
    Subscrevo-te as palavras, o teor e "o que te vai na alma"..., certamente como acontece com a esmagadora maioria dos Benfiquistas.

    Apenas julgo que Rui Vitória, QUE ESTEVE MUITO BEM NA SUA REACÇÃO "àquele mentecapto e demente anti-BENFICA", não deveria tê-lo cumprimentado no início do jogo (a ser verdade que isso aconteceu como dizem os "media").

    Estranhei a falta de 1 post teu aqui no blog, na antevisão deste jogo. Depois do que "aconteceu"..., sinceramente calculava que mais cedo ou mais tarde "darias sinal de vida", como fizeste supra E MUITO BEM!

    Pela falta desse tal post teu, decidi então no pós-jogo fazer 1 comentário sobre o passado recente e o futuro imediato do n/ amado BENFICA, com uma abordagem construtiva e abrangente, por isso mesmo 1 texto longo.
    Com todo o gosto o reproduzirei aqui, partilhando-o contigo e com todos os Benfiquistas amigos do blog, se tu assim o entenderes e concordares.

    Abraço pra ti, amigo Ricardo, extensivo a todos os amigos do blog,
    RSG

    ResponderEliminar
  3. Não deixando de estar de acordo com o sentido da crítica, apenas ressalvo que se está a dar demasiada importância a uma pseudo-personagem verde por fora e azul e branca por dentro que só alcança alguma projecção por seu activo militante anti-Benfica roído pela azia e pela inveja.
    Fora disso é um zero à esquerda com a espinha torcida, sem o mínimo de nível para estar no futebol mas que os acasos do destino (leia-se dos 'rapazes dos jornais' sobretudo), catapultaram para a ribalta.
    Para ser franco, estaria agora a criticar Rui Vitória se tivesse cumprimentado o dito cujo que apenas e só merece o mais vil desprezo!
    António Guerra

    ResponderEliminar
  4. Um artigo de elevado valor. Gostei muito de ler.

    Mas quem é o Inácio? Coitado!! Um parasita qualquer, rastejante. Que vá festejando. Dura pouco!

    Abraço Glorioso.

    ResponderEliminar

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...