quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Benfica...Enzo Perez... Nico Gaitán ... e o "pão" que alimenta os "infiéis"...

Muito se falou no defeso na saída de Enzo Perez do Benfica tendo como provável ( certo para alguns…) destino o Valência de Espanha.

Foi insistentemente chamado de forma inequívoca, clara, e até porventura “fora dos conceitos desportivos e educacionais da Uefa”, por Nuno Espírito Santo, treinador daquele clube. 

Era para muitos sapientes da causa desportiva um dado adquirido. Lagartos e Outros batiam palmas de felizes. Sorrisos abertos, alegria evidente. 

Existiam ainda conversas de bastidores que davam como garantida a saída também de Nico Gaitán. 

Assim se desfazia uma equipa campeã, olhando a outras saídas então verificadas. O Benfica havia acabado, certamente que iria jogar o presente campeonato com uma única preocupação: Não descer de divisão. Enganaram-se tremendamente os pestilentos e más línguas.

Acontece que nenhum dos atrás referidos, saiu. Por incrível que pareça, o assunto Nico Gaitán – depois do jogador dizer em directo numa entrevista na Tv que ficava muito feliz no Benfica – foi fechado, não se voltando a falar, pelo menos de forma visível, na sua "falhada" – porque para muitos era certa – saída.

No entanto, o affaire  Enzo Perez continua na ordem do dia. Não há jornal desportivo que não fale todos os dias no seu nome. Hoje, até o seu empresário, Juan Pablo Rossi, vem dizer que Enzo ficou frustrado por não ter saído para o Valência, embora agora esteja focado no Benfica.

Acredito que o Valência pagasse muito mais ao jogador considerando o que ganha no Benfica. Mas pergunto?

- Não é proibido pela Uefa que um clube converse com um jogador ou seu representante sem que tenha autorização do seu clube actual?
- Teria o Benfica autorizado conversações entre o Valência e o jogador ou seu representante, antes das partes ( clubes) terem chegado a um acordo final?
- Se não houve autorização por parte do Benfica – como acredito que não tenha havido – como sabe o empresário do jogador que o Valência lhe oferecia um contrato milionário?

No Benfica trabalha-se arduamente e profissionalmente nos interesses do clube. Não será qualquer empresário, treinador, jogador, ou seja lá quem for, que determina qual o jogador que sai e/ou entra no clube. É esta a minha asseveração.

Recordo que, durante o Mundial no Brasil, Enzo Perez entrevistado na Tv, quando indagado sobre o assunto, respondeu que estava muito bem no Benfica, pois até tinha renovado o contrato antes de ir para o referido Mundial. Pareceu-me porque vi e ouvi que o havia dito com convicção.

Sei por experiência de vida que, o que hoje é mentira, amanhã é verdade e vice-versa. É uma verdade indesmentível. Mas ...

Acredito que Enzo Perez como grande profissional, e atleta responsável que é, ficou no Benfica por gosto, determinação e vontade de continuar a brilhar de águia ao peito por todos os relvados do mundo.
Acredito que, deixará em campo, tudo o que tem de melhor dentro de si, e não jogará de forma alguma mostrando frustração ou outra coisa qualquer. 

O seu empresário deveria pensar bem e não vir para a praça pública com ditos e mexericos mais parecendo mensageiro de outras vozes, outras vontades, outros interesses clubísticos.

Fala-se que em Janeiro próximo, se voltará a falar na saída do Enzo. De certeza absoluta que se voltará a falar da saída, não só do Enzo como de toda a equipa do Benfica. Até temo que a partir de Janeiro tenhamos que jogar o resto do campeonato e de outras competições em que o Benfica esteja inserido, com a equipa B e/ou, como alternativa, a equipa de juniores. 
A marca Benfica é o "pão" que alimenta os jornalistas e afins. Sabemos disso. 

Fala-se insistentemente, notando-se entre linhas, alguma critica de sábios "doutos" desportivos, que Franco Jara não foi inscrito na Champions Legue, como se isso fosse num crime lesa-futebol e Jorge Jesus fosse o mandante/responsável, de tão atroz decisão, como se essa não fosse pensada, e devidamente determinada em prol dos superiores interesses do clube. 
Fejsa, Rúben Amorim e Suljemani, também não foram, mas estes por lesão que se teme que seja prolongada, não havendo por aí grandes criticas, mas mesmo assim não deixam de ser "lembrados".

Mas o engraçado é que num clube do Norte, sito no Porto, não foram inscritos quatro, repito quatro, das contratações feitas esta época, e o silêncio sobre o assunto, é ainda pior que caminhar no escuro. Neste, ainda se vislumbram sombras. No silêncio sobre a não convocação desses jogadores, praticamente é assunto tabu, nos meandros jornalísticos. A quem interessa esse silêncio? Será que alguém o consegue explicar? Se calhar…não.

E assim se vive o dia a dia dos sabichões das causas desportivas em geral, e em particular do mais belo clube do mundo: Sport Lisboa e Benfica

Mas nós gritaremos bem alto ao mundo desportivo

VIVA O BENFICA ... SEMPRE MAS MESMO SEMPRE

O que pensam os benfiquistas sobre os assuntos em questão?
.

8 comentários:

  1. Concordo na integra com o texto, os sabichões como certos anónimos o que merecem é creolina pelo focinho abaixo
    Grande abraço

    ( Silver)

    ResponderEliminar
  2. Ricardo por falta de tempo nao me e possivel comentar mais detalhadamente sobre o teu texto de hoje mas desde te felicito fizeste-o com mestria parabens por mais um texto com nivel focando realismos inegaveis do que se passou e o que ai vem em Janeiro.
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. Águia Suíça04/09/14, 15:40

    Concordo plenamente em tudo contigo , quanto aos jornaleiros paineleiros e toda a CS e afins estou-me completamente cagando para eles todos , ainda bem que temos uma direção forte e que neste momento o clube é comandado de dentro para fora e não o inverso.
    Um abraço e viva o Benfica.

    ResponderEliminar
  4. Este artigo está PERFEITO

    Áhh achei um piadão à tua ironia disto: ....Até temo que a partir de Janeiro tenhamos que jogar o resto do campeonato e de outras competições em que o Benfica esteja inserido, com a equipa B e/ou, como alternativa, a equipa de juniores. ... ri com vontade!

    E assim se vão mordendo os imbecis.

    Viva o Benfica

    ResponderEliminar
  5. SOBERBO
    .
    Gostava que me visitassem aqui: http://aguiadeluz1982.blogspot.pt/
    Obrigada

    ResponderEliminar
  6. Maria Celeste04/09/14, 19:40

    Isto é bonito. Mordamse os antis
    .
    Encarnados foram a equipa que melhor interpretou os valores da prova, de acordo com a UEFA.

    O Benfica foi distinguido pela UEFA como o clube que "melhor interpretou os valores da competição" na primeira edição da UEFA Youth League, na qual os encarnados foram derrotados na final pelo Barcelona (3-0).

    "A UEFA considerou que Benfica utilizou esta competição de uma forma exemplar como uma plataforma de desenvolvimento para complementar os seus programas de formação e treino", revelou o Benfica.

    A UEFA Youth League é uma competição que teve a sua primeira edição na última época, colocando em prova o escalão júnior dos clubes representados na edição da Liga dos Campeões. Na última época o Benfica teve no plano desportivo uma grande montra, ao chegar à final depois de golear o Real Madrid (4-0) e na qual acabaria como vice-campeão, perdendo então para a formação do Barcelona.

    De acordo com a UEFA, o Benfica "honrou os valores desta nova competição, disfrutando da mesma e dando prioridade aos aspetos em torno do desenvolvimento e crescimento dos seus atletas".

    O clube português recebeu a distinção do organismo europeu de futebol, num seminário que reuniu os 32 participantes da segunda edição. "A UEFA Youth League veio ocupar um espaço competitivo importante e nós encarámos com toda a seriedade e humildade esta prova, encontrando na mesma um espaço privilegiado no desenvolvimento dos nossos atletas e treinadores", salientou Armando Jorge Carneiro, diretor-geral do Centro de Formação e Treino do Benfica.

    ResponderEliminar
  7. Celeste Flor04/09/14, 19:43

    É nosso.
    .
    Nicolás Gaitán voltou ontem a jogar pela seleção da Argentina, mais de três anos depois de ter vestido a camisola da alviceleste pela última vez. O benfiquista atuou os últimos 7 minutos do desafio com a Alemanha (4-2) como ponta-de-lança.

    O esquerdino, que esteve ativo, não obstante o pouco tempo em campo, até mereceu elogios do selecionador, Gerardo Martino. “Pedimos ao Nico que entrasse e jogasse como 9, porque não tínhamos outros avançados no banco. Esteve muito bem e isso deixa-me tranquilo”, frisou.

    Em Dusseldorf, enquanto Enzo Pérez foi titular, Gaitán entrou na parte final, somando a 7.ª internacionalização

    ResponderEliminar
  8. Temos de nos mentalizar de uma coisa de uma vez por todas, nós que vivemos o Glorioso.. A c.s. e toda a vara que lá chafurda SÓ pode falar do Benfica! Se eles não inventarem tretas todos os dias vão vender o quê?! O Shikabala?? Os 20 milhões gastos pelos viscondes em vedetas com cláusulas de 50 pra cima e só um é titular?! Xiça-penico, que o Burro de Caralho inundava os gajos de comunicados..!Dos corruptos não podem piar ou aparecem a boiar no Douro, portanto só resta atacar o único clube que simboliza o Povo.. E o Povo é sereno.. até a tampa saltar..!! Do Nico e do Enzo acho, na minha modesta opinião, que foi feito um esforço para os manter este ano, aproveitando para lançar as bases para a próxima temporada mas não acredito que se consiga manter jogadores deste nível por muito mais tempo. O tempo das loucuras dos Paulo Nunes e dos Donizetes já acabou mas também não acredito que voltemos aos Tavares, aos Nelos, aos Marcelos e King´s.. Parece-me uma gestão entre o potenciar "desconhecidos" e manter sempre uns valores seguros para ir equilibrando a coisa.. Em relação aos "outros" deixa-os poisar.... Mais ano menos ano aquilo faz "Pufff" e depois é só apanhá-los à mão.. Já faltou mais e estes talibans que por aqui pululam são a prova viva disso!

    S.L.Bruno

    ResponderEliminar

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...