segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

SPORT LISBOA E EUSÉBIO




Estou triste. Muito muito triste. Sinto que uma parte de mim abalou para local incerto. Falta-me algo. Um bocado de mim foi arrancado e agora não sei como preencher o vazio.

Benfica, Eusébio, Benfica, Eusébio... Quantas vezes as palavras se me confundem com as ideias. Ou as ideias me confundem as palavras...

Não tenho história nenhuma para contar do Eusébio. Não o conheci pessoalmente. O mais perto que estive dele foram uns míseros 30m. E no entanto... Porquê? Porque é que sinto que me falta uma parte importante da minha alma?

Porque choro?

Um latagão de 42 anos a olhar para a tv com os olhos marejados de lágrimas... A ler as palavras de um mundo inteiro, a homenagem brutal de todo um planeta.

Eusébio era a simplicidade em pessoa. Um homem que nunca desuniu e que sempre carregou com orgulho a responsabilidade de ser o maior embaixador do Benfiquismo que a minha memória conhece.

Virtudes são sempre fáceis de apontar a quem parte, pois quando falecemos a comiseração faz-nos sempre dourar quem partiu, mas Eusébio...

Eusébio era tudo e muito mais. Um pai de Benquismo para muitos. Para mim também, mesmo que já não me lembre de o ver dar pontapés na chicha...

Resta-me o orgulho de carregar comigo o seu legado. Ostentar com brilho as cores que nos unem. Dizer com decisão quem sou, porque sou e por quem sou.

Eu sou Benfica. Eu sou Eusébio. Todos somos Benfica. Todos somos Eusébio.

Um abraço pai, deste teu filho Benfiquista.

Nuno


18 comentários:

  1. Nunca vi Eusébio jogar.Dele lembro-me de uma história, contada num jantar cá por casa.
    Um amigo do meu pai, CArlos Carlos, foi guarda-redes dos juniores do Benfica, numa altura em que o King era a estrela máxima do glorioso.
    Era chamado várias vezes aos treinos da equipa principal, e participava nas célebres peladinhas para acabar os jogos.
    No final, quando o treino tinha acabado, Eusébio pedia-lhe amavelmente se podia ficar na baliza mais uns 20/30 min para ele ficar a rematar à baliza. Não tinha como dizer que não.
    Os remates eram feitos da linha do grande circulo, a uns 40 metros da baliza. E as bolas chegavam lá ainda com força.
    Uma coisa "incrível", dizia ele.

    A humildade e capacidade de trabalho, além do talento, fizeram de Eusébio aquilo que é, e sempre será:

    Um símbolo de Portugal..

    ResponderEliminar
  2. Obrigado pela história caro Ribeiro dos Santos. Os pontapés do Pantera Negra eram autênticas bombas.

    ResponderEliminar
  3. Sem dúvida um dia muito triste para a Nação Benfiquista

    Dói-me a alma e o coração-

    Uma perda irreparável...

    Que descanse em Paz

    ResponderEliminar
  4. Boa tarde Benfiquistas!

    Que tristeza ver partir "um pedaço do coração" do nosso Benfica!

    :'(

    EUSÉBIO, DESCANSA EM PAZ.


    ResponderEliminar
  5. Lourdes Piedade Patacas06/01/14, 17:37

    Grande homenagem a Eusébio , Nuno mafarico, como grande benfiquista agradeço-lhe as suas palavras que me chegaram ao coração. Eu tive esse prazer de o ver jogar e conhecer como pessoa. Descansa em paz Eusébio

    ResponderEliminar
  6. Nuno nao sei quem teve mais sorte se tu ou eu,istiveste a 30 metros dele eu istive mais distanciado pelo menos duas vezes o vi jogar,uma no estadio nacional outra na velhinha luz esta nao foi d ecerteza porque foi num Portugal Vs Belgica no Estadio Da Luz em 1971 mas nao tenho a certeza se Eusebio jogou nesse jogo acho que je nem jogava no Benfica nessa altura ,mas no Estadio Nacional o vi jogar num Benfica Academica e que jogo a Academica era uma senhora equipa na altura fui feliz porque vi jogar o meu Benfica com essa Lenda chamada Eusebio fui fliz muito feliz,entao relatos ouvia-os todos na decada 60,nao tenho duvidas que Eusebio me fez mais Benfiquista pronto estou emocionado e nao consigo escrever mais nada.

    ResponderEliminar
  7. Obrigada Nuno por esta linda homenagem que prestas ao NOSSO EUSÉBIO.
    Bem hajas.

    ResponderEliminar
  8. Sempre eterno Eusébio, descansa em paz

    ResponderEliminar
  9. Estes dias estão a ser terríveis.
    Obrigado Eusébio, obrigado Benfica!

    Marciano

    ResponderEliminar
  10. Voltei.... e isto porque quando fiz o primeiro comentário, fiz-lo sem ler o artigo. Tinha acabado de chegar a casa, liguei o Pc e claro saltou-me à vista o blogue, e escrevi sem ler!!

    E embora não faça grandes comentários, mas gosto de ler os artigos. E este artigo do nunomaf deixou-me terrivelmente emocionada, talvez seja porque estamos todos com o coração despedaçado.
    Adorei ler o teu desabafo,em Homenagem... que no fundo é o nosso!! Parabéns

    Perdemos uma Águia...Ganhámos uma estrelinha no Céu...

    Paz à sua Alma.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Perdemos uma Águia, ganhámos uma estrelinha no Céu.". Que frase tão bonita, Cidália.

      Eliminar
    2. Bom dia, Caro Azulibranco.

      Obrigado pela sua simpatia.
      Saudações.

      Eliminar

  11. Já lá vão mais de 45 anos, e o GLORIOSO visitava as Antas em mais um jogo de campeonato e eu fui ver.

    Fui para o peão que seria mais tarde a arquibancada do estádio das Antas.

    Fiquei no local privilegiado na primeira fila e no enfiamento da linha divisora do relvado segurando na mão uma Bandeira que tinha ao centro a foto plasticizada do Eusébio.

    Ao intervalo já ganhávamos por 3-0 e acho que o jogo acabou com a nossa vitória por 3-2

    No fim do jogo e para atalhar caminho resolvi e e outros atravessar o relvado e subir bancada centrado do estádio acima e a determinada altura um senhor que poderia ser meu pai apontou para a bandeira e disse:

    ""SE TIVÉSSEMOS ESSE NÃO PERDÍAMOS""

    Que orgulho eu senti naquele momento pelo EUSÉBIO da minha bandeira e pela recordação, hoje irrepetível, do desportivismo daquele portista.

    Depois mais tarde estive e falei várias vezes com EUSÉBIO em Casa do Benfica e principalmente naquele evento do 3º ENCONTRO INTERNACIONAL DAS CASA E FILIAIS DO BENFICA em que fiquei responsável pela área VIP.

    Eusébio ((que hoje ouvir dizer chegar sempre atrasado aos encontros)) foi o primeiro a chegar, sentou-se, servi-lhe um Wiski e conversamos durante algum tempo à medida que foram chegados outros convidados.

    Há uma coisa que eu aprendi com ELE:

    """NINGUÉM ESTÁ CIMA DO BENFICA""", ouvi-o dizer algumas vezes e por isso te digo Nuno:

    O Eusébio não gostaria do titulo do teu post.

    Felizes daqueles que desfrutaram da arte do Eusébio ao vivo e eu tive esse prazer.

    Abraço Amigo

    PS-Mas, infelizmente ouvi hoje algumas coisas que não gostei e deixarei para a altura em que o Eusébio esteja mais descansado.

    ResponderEliminar
  12. Se me permitem, apesar de ser sportinguista, gostava de deixar o minha homenagem, pois sou sportinguista, mas acima de tudo sou Português. Perdeu-se "A LENDA" do futebol português. O meu coração está triste.
    Bem haja, Eusébio! Que a tua alma descanse em paz... amém.

    ResponderEliminar
  13. Apresento os meus sentimentos a todos os Portugueses.

    ResponderEliminar
  14. Bravo Nuno!!!
    Descansa em Paz Rei!!!!

    ResponderEliminar
  15. Uma bela homenagem a um grande desportista,senhor e embaixador do nosso país!
    Parabéns pelo texto.
    Um abraço
    Beatriz

    ResponderEliminar

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...