quinta-feira, 9 de maio de 2013

Perguntas, JJ e uma fé sem limites em ser campeão

Na senda das recentes e poderosas postadelas aqui no Belo Voar, e como me pareceu que o sumo mais saboroso desses textos estaria nas quatro perguntas que foram feitas perto do final do texto "Jorge Jesus, já! Renovação ou demissão?", escrito pelo meu colega de blogue José Albuquerque, resolvi dar as minhas respostas.

Parece-me por isso pertinente dar a minha opinião, lançando as bases para uma análise que pretendo ver feita no final da época. Perguntava então o José e muito bem:

O Benfica e o Técnico atingiram, ambos, os resultados, quantitativos, qualitativos, desportivos e económicos, a que se propunham?
- Em conjunto claramente penso que ainda não. Muito fica ainda por conseguir e por fazer. Estão ainda por conseguir as vitórias que nos foram prometidas e a regularidade na obtenção das mesmas. Está por conseguir a transformação da formação do clube num viveiro de jogadores Portugueses com qualidade de selecção (ao nível sénior pois nos outros escalões já dominamos). Ao nível financeiro e no caso individual do Benfica, apesar da estabilidade actual e do retorno financeiro obtido com as transacções de jogadores (potenciadas também pelo Técnico), existem pontos que a meu ver não estão a ser conseguidos, nomeadamente no que toca à redução do passivo do Benfica clube e à sustentabilidade das modalidades ditas amadoras. Bem como julgo que iremos ser confrontados com um problema relacionado com uma maior dificuldade no acesso rápido ao financiamento através da alienação parcial dos activos do plantel, pois em Setembro de 2014 irá acontecer a extinção do Fundo de jogadores do Benfica.

Admitem, ambos, como exequíveis outros tantos objetivos para as próximas épocas desportivas?
- Depende do que acontecer até ao final da presente época e da disponibilidade financeira do Benfica para as seguintes. Mas aceito que aqui a resposta seja sim dado que a pergunta se refere apenas aos objectivos serem exequíveis ou não. O nosso destino é vencer, por isso tudo o que se ambicione que não inclua como objectivo final uma vitória é para mim projecto fracassado à partida. Seria ainda necessário estabelecer metas concretas e reflecti-las no contrato do Técnico como forma de o vincular ainda mais aos objectivos do Benfica.

Considera o Benfica que este Técnico já demonstrou a competência necessária e suficiente para liderar a Equipa na prossecução desses objetivos?
- Nim. Se estivermos a falar apenas dos objectivos conseguidos na Taça da Liga então a resposta a esta pergunta passa a ser um claro sim. Se estivermos a falar na evolução positiva da qualidade do futebol do Benfica então a resposta também é sim. Se estivermos a falar do papel do Técnico na geração de mais valias importantes para a recuperação da credibilidade e saúde financeira da Benfica SAD então a resposta é também sim. Se falarmos em objectivos desportivos no global então a resposta é um claro não. O Benfica ou ganha ou não ganha. Não existem aqui vitórias nem derrotas quer no aspecto moral ou financeiras. O clube tem de ganhar, ponto final.

Considera o Técnico que o Benfica lhe pode e quer garantir as condições necessárias e suficientes para que ele possa assumir esses objetivos como desafios seus?
- Esta é mais complicada. Mas vamos fazer um suponhamos. Ou melhor vários suponhamos.

Suponhamos então que o Técnico não teria sido campeão no final da sua 1ª época no Benfica. Suponhamos que mesmo não sendo campeão o Benfica teria tido na mesma interesse em renovar com o Técnico. Suponhamos que o Técnico se teria sentado ao lado de uma figura obscura na final da Taça de Portugal desse mesmo ano apenas por uma coincidência/ironia do destino. Suponhamos ainda que, após tal acontecimento, o Benfica por pressões fortes da sua massa associativa e adepta ficaria sem margem de manobra para continuar a negociar a renovação com o Técnico pelos valores de "referência" que este comunicou ao Benfica. Suponhamos finalmente que sem renovação o Técnico decide enveredar por uma carreira no submundo do crime.

Finalizados os suponhamos, vamos aos factos.

Facto 1 - O Técnico foi campeão na sua primeira época no Benfica.
Facto 2 - O Benfica demonstrou interesse em renovar com o Técnico na devida altura e apresentou-lhe uma boa proposta de renovação a qual foi sendo convenientemente adiada pelo Técnico pois outros ventos lhe acariciavam as fartas melenas.
Facto 3 - Em pleno processo negocial com o Benfica, o Técnico assiste à final da Taça de Portugal na companhia de um conhecido elemento do submundo da cidade do Porto.
Facto 4 - O Técnico indica ao Benfica valores de natureza pornográfica (irónico!) como contrapartida para assinar a renovação do contrato.
Facto 5 - O Benfica por receio de ver o Técnico enveredar por uma carreira no submundo do crime sem qualquer hipótese de remissão, e ansioso por dar continuidade à senda de vitórias que se adivinhava decide aceitar as condições do Técnico renovando por 2 épocas com +1 de opção.
Facto 6 - No final dos 2 anos contratualizados e após um final de época a todos os níveis frustrante, o Benfica à luz do retorno financeiro providenciado pela venda de jogadores que se valorizaram ao serviço do clube sob a batuta do Técnico, decide fazer mais um esforço e acciona a cláusula de opção, dando ao Técnico a chance de se redimir perante os adeptos, dos falhanços desportivos que tornaram amarga a época anterior.

À luz dos suponhamos que vos pedi que efectuassem e contrapondo o que realmente aconteceu, parece-vos agora crível que esta última pergunta tenha de ser equacionada? Será que o Benfica em algum momento não garantiu ao Técnico "as condições necessárias e suficentes para que ele possa assumir esses objectivos (ou outros quaisquer) como desafios seus"?

Será que tudo isto mais o apoio quase inequívoco dos Benfiquistas não é razão para que Jesus considere como seus os objectivos de 6 milhões de almas?

Na minha modesta, humilde e toldada por um Benfiquismo exacerbado opinião, Jesus é apenas mais uma peça da engrenagem. Uma engrenagem de altos custos mas cujo motor de explosão fraquejou apenas a espaços este ano, e quase sempre porque a kilometragem de algumas das suas peças as obrigava a "pit stops" para intervenções de manutenção.

Por tudo o que já vi ao Benfica este ano, o prazer que retirei de algumas exibições da equipa e a vontade que sempre demonstraram em vários momentos chave da temporada (o próximo sábado é apenas mais um, quiçá o mais esperado mas apenas mais um pelo que teremos de passar juntos), o saber esperar pelo momento certo e pela altura certa para desferir uma estocada certeira que deixa os nossos adversários sem tempo de reacção, a coragem em assumir alguns riscos como Jesus assumiu durante esta época e a força transmitida pelos indefectíveis que sempre estiveram a apoiar a equipa nos jogos fora, dão-me capital de confiança para encarar o jogo do próximo fim-de-semana como apenas mais um degrau da escada para o título, apenas mais um teste inevitável que teremos de passar para sermos campeões.

Depois do que vi, ouvi e li durante estes dias de ressaca após o jogo com o Estoril, fico com a noção absoluta de que as responsabilidades do que se passou no Estádio da Luz na passada 2.ª feira à noite tem de ser divididas por quase todos os que lá estiveram e também pelos que não estiveram. Desde o inenarrável Carlos Martins, ao anormalmente ineficaz Lima, ao infelizmente desatento Artur, ao inexistente Rodrigo, ao fustigado Enzo, aos fatigados Matic e Cardozo, aos desinspirados Luisão e Sálvio, ao sempre casmurro Jesus (eu avisei para não mudares de sabor de chicla pá! isso dá azar antes dos jogos importantes), ao ausente em terras de Vera Cruz Luís Filipe Vieira e, finalmente, o principal culpado de tudo isto, ao apático público da Luz que este ano teima em não conseguir libertar-se da ansiedade que transporta e que se sente até à flor da relva.

Acreditem que a forma como estamos dentro do estádio transmite-se aos jogadores e afecta o seu comportamento e o seu rendimento.

Até mesmo Jesus. normalmente um tresloucado no banco. aparentou baixar os braços e deixou transparecer uma imagem de desânimo após a expulsão do Carlos que se agravou à medida que o encontro se encaminhava para o seu fim.

Sendo um crente a 100% nas capacidades desta equipa e principalmente no seu carácter enquanto grupo, garanto-vos que me sinto tranquilo e encaro o jogo do próximo sábado com toda a naturalidade. A naturalidade de quem sabe que o plantel do nosso Benfica está neste momento populado por atletas de primeira linha que sabem o que querem e principalmente sabem o que nós queremos.

Porque o nosso destino e o deles estão inexoravelmente ligados numa trajectória de vitória. Porque nós acreditamos até ao último segundo. Até à última gota de suor e até ao último suspiro das nossas vozes.

O nosso destino é vencer. Vencer, vencer sempre. Dando tudo o que temos na alma, na esperança de no próximo desafio, nos podermos unir num abraço do tamanho de Portugal, comemorando a conquista do nosso 33º título de campeão nacional.

Haja fé, haja crença, haja humildade e a vontade férrea de vencer que sempre nos caracterizou.

Por ti Benfica. Por todos nós.

VIVA O BENFICA PORRA!!!!!!!!!

PS1: A imagem do post é uma tela de fundo que enontrei numa das minhas deambulações pela net. Está assinada por FRIX.

PS2: Obviamente eu estou-me perfeitamente nas tintas para o "desacordo" ortográfico.

PS3:  As escutas. Sempre as escutas. Para ver e ouvir com atenção aqui. Que nojo que eu tenho desta gente meu Deus.
.

44 comentários:

  1. Jose Albuquerque09/05/13, 03:46

    Enormerrimo Nuno, Companheiro,

    Excelente 'postadela', Companheiro!
    Excelente, poderosa, vibrante, determinada e, claro, com Benfiquismo a 'escorrer-lhe' de todas as linhas e entrelinhas: Obrigado, Enorme Nunomaf.

    Nao me perguntes se concordo contigo, ou nao, porque isso seria o menos importante (concordo em muito, discordo em outro tanto): importante foi tu teres me 'obrigado' a repensar o que tinha escrito, agora com um alcance diferente do inicial. Obrigado, tambem por isso.

    Ao longo dos comentarios aos 'posts' mais recentes, creio ter identificado uma das ideossincrasias mais caracterizadoras do Nosso Glorioso Clube, nesse Valor Fundamental a que chamamos ... Democracia.

    Companheiro Nunomaf, Enorme Benfiquista Nuno, meu Amigo,

    Se os Leitores/comentadores d'OBELOVOAR queriam discutir este tema a serio e a fundo, pois entao basta que aproveitem esta 'porta' que tu abriste de par em par e o exemplo de respeito democratico e solidariedade Benfiquista que deste a todos Nos.

    Eu concordo contigo e tambem sinto este tema como fundamental. Por isso, podes contar comigo para o debate, so nao quero ser um dos primeiros (espero que entendas).

    CARREGA BENFICA!

    Viva o Benfica (PORRA)!

    ResponderEliminar
  2. Adorei ler o texto o qual me parece capaz e super lúcido.

    Quanto às perguntas na questão do suponhamos, todas elas podem ter resposta numa só frase:

    - Tudo ficará esclarecido no próximo Sábado cerca das 22H30 -.

    ResponderEliminar
  3. Lourdes Piedade09/05/13, 10:31

    O Tiago do Trofense diz:" Os dragões não deixam ganhar nem fazer a festa ao benfica; na casa deles !!!."Como assim ....voltamos ao antigamente ?.É pena que neste pais, ainda se viva ATERRORIZADO pelos mafiosos;e não se possa trabalhar livre e legalmente em todo o território.
    Se o Benfica jogar melhor, e ganhar ,não pode ser campeão porquê? Matam-nos?. Já nada me espanta....

    ResponderEliminar
  4. superaguia190409/05/13, 10:44

    Bom texto.

    Para mim é evidente que a exigência e a qualidade do trabalho de Jorge Jesus são as causas do crescente desempenho desportivo da equipa principal e da valorização dos jogadores, que a renovação do contrato de Jorge Jesus nestes 4 anos deve ser concretizada independentemente dos próximos jogos.

    É o trabalho feito até aqui que criou as bases, que dá confiança a jogadores e adeptos, que permite alcançar resultados e a sustentabilidade para o clube. É esse trabalho que incute uma cultura de jogar sempre para vencer, que acabará de vez com os fantasmas e com os receios do passado. E é também essa dinâmica que a parceria JJ/Vieira trouxe, que permitiu mudar as mentalidades, e aumentar fundadamente as expectativas de vencer títulos nacionais e internacionais.

    Tudo isso tem sido demonstrado e reforçado jogo a jogo nos últimos 4 anos. E é todo esse trabalho que espero ver concretizado em títulos nos próximos 4 jogos. Mas nada do que se passará nos próximos 4 jogos mudará o facto de se estar a fazer aquilo que deve ser feito para termos um Benfica cada vez mais vitorioso.

    Por tudo isso espero um Benfica campeão e a renovação de Jorge Jesus.

    FORÇA BENFICA!

    ResponderEliminar
  5. Jose Albuquerque09/05/13, 11:03

    Enormérrimo Nuno, Companheiro,

    Tal como prometido, aqui me tens para começar a comentar este teu texto, procurando contribuir para o debate deste tema tão importante para o futuro (a medio prazo, diria eu) do Benfica (um ponto em que concordamos em absoluto).
    Também concordo contigo quando selecionaste, do meu ‘post’ anterior, essas quatro perguntas que coloquei, deixando claro que, assim como quem fala ‘de fora’, responderia que sim a todas elas.
    Finalmente e quanto a concordâncias absolutas com as traves mestras do teu discurso, tens-me a teu lado quanto á confiança e apoio indefectiveis á Equipa.

    Quanto aos pontos em que discordamos, permite-me começar por dois aspetos que, embora de somenos, continuam a chocar-me na tua escrita, a saber:
    1 a forma como te permites adjetivar (o Técnico e de casmurro, neste caso) trabalhadores do Nosso Clube; e, ainda mais grave
    2 a forma como persistes em permitir-te tratar (mal) o Presidente como se ele fosse um Funcionário, acusando-o, agora, de não estar onde deveria e quando deveria.

    Sou bem mais velho do que tu (como gente e como Sócio), mas não me passa pela cabeça dar-te educação. Ainda assim e por mais uma vez, permito-me sugerir-te que respeites os outros, para poderes exigir-lhes respeito.

    Quanto a minudencias, espero que estejamos conversados.

    Regresso daqui a pouco com mais (e melhores, ahahah) comentários.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se o respeito se demonstra por andar para aqui a abanar a cabeça para cima e para baixo que nem um badalo, então não contarão nunca comigo para isso.

      Existe uma forma institucionhal de falar acerca do Benfica que o José Albuquerque defende com unhas e dentes, tentando inclusive muitas vezes cercear a liberdade de expressão de quem se exprime de forma diferente ou se desvia da sua linha de pensamento. Como é mais do que óbvio nunca concordarei consigo nesse aspecto.

      A minha confiança, atenção e apoio está toda com quem envolve o plantel neste momento. E nada mais me preocupa do que a vitória final nas 3 competições em que estamos envolvidos. Sem desvios e sem a mínima dúvida onde tem de estar a minha lealdade e o meu apoio.

      Falamos depois quando fizermos o tal balanço que todos queremos Glorioso.

      Eliminar
    2. superaguia190409/05/13, 12:09

      Não vejo ninguém a "andar para aqui a abanar a cabeça para cima e para baixo que nem um badalo".

      Dê-se ao respeito, nunomaf.

      Eliminar
    3. Trata-se de uma metáfora. Uma metáfora para explicar que eu não sou nenhum "Yes Man" companheiro. E que penso pela minha cabeça e não pela dos outros sejam eles quem forem.

      Sou bem homenzinho e com experiência de vida suficiente para ter as minhas ideias e opiniões bem cimentadas pois ao contrário do que o José quis dar a entender no seu texto, eu não sou assim tão novo quanto isso e já sou sócio do nosso clube há uns bons anos.

      Incluisve sou sócio efectivo desde a época passada pois quando muitos mandavam abaixo eu publicamente aqui assumi a minha passagem a sócio efectivo como forma de reforçar o apoio ao nosso clube.

      Eliminar
    4. Jose Albuquerque09/05/13, 12:44

      Olha, Nuno,

      De uma coisa podes ficar seguro: nao me vais ver a descer a esse nivel e por mais que facas para o merecer.

      Ja me escreveste, uma vez, que eu teria "tentado assassinar-te enquanto blogger" e foste injusto, muito injusto mesmo. Garanto-te que nao te darei nenhum motivo para regressares a esse 'choradinho'.

      Por favor, nem metaforicamente voltes a chamar-me qualquer outra coisa que nao seja Benfiquista, a menos que queiras evitar que eu comente o que escreveste.

      Combinados?

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    5. Ó José mas que raio. Mas eu chamei-te o quê bolas? E tu nunca me leste uma palavra que fosse acerca do que falámos em privado.

      Agora neste caso onde está o problema? Como é óbvio a metáfora era em relação aquilo que senti que tu esperavas de mim e não em relação a mais nada. Estamos entendidos?

      Nunca ofendi ninguém em público e se tenho alguma coisa a dizer às pessoas digo-o em privado ou olhos nos olhos que é como eu gosto de falar. Contigo isso ainda não aconteceu porque nunca tivemos oportunidade de nos encontrar pessoalmente.

      Eu não sou um nome na net anónimo que ninguém conhece. Qual é o problema em ler o que escrevo sem extrapolar coisas que não estão escritas nos textos?

      Eu não sou homem de choradinhos. Nem de falsas convicções. Sou pai de três filhas companheiro, tal como tu tens 3 filhos também se bem me lembro, por isso não percebo determinadas afirmações que fazes quando comentas os meus textos. Só isso.

      Mas já nos estamos a desviar do essencial novamente e eu não queria nada disto.

      Eliminar
    6. Jose Albuquerque09/05/13, 13:44

      Nuno,

      As minhas desculpas pela minha falta.
      Palavra de Honra que nao recordei que essa tua frase tinha sido escrita em correio privado.

      Faz-me o favor de apagar esse meu comentario e, uma vez mais, aceita as minhas desculpas.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    7. superaguia190409/05/13, 14:56

      Se o nunomaf fosse homenzinho e tivesse experiência de vida suficiente, saberia que bastava limitar-se a sustentar as suas opiniões em vez de usar metáforas e sarcasmos para menorizar os demais.




      Eliminar
    8. superaguia1904,

      Estou a tentar perceber que caminhos o companheiro quer trilhar com este seu último comentário.

      José,

      Eu não apago aqui nada. Só o Ricardo é que pode apagar o que quer que seja. Eu limito-me a usar a caixa de comentários como qualquer um de nós.

      Eliminar
  6. Águia triste09/05/13, 11:12

    A luz em festa carpiu. As reservas de salva deram lugar às outras, reservas de medo. Perdidos no relvado, com as cócoras do cansaço e os ombros de quem perdeu o mote, alguns jogadores do Benfica comiseravam-se, derrotados, pelo empate. O mundo dos benfiquistas era um ténue sonho acordado, tão real quanto virtual: nesse limbo, semana após semana, a fome acentuava-se e os golos davam a certeza da expectativa. Os golos, os postes, as defesas de Artur, a dama da sorte, a pastilha de Jesus e os reflexos do mestre. O Benfica jogava bem, e aquando da falta de perícia, arrancava fora o coração e punha-lo no jogo: na UEFA sempre em frente, na Liga outro tanto adiante. Faltavam três jogos, mas apenas um de nível estratosférico. Na Luz, o Benfica tremeu com o abanão do Estoril – estratosférico será, agora, o nível exigido. Segue-se o FC Porto e as dúvidas arrastar-se-ão até ao dia do jogo: o vermelho que tanta certeza provocava, (até Vitor «Calimero» Pereira certificou o campeão Benfica) vê-se agora roído de dúvidas. De ansiedade. De impaciência. Afinal o abismo sempre esteve ali ao lado, mirando o Benfica incessantemente. Contra o Estoril o Benfica apercebeu-se, finalmente: e olhou, de volta, para o abismo. Nesse entreolhar foram-se dois pontos e provavelmente o campeonato.

    «Provavelmente» pois as hipóteses dividem-se. Mas acedamos, 50% de chance é uma previsibilidade assustadora para quem esteve com mão e meia na taça de campeão e agora terá de se aventurar no dantesco campo da Antas, quase sempre de má remembrança para os encarnados. O abismo contemplativo é um vazio – perder frente ao Porto é meio bilhete de derrota contra o Chelsea, logo quatro dias depois, frente a uma constelação fisicamente mais apetrechada e sem o rasgar desconcentrante da desilusão nacional. É esse o abismo que o Benfica indomitamente foi vencendo ao não lhe prestar contas nem importância. O percurso encarnado tem sido inolvidável e o esforço de todos tem sido não menos que soberbo. Mas ao não desferir o golpe quase final, o Benfica adia para a casa do rival a decisão nervosa e enervante. E de que fibra é feito esse abismo?

    Continua..........

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Águia triste09/05/13, 11:12

      Das derrotas passadas, dos duelos frustrados com o rival, da expectativa engordada própria de uma excelente época em todas as frentes. Numa década em que pouco se ganhou, o Benfica deve, a si e aos famintos adeptos, uma vitória categórica na Liga: e ela esteve quase, quase garantida. Da retórica humilhante de Vitor Pereira, que a cada palavra ácida de azia proferida infligia aos portistas uma derrota interior, tentando diminuir o rival (que até pouco mérito teria na UEFA, onde os Capelas diabólicos não existem) em toda a linha, até ao desejo de vitória dos encarnados, a expectativa cresceu naturalmente. E tornou-se num monstro. Gordo, grande e ternamente assustador. Esse tal abismo, paciente, que a cada vitória decisiva se esquecia, nunca se esvaneceu, por força da matemática: o Porto continuou forte e na perseguição. No empate contra o Estoril, no entanto, os olhares dos onze encarnados bateram no vazio: o choque foi demais. E foi o Estoril, com brio, correria, bola no pé e calma, que tirou os pontos aos nervosos por antecipação. Mas a verdade é que foi a mente a pregar a partida. Desculpo-me, Marco Silva, dando-te os parabéns pela excelência do teu trabalho, mas foi o Benfica que se atropelou na ânsia de se livrar do buraco. Do abismo. Da pesada expectativa que nunca o largou, apesar das exibições e das vitórias. O Benfica entrou forte na partida, mas acusou um falhanço. Depois dois. Depois o meio-campo perdeu-se com Enzo, e depois foi-se a confiança e o factor casa. O fardo de querer ganhar quando se ganha pouco é pesado demais. É assim para todos. O Benfica venceu estoicamente as adversidades, com a mestria de Jesus e a capacidade dos seus pupilos, mas nem sempre se ganha.

      Seja por cansaço, nervosismo, mérito adversário ou qualquer outra andança. Seja pela oportuna expulsão de Martins, a quem os encarnados ficam a dever um par de cachaporradas pedagógicas. E agora Benfica? Vais vencer no Dragão? Vais-te queimar em lume brando, esperando um deslize em Ferreira depois de perderes o clássico? Não podes. Vais ter de ganhar o campeonato no campo do inimigo. O empate passado traduz isso. Quem não acautela tem de ser o mais corajoso dos corajosos: empataste na Luz, vais ter de sofrer a súplica da espera e a provação maior. E dessas decisões são feitos os homens e as mulheres de confiança inabalável e de carácter rijo com as barbas de um Barbarossa destemido. Agora não há espaço para calculismos, o empate contra o Estoril matou esse modo de pensar. Agora resta a bravura destemida do corpo-a-corpo: e aí meu caro Benfica, tanto se pode matar como morrer. É esse o significado da coragem.

      Autor: Bruno Falcão Cardoso

      Eliminar
  7. Broa de Mel09/05/13, 11:24

    Corro os jornais leio aqui e ali, leio aqui neste magnifico blogue, mas a angústia que sinto é do tamanho da nossa Catedral, mas tenho fé e confiança no benfica.. Deixo aqui um tyexto de

    Bernardo Ribeiro: "Clássico no Dragão pode marcar uma era"

    Por muito importante e interessante que seja – e é mesmo! – a final da Liga Europa na próxima quarta-feira, é no Dragão, no sábado, que se realiza o jogo do ano no futebol português. É que para além de existir um título nacional em disputa, há muito mais. Uma rivalidade de anos, cimentada por dirigentes que hoje não se podem ver, por muito amigos que tenham sido.

    Essa mesma rivalidade, que já existia mas foi exacerbada a expoentes nunca antes vistos com Pinto da Costa e Vieira, alastrou aos relvados, às bancadas e até aos pavilhões e hoje um clássico, seja em que modalidade for, tem infelizmente tudo para acabar mal. Quem não se lembra das bolas de golfe, das luzes apagadas e regadores ligados ou mesmo da violência no basquetebol, brindada com figuras tristes inesperadas?

    São cenas destas que desejamos afastadas do jogo da decisão. E que sejam protagonistas homens como Jorge Jesus e Vítor Pereira, que aconteça o que acontecer mereciam ver reconhecidos méritos no trabalho desenvolvido. Isto para não falar de craques como Moutinho, Lucho ou Jackson, de um lado, Matic, Salvio ou Lima, do outro, que semana após semana nos vão deliciando com o talento que espalham pelos estádios. E seja quem for o árbitro escolhido, que trabalhe sem medo das consequências de apitar o que vir. E que seja feliz. Se não errar sempre para o mesmo lado, acreditaremos que assim foi.

    O discurso de ontem de Jesus foi afirmativo e confiante. Bem diferente do que ouvimos no final do jogo com o Estoril. Confesso que fiquei impressionado. Nunca tinha visto o técnico do Benfica tão diminuído numa aparição pública. O regresso aos treinos e à realidade – a águia lidera e pode mesmo sair empatada do Dragão – terá aplacado as dúvidas entretanto surgidas. O clássico tem tudo para ser memorável. Jesus quer fazer história e festejar o título no Dragão, algo nunca visto. Aliás, mesmo nas Antas não há memória. Vítor Pereira preferirá repetir a festa e manter as tradições. O resultado do clássico pode marcar uma era.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rute Trigueiro09/05/13, 11:28

      concordo inteiramente

      Eliminar
  8. Artigo longo, e interessante. Mas não é para mim. loool

    ...Tudo o que queremos é um Benfica Campeão, refiro: Queremos!
    Defendo a continuidade do Técnico,mas isto sou eu.

    Não terá a ver com o enormíssimo artigo,mas é só para assinar o ponto.

    As escutas até dão vómitos,já enoja tanta coisa...vai continuar,ninguém fez nadam nem vão fazer, juntam-se é cada vez mais ao (clube AP.D)

    FORÇA BENFICA!

    ResponderEliminar
  9. Jose Albuquerque09/05/13, 11:42

    Enormérrimo Nuno, Companheiro,

    Comecemos, então, pela primeira das minhas perguntas e, logo a abrir, confesso-me culpado (e lamento) por ter pretendido “meter o Rossio na rua da Betesga”, ou seja, abusando de “tópica” posso ter induzido quem me lia em vários erros.

    Infelizmente, tu não conseguiste escapar a esse meu exagero e cometeste um erro epistemológico, de base, estrutural, de principio, original e/ou capital.

    Esqueceste-te que eu falava não do Benfica MAIS do Técnico da sua Equipa principal de futebol, mas sim do conjunto formado por ambos (ou a respetiva ‘intersecção’, se preferires esta linguagem ‘Booleana’).

    Tinha de ser óbvio que eu não questionava sobre os resultados (quantitativos, qualitativos, desportivos e económicos) do Benfica para além da quota parte que envolve o Técnico Jorge Jesus, razão pela qual não faz nenhum sentido vires falar dos resultados financeiros da SAD (e até do Clube), do futebol de formação, das modalidades e do Benfica Stars Fundo, só para dar alguns exemplos.

    Não foi a primeira vez que eu li, de um Benfiquista, o desejo escrito de transformar o Técnico em “Manager” (seja la o que isso for, ahahah), mas foi a primeira vez que alguém pretendeu avaliar a relação laboral entre a SAD e o Técnico recorrendo a resultados pelos quais so há uma pessoa que possa ser responsabilizada: o Presidente de todos os Benfiquistas.

    Para corrigires este teu erro, sugiro-te que definas rigorosamente as funções do Nosso Técnico, sem o confundir com o Administrador que, na SAD, tem o pelouro do futebol, sem o confundir com outros Administradores, sem o confundir com todo o CA da SAD e, mais ainda, sem o confundir com aquele que tem a legitimidade democrática para representar, no CA da SAD, o seu acionista maioritário – o Nosso Clube.

    (Já volto, ahahah)

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro José,

      A minha resposta começa por "em conjunto claramamente não", Não percebo onde está o problema epistemológico nem onde exista a sua dúvida de interpretação.

      Inclusive me abstive de analisar individualmente o técnico pois estamos com a época em curso e o seu resultado final ditará em grande parte a forma como deverá ser avaliado.

      Não percebo inclusive como é que o meu amigo consegue extrapolar o que afirmei acerca do Benfica para críticas ao Presidente.

      Mais ainda não entendo como é possível esquecer que também Jorge Jesus nos prometeu vitórias na Liga dos Campeões e na Taça de Portugal. Nesse aspecto as promessas foram feitas tanto pelo Benfica como pelo Técnico quando assumiram o vínculo que os ligou nestes últimos 3/4 anos por isso é lógico e directo afirmar que os objectivos EM COMUM ainda não foram atingidos na vertente desportiva, ou se quiser, no conjunto das 4 vertentes que na sua pergunta mencionou.

      Quanto ao Benfica individualmente, salientei apenas pontos que a mim me preocupam e acerca dos quais não me sinto ainda esclarecido.

      Se noutras ocasiões critiquei e elogiei Vieira directamente acerca de outros assuntos, nesta saliento apenas factos concretos e para os quais ainda não ouvi qualquer resposta por parte do Benfica. SAD ou Clube que são duas coisas bem distintas mas que desportivamente acabam por se confundir.

      Eliminar
    2. Jose Albuquerque09/05/13, 14:59

      Enormerrimo Nunomaf, Companheiro,

      Queria evitar altercacoes de comentarios, voltando a comentar as tuas respostas, mas nao me deixas alternative, quando te permites escrever sobre "promessas"...

      Nota que nao estamos a falar das "promessas" de um politico em campanha eleitoral, que, uma vez eleito, as rasga vergonhosamente. Estamos a falar de um Tecnico que apenas manifestou a sua ambicao, a sua vontade determinada, ou estamos a falar de um Companheiro (o Presidente), que se submete a sufragio e Nos fala da sua ambicao, da sua vontade, acrescentando que lhe parecem possiveis esses objetivos.

      Em nenhum destes dois casos ha o direito de 'cobrar promessas', ou nao te parece?

      Mesmo que discordes (estas no teu pleno direito), respeita a interpretacao esmagadoramente maioritaria dos teus Consocios!

      E mais um favor que te peco (com cedilha, claro, ahahah).

      CARREGA BENFICA!

      Viva o Benfica (PORRA)!

      Eliminar
    3. Atenção que eu não estou a cobrar promessas. Expressei-me de forma errada talvez.

      Estamos a falar de objectivos assumidos por ambas as partes, sem qualquer relação com campanhas eleitorais. As eleições no Benfica para mim já são passado. Ao contrário de muitos sei perder e ganhar com elevação como já o expressei por várias vezes.

      Eliminar
  10. Para o jogo do ano estou CONFIANTE...mesmo desconfiando...

    ResponderEliminar
  11. Jose Albuquerque09/05/13, 13:29

    Enormérrimo Nuno, Companheiro,

    Passando para a segunda das minhas perguntas, lá terei de me voltar a penitenciar por me parecer ter-te induzido em erro (a ti e aos demais leitores): de facto e apesar de se prever uma renovação plurianual (3 anos) com o Técnico, eu considero que a maioria dos objetivos e, sobretudo, das metas com as quais ele se deve comprometer se limitam ao horizonte de cada época desportiva.
    Não estou, com isto, a recusar ao Técnico da Equipa principal da Benfica SAD um papel importante ao nível da estratégia (a médio prazo) para o Futebol, mas nunca suficientemente para lhe atribuir metas nesse horizonte.

    Ou seja, ao referir “para as próximas épocas desportivas”, creio que deveria ter incluído a palavra “sucessão”, compreendes, agora, o que eu pretendia perguntar?

    Para os que quiserem por em causa este meu raciocínio, permitam-me o recurso ao exemplo do primeiro contrato com Jesus e equacionem o ‘problema’ da saída, no final daquela época, de dois Atletas como o Di e o Ramires.

    Definitivamente e uma vez que eu não vejo o Nosso Técnico como nada mais do que ele tem sido (em termos das funções que ocupa e das responsabilidades que assume, claro), insisto que seria uma impossibilidade atribuir-lhe metas para alem de uma época e, ainda assim, ‘rezando’ para que as ‘janelas de janeiro’ nos não decapitem a Equipa.

    Viva o Benfica!

    (Volto já)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já aqui venho responder. Agora tenho de resolver mais uma chatice que caiu no colo.

      Eliminar
  12. Jose Albuquerque09/05/13, 13:42

    Enormérrimo Nuno, Companheiro,

    Quanto a tua resposta a minha terceira questão, só posso comentar neste sentido …

    Fosses tu Presidente de um qualquer clube e só terias podido renovar uma vez com um único técnico (pelo menos, assim e de memória): com o Pep Guardiola e na época em que ele ganhou tudo com o Barcelona.

    Por favor não te queixes do imenso exagero deste meu exemplo e vai reler o que escreveste, palavra por palavra.

    Aos que me vierem com balelas de “exigência total” e/ou “falta de ambição”, imploro-lhes que não venham por esse caminho. Se me disserem que só se contentam com a Champions todos os anos, eu responderei que a quero vencer, sim, mas com a Equipa B ( e ficaremos todos envergonhados quando aparecer um Companheiro a exigir essa vitoria com a Equipa de Juvenis … B, ahahah)

    Viva o Benfica!

    (Já volto, vou a mais uma bolinada)

    ResponderEliminar
  13. O campeonato já foi pois segundo a noticia veiculada pela RTP cerca das 13H30 o árbitro para o jogo no estádio da corrupção é nada mais nem emnos do que Pedro Proença e como já sabemos o seu método de actuação, por muita que seja a vontade de JJ e de todos os jogadores esse adepto dito do SLB vai fazer tudo e mais alguma coisa para nos prejudicar e se as coisas nos correrem bem arranja penalties fantasmas ou expulsa jogadores do nosso clube para dar a volta ao texto e os corruptos do porto ganharem o jogo.

    ResponderEliminar
  14. Jose Albuquerque09/05/13, 14:42

    Enormérrimo Nuno, Companheiro,

    Finalmente, chegados á quarta e última das minhas perguntas, vais desculpar-me por não comentar as tuas suposições: não faz o meu estilo e continuo a sentir repulsa quando leio ‘paleio de senzala’, sobretudo quando ele vem disfarçado de “factos”.

    Mas como considero muito importante esta minha pergunta, vou dar-te um exemplo (duplo, ahahah).
    Há muitos, muitos anos (quase que escrevi … era uma vez, ahahah), era eu um simples Diretor e um Colaborador que acabava de ter um extraordinário desempenho pelo segundo ano consecutivo disse-me que adorava trabalhar comigo, mas tinha recebido uma proposta alternativa de quem lhe podia proporcionar recursos que ele sabia estarem fora do meu alcance garantir.
    Nota bem que, neste caso, a questão não se colocava a um nível da remuneração, mas sim do conjunto de recursos e meios de trabalho.
    Ajudei-o no que me foi possível e ainda hoje o tenho como meu Amigo.
    Anos (bastantes) mais tarde, já sendo eu Empresário (acionista maioritário da Empresa e seu Chefe Executivo), tive um Colaborador (um “Partner” com responsabilidade global sobre um dado mercado nacional) que me veio falar para me dar conhecimento de uma proposta, de uma Empresa concorrente (quase direta), que acabava de receber e pela qual ele teria direito a uma remuneração superior ao triplo do que a nossa Empresa lhe pagava.
    Neste segundo caso, não sei nada desse meu antigo Colega.

    Este(s) exemplo(s) servem para te tentar explicar que o Nosso Técnico pode estar farto de ver sair os Ramires, os Di, etc. e não estar na disposição de ver sair os Matic que ajudou a formar. Ou, pura e simplesmente, pode receber uma oferta salarial incomportável para a Benfica SAD e sentir que deve ao homem que vai ser daqui a 4 anos (e/ou á sua Família) a sensatez de a aceitar.

    Compreendeste bem?

    Julgo que já tenhas lido algo escrito por mim do tipo “espero que, ou desejo que, o Benfica seja o Clube ideal para o Técnico e a médio prazo”.
    Se preferires uma alternativa a este tipo de frase, eu dou-ta na seguinte forma: espero que não lhe apareça nenhum clube que seja ‘ainda mais ideal’ do que o Benfica, pelo menos a médio prazo.

    Mas também te digo (e nisto acredito que estaremos de acordo) que se isso suceder o Glorioso Sport Lisboa e Benfica não só não definhará (como afirmam muitos avençados da mérdia), como saberá encontrar uma alternativa de sucesso e que sirva a Nossa estratégia.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  15. Frank canada09/05/13, 15:01

    Belo artigo caro Nuno gostei,nao me vou alongar porque imitando a nossa companheira benfiquista Cidalia estes posts sao um bocadinho dificeis de comentar por isso ficam para quem entende melhor casos dos nossos queridos amigos Jose,Rui Guerra,Ricardo,entre outros mas gostei confesso que irei esperar pelo final de epoca e se tiver de chamar casmurro a alguem nao hesitarei em fazelo lol e no final se ficarmos todos felizes assim o espero tambem nao hesitarei alcunhar-me de casmurro e homem de pouca fe.
    Abraco

    ResponderEliminar
  16. Águia de Luz09/05/13, 15:25

    Uma coisa vos garanto, gelámos com o empate do JOGO do Estoril... Mas digo-vos que, este artigo e os outros atrás,já fervem..eheheheheh
    AMBIENTE QUENTINHO ESTE !!

    VIVA O BENFICA, E OS BENFIQUISTAS!

    ResponderEliminar
  17. Grande post Nuno! daqui a um mês cá estaremos para conferir!

    Marciano

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jose Albuquerque09/05/13, 16:33

      Enorme Marciano, Companheiro,

      Perdoa a 'provocacao', mas nao consigo resistir ...

      Um mes?
      Sera que eu li bem e tu propoes avaliar o tema dentro de um mes?
      Tanto tempo para que?

      Sempre pensei que nao passase deste sabado, ahahah

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  18. Jose Albuquerque09/05/13, 16:52

    Enormerrimo Nunomaf, Companheiro,

    Desculpa o 'off topic' mas acabo de saber que nos vai tocar o brilhantinas no antro do ladrao.

    Nao deixa de ter piada que, no texto que ja tinha enviado ao AL ha muitas horas, eu 'explicava' porque razao pensava que seria outro o escolhido, ahahah.

    Mas, acima de tudo, quero reafirmar, tal como escrevo nesse texto que hao de poder ler, que esta nomeacao nao afeta em nada, repito que EM NADA, a minha conviccao de que a Equipa saira do ladrao em primeiro lugar do Campeonato.

    Eu nao sou um homem de fe (sou agnostico e materialista, filosoficamente falando), mas acredito tanto que a Equipa nao vai perder que quase me apetece 'rasgar' os meus principios e meter dinheiro numa dessas casas de apostas 'on line'.

    Este Campeonato vai ser o Nosso trigesimo terceiro!

    CARREGA BENFICA!

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  19. Grande post este!
    Exige tempo para ser lido e tempo para reflectir no que está escrito.
    1ª questão
    Também penso que não.
    Claramente o passivo do clube não diminuiu e ,como viveiro de jogadores portugueses estamos longe de atingir plenamente esse objectivo
    2ª questão
    Também acho que é nim.À partida os projectos são exequíveis mas os imprevistos existem e não se pensa muito nisso.
    3ª questão
    Também para mim é nim e pelos mesmíssimos motivos.
    4ª questão
    Os "supônhamos" não são "supônhamos" e sim factos , como muito bem disse o Nuno.
    E sim,O Benfica garantiu ao técnico todas as condições para que ele atingisse todos os objectivos a que se propôs e se tal não bastasse, o objectivo de pôr 6 milhões de almas(metade da população portuguesa) em delírio,a torcerem todas para o mesmo lado deveria ser o objectivo mais gostoso do mundo. Não há dinheiro que pague isso.
    Continuo a achar que , se se renovasse com o técnico JJ hoje, amanhã, enfim antes do jogo, era um tónico extraordinário para a equipa e uma machadada no adversário. Eles querem o JJ no Porto.Eu não tenho dúvidas disso.
    Posto isto e depois de saber que o nomeado para arbitrar o próximo jogo é o nosso "particular amigo" proença - assim mesmo com letra pequenina - e depois de quase me ter passado a ressaca de 2ª feira, resta-me pedir aos nossos rapazes que joguem à bola, como tão bem sabem fazer, e pedir ao JJ que deixe o habitual receio, que mostra ter nestes jogos, em casa e que faça uma gestão perfeita do nosso plantel e também uma leitura de jogo digna de um digno mestre da tática. Eu espero isso de todos vós rapazes e espero isso de si Sr. Jorge Jesus. O BENFICA MERECE!
    CARREGA BENFICA!
    maria

    ResponderEliminar
  20. Frank canada09/05/13, 19:32

    Proenca o nomeado nao sei se ri se chore,chorar nao porque chorei demasiado desde o estoril ate este momento nao sei nem sou adivinho mas tenho ca um feeling que o Proenca nos vai devolver com interest tudo aquilo que nos tem roubado perdao queria dizer equivocos sempre em nosso desfavor sera que este brilhantina nao quer ver o seu clube de coracao campeao pelo menos de 4 em em 4 anos well a poucos dias atraz dizia eu se nos calhar o proenca na rifa estamos pior do que ja estavamos desde o malfadado estoril,mas assim de repente como uma varinha magica me tocou me fez renascer a esperanca a males que vem por bem este proenca pode ser um deles a ver vamos.

    ResponderEliminar
  21. Eu continuo numa lástima a nível emocional

    Não me recordo de ter uma semana tão triste e negra a nível desportivo, desde que me conheço, como esta

    Espero que Sábado possa reagir a este desgosto... Oxalá consiga

    ResponderEliminar
  22. Rui Sérgio Guerra09/05/13, 23:04

    Ricardo, companheiro,

    ... confesso-te que, quando acabou o jogo c/ o Estoril,...
    me apeteceu... "quase trucidar alguns"!...
    Tal como tu, c/ toda a sinceridade, ANDO BRUTALMENTE TRISTE...
    ... E A SOFRER COMO UM CÃO!
    Assumo-o em absoluto... no silêncio... e até quando... "tento arrebitar"!
    MAS TENHO UMA FÉ ENORME,... RECUPEREI 1 GARRA IMENSA... E É ASSIM QUE... SÁB° IREI GRITAR SLB SLB SLB,... À TARDE NO HOTEL,... DEPOIS "no antro"!

    Acredita que,...
    ... estou desempregado, a lutar c/ todas as forças a procurar trabalho!
    ... como SLB, 2afa fiquei de rastos, pela dor de alma, mágoa... "& afins"!
    last but not the least,...
    ... as brutais voltas da m/ vida fizeram-me residir agora aqui em Palermo!
    ... "PARA CÚMULO",... lol,... como partilhei convosco no outro post,...
    ... já te imaginaste a ter na vida "alguém especial",..."uma doida fcp"?!
    looooooooooooooolll!

    Amigo, take care of you... & watch out your heart!
    Ah... cuidado,... muito cuidado c/... "as fcp's"!
    hehehehehehe

    Às n/ bravíssimas e fantásticas Gloriosas SLB's,
    como a Maria/Marley, a Margaridabenfiq., a Minda, a Cidália F., a Rute T., a Bruna, a Maria da Conceição, a Lourdes Piedade, a Broa de Mel...
    o meu MTO OBG PELO V/ FANTÁSTICO BENFIQUISMO! Um beijinho de orgulho!

    D DAY-2,... T Time-47h30m!!!
    YES, WE CAN!... SIM, SEREMOS CAMPEÕES!!!

    Grande abraço a todos,
    RSG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. GRANDE, ENORME RSG
      Um grande abraço para si. Que a vida lhe sorria já que, neste momento me parece um pouco em baixo. Tudo vai melhorar e o nosso Benfica também vai contribuir para que o meu Amigo tenha uma ENORME ALEGRIA.
      Eu tenho andado de rastos, mas hoje,quando soube da nomeação do proença( não consigo escrever o nome daquele homenzinho mesquinho com letra grande)senti uma tal raiva que enxuguei as lágrimas,ergui a cabeça e disse para mim mesma,basta, O BENFICA VAI VENCER. Não é possível que o MAL esteja sempre acima do BEM! Se Deus existe não vai permitir que isso suceda!
      ESTOU CONFIANTE!
      CARREGA BENFICA!
      maria

      Eliminar
  23. Rui Sérgio Guerra10/05/13, 00:44

    Obg, amigos Maria, Conde e todos os outros!
    Obg pela alma que me têm dado!

    Sábado,... prometo lembrar-me de todos vocês,...
    quando gritar "naquele antro"...
    ADORO-TE BENFICA!!!
    Valeu a pena,... "as usual"!

    Abraço, amigos,
    RSG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Grite bem alto por todos nós, que não podemos lá estar!
      Vamos ganhar!
      Carrega Benfica

      Eliminar
  24. """""""""""Sou bem mais velho do que tu (como gente e como Sócio), mas não me passa pela cabeça dar-te educação. Ainda assim e por mais uma vez, permito-me sugerir-te que respeites os outros, para poderes exigir-lhes respeito."""""""""""""

    Vou fazer 63 anos.

    Conheço o Nuno destas lides, conheço o Nuno de uma Tertúlia para a qual em boa hora foi convidado e de onde este navegador de águas pantanosas foi expulso e conheci o Nuno pessoalmente depois de ele fazer 400 kms para vir almoçar comigo e com o meu filho à Mealhada
    para depois seguirmos para a final da ultima Taça da Liga que ganhamos.

    Tinha vontade de conhecer pessoalmente um rapaz, basta dizer, muito bem formado e de um Benfiquismo contagiante.

    O post é soberbo mas depois de nos primeiros comentários ter lido a frase que encima este o meu comentário tudo o resto deixa de fazer sentido.

    Não me surpreende a desfaçatez com que este pavão conspurca frequentemente este cantinho pelo qual nutro um carinho muito especial.

    O meu amigo Ricardo sabe que deixei de postar e comentar os post deste homem ""sem fá, agnostico e materialista""

    Honra lhe seja feita porque ele próprio se definiu de forma tão eloquente que nen eu, que não o suportofaria de forma tão assertiva.

    A mim ele não insulta porque sabe que emails, particulares, trocados em tempos e que guardo, a serem publicados o que mesmo desafiado não farei, arrasaria a sua verborreia e credibildade.

    Não, porque chegou a hora de desmascara essa megalomania, essa bipolaridade e esse complexo de superioridade próprio dos frustrados.

    Chega de sermões dilerantes, de autoritarismos intimidatórios, de coações veladas, no fundo, de
    vender uma carapaça oca de bom senso.

    Eu sou humanista e anti-materialista.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Toma! embrulha JA!!!!!!!!!!!!!!!

      No Bleu

      Eliminar

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...