sábado, 4 de maio de 2013

A MÁ FÉ DA CS ( Comunicação Social)


Em 25 de Fevereiro deste ano publiquei um post intitulado "A moda da Renovação" e para evitar repetir o que lá foi dito sugiro a revisão do mesmo.

As declarações feitas ontem pelo nosso Presidente sobre este assunto parece darem-me razão em quase, se não todos os aspectos que referi nesse post.

Pois bem, apesar de praticamente ter retirado qualquer dúvida de que a renovação se concretizará, a nossa querida CS tem de continuar com as críticas e quanto à renovação dos outros, népia! 
Segundo a teoria deles o JJ ainda não está seguro, porque ainda nada está assinado preto no branco. 

Esta forma de resolver este tipo de problemas não está correcta.

O LFV perdeu o comboio do "timing", porque quanto mais a época avança e quanto mais jogos JJ ganha (para grande azia deles), mais caro ficará ao Benfica - como se este aspecto não fosse desejável.
As ofertas que JJ possa ter, podem ficar muito caras ao Benfica - sempre a preocupação de olhar pelos interesses do clube que mais denigrem.

Dar 4 milhões a um treinador é uma loucura.

Alguns até vão ao extremo de comparar o risco da não renovação numa bomba atómica.
Enfim a lista deste tipo de crítica é enorme e o denominador comum é sempre o mesmo - os mais altos interesses financeiros do Benfica!

Isto é que é ter sorte, quando há uma CS, que só os mais distraídos não se apercebem do poder que tem, sempre, sempre a ajudar!

Pena é que quando um árbitro favorece o Benfica num lance ou outro se andem semanas a debatê-lo e quando o mesmo acontece aos corruptos seja ignorado de imediato.

Pena é que quando tal acontece se coloquem microfones à frente de certas pessoas e não de outras.

Pena é que o conteúdo dos comunicados dos diversos clubes seja interpretado de forma diferente - como exemplo posso mencionar este último cujo alvo eram eles (a CS) e viraram logo o bico ao prego dizendo que era para os corruptos.

Pena é que sejam muitíssimo mais parciais do que as arbitragens do Sr. Capela.

Pena é que todos os anos façam tanta referência a hipotéticas contratações falhadas pelo Benfica, quando são eles que as inventam.

Pena é que não tenham o dobro daquilo que desejam ao Benfica

Pena é que constantemente ajam de má fé.

*/*
Escrito por: Benfiquista Identificado
*

24 comentários:

  1. Concordo na íntegra e nem aumento nem retiro uma palavra do que é exposto no magnifico texto.

    ResponderEliminar
  2. A renovação de Jorge Jesus é uma maravilhosa noticia para milhões de benfiquistas. Não temos em Portugal um treinador melhor.

    ResponderEliminar
  3. Carta a Luís Filipe Vieira

    Caro Luís Filipe Vieira,

    Ontem, no meio da enorme euforia que se viveu do Estádio da Luz, entre abraços ao meu querido filho e aos outros companheiros de bancada, entre gritos e cânticos entusiasmados, de repente lembrei-me de si, e pensei em quanto deve estar contente e orgulhoso.
    É certo que, durante e depois dos jogos, temos tendência para falar muito mais nos fantásticos jogadores e nos maravilhosos golos, e igualmente no experiente e sagaz treinador. Nesses momentos, há pouca gente que se lembra do Presidente.
    Mas, eu não quero deixar passar este dia sem lhe dar os parabéns pela chegada do Benfica a uma final europeia. Sim, parabéns senhor presidente, por este feito que nos proporcionou.
    É evidente que, se o Benfica for campeão nacional, se ganhar a Liga Europa e a Taça de Portugal, será uma época extraordinária do nosso clube, e nesse momento os nossos heróis vão ser, como já são, Cardozo, Lima, Gaitan, Salvio, Matic, Luisão, Artur, e também Jorge Jesus.
    Sim, mas isso é outra coisa, isso é o futebol em estado puro. Só que, antes de isso existir é preciso haver gestão, capacidade de decisão, lucidez financeira e essas em muito se devem a si, e é por tudo isso que o senhor hoje merece os parabéns.
    Foram quase dez anos de presidência, e não foram dez anos nada fáceis. Muitas vezes fui crítico da sua gestão, mas hoje tenho de reconhecer que, sobretudo no último mandato, o senhor melhorou muito como presidente do nosso clube.
    No futebol, como na vida, aprende-se com os erros, aprende-se a errar cada vez menos, e percebe-se que o fundamental é ter uma grande equipa, com muito bons jogadores e um óptimo treinador, e que isso, mais tarde ou mais cedo, vai dar frutos.
    É por isso que acho que o senhor merece os parabéns. Parabéns por ter mostrado a capacidade de resistência que mostrou ao longo desta década, parabéns pela crença e pelo entusiasmo que sempre colocou ao serviço do clube, parabéns pela constante melhoria das decisões sobre jogadores ao longo de dez anos.
    Estar numa final europeia é o resultado de tudo isso: dos dias difíceis e das frustrações dolorosas; dos momentos bons prematuros que depois empalidecem depressa demais; dos erros e e das falhas; mas também dessa força interior que nos faz ser capaz de, todos os dias, voltar a acreditar que é possível, e voltar a lutar.
    Pela minha parte, sinto que quase dez anos depois, o senhor conseguiu atingir o seu objectivo mais importante: fazer com que o Benfica seja uma instituição nacional que nos orgulhe pela forma fantástica como joga à bola, pelos jogadores excelentes que tem, e pelo treinador competente que tem.
    Nestes tempos em que os portugueses andam tão tristes, há pelo menos uma Luz de esperança para muitos. Obrigado por isso.
    Ao meu lado, no estádio, estava um rapaz que tinha 23 anos e eu abracei-o e disse-lhe que no ano em que ele estava a nascer, eu via pela última vez o Benfica numa final europeia. 23 anos são muitos anos, e foi muito difícil para todos nós...
    Mas, em futebol, o futuro é que conta, e agora o futuro pode começar a ser nosso.
    Ao meu lado no estádio estava também o meu filho Duarte, que tem apenas 11 anos, e que passou a segunda parte muito nervoso e com dores de barriga, tal era a aflição e o desejo de ver o Benfica em Amesterdão.
    No fim, os olhos dele brilhavam de uma alegria imensa e pura, o sonho de uma criança tinha-se realizado!
    Obrigado sr. Presidente, por ter tornado possível este momento de felicidade do meu filho.
    São coisas destas que o coração de um pai, como os corações de muitos outros milhões de pais e mães, jamais vão esquecer!
    Um abraço
    Domingos Amaral

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lindo
      Adorei esta "carta" confesso que me arrepiou!

      Ainda hoje é o dia que, estou para sentir no coração, o que é estar dentro da nossa CATEDRAL!!

      VIVA O BENFICA!

      Eliminar
  4. Boa tarde. Belo artigo.
    Concordo com tudo, mas...Se não fosse o Benfica a CS viviam de quê??lool
    Enterram vivos e desenterram mortos!!!! tudo ao molho e fé em Deus,infelizes!!!
    ..................

    Ficámos todos muito felizes com a renovação de Jorge jesus..Embora já não fosse novidade ...Connosco só os GRANDES!!!

    VIVA O BENFICA


    ResponderEliminar
  5. Jose Albuquerque04/05/13, 14:06

    Enorme "Benfiquista Identificado", Companheiro,

    Ja nao me recordo se comentei esse texto que nos lembras, nem isso faz diferenca alguma: todos sabem bem que eu nunca tive duvidas sobre a renovacao do contrato com o Tecnico e mesmo sem ter nenhuma "inside information" (nao falo com o Presidente desde o Natal).

    Uma vez mais afirmo que, na minha humilde opiniao, a 'parceria Benfica J. Jesus' constitui (por ora e no medio prazo) um exemplo tipico das "win win combinations", ou, se preferirem, uma soma quantitative da qual resulta um acrescimo qualitativo.
    Assim sendo, INDEPENDENTEMENTE DE QUAISQUER RESULTADOS (ha meses que o afirmei), nao se poderia prever outro desenlace.

    Posta de lado esta questao, prefiro sublinhar o aspeto mais relevante deste teu 'post', alias na sequencia do anterior: o verdadeiro festival de bacoradas que os 'especialistas da merdia desportiva' estao a construir nesta temporada, ahahah.

    Desde a Equipa "presa por arames" de que nos falaste antes, a esta alegada "bomba atomica" que levaria o Tecnico para o crac, passando pelo sucessivo adiar da "crise de fevereiro", pelo Nosso alegado "controle da arbitragem" (ahahah, que so um abestalhado se poderia lembrar de tal coisa), pela ja lendaria "ausencia de defesas laterais" e pela mais recente "clarissima falta de centrocampistas", ou pelas imaginadas "dificuldades de lideranca" do Tecnico ...

    ... ainda me recordo de mais umas quantas, mas fiquemo-nos por estas super teses (ou 'esbardalhos', ahahah)...

    ... num abominavel edificio de "previsoes", "deducoes" e "teses" que vao ficar a assinalar, provando, o nivel sub humano da capacidade intelectual de um grupo de iluminados a quem a insuportavel azia anti Benfica destrocou os (poucos) neuronios.

    Depois de tudo isto, Companheiro, sobra-me otimismo ...
    Saber que 'no outro lado da barricada' estao "especialistas" daquele jaez, "tecnicos" como os vitos e os inacios desta vida e "intelectuais" do (muito baixo) nivel daquele MST, nao pode deixar de constituir um motivo adicional para eu 'acraditar' na Nossa Vitoria.

    CARREGA BENFICA!

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  6. Rute Trigueiro04/05/13, 16:15

    Para maior azia da CS:

    Estádio da Luz, segunda-feira, 20 horas. Adversário: Estoril. Lotação: 65 mil pessoas. A Luz não esgotou com o Fenerbahçe para a etapa final rumo a Amesterdão mas está esgotada para o embate com a turma da Linha, num jogo que pode encerrar em definitivo as contas do título caso o FC Porto não consiga levar a melhor sobre o Nacional, hoje, na Choupana.

    O que explica, então, a avidez com que os benfiquistas quiseram reservar o seu lugar na catedral, que pode, dessa forma, celebrar o título que foge desde a época 2009/10.

    As bancadas irão engalanar-se e delas sairão gritos a plenos pulmões para ajudar a equipa de Jorge Jesus no sprint final rumo ao 33.º título da centenária história encarnada. Depois de amanhã, é oficial, o Benfica irá jogar com 12 jogadores, 11 em campo e mais um nas bancadas.

    ResponderEliminar
  7. Sem querer dar razão à CS: o facto de não estar pretono branco e de o JJ nao ter confirmado é mesmo muito estranho

    ResponderEliminar
  8. Águia de Luz04/05/13, 20:30

    PARA ESTE ANÓNIMO DAS 18:53

    PARA AS PESSOAS DE PALAVRA, NÃO PRECISA ESTAR PRETO NO BRANCO!! CONFIO NO LUÍS FILIPE VIEIRA, E NO JORGE JESUS.
    "EU SOU DO TEMPO EM QUE A PALAVRA VALIA MAIS QUE O DINHEIRO".

    Sabemos que, actualmente já não é assim, pois a CORRUPÇÃO tomou conta de tudo!

    ResponderEliminar
  9. Jose Albuquerque04/05/13, 21:18

    Companheira(o)s,

    Finalmente ...

    CAMPEOES NACIONAIS DE VOLEI!!!!!

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  10. Águia de Luz, não temos provas nenhumas de que o JJ deu a palavra. Além disso, os contratos existem porque a palavra às vezes falha. Do presidente do SLB, espero que defenda os interesses do clube - e isso faz-se assinando contratos antes de se dizer que está garantido. A renovação devia estar assinada há muito tempo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É possível manter um jogador ou treinador num clube contra a sua vontade, só por ter um contracto assinado?
      Pessoalmente penso que não.
      Quanto a mim a continuação está acordada há já meses se é que interpreto bem as entre-linhas, tipo:
      Quando o JJ foi à Universidade disse que quando falava com o presidente que o convidasse a treinar o clube a primeira coisa que perguntava era se ele fazia parte do projecto, muito antes de falar em remuneração. Isto quer dizer o quê? O papel do Rui Costa no departamento técnico é o mesmo agora que era há 4 anos atrás? Quantos clubes com infra-estruturas como as do Benfica estarão dispostos a dar a liberdade de decsão que Jesus tem no Benfica? Fazem alguma ideia da ambição de JJ? Há que levar muito a sério declarações feitas pelo professor Manuel Sérgio e ele já disse coisas como "o JJ é uma pessoa muito ambiciosa e muito inteligente", "o JJ hoje é tão Benfiquista como qualquer Benfiquista", "o JJ é leal e integro".
      Nos dias que correm e com os advogados e a justiça que temos, preto no branco não equivale a 5% da palavra de pessoas honestas.

      Eliminar
  11. Equivale, equivale. Há uns meses, quando o contrato deveria ter sido assinado, o JJ queria ficar no Benfica. A direcção preferiu esperar. Agora, na final da taça, da liga europa e à beira de ser campeão, é 10 vezes mais cobiçado do que era antes. Se tivesse contrato, talvez não ficasse na mesma, mas quem o contratasse teria de pagar uma cláusula de rescisão. Porque os advogados não são só bons para um lado. Também servem para acautelar os interesses do Benfica. Como não foram acautelados, agora o JJ pode sair de graça, se quiser. Fala-se na palavra dada, mas não temos prova nenhuma de que o JJ tenha dado a palavra. Durante meses, o que direccão e treinador disseram foi que a renovação seria tratada no tempo próprio. Agora que está em duas finais e a 6 pontos de ser campeão, Vieira vem dizer que ele é o seu treinador. Agora também eu. É fácil. Difícil é o presidente perceber o óbvio antes de toda a gente e acautelar o futuro. O Vieira veio dizer que só falta passar para o papel, insinuando que a palavra está dada. E o JJ disse... nada. Se está tudo combinado e até já foi tornado público pelo presidente, porque é que não confirma? O presidente Fez merda, sabe que fez merda, e esta é uma manobra desesperada para pressionar o treinador.

    ResponderEliminar
  12. Mas se me disseres um caso (só um) em que um treinador com contrato assinado e cláusula de rescisão, saiu contra a vontade do clube sem lhe pagar nada, eu reconsidero

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O caso Mourinho por exemplo, mais recente não há.
      Já li que o Real Madrid não irá exigir qualquer indeminização e estamos a falar do treinador mais badalado do mundo.
      O grande fenómeno do futebol é esta constante viragem do 8 para o 80 e vice-versa.
      Há pouco mais de um ano tínhamos o pior Presidente por ainda não ter posto o treinador na rua. Agora temos o pior Presidente por ainda não ter renovado o contracto com o treinador.
      É neste capítulo (a falta de união) que devíamos reflectir, pois sendo muitos se cada um puxa para seu lado não nos torna fortes coisa nenhuma.
      A minha postura neste capítulo é esta - tomar uma decisão destas não é como beber um copo de água e só pessoas com todos os argumentos e com competência as devem tomar.
      Nós Benfiquistas que através do voto demos o certificado de competência ao Presidente para governar os destinos do clube, nada mais temos a fazer do que deixá-lo governar com serenidade e só o avaliar no final do seu mandato.
      Para terminar e por aqui me fico - nunca o Benfica poderá ser refém de seja quer for - é muito, mas muito maior do que isso.

      Eliminar
  13. Se Mourinho sair, nao é contra a vontade do Real. Se sair, é porque o Real nao quer que ele continue. O Florentino nao veio dizer que ele é o seu treinador e que está tudo tratado para a sua continuidade. Eu nunca disse que tínhamos o pior presidente por não ter posto o Jesus na rua, até porque nunca quis que se pusesse na rua o melhor treinador que o Benfica teve nos ultimos 20 anos. E o Vieira também, porque segundo vem agora dizer, o JJ sempre foi o seu treinador. Ora, se isso é verdade, ja devia ter renovado, em vez de estar à espera até agora. Foi o Vieira, que tem todos os argumentos e competência que o disse: JJ é o seu treinador e de certeza que vai continuar. No dia seguinte, JJ recusou fazer comentários. Esquisito, se só falta passar para o papel. Nós, benfiquistas, que demos o nosso voto ao presidente, temos todo o direito de o criticar quando entendermos. Democracia é isso.

    ResponderEliminar
  14. Gostava de ver um nome ou um nike do caro Anónimo

    Gosto da forma como escreve...

    ResponderEliminar
  15. O meu nome é Miguel Santos, e o meu nike é o nike air max 360, que apoia mais o tornozelo. Número 43.

    ResponderEliminar
  16. http://expresso.sapo.pt/mourinho-abre-guerra-para-poupar-20-milhoes-de-euros=f804985

    Cá está. São só 20 milhões. Entre isto e sair de graça vai uma diferença bastante grande. Chama-se defender os interesses do clube. É para isto que servem os contratos. As "palavras dadas", reais ou imaginárias, é que não servem para nada, e só por ingenuidade se pensa que sim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este link só dá razão à teoria de que contractos protegem absolutamente nada.
      Se protegessem o Mourinho teria de pagar 20 milhões e está mais do que visto que sairá sem pagar nada.
      Pode-se levar o cavalo ao chafariz mas não é possível obrigá-lo a beber!

      Eliminar
  17. Este link diz que o Real pagou 18 milhoes ao Inter para ter Mourinho. Também diz que quem quiser o Mourinho tem de pagar 20 milhões ao Real. Tudo por causa de - como é que se chama aquilo? - contratos, é isso. Como é que dá razão à teoria de que os contratos nao servem para nada, nunca perceberei. Também sabemos que o Chelsea pagou 15 milhoes ao Porto pelo Villas Boas. Sabes porquê? Porque estava no contrato. Também já tinham pago ao Porto pelo Mourinho. Outro facto interessante é que o Benfica pagou ao Braga 700 mil euros pelo JJ. Porque apeteceu ao Vieira. Ou não? Não, foi por causa de um contrato. Mas enfim, o pior cego é o que não quer ver.

    ResponderEliminar
  18. Admito estarmos a defender teses distintas no que a contractos diz respeito o que não concebo é estar a trocar opiniões com alguém que parta do princípio ser dono da verdade. Aqui nem há cegos nem visionários.
    A parte do contracto que não tem cobertura prende-se com a vontade de uma das partes não o querer concluir.
    Neste caso concreto o Mourinho tinha mais um ano de contracto.
    O Mourinho resolveu não querer honrar o contracto (seja por que motivo for) e para evitar a tal clausula dos 20 milhões, que fez?
    Criou uma situação insustentável e mesmo o grande Real Madrid não pode correr o risco de ter um treinador insatisfeito e é por isso que o deixará sair sem exigir qualquer pagamento.
    Agora vamos supor que JJ tinha renovado o contracto há 6 meses atrás e que vai ter uma época de sonho e que um outro clube lhe oferece 3 vezes mais do que o Benfica.
    Se o JJ for receptivo a tal proposta tudo fará para se libertar do compromisso que assinou e o Benfica não poderá correr o risco de ter um treinador insatisfeito.
    Tem muito mais hipótese de vingar um acordo de cavalheiros (se houver uma boa relação, claro) do que um contracto assinado perante qualquer notário, se uma dar partes não o quiser concluir.
    Mas esta é apenas a minha opinião que gostava tanto que fosse respeitada como eu respeito a dos outros.

    ResponderEliminar
  19. Na minha opinião, há opiniões que não têm qualquer fundamentação na realidade. Gostava que esta minha opinião fosse respeitada. Por exemplo, suponhamos que alguém diz: "Na minha opinião, o Benfica costuma equipar de verde." É uma opinião que a realidade desmente, e não me interessa muito saber se deve ser respeitada ou não. A opinião segundo a qual as cláusulas de rescisão dos treinadores não servem para nada também é desmentida pela realidade. O Villas-Boas não queria continuar no Porto, e mesmo assim o Chelsea teve de pagar. O Jesus não queria continuar em Braga, e mesmo assim o Benfica teve de pagar. O Mourinho não queria continuar no Inter, e mesmo assim o Real teve de pagar. Nenhum queria ficar e todos tiveram de pagar para sair. É um facto verificável, assim como o facto de o Benfica não equipar habitualmente de verde. Porto, Braga e Inter também não podiam correr o risco de ter um treinador insatisfeito, mas não deixaram de receber o dinheirinho. Em todos os casos, os contratos protegeram os clubes. Os acordos de cavalheiros já não protegem tanto, pelo menos desde o século XIX. Também tem havido um decréscimo bastante grande nos duelos ao pôr-do-sol para resolver questões de honra. Dizer que o Real deixará sair o Mourinho sem exigir qualquer pagamento não é uma opinião. É uma suposição baseada não se sabe em quê. Mas em factos reais não é, de certeza.

    ResponderEliminar

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...