terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

O que posso fazer pelo meu Benfica?


Uma grande maioria de Benfiquistas, na qual me incluo, estão perfeitamente nas tintas sobre o que possa ou não acontecer ao Sporting quando/se esta crise acabar, porque dizemos nós, só têm o que merecem.

Contudo, devíamos aproveitar esta lamentável situação, recordar a fase terrível que recentemente tivemos de ultrapassar e tentar analisar os verdadeiros motivos que causaram ambas as catástrofes, para evitar que voltem a acontecer no futuro.

De uma forma simplista diria que para além de más gerências, o estado de podridão em que o futebol neste país se encontra é de longe o principal motivo de ambas as crises.

Qualquer clube cujo nome não tenha estas cinco letras " P O R T O. " terá sérias dificuldades em ganhar seja que competição for porque, uma larga percentagem de clubes joga de uma maneira diferente contra todos em geral e o Benfica em particular.
Os árbitros perdoam as faltas contra o Porto para as distribuir pelos outros, principalmente o Benfica e quanto a cartões seja qual for a cor o mesmo se aplica.
Os pasquins não conseguem ver qualquer defeito no que os corruptos fazem, mas estão sempre extremamente atentos a qualquer deslize que os outros possam cometer.
Os painéis televisivos estão sempre bem representados por defensores da corrupção que muitas das vezes inclui catedráticos.

A haver um inquérito de norte a sul do país para determinar qual o clube que economicamente mais representa para os clubes da 1ª Liga, não tenho qualquer dúvida que a resposta seria o Benfica. Contudo o Benfica é o clube que mais tem de suar pela vitória, que mais desrespeitado é dentro e fora de campo e os seus adeptos são os mais espoliados, insultados e ridicularizados por todos.

Os adeptos quando o Benfica é roubado pela trupilha de corvos sem carácter  esperam que o Presidente se transforme em Superman e parta a louça toda ou num professor Barnard qualquer e comece a fazer transplante de cérebro e coração para mudar o paradigma. Com gente tão corrupta não há ninguém que consiga mudar o status quo, mas há uma solução absolutamente legal e que não há máfia que a consiga neutralizar - chama-se o poder dos Benfiquistas.

Se todos nós imitíssemos a mensagem a todos os clubes pequenos que se não abandonarem de uma forma clara todos os laços que têm com a corrupção, competindo da mesma forma contra todas as equipas e respeitando os nossos adeptos, que esperassem sentados pela nossa próxima visita. Perante uma arma tão potente a máfia nada pode fazer porque os clubes a eles aliados não conseguem sobreviver por muito tempo.
Ao mesmo tempo os adeptos do Benfica deverão investir o que poupam nos jogos fora nos jogos da Luz, tornado desta forma o clube ainda mais forte para possíveis aquisições de melhor qualidade para poder enfrentar os 14 que geralmente jogam contra os nossos 11.

Para melhor perceber o impacto que estas medidas poderiam ter, basta analisar o estado de pânico que o Rangers de Glasgow causou, quando os seus membros decidiram boicotar todos os clubes que votaram a favor da sua descida de divisão. Alguém tem dúvidas que se os Benfiquistas tomassem a mesma decisão, não teriam o mesmo impacto nos tentáculos do polvo?

Se o Kennedy fosse Benfiquista teria dito:
Não é o que o Benfica e o seu Presidente pode fazer por nós, mas sim o que é que nós podemos fazer pelo Benfica.
.
Escrito por: Benfiquista Identificado
*

35 comentários:

  1. superaguia190412/02/13, 13:38

    Não apoiar os jogadores fora de casa pode ser lógico do um certo ponto de vista, mas não deixa de tornar a equipa mais vulnerável. É uma fonte de estímulo essencial para ultrapassar os atropelos arbitrais que se verificam.

    Poderiamos e deveríamos, porventura, dar mais voz e tempo de antena aos prejuízos que se verificam tb com esses clubes quando tb sofrem quando não alinham na "podridão". Poderíamos e deveríamos também dar mais voz aos que cumprem com rigor os seus orçamentos em contrapartida de outros que subvertem a verdade das competições.

    Temos de ser mais inclusivos a quem está de espinha direita no futebol português, pois tem existir um movimento conjunto entre o Benfica e esses clubes para que as más praticas e as mas condutas acabem.

    Do ponto de vista do clube, a mudança de mentalidades dos clubes deve ser favorecida através de uma maior aproximação dos nossos dirigentes aos dirigentes de outros clubes que partilhem a mesma defesa da ética, da seriedade e da verdade desportiva.
    Por exemplo, entre clubes sérios, poderia-se terntar criar parcerias para haver preços equilibrados nos jogos , para aumentar a lotação dos estádios e a receita arrecadada.
    No sentido oposto, por exemplo, não se deveria permitir cedências de jogadores do Benfica a clubes que não estejam de forma séria na competição.

    Por pequenos paços se começa o caminho, sabendo que enquanto houver clubes fracos financeiramente, subjugados à orientação da Olivedesportos, é dificil fazer grandes avanços na luta contra um futebol submisso ao poder corrupto.

    Assim sendo, o maior contributo e defender os nossos, sem cair na propaganda que nos enfiam à frente dos olhos diariamente, falar bem alto quando eles querem silencio, estar alerta quando eles vêm com distrações.

    Agora é hora do clube estar concentrado no seu trabalho, ter confiança nas capacidades e estar focado em ir à luta para ser campeão. Nesta altura, tudo o resto é fogo de artíficio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não podia estar mais de acordo.

      Eliminar
  2. Faço minhas as sábias palavras do superaguia1904

    Como diz e bem só entrando por esses caminhos da verdade se conseguirá algo de melhor neste futebol em que grassa o compadrio e a corrupção.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. superaguia12/02/13, 14:15

      Não pus as aspas devidas quando escrevi "paços". O Paços é um bom exemplo dos pequenos passos que devemos dar para promover uma competição mais sã.

      Nós sócios e adeptos temos papel fundamental nisto tudo. Não podemos vacilar ou entrar na ansiedade e nervosismo pretendidas pelo polvo para quebrar as aspirações e as forças do clube para atingir os seus objectivos! Também nós temos de estar à altura do desafio.
      Devemos mostrar confiança nos nossos quando todos os outros os põem em causa, valorizar o que atletas, tecnicos e dirigentes fazem bem quando os outros desdenham, mostrar humildade e trabalho quando os outros falam com soberba.
      Há na realidade uma máquina de propaganda instalada que vive para as vitórias do fcp, e que sobrevive da dimensão do Benfica e das telenovelas sobre o Benfica. Mas temos de ter a força de espírito para não nos deixar quebrar: Quer queiram quer não queiram, vamos ser campeões.

      Eliminar
    2. Concordo com o exposto caro amigo superaguia

      Cumprimentos

      Eliminar
  3. Benfiquista12/02/13, 13:48

    Contudo o Benfica é o clube que mais tem de suar pela vitória, que mais desrespeitado é dentro e fora de campo e os seus adeptos são os mais espoliados, insultados e ridicularizados por todos.

    Isto será verdade ou somos nós que já sofremos de complexo de inferioridade?
    Não é estranho que não assumimos os erros da nossa equipa e culpamos sempre os árbitros disto e daquilo quando o nosso guarda redes dá frangos monumentais como no jogos do Porto e do nacional?
    Não foi o Cardozo culpado da expulsão quando deu um pontapé no seu advertsário?

    Isto de culpar sempre os outros parece-me um erro a que nos habituámos a defender.

    ResponderEliminar
  4. Agora temos Benfiquistas envergonhdos?
    Cá para mim é olho por olho, dente por dente! enquanto não lutarmos com armas iguais não vamos a lado nenhum. De paninhos quentes e de dar a outra face ando eu farto. Temos um Benfica governado e dirigido por medíocres é o que penso.

    OTAL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Benfiquistas envergonhados? este OTAL.....Veio da Onde??

      Não me diga que é OTAL Benfiquista envergonhado...
      OLHE PORQUE NÃO VAI VOCÊ GOVERNAR O BENFICA E QUE TAL?

      Eliminar
  5. Eu sei o que podia fazer pelo Benfica: Era convidar todos os mafiosos portistas, a maioria dos árbitros, presidentes da FPF, da Liga, do Conselho de arbitragem, a irem a uma reunião no estádio do dragão e colocar lá uma BOMBA que arrebentasse e acabasse com essa gentalha corrupta que era um favor que se fazia à humanidade desportiva.

    ResponderEliminar
  6. Estou farta de dar pérolas a porcos, que se lixem todos os anti-benfiquistas e a escumalha do Porto e amigos deles.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Porto é grande! não confunda o Porto com o Feqêpê.

      Eliminar
  7. Mais um "grande" artigo.
    Vou deixar mais uma vez para quem entende...
    No entanto penso que atletas e direcção podiam fazer muito mais, mas perece que até medo de falar têm...
    Deixando assim os corruptos e suas escumalhas dominarem tudo e todos.Isto para não falar dos jornalecos que se encarregam se fazer o resto.

    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
  8. CAROS AMIGOS.

    QUEM QUIZER FICAR A SABER A VERDADE SOBRE OS PRIMORDIOS SUJOS DO fcp e do pc
    presidente super corrupto ABRA e VEJA o LINK:
    http://anti-corrupcao.150m.com/Golpe-de-estadio-%20Marinho%20Neves-JP.pdf

    abraço
    joao
    OBS;O SENHOR QUE ESCREVEU E INVESTIGOU JA SOFREU ALGUMAS REPRESALIAS....
    GRANDE HOMEM DE MUITA CORAGEM E PROFISSIONALISMO...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pinto da Costa
      Começou no FC Porto nos anos 60 como dirigente do andebol, passando depois pelo hóquei em patins e pelo boxe. Nessa altura era um simples gerente de uma empresa de fogões.
      Chegaria a chefe do departamento de futebol apenas no final da década de 70, no mandato de Américo de Sá. Tomou o poder e impôs a sua lei. Foi gerente de uma empresa chamada Pincor
      do ramo das tintas, que terminou os seus desgraçados dias com avultadas dividas á banca.
      Aliás como todas as empresas onde se meteu. Algumas de electrodomésticos. Todas faliram.
      Devido ás muitas falcatruas que fez, incluindo passar cheques sem cobertura, foi condenado e proibido de passar cheques e de constituir empresas. Para deixar a empresa onde trabalhava, Pinto da Costa ainda teve que pagar sete mil contos e ficou sem carro por uns tempos. O milhão e tal de contos das transferências de Futre e Rui Barros tinha desaparecido sem deixar rastos e tinha deixado de...rastos PC, a contas com a justiça, por cheques sem cobertura e penhoras a bens pessoais. Foi um momento difícil, mas que não abateu o presidente, levando-o antes a pensar que o seu negócio era o futebol. Esteve sem ir a Aveiro durante 5 anos por causa de alguns processos por falências fraudulentas.
      Os seus sócios dessas empresas tiveram que fugir para o Brasil. Mas a ele alguém lhe pagou as dívidas. Alguns poderosos do Norte, como Belmiro de Azevedo, Artur Santos Silva,
      etc. No princípio chegou a investir muito do dinheiro que tirava do FC Porto, nas empresas de familiares seus mas faliram todas. Depois passou a ficar com tudo. Criou a Cosmos, agência de viagens que lucrou imenso com as viagens dos clubes, obteve exclusivos com a Federação que obrigavam os clubes a viajar nessa agência. Esteve metido no negócio da droga, com Luciano D´ Onofrio(Aveiro Connection). Com a Olivedesportos fez muito dinheiro, como com todos os negócios do FC Porto, vendas e compras de jogadores, corrupção de árbitros, etc. Assim enriqueceu e tem hoje uma considerável fortuna.
      .
      Continua...
      .

      Eliminar
    2. Continua ção..
      .
      Estudou num seminário, onde desde novo mostrou as capacidades que hoje lhe são reconhecidas. Pinto da Costa passou a sua idade escolar num colégio onde imperava um grande influência da religião católica e quando atingiu o liceu foi internado num colégio de padres(Jesuíta). Dos mais prestigiados do Norte do País. Ali fabricavam-se verdadeiros homens. Eram testados como cobaias para poderem enfrentar no futuro as mais adversas contrariedades da vida. Uma das disciplinas era constituída pela defesa individual de cada aluno perante toda a turma e, já nessa altura Pinto da Costa era o mais desenvolto no uso no iscurso, na sua capacidade de raciocínio rápido e retenção na memória de dados essenciais.
      Inteligente e astuto como um verdadeiro jesuíta, bem cedo começou a demonstrar um grande sentido de chefia. Sabia como dividir para reinar, utilizando um ar cândido e descomprometido quando algumas atitudes de má-fé lhe eram dirigidas. Atirava a pedra e sabia como esconder a mão. Mas a sua verdadeira arma era a grande capacidade de trabalho e a completa dedicação a
      tudo o que fazia. Chegou a pensar ordenar-se padre, e o director do colégio apostava que , se ele seguisse essa carreira, iríamos ter o segundo papa português. A sua postura, a sua forma de falar e de estar deram-lhe sempre um toque clerical. A mesma mão que abençoava os amigos, empunhava a cruz onde ele havia de crucificá-los. Cativava, fazia amizades com facilidade e sabia como as utilizar e destruir como se nunca tivesse culpa de nada.
      Sendo religioso não pensava sequer em trair a sua esposa. Mas quando foi iniciado por Reinaldo Teles nas suas casas de sexo, tomou-lhe o gosto. Ficou viciado. Aliás a sua actual mulher, da qual tem uma filha, é uma ex-prostituta que conheceu num dos bares de Reinaldo Teles. Também usou anfetaminas durante algum tempo. Para aguentar as vitórias, o fanatismo anti-mouros, a idolatria que os adeptos do clube lhe devotavam, a guerra que os seus inimigos
      lhe moviam e as sessões diárias de sexo era preciso muito "speed".

      Eliminar
  9. O que posso fazer pelo Benfica? dentro das minhas possibilidades TUDO!
    O que é que o Benfica fez por mim? doença!!!

    ResponderEliminar
  10. Pelo Benfica dou a alma e o amor do meu coração
    A mim o Benfica dá-me dores de alma e de coração

    Parabéns pelo blogue que é maravilhoso.

    SAUDAÇÕES AMIGAS E BENFIQUISTAS.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado pela visita e comentário, Dolores

      Apareça sempre

      Saudações benfiquistas

      Eliminar
  11. Porra!!!

    Mas a inteligencia foi so distribuida por pinto da costa? Os benfiquistas nao tiveram direito a nada?...sinceramente parece que sim!
    So leio e oico gente a dizer " o nosso presidente fica-se, cala-se", "o nosso presidente e um cobarde" e mais um montao de frases parecidas.

    E la do norte chegam provocacoes do pinto da costa, que ja utiliza o tema das proprias "escutas" ( imaginem o medo bicho, deve de adiantar muito o Luis Filipe Vieira falar, berrar ou tomar actitudes legais).
    Mas oh gente!! De uma vez por todas, o cabrao do putanheiro quer isso mesmo...
    Se Vieira reagir havera uma surpresa qualquer reservada, tenho a certeza que no momento que Vieira falar se desencadeara algo de nada bom para o Benfica, tendo em conta as provocacoes descaradas e cada vez mais hostis que estao a aparecer dia apos dia.
    Mas a de hoje nao deixa duvidas! Ou somos estupidos?
    Chamar o tema das escutas como o peidoso hoje fez leva-vos a pensar o que? Pelos vistos nada. E esse e o problema.

    RADIO BENFICA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Completamente de acordo consigo caro Radio Benfica.
      Eu acho que votá-los aos desprezo põe-os,aos corruptos e afins, completamente doidos.Se o LFV reagir algo acontecerá e não será positivo para o Benfica. Eu concordo consigo. Há que ser matreiro, inteligente, há que trocar-lhes as voltas. Ficam completamente baralhados ccom a atitude dos dirigentes do Benfica e isso deixa-os doentes. Nós não somos estúpidos nem ingénuos.
      Viva o Benfica!
      maria

      Eliminar
  12. Jose Albuquerque12/02/13, 18:51

    Companheira(o)s,

    Excelente texto este, ainda por cima da autoria de um "novo" escriba deste formidavel OBELOVOAR.

    O raciocinio do Companheiro "Benfiquista Identificado", completado pelo excelente comentario (ja vem sendo habitual) do Enorme Superaguia1904 correspondem, tim tim por tim tim, ao que eu sinto ha muitos, muitos anos.

    Por mais de uma vez eu ja escrevi que sinto que o Nosso Clube e os Benfiquistas, em conjunto (afinal somos a mesma 'coisa'), temos esta Missao Patriotica: libertar a Verdade Desportiva do 'garrote' que lhe foi imposto, ha 3 decadas, pelo POLVO nojento.

    Eu ainda vou mais longe e considero que todos os patriotas e verdadeiros desportistas, mesmo que nao sejam Benfiquistas, deveriam juntar-se a Nos, sob esta 'bandeira' e ate a erradicacao final deste 'xistrema'.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  13. Caro José Albuquerque
    Que me diz ao comentário do camarada Rádio Benfica?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boas, Marciano....ja aprendi o que e um peixe agulha...lolololo

      Para completar o meu raciocinio e tambem para anuir em concordancia com o enorme Jose Albuquerque, quando diz que todos se deiam de juntar nesta luta conta a corrupcao, indepedentemente da cor clubista.
      Nao podemos separar o futebol da sociedade. Aqueles que estao na sombra dando cobertura para que o "polvo" montado pelo corrupto mor possa amesquinhar o clube "do povo" sao os mesmos que querem reduzir a maioria da populacao portuguesa a " escravos " sem direitos democraticos.
      FASCISTAS MACONICOS.

      RADIO BENFICA

      Eliminar
    2. Ora estás a ver! isto não tem nada que saber, está tudo resumido no "fascistas maçónicos".
      E o peixe-agulha que tal?...
      Abraço (ETER?)

      Eliminar
    3. Jose Albuquerque13/02/13, 05:42

      Enorme Marciano, Companheiro,

      Falhou-me (ahahah) a citacao ao Companheiro (e Camarada, se preferires) RADIO BENFICA, pela simples razao que nao tinha lido o seu excelente comentario: voces sabem muito bem que eu defendo que o Clube (os seus Corpos Sociais e a Administracao da SAD) nao deve participar nesta especie de 'jogos florais do nojo' para os quais o POLVO tanto Nos tem desafiado.

      A resposta tem de ser INSTITUCIONAL e ... de vez em quando, esporadicamente, quando e nos locais cirurgicamente escolhidos (ou seja, NOS NOSSOS TERMOS), o Presidente 'fica autorizado' a espetar um 'ferro de palmo' (ainda que a cilhas passadas, ahahah).

      (nao! nao venhas que nao tem: eu nao sou aficionado!)

      Voces andam a puxar-me pela lingua, ahahah. Veremos se se arrependem, ahahah.

      Viva o Benfica (PORRA)!

      Eliminar
    4. Nem mais caro José Albuquerque!
      maria

      Eliminar
  14. O Benfica é AMOR, SOFRIMENTO, CASTIGO, DOR, ALEGRIA

    É um misto de sensações difíceis de explicar

    Hoje sofre-se, amanhã damos saltos de alegrias com as suas vitórias

    Escusado será dizer que concordo totalmente com o texto, bem como, com a maioria dos comentários, que brilhantemente aqui estão expostos.

    VIVA O BENFICA UM AMOR DE VIDA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade Ricardo
      Tal e qual como "nós" um dia rimos outro choramos.
      O Benfica um dia dá-mos alegria, outros tristezas, mas é sempre um AMOR DE VIDA..

      SAUDAÇÕES BENFIQUISTAS.

      Eliminar
    2. Sem dúvida amiga Cidália Ferreira

      É isso que um verdadeiro/a benfiquista sente na alma e no coração

      Cumprimentos gloriosos.

      Eliminar
  15. Glória e Tradição de Campeão! A Honra de ser Benfica!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  16. Ao Benfica damos tudo sem temores e discussão.

    ResponderEliminar
  17. Amigos Benfiquistas
    Desculpem mudar de tema
    Mas não acham que o JJ.está (((de novo)))a postar mais na Europa ,do que no campeonato? de repente os lesionados ficaram todos bons como que por magia,se assim for estou a ver tudo muito tremido.
    Será que ele se quer mostrar á europa para conseguir um bom contrato?.
    e assim lixar mais uma vez o Benfica.
    Benfica 4ever.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Minda

      Não precisas de pedir desculpa de nada. És da família e pronto.

      Penso que não. Recordo aqui as palavras de Jorge Jesus em 09.02.2013.

      "Eu sei o que é que os adeptos mais desejam, e eu também: voltar a ser campeão nacional", disse Jorge Jesus, acrescentando: "Já assumimos que as nossas grandes prioridades são o campeonato nacional e depois, o segundo objetivo, a Taça de Portugal, não vamos fugir disso", afirmou.

      A cinco dias do encontro com o os alemães do Bayer Leverkusen, da primeira mão dos 16 avos de final da Liga Europa, Jorge Jesus admite que uma vitória na prova continental poderia dar-lhe mais prestígio, mas assegura que não é isso que quer.

      "A Liga Europa individualmente pode dar-me mais prestígio do que ganhar o campeonato, é verdade, mas isso não é o que eu quero", disse, acrescentado: "Se me der a escolher assino já hoje que quero ganhar o campeonato".

      Jorge Jesus, que se sagrou campeão ao serviço do Benfica na época 2009/2010, disse ainda que, se for necessário, deixa para trás jogos da Liga Europa em nome de boas prestações no campeonato nacional.

      O Benfica, que lidera a I Liga portuguesa em igualdade pontual com o FC Porto, disputa esta época a Liga Europa, a Taça de Portugal e a Taça de Liga.

      Jorge Jesus referiu ainda que "neste momento" uma eventual renovação do seu contrato com o Benfica "não é uma situação importante".

      "É uma questão que tem de ser resolvida a dois 1/8 com o presidente 3/8, vai ser importante no futuro", disse, acrescentando: "Estou super motivado seja onde for, porque o futebol é a minha paixão".

      Eliminar

  18. Nos dias de hoje os sócios e adeptos servem simplesmente para ir ver os jogos apoiar e por lá o dinheirinho.

    Nem esta gente quer outra coisa portanto andarem para aí a bater com a cabeça na parede a tentar arranjar formas de combater a corrupção é tempo perdido e para isso já dei.

    Esta gente quer isto assim.

    Quanto às opções de JJ:

    Para mim a aposta é sempre ganhar o jogo que se segue e depois contas é no fim e se em todos houver dedicação e brio no fim ficarei contente.

    É preciso é dar sempre o MÁXIMO PELO SIMBOLO.

    ResponderEliminar

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...