quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Benfica: Presidente remunerado ou não?


Hoje vou escrever algo que sei me vai trazer alguns "inimigos". 

Não direi inimigos no sentido que a palavra encerra, mas sim, no sentido de que muito benfiquista irá certamente discordar de mim.

Não concordo que um benfiquista tenha que ter pelo menos 25 anos ininterruptos de sócio para se poder candidatar a presidente do clube.
Penso que 15 anos seriam suficientes. Com 25 anos fecha-se a porta a muito benfiquista capaz e competente de exercer o cargo de maior relevo do clube.
Dentro dessa estimativa poder-se-ia também colocar juntamente com os 15 anos de sócio, a idade mínima de 45 anos, que é uma idade já com grande maturidade.

Também não concorde que um presidente do Benfica tenha que ser não remunerado. Os tempos mudam, a dimensão do clube, também. 

Recordo-me do Benfica ser a equipa base da selecção nacional com 10 jogadores a jogar de inicio. Hoje nem um para benfiquista sorrir.
Recordo-me do Benfica só jogar com jogadores portugueses, sendo quase um escândalo nacional quando Jorge Gomes, vindo do Boavista em 1979/1980, ingressou no clube.

Consta dos estatutos que o presidente do Benfica não pode ser remunerado. Antigamente em que as coisas eram diferentes era possível alguém passar umas horitas por semana no clube e estava tudo bem. Actualmente as coisas não são assim.

O Benfica, na minha opinião, precisa de um presidente a tempo inteiro. Uma pessoa que entre de manhã e saia à noite, que tenha a cabeça no clube, que seja profissional.

Já não estamos em tempo de termos um presidente, seja ele quem for, que esteja concentrado nos seus negócios, em Portugal ou no estrangeiro, e apenas tenha uns tempinhos para ir tratar de umas contratações ou outros.
Sei que existem os vice presidentes. E esses são remunerados? Penso que não. Assim sendo, ainda pior.

Na actual conjuntura um presidente tem que ser uma pessoa rica, que tenha no clube um hobby, contando para ele os seus negócios e o resto que espere pela oportunidade.
Penso que está no hora de se inverterem as coisas. O Benfica a tempo inteiro e o/ou os negócios, esses sim, um hohhy, caso existam. Difícil? sim. Impossível?  não.

Na vida tudo se modifica. O que hoje está bem, amanhã estará menos bem. Mexa-se nos estatutos, actualizem-se a fim de permitir um Benfica mais coeso, mais presente, mais activo, mais Benfica.

O tempo de sair depois do jantar e ir até ao Benfica assinar uns papéis já acabou

Mas alguém se convence que hoje em dia se trabalha por amor à camisola? Nem pelo estatuto, quanto mais pela razão que referi.

Profissionalize-se o clube, pois os grandes clubes, ou são propriedade de pessoas com grandes fortunas, ou têm presidentes remunerados.

E pronto. Já vesti o colete anti-bala...venham de lá as vossas opiniões.

VIVA O BENFICA

*

34 comentários:

  1. Concordo desde que a remuneração não seja uma exorbitância!!! Há que definir balizas em relação a essa remuneração.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que sim pjsimões

      Tudo na medida certa e correcta. E sem comissões...

      Viva o Benfica

      Eliminar
  2. Bráulio Silva24/10/12, 19:00

    100% de acordo!

    ResponderEliminar
  3. Concordo na integra caro Ricardo/águia_livre

    É tempo de mudar os estatutos pois os amadores eram noutro tempo.

    ResponderEliminar
  4. Rute Trigueiro24/10/12, 19:09

    Desde que o ordenado do presidente fosse de acordo com determinado e razoável tecto salarial, concordo na íntegra.
    Concordo também na idade mínima dos 45 anos em conjunto com 15 ou mais anos de sócio sem interrupção.

    ResponderEliminar
  5. Assunto sério, que merece ser tratado em tempo oportuno, com respeito pelos valores benfiquistas, sem a pressão das eleições!
    Por mim os 25 anos de sócio exigidos jamais seriam alterados e parece-me bem os 45 anos de idade!
    Não quero ver um pato bravo bravo a liderar o Benfica e aos 45 anos de idade qualquer pessoa inteligente está mais que madura para o fazer!
    Renumerado ou não parece-me uma falsa questão, embora aceite perfeitamente que o presidente possa ser remunerado, uma vez que ninguém vai policiar o presidente se ele passa o dia fechado do escritório a tratar de assuntos do Benfica ou de índole pessoal, nem isso me parece ter qualquer relevância que impeça o seu bom desempenho...


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não queres patos bravos??? LLLOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLL

      Eliminar
    2. Oh Guachos,

      Tu tens noção de que Vale e Azevedo seria à mesma presidente do Clube com estes estatutos?
      E que por exemplo, Borges Coutinho não o seria?

      25 anos é um exagero tremendo.

      Eliminar
    3. Danilo, nunca haverá uns estatutos que sejam perfeitos, todos terão as suas falhas e/ou insuficiências e não é possível garantir a 100% a sua eficácia, seja lá ele qual for...
      Apenas dou a minha opinião que vale precisamente o mesmo que outra qualquer...
      E não, não quero patos bravos a liderar o Benfica, assim como não quero ressabiados, dissidentes ou papagaios!
      E não vejo onde é que isso tem piada.
      Percebeste ou queres que faça um desenho, anónimo das 19:40?

      Eliminar
  6. Boa noite Amigos Benfiquistas.

    Concordo que O Presidente se dedique a tempo inteiro, concordo também que tenha de ser remunerado, como é óbvio... ( trabalhar por amor à camisola acabou)
    ... Desde sempre devia que devia de ser assim! Deviam de estar mais atentos a determinadas situações que nem vale a pena relembrar...

    VAI SENDO TEMPO DE ABRIREM OS OLHOS..

    Saudações Benfiquistas

    ResponderEliminar
  7. É muito simples.
    Continuar a não ser remunerado...porém poder-se-ia abrir uma janelinha nesse interin, fazendo desta maneira.

    Qualquer pessoa que venha a ser Presidente e esteja dependente do ordenado que ganha no fim do mês, ( nem todos podem ser empresários) ganharia esse mesmo ordenado no Benfica. Fossem 4 , 5 ou 7 mil euros mensais.

    No caso da pouco provável vitória do Rangel, que teria de pedir uma licença sem vencimentos durante 4 anos, o Clube pagaria exactamente o ordenado que o Estado lhe paga como Juiz.

    Até o Vieira compreende isto, porque recentemente pediu ao Miguens para dar uma mão no Museu a tempo inteiro e que fizeram os dois?
    Simples,
    A pedido do Presidente do Benfica, o Miguens pediu um ano de licença sem vencimento e o Benfica paga-lhe exactamente o que ele ganharia na sua actividade como Professor.

    Será assim tão difícil de resolver o problema....que é até barato?

    Presidente do Benfica remunerado? Não...mas tudo se pode contornar e dentro da transparência.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora ai está uma excelente ideia Viriato.
      Mesmo à Benfica!

      Eliminar
    2. Acho uma ideia excelente, viável para qualquer cargo remunerado no Benfica...

      Eliminar
    3. Corroboro com a ideia do caro Viriato de Viseu

      Eliminar
    4. Ora aki está uma ideia com cabeça tronco e membros,mas com essas condições haveria menino k n ia aceitar vir a ser presidente do Glorioso,concerteza...

      Eliminar
  8. 45 anos de idade para ser presidente do Benfica? 35 anos para ser Presidente da República? eu sei que o mais relevante cargo é o de Presidente do SLBenfica, mas 45 anos? 25 anos de sócio ininterrupto e qualquer que seja a idade. Vencimento? nunca superior ao cargo de 1º ministro! e não esquecer, horário flexivel ou acordo de isenção de horário de trabalho, sem direito a outras remunerações.
    Carrega RANGEL!!!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  9. "A Presidência do Benfica não é profissão".

    O que eu acho negativo não é tanto o facto do presidente do Benfica ser ou não remunerado - por princípio sou contra - mas o facto de se verificar que esta candidatura foi feita sobre o joelho, à pressa, sem qualquer reflexão, sem qualquer preparação, sem qualquer planeamento. Era o agora ou nunca!

    Arrebanharam um conjunto de benfiquistas já com alguma experiência em antigas direcções e decidiram concorrer à pressa 15 dias antes das eleições, escolhendo para cabeça de lista a pessoa menos preparada em TODOS OS SENTIDOS. Uma pessoa que não tem a mínima noção do que é gestão empresarial, gestão de pessoal, gestão financeira ou gestão desportiva. Provavelmente um juiz será a pessoa menos habilitada para gerir um clube de futebol que factura 150M€ e com centenas de assalariados.

    Ele foi escolhido apenas porque tinha (tem?) mais de 25 anos de sócio e porque podia tirar licença sem vencimento, (é funcionário público).

    Mas havia outro problema a resolver. A solução para o facto de ele, e outros membros da direcção, ficarem sem meios de subsistência. Só poderia ser resolvida de 2 maneiras:

    1) Ser pago mensalmente por um investidor amigo (José Veiga/BiBi), interessado em entrar no Benfica, até conseguirem mudar os estatutos de modo a que estes, os sócios do Benfica, permitissem que o presidente "y sus muchachos" passassem a receber remuneração mensal.

    2) No caso dos sócios do Benfica não se deixarem convencer de tal desiderato e chumbarem a proposta, terá recebido a certeza de que poderia continuar, ele e os outros, a receber salário mensal pago pelo tal investidor. Este investidor seria ressarcido, naturalmente, através de negócios com jogadores no qual é especialista.

    A má preparação e os planos feitos sobre o joelho, sem tempo para falarem uns com os outros, combinarem e concertado estratégias, assim como as estratégia de comunicação, tem-se notado em várias questões que ou não têm sabido responder, têm dado respostas evasivas ou pura e simplesmente mudado de assunto. Isto não retira algum mérito a algumas ideias com as quais eu concordo, mas todas elas apresentadas pelo Fernando Tavares. O que mostra à saciedade que é este o verdadeiro pensador e estratega da lista B.
    Rangel não passa de um testa de ferro, alguém que foi empurrado para a linha da frente, um pouco relutantemente, parece-me.

    A falta de preparação tem-se visto e notado em várias questões. Que Rangel não está minimamente preparado nota-se nos muitos tiros nos pés que já deu.

    Pessoalmente, basta que um presidente do Benfica tivesse 20 anos ininterruptos de sócio e penso que a idade mínima deveria ser 40 anos. Mas a minha opinião tem o valor que tem. Não é assim tão importante.



    ResponderEliminar
  10. Carissimo aguia nao podia estar mais de acordo com o teu post,digo-te francamente que gostei de todos os assuntos em que focas com mestria,olhe 100% de acordo com os 15 anos de socio para se ser presidente uma media ajustadissima,ja os 45 anos de idd nao era necessario porque um homem a partir dos 35 ja e suficientemente maduro para tomar um cargo importante como ser presidente do benfica,vou dar duas referencias e ambas no nosso clube lembram-se do Erickson treinador do SLB com 32 anos,Mourinho com 30 e picos e que grandes treinadores,claro que ser treinador nao e o mesmo que ser presidente mas tambem e importante acho eu.
    Quanto ao corpo as balas nao foram tantas como pensavas afinal o teu post esta divino os meus sinceros parabens.
    Um grande abraco.

    ResponderEliminar
  11. Esqueceu-me de mencionar se o presidente deve ser como se diz remenurado acho que sim vivemos no seculo xx1 tudo e diferente precisamos de um presidente a tempo inteiro e que nao ande na conchichina a tratar dos seus negocios pessoais e o Benfica entregue a bicharada.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Discordo da ideia k temos um presidente a, não tempo inteiro,so por desconhecimento de causa se diz disparate deste calibre,kuanto aos negocios pessoais,e segundo julgo saber, LFV tem seu filho a tratar dos negocios da familia,ja faz alguns anitos k está a tempo inteiro na Luz,por ultimo,o Benfica desde 2000 k ta entregue a boas maos.

      ps: Se LFV fosse remunerado,ja lhe tinha caido o Carmo e a Trindade em cima,como ñ é remunerado,então k se remunere o presidente do Glorioso,haja pachorraa ...

      Eliminar
  12. Sport Luis Benfica

    Para mim o Presidente deve ser remunerado, estamos noutros tempos.

    Para alguns parece que o nome Bieira vale mais que a marca Benfica.
    Que é o Benfica se aproveita do Bieira e não o contrário.

    Numa casa do Benfica perguntei em quem ai votar e o presidente desta casa respondeu-me:

    ele - Tem que ser no bieira
    Eu - tem que ser porquê???
    ele - o outro é mais um Vale e Azevedo

    Conclusão que tiro é que o programa do bieira é só este:
    "Eu (bieira) sou insubsituivel e quem vier é outro Vale e Azevedo"

    E não é que alguns Benfiquistas se deixam levar por esta lavagem celebral!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, mas não tenho dúvidas que esse mesmo senhor apoiva Vale 'a morte, como agora apoio o Bieira. É a pior face do benfiquismo, mas no final também nos define cmo clube. Somos um clube do povo tb na sua face mais parola.

      Eliminar
  13. Eu em principio concordo com uma remuneração, mas controlada por estatutos.
    Terá de ser algo que baste para o presidente viver (e não sobreviver) mas nada de luxos ou regalias.
    Eu diria que entre 2 e 5 salários minimos chegariam e sobrariam para esse fim. Estando em representação do Benfica, a maior parte dos gastos seriam suportados (como já são hoje) pelo Benfica.

    A proposta do Viriato, é como já lho disse, muito boa e se calhar o caminho a seguir para se ter um presidente a tempo inteiro..

    ResponderEliminar
  14. Sinceramente não consigo compreender como os que foram contra o ordenado do Rui Costa querem que um detentor de um cargo num orgão social seja remunerado e que ganhe o mesmo ou mais.

    Se o Benfica tiver uma organização sólida com profissionais dedicados só precisa dos dirigentes para tomarem as decisões politicas! Como temos jogadores para jogar e treinadores para treinar, também devemos ter gestores profissionais. Vejo para os dirigentes outro tipo de funções.

    ResponderEliminar
  15. Meu caro não tens que vestir o colete à prova de bala, porque o conteudo do post é cheio de lugares comuns, apregoado por muitos que se querem profissionalizar no Benfica.
    Devo no entanto lembrar que isso abre uma ruptura nas tradições do Glorioso, iniciada pelo sempre lembrado Cosme Damião.

    Voltando ao tempo inteiro, só a lista B (Rangel) admite tal. E dada a sua inexperiencia achas que se pode augurar um bom desempenho do juiz? E se a sua remuneração e dos outros irá estar de acordo com os seus conhecimentos e/ou experiencia profissinal ou pelo seu curriculo profissional.?

    E os socios vão aprovar em AG essa alteração aos estatutos? e se não aprovarem como vai viver o Juiz?

    Ainda a proposito de Estatutos ele já tem comissão para elaborar os proximos... e bem proximos porque não o estou ver uns meses largos sem ganhar chavo. Pois, o proprio disse que, se ganhasse, pediria licença sem vencimento.

    (Finalmente percebi o verdadeiro alcance sobre a ideia de arranjar emprego para os benfiquistas.)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Representas a pior face do benfiquismo Maltês. A face do benfiquismo que perpetua Vales e Vieiras no poder. Se mentires: quem apoiavas, Vale ou Vilarinho?

      Eliminar
    2. Miguel,
      eu represento-me a mim e não gosto do RRangel, nem aprovarei os estatutos que visem alimentar dirigentes do Benfica sem qualquer formação em gestão ou experiencia empresarial.
      Quanto à tua pergunta provocatoria, pergunta ao Rangel quando é que ele paga as prestações do bolide em que se passeia?
      Queres mais ou ??????

      Eliminar
    3. O homem tem um carro, e então. O teu brilhante presidente desde que assumiu o cargo aumentou a fortuna pessoal em 500 M Euros. Prefiro um presidente a tempo inteiro remunerado do que um presidente que enriqueça às custas das influencias que lhe traz o cargo.

      São benfiquistas como tu e outros que andam por aí que hão-de ser o nosso enterro, pois perpetuam estes cretinos no poder.

      Já nos quiseram enterrar com Vale, agora querem que o coveiro seja Vieira. Faz-me um favor e ao Benfica e vai plantar batatas no dia das eleições.

      Eliminar
  16. Águia Preocupada25/10/12, 00:40

    Está um post muito bem elaborado e com assuntos pertinentes.
    Há tempos, alguém me pediu um perfil para um presidente do Benfica.
    Dos vários elementos que dei, um deles era que devreia ser alguém que não fosse empresário. É que por muito sério que fosse, haveria sempre a tentação de misturar os negócios do clube com os particulares. Foi o que se verificou com o actual presidente para desgosto meu!
    Portanto, os tempos mudaram, o Benfica jogava só com portugueses, hoje é o que se vê... Argumentar que não está na génese do clube a remuneração do presidente, parece-me no mínimo descabido.
    Concordo com a remuneração desde que seja com critério, rigor e digno do cargo em questão! Falar-se em dois ordenados mínimos, só por gozo ou descredibilização. O lugar de presidente obriga a uma certa apresentação e isso custa algum dinheiro. Por acaso sabem onde se veste Vieira? A ideia do Viriato não me parece má de todo...
    Só uma rectificação: Os Vices são remunerados. E não ganham tão pouco como isso. Vi há dias os ordenados de alguns e rondavam os 243.000 ano! Um era o RGS e o outro o Rui Costa. Porque DSO tem um ordenadão que nem o presidente da república tem e no ano de 2010 ainda levou um prémio de 600.000 por bons trabalhos!
    Ah! Por falar em PR acho que os 25 anos de sócio efectivo e 45 de idade são demasiado. 15 de sócio e 35/40 de idade é o que acho mais correcto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rosa Maria25/10/12, 01:12

      Tenho a mesma opinião que o Águia Preocupada.
      Se queremos um Benfica profissional não podemos continuar a ter um presidente amador.

      Eliminar
    2. Jose Albuquerque25/10/12, 20:32

      Enorme Fundador, Meu Amigo Aguia Livre,

      Chocado com o chorrilho de mentiras que este Companheiro (Aguia Preocupada) aqui escreveu, sinto-me na obrigacao de o desmentir sem tibiezas:

      1 " Os Vices são remunerados. E não ganham tão pouco como isso. Vi há dias os ordenados de alguns e rondavam os 243.000 ano!" FALSO! Nos termos dos Estatutos, nenhum membro dos Corpos Sociais pode ser remunerado pelo Benfica ou qualquer empresa do Grupo;

      2 " Um era o RGS e o outro o Rui Costa" FALSO! O Companheiro RGS, VP da Direcao e Administrador da SAD NAO RECEBE NENHUMA REMUNERACAO por estas duas funcoes que exerce; O Rui Costa, que nao faz parte dos Corpos Sociais, tem uma remuneracao como Administrador da SAD que esta 'escarrapachada' nos "R&C" (240 mil/ano);

      3 " Porque DSO tem um ordenadão que nem o presidente da república tem e no ano de 2010 ainda levou um prémio de 600.000 por bons trabalhos!" FALSO! O DSO, Chief Financial Officer da SAD (e Administrador), tem uma remuneracao igual a do outro Administrador remunerado (o Rui, com 240k/ano) e teve, em junho de 2011, um premio de gestao (por objetivos) de 90 mil euro!

      A mentira nao e Benfiquista!

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  17. José Oliveira25/10/12, 01:53

    Prefiro sem dúvidas um benfiquista sério e profissional competente a tempo inteiro, remunerado razoavel e condignamente, do que um oportunista homem de negociatas "não remunerado". E concordo com o teor geral do post.

    ResponderEliminar
  18. Ser remunerado ou não qual o problema? falta de dinheiro no Benfica não há!
    250.000,00 Luisão; 182.000,00 Aimar, este nem joga, Garay outra fortuna, Nlito, idem, gaitan, idem, etc..etc...

    ResponderEliminar
  19. Jose Albuquerque25/10/12, 20:43

    Enormerrimo Fundador e Companheira(o)s,

    Mesmo apreciando a validade de uma proposta como a do Meo General (estiveste muito bem, Enorme Viriato), eu continuo a ter opiniao contraria a maioria dos Companheiros que aqui comentaram e passo a explicar porque razoes principais:

    1 Muitos Benfiquistas ja tem a 'tendencia' para 'funcionalizar' o Presidente, arrogando-se o direito de decidir as suas (dele) amizades, com quem janta ou viaja e, ate, ao lado de quem se senta na tribuna; no dia em que o Presidente fosse remunerado, esfumar-se-ia a sua legitimidade democratica e a sua independencia (adquiridas nos votos) e passaria a ser tratado ainda mais 'abaixo de cao' do que ja hoje sucede;

    2 Eu considero que so um Homem excepcional, com muito sucesso profissional (seja ele empresarial ou outro) e em plena maturidade pode ter condicoes para exercer a presidencia do Nosso Clube; um Companheiro nestas condicoes, nao so nao necessitaria de ser remunerado, como essa eventualidade teria de ser-lhe 'ofensiva' (por absoluta falta de necessidade, entenda-se).

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...