quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Transferências, Castigos, Experiências e Ingratidão

Caros amigos,

Vou por um pouco de lado as questões financeiras que tanto me tem preocupado a mim e a vários dos nossos colegas da Gloriosaesfera, e que tão bem tem sido tratadas neste blogue quer pelas opiniões do José Albuquerque como por outras que temos publicado ao longo do tempo.

Confesso que tenho tido a preocupação de me "cultivar" nestes últimos tempos acerca do assunto, mas também confesso continuo a ser um vulgar leigo que apenas sabe fazer contas de merceeiro.

A minha preocupação tem mais a ver com a linguagem pois quer-me parecer que as questões financeiras que muitos companheiros de outros blogues tem levantado, não são um bicho de sete cabeças tão grande como alguns já apregoam. Conhecer a linguagem utilizada é meio caminho andado para começar a entender o problema.

Parece-me também haver hoje uma definitiva preocupação da administração da nossa SAD em realizar as mais valias e o "cashflow" (ó pra mim a espalhar-me ao comprido) necessários para fazer face aos compromissos que o nosso clube, como qualquer outra entidade de bem, tem de respeitar para com os seus parceiros e investidores.

Esperemos pois que essa preocupação seja o prenuncio de uma nova época de gestão mais "saudável" das finanças do grupo Benfica.

Mas como isto anda tudo ligado, será impossível a qualquer gestor, por mais capaz e milagroso que seja, manter saudáveis as finanças do Benfica sem que as suas equipas sejam vencedoras e dominem os campeonatos em que participam.

E para vencer não basta ao Benfica dotar-se dos melhores atletas, dos melhores treinadores, dos melhores preparadores físicos, dos melhores terapeutas, ou se quiserem da melhor organização. Isso seria válido para um qualquer campeonato onde não existisse o "mostrengo", como bem o diz o nosso companheiro António Barreto no Nova Geração (podem ler aqui).

Por isso o Benfica tem esse "handicap" de não lhe bastar ser melhor que os adversários para ganhar qualquer competição. A nossa história está pejada de exemplos do que afirmo, sendo o mais recente o que ficou indelevelmente relacionado com a derrota na Luz frente ao nosso maior rival, obtida com um golo mais uma vez irregular e que motivou o desenlace do castigo ao nosso treinador que se de si já era risível à luz de factos similares ocorridos com outro treinador do nosso futebol, mais risível se tornou pela forma ostensivamente compensatória como se optou por torná-lo na realidade ineficaz.

E isto preocupa-me. Preocupa-me porque nunca vi ao Benfica nada ser dado de forma tão ostensiva que não estivesse inquinado de veneno. O sistema não dorme e não brinca. E se para alguns mais desatentos este castigo a JJ e a forma como não teve efeitos práticos os não preocupa, a mim preocupa e de sobremaneira pois temos aí à porta a decisão sobre o caso Luisão.

Caso Luisão que foi devidamente empolado pelo "mostrengo" e que foi falado a nível interno como se de um crime de homicídio em primeiro grau se tivesse tratado.

O Sr. Fischer é um mentiroso. Claramente o digo e sem rodeios. Foi também mal intencionado. Agiu com dolo. E partilho a opinião de alguns quando afirmam que o Benfica e Luisão deveriam agir judicialmente contra o personagem. Mas isto não invalida ou desculpa o acto de um capitão de equipa que agiu de forma extemporânea e desabrida e não honrou naquele momento a braçadeira que ostenta.

Já aqui o disse por várias vezes que considero haver algumas falhas de personalidade em Luisão que o revelam de forma diferente daquela que todos julgamos que ele seja. Mas adiante.

O que interessa aqui dizer é que, a existir acórdão no sentido de haver um castigo (e, neste momento, dadas as pressões de que tenho conhecimento existirem por parte dos azuis de contumil, não duvido que venha mesmo a existir) ele terá de ser estruturado de forma a que responda às questões que eu já formulei aqui.

Não o fazer inquinará mais uma vez a imagem do CJ da Federação Portuguesa de Futebol e também a imagem do futebol Português.

O assunto quente deste princípio de Setembro foi sem dúvidas as transferências milionárias que Porto e Benfica realizaram de dois jogadores chave das suas equipas. Degladiaram-se ambos os clubes em declarações e notas de imprensa em que ambos tentaram, num caso empolar os valores da transferência (e já lá vamos ao papel regulador de uma CMVM que parece autista em relação aos dislates dos comunicados dos clubes) e noutro justificar a necessidade dessa transferência.

Se num caso todos sabemos que Hulk só saía pela cláusula de transferência e que até tinham rejeitado 50 milhões de "eurios" recentemente,  e afinal saiu apenas por 40 milhões na sua totalidade (segundo nos dizem da Rússia), noutro ficámos a saber (ou julgamos que ficámos a saber) que afinal o jogador foi embora porque não só a cláusula de rescisão foi batida (parece que ainda havia um direito de preferência do Benfica, o qual justificadamente penso eu, o Benfica não accionou), mas também porque o dinheiro Russo era tanto que parece lhe enleou a trunfa toda e de repente passou a considerar o "zénite" um clube maior e melhor que o Benfica.

Mais uma vez o "monstrengo" demonstra saber perfeitamente qual é o seu papel e onde estão as maiores fraquezas dos Benfiquistas. É que nós não podemos ouvir um nosso ex-atleta dizer que está melhor noutro lado. Ainda por cima um cuja saída enfraqueceu de forma notória o nosso plantel.

Notícia inteligente dirão uns. Mas falsa. Falsa como Judas. Reveladora não só da pouca transparência que grassa no jornalismo desportivo Português mas também da falta de escrúpulos que envolve a defesa de A ou B no nosso desportivamente pobre Portugal.

A prova desta falsidade fica aqui em vídeo. Na boca do próprio Axel  ao minuto 3:50 (obrigado Pedro).




Fica aqui também o link da entrevista que o Witsel deu ao site do Zenith: http://en.fc-zenit.ru/main/video/gl2974/   (obrigado MargaridaBenfiquista)

Depois de desmitificada esta tradução criativa que foi feita do que Axel disse aos jornalistas Russos, importa agora reflectir um pouco sobre esta coisa das comunicações inexactas à CMVM e qual o papel que esta entidade deveria ter quando tal sucede. Vou-me socorrer do que está escrito no número 1 do Artigo 7.º do Código de Valores Mobiliários. Passo a transcrever: "A informação respeitante a instrumentos financeiros, a formas organizadas de negociação, às actividades de intermediação financeira, à liquidação e à compensação de operações, a ofertas públicas de valores mobiliários e a emitentes deve ser completa, verdadeira, actual, clara, objectiva e lícita. 

Completa, verdadeira, actual, clara, objectiva e lícita... Pois...

Desafio agora os meus amigos a fazerem uma pesquisa muito simples no Google (passe a publicidade). Introduzam o seguinte texto no campo de pesquisa: "CMVM multa Porto". E agora digam-me o que encontram, pode ser? Já procuraram? AH! Poizé... Poizé...

Vamos lá ver então. A Porto SAD informa a CMVM que vendeu 85% do passe do Givanildo por 40.000.000€ (olha o documento aqui), depois há um jornal da nossa praça que diz que a venda é feita por 60.000.000€ pois incluía comissões, verbas de solidariedade, pagamentos a fundos, etc etc etc. Depois ainda vem o presidente do Zenith, cheio de gás (fui irónico que baste agora), dizer que afinal pagou 40.000.000€ pelo boneco animado e nem mais um cêntimozito. E já nem sequer me vou pronunciar pela criatividade que grassou por essa net fora quando muitos (alguns ligados directamente à gestão da Porto SAD) aceitaram o repto de tentar calcular os tais propalados 15% que num casos apenas valiam o que realmente valem e noutros casos valiam 3 vezes mais.

Mas disto tudo o que importa retirar é que a Porto SAD diz à CMVM que vende 85% do Hulk por 40.000.000€ e o Zenith diz que pagou tudo por 40.000.000€. Então que é feito dos tais 15%???? Quem se "afiambrou" aos milhões? E a CMVM tão expedita noutras ocasiões (se fizeram a pesquisa que indiquei percebem perfeitamente o quero dizer) nada faz? Não quer saber nada disto? Assumam a vossa natureza de organismo regulador e regulem! Ou uns são filhos e outros enteados?

Pois é. Este mostrengo nunca foi acéfalo. Tem mais do que uma cabeça e mesmo doente do coração consegue continuar a puxar muitos dos cordelinhos que prendem muitas marionetas neste país.

Ou julgam que a notícia de candidatura do Menezes à Câmara do Porto com imagens do senhor a dar uns toques numa bola de futebol que eu vi agora mesmo à hora de almoço, foi inocente? Eu se fosse às pessoas do Porto fazia quase como diz a canção do Rui... Não ficava sentido, mas ficava em sentido. Alerta! Pois tenho a certezinha absoluta que vem lá confusão.

O facto é que não me parece haver ninguém que consiga fazer frente ao Pintinho pois não? Pelo menos não como o tem feito o Rui Rio. E muito menos eternamente. Ou ocasionalmente também. Que o digam os polícias que enfrentaram o bicho no último jogo da final do campeonato de basket do ano transacto....

PS: Nunca concordei com os rótulos que muitas vezes são colocados em alguns dos nossos jogadores. Insubstituível, Inesquecível, Perda irreparável. Tudo isto se lê e ouve à boca grande e pequena quando se fala em alguns dos nossos jogadores ou funcionários. Concordo que alguns são mais difíceis de substituir que outros. Mas vai uma grande distância desde o difícil de substituir até ao insubstituível. 

Muito do meu trabalho quando tenho escrito neste blogue tem sido dedicado a desmistificar, a contrapor e também a não permitir que existam endeusamentos dentro do nosso Benfica.

Não poderia tê-lo feito sem por vezes ser polémico, incómodo e até se calhar politicamente incorrecto. Penso tê-lo conseguido fazer sem cair no insulto gratuito, na argumentação barata e desprovida de senso.

Nem todos conseguem manter sempre um propósito de crítica construtiva e mais difícil é fazer com que essa crítica seja objectiva e vá de encontro ao pensamento da maioria dos Benfiquistas.

A universalidade do nosso clube leva-nos, nunca é demais repeti-lo, a expressar tomadas de posição de forma apaixonada e muitas vezes pouco racional. Neste sentido declaro-me hoje culpado pois amo demais o meu clube para me considerar inocente e não fazer parte do já grande grupo de Benfiquistas que demonstra insatisfação pelo rumo que as coisas tomaram desde há uns anos a esta parte. Isto é um facto e assumo-o da mesma forma como assumo o meu amor ao meu clube. 

O meu próximo texto vai ser dedicado às nossas eleições. Algo que me preocupa de sobremaneira não por causa de quem lá está mas por causa de quem não aparece. Somos ou não somos todos do Benfica? Então o que se passa? Qual é o problema? Para onde caminhamos? Quem é realmente a oposição a LFV? Existe futuro para o Benfica com outro homem ou mulher ao leme? Estas são as perguntas que tenho feito a mim mesmo e que faço com frequência a quem comigo se questiona sobre o assunto. E são estas as questões para as quais tentarei dar as minhas respostas.





19 comentários:

  1. Simplesmente brilhante amigo nunomaf

    Com mais calma, tentarei mais logo, dar uma opinião mais abalizada sobre o que TÃO BEM escreveu

    ResponderEliminar
  2. Gostava que o autor do artigo aumentasse um pouco a letra que está a vermelho porque tenho alguma dificuldade para conseguir ler uma letra tão pequenina. Também ando preocupada com o timing do castigo a Jorje Jesus, pois parece-me que vai vir aí "bomba".
    Este aduçar de boca mais parece um sério aviso de que algo de grave está para acontecer. A FPF não vai querer ficar mal perante a Uefa e decerto que vai dar um castigo grande a Luisão. Gostava de me enganar mas raramente o meu instinto se engana

    Os valores fornecidos pelo Benfica e pelo Porto à CMVM deixam dúvidas, não a do Benfica mas a do Porto, olhando que o Zenit diz que pagou só 40 milhões pela totalidade do Hulk.

    também penso que a CMVM deveria pronunciar-se sobre o assunto e investigar os valores que uns dizem ter recebido e outros dizem ter pago

    ResponderEliminar
  3. Boa tarde Benfiquistas.
    .
    Caríssimo "Amigo" Nunomaf... O artigo é interessante...Mas como sempre ouvi dizer que, as letras mais miudinhas são as mais importantes,e, por estar com certas dificuldades em ler o que está escrito a VERMELHO, pergunto... não haverá hipótese de aumentar a letrinha??lool.. é que a idade não perdoa... Obrigado

    Abraço Glorioso...

    ResponderEliminar
  4. Não percebo porque é que a letra ficou tão pequena... LOL

    Desculpem lá. Vou editar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado por atender ao solicitado
      está muito melhor

      Eliminar
    2. Obrigado pela atenção... Está melhor...

      Eliminar
  5. Caro companheiro nunomaf

    Como o meu amigo fala em finanças e sendo eu um leigo na matéria o que me diz desta noticia:
    (Record)

    Acordo com fundo colocou Ola John na Luz

    ÁGUIAS TÊM 20 POR CENTO DO PASSE

    O Benfica contou com uma parceria com o fundo privado Doyen Sports Investments para contratar Ola John, de quem o emblema benfiquista tem apenas 20 por cento do passe.

    O extremo chegou à Luz este verão, através de um acordo com o grupo de investidores sediado em Malta, numa transferência que rendeu ao Twente 9 milhões de euros.

    .
    Eu pensava que o Ola John era na sua totalidade do passe do Benfica. Afinal parece que o Glorioso só tem 2o% do dito passe.

    isto será mentira?

    Obrigado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quanto à questão do Ola Jonh, o Ricardo do Ontem vi-te no Estádio da Luz já diz quase tudo o que interessa dizer.

      Em parte é a minha opinião também.

      Eliminar
  6. Sinceramente, em matéria financeira e contabelística sou um perfeito leigo da matéria, mas infelizmente, bast percorrer a blogoesfera, para perceber que muitos sendo tão leigos como nós, têm a presunção de serem enormes mesteres das finanças, tal como são mestres do treino e afins, os homens são a perfeição, com eles o Benfica seria um paraíso.
    Quanto ao Witsel,Sinceramente, este tipo de questões são meros fait-divers que apenas servem para os jornaleiros alimentarem os egos de quem se deixa influenciar por este tipo de noticias,eu não dou qualquer tipo de importância a este tipo de noticiais, nem sequer me interessam.
    No entanto, por vezes devemos ter cuidado com a manipulação de noticias, porque a frase não é como vem exposta e que a comunicação social tanto gosta de lançar polémica, o que Witsel disse foi que atendendo ao investimento do Zenit comparado ao do Benfica, o Zenit é mais forte e pode chegar mais longe, por isso é natural que paguem mais.
    Ou seja, completamente diferente da triste forma como vem descrito, mas sinceramente, que importância tem o que ele diz ou deixa de dizer, os jogadores passam e o Benfica continua, Witsel é um belíssimo jogador, mas nunca foi nenhum símbolo do clube, se o fosse então sim poderia ser alvo de criticas.

    ResponderEliminar
  7. P.S. o teclado tem disto quis dizer contabílistica obviamente.

    ResponderEliminar
  8. ... os jogadores passam e o Benfica continua, Witsel é um belíssimo jogador, mas nunca foi nenhum símbolo do clube, se o fosse então sim poderia ser alvo de criticas.

    Em poucas palavras mas carregadas de sapiência benfiquista, o caro Jotas, disse tudo.

    ResponderEliminar
  9. Jose Albuquerque13/09/12, 20:21

    Enorme Nuno,
    Que bom ver-te regressado aos 'posts', especialmente quando prometes uma sequencia deles.
    Pelo meu lado, fico a aguardar (ha meses, ahahah) que, finalmente, escrevas sobre alternativas ao que chamas de "rumo que as coisas tomaram".
    Sinceramente, espero que consigas algo diferente, para melhor, do que vamos vendo da parte dos Companheiros que, tal como tu, se assumem 'de opisicao'.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carimbos coloco-os eu se não se importa José. Insatisfação com o rumo das coisas não tem nada a ver com ser-se de oposição.

      Eu sou do Benfica mais nada. Não contra A, B ou C.

      Isso é o que muitos querem. Que eu seja do contra. Mas não sou.

      Ninguém terá essa satisfação da minha pessoa. Quando algo está mal di-lo-ei sempre. Se estiver bem aplaudo. Se fui alguma vez injusto (e o tempo o dirá se fui) depressa reconhecerei o meu erro.

      A mim apenas algo me importa. O Benfica. E o José sabe-o bem pois já tive oportunidade de lho afirmar em privado.

      Mas veremos o que a minha inspiração me permitirá escrever e se o farei de forma clara para que todos percebam o meu ponto de vista.

      Eliminar
    2. E Viva o Benfica Porra! Sempre!

      Eliminar
  10. Mas naquele clube onde prolifera a corrupção até agora arranjaram os Serviços partilhados para esconderem os vencimentos dos jogadores, se não houver dinheiro para lhes pagar que se vão queixar ao raio que os parta, a candidatura de LFM à CMP não é mais do que uma maneira do Pinto corrupto mandar na CMP, vejam o que o LFM lhes deu nao Olival onde pagam, se pagam! 500€ mensais, sempre votei PSD mans LFM não conte com o meu voto a bem da verdade.

    ResponderEliminar

  11. Nuno

    Fizeste um optimo exercício de alguma da actualidade do nosso clube.

    Só se estranha é que alguns sonhem que tudo corre sobre esferas.

    Não o abordastes mas que chico-espertice é esta do Ola John?????????

    è mais uma que tenta fazer dos Benfquistas papalvos embora haja alguns que adoram ser ....

    ResponderEliminar
  12. NUNO,
    O chefe daquele antro CMVM é um tal Carlos Tavares, que é um androide puro e duro.
    Eles estão em todo o lado.
    Quem também é o chefe do antro da ERC é um outro androide CARLOS MAGNO.
    Fundação Gulbenkian outro androide do nucleo duro.

    FPF outro como sabemos.
    Tribunal não sei das quantas que mexe nos futebois, outro JUIZ da cor sim...cor não, cor sim...cornão...
    TÁS A VER???
    Eles comem tudo !!!

    ResponderEliminar
  13. Porque será que existem benfiquistas que não admitem o contraditório?

    Mas será que um benfiquista que não apoie Luis Filipe Vieira não pode ser um bom benfiquista?
    Não pode inclusive ser mais sofredor pelo clube, e o que interessa é o clube, que aquele que apoia o Luis Filipe Vieira?
    E quem não apoia LFVieira não tem que admitir que outro, que apoia, é tão benfiquista ou mais que ele?

    Afinal o que interessa aqui? É a vontade de quem apoia, a sua opinião que é válida, como a do outro também é, ou o BENFICA?

    Nunca entendi porque razão benfiquistas em vez de trocaram opiniões, que podem ser diferentes, quando conversam ou mostram o que pensam sobre o clube, partem para o insulto gratuito, só porque existem opiniões diferentes das suas.

    Mas por que carga de água um benfiquista é menos benfiquista que o outro só porque pensa de forma diferente?

    Sinceramente que não entendo. Não entendo mesmo.

    ResponderEliminar

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...