sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Benfica: Previsão das nossas contas ( II ) !!!


Continuação do texto anterior ( 2.º capítulo )
Antes de anunciar a minha previsão para os resultados finais deste último exercício, importa recordar qual foi a evolução mais recente que podemos deduzir dos diversos comunicados oficiais remetidos á CMVM.

Assim e partindo de uma situação inicial com Capitais Próprios (CP) de 2,4ME positivos, decorrentes da diferença entre um Activo liquido de 382ME e um Passivo total de 379,6ME, a SAD comunicou os seguintes resultados:

                                                                       30/9/2011        31/12/2011            31/3/2012A 

Proveitos Operacionais                                  26,4                       50,2                       74,8

Custos Operacionais                                     (21,2)                      (42,7)                    (64,1)

C (=A+B) Resultado Op.                        5,3                      7,5                  10,7 

Operações c/ Atletas
            D) Proveitos                                     20,5                         23,0                       24,8
            E) Amortizações                              (7,1)                         (14,4)                    (20,9)

F (=D+E) Resultados c/ Atletas          13,4                        8,6                       3,9

G (=C+F) Resultados Op. Totais        18,6                       16,1                      14,6

Operações Financeiras
            H) Proveitos                                     1,4                            2,8                         4,6
            I) Custos                                           (5,0)                         (10,5)                  (16,7)

J (=H+I) Resultados Financeiros        (3,6)                      (7,7)                (12,1)      
L (=G+J) Resultados Líquidos            15,0                      8,4                      2,5   
-----------------------------------------------------------------------
     Legenda:          Valores em 10^6 euro (milhões de euro)
                              Valores ‘negativos’ entre parêntesis

Notas explicativas:

Os valores estão apresentados numa ótica de acumulação, ou seja: a primeira coluna (30/9/2011) refere-se a 3 meses de exploração (Julho a setembro), a segunda coluna (31/12/2011) refere-se a 6 meses (de julho a dezembro) e a terceira coluna (31/3/2012) refere-se aos 9 meses entre julho de 2011 e Março de 2012.   
A) Proveitos Operacionais – nesta rubrica incluem-se todos os Proveitos (recordem-se que eles não são, exatamente, a mesma coisa que ‘Receitas’) correntes como publicidade (sponsors), bilhética, prémios da UEFA, direitos de TV, etc., ou seja: todos os Proveitos exceto os que resultem de operações com ‘Passes’ de Atletas (que aparecem na rubrica D) e os Proveitos financeiros (que aparecem na rubrica H)

B) Custos Operacionais – onde se incluem todos os custos correntes (não confundir com ‘Despesas’) tais como serviços de terceiros, salários (Atletas incluídos), amortizações do Activo (exceto ‘Passes’ de Atletas), etc., mas não se incluem os Custos Financeiros (que aparecem na rubrica I)

C) (=A+B) Resultado Operacional – a soma algébrica entre os Proveitos (positivos) e os Custos (negativos) Operacionais (ou, se preferirem, a diferença entre os primeiros e os segundos), numa média trimestral de 3,7ME

D) Proveitos com operações sobre ‘Passes’ de Atletas – nesta rubrica aparecem (1) as ‘mais valias’ resultantes da venda de ‘Passes’, (2) as compensações negociadas (se as houver) pelos empréstimos de Atletas a outros clubes e (3) os ‘pro rata’ decorrentes das ‘vendas’ de partes de ‘Passes’ ao Benfica Stars Fundo (BSF). Concretamente e tentando discriminar aqueles 20,5ME apresentados no final do primeiro trimestre, passo a especular as seguintes parcelas:

1.1. Venda do Fábio (uma ‘receita’ de 30ME, a escalonar no tempo) – deduzida a comissão pela venda (creio que esta rubrica se constrói ‘liquida de comissões’, mas não posso garantir), retirada a quota parte detida pelo BSF e “descontado’ o valor de balanço (VB) do ‘Passe’ (a diferença é que produz a ‘mais valia’ e o inerente Proveito), creio ter lido que o ‘resultado’ liquido desta venda foi de cerca de 16,5ME;
1.2. Venda do Roberto – deduções relativas a comissões e VB do ‘Passe’ (aquisição por 8,5ME, com 5 anos de contrato, cerca de 1,7ME de amortização anual completada, permite uma estimativa de VB igual a 8,5 - 1,7 = 6,8, para uma parcela de cerca de (8,6 – 10% - 6,8 = 0,94ME;
1.3. Eventuais Proveitos com empréstimos, cujo valor só sei estimar por diferença (1ME?) ; e
1.4. Os Proveitos resultantes das operações com o BSF e que me parece importante esclarecer: o BSF foi constituído (e eu orgulho-me de ter sido um dos primeiros a defender a sua criação) para (1) ser uma alternativa de financiamento aos investimentos da SAD no Plantel e (2) para permitir uma diluição dos ‘riscos’ (mais valias e/ou imparidades) inerentes a esses investimentos, ou seja, o BSF não foi criado para permitir nenhuma forma de “contabilidade criativa” para a SAD

Para explicar o que aqui digo (e esta foi uma polémica que eu defendi contra o parecer de alguns Companheiros, como, por exemplo, o Enorme Benfica EAGLE do FORUMBENFICA), reparem no exemplo teórico seguinte: 
Imaginem que a SAD, ‘meio aflita’ com as ameaças de “falência técnica” com a qual vão enchendo as bocas todos os Companheiros que gostam de assumir-se como ‘arautos da desgraça’, a SAD, dizia eu, ‘convencia’ o BSF, no final de junho, e vendia-lhe (aqui não há comissões) 40% do passe do Witsel por 12ME (avaliando-o em 30ME). 
Ora como 40% do passe devem ter um VB (40% dos 6,5 da compra) de um pouco mais de 2ME (porque já passou 1 ano e a decorrente amortização), a SAD contabilizava imediatamente uma mais valia (um Proveito) de quase 10ME. 

Ficam os Benfiquistas a saber que não são estas as regras de contabilização das mais valias geradas pelos negócios com o BSF! 
Neste exemplo teórico, a SAD só poderia contabilizar 1/48 (um quarenta e oito avos) desse Proveito de 10ME (cerca de 208 mil euro) em cada um dos (48) meses que faltam até ao fim do contrato com o Atleta. Por isso eu digo e provo, que não há nenhuma “contabilidade criativa” nos negócios com o BSF! 
Numa nota final a propósito desta rubrica, quero alertar os já referidos ‘arautos da desgraça’ para não se esquecerem mais desta componente da rubrica de Proveitos com operações sobre ‘Passes’ de Atletas, uma vez que, mesmo sem nenhuma nova venda, a SAD tem um valor trimestral garantido que já atinge um valor interessante (talvez cerca de 2ME, diria eu);

E) Amortizações (contabilísticas) dos ‘Passes’ de Atletas, um valor médio trimestral de 6,97ME, que cresce com cada nova aquisição (eventualmente com cada nova prorrogação contratual) e decresce com cada ‘saída’ de Atletas, seja por venda do seu ‘Passe’, ou por simples caducidade (ou ‘libertação’);
F(= D + E) (ou D – E, se preferirem), o saldo entre os Proveitos e os Custos decorrentes da ‘gestão do Plantel’, chamemos-lhe assim;
G) (= C + F), os Resultados Operacionais Totais, incluindo as operações com ‘Passes’ de Atletas;
H) Proveitos Financeiros, sim que a SAD também tem Proveitos desta natureza, apesar da debilidade dos Capitais Próprios e por mais que os anti Vieira nunca a eles se tenham referido;
I) Custos Financeiros, com um valor médio trimestral de 5,57ME, valor esse que vem crescendo (tal como o dos Proveitos Financeiros), como reflexo da alta continuada das taxas de juros e não devido ao alegado “endividamento crescente” que os mentirosos e ignorantes anunciam contra a realidade dos números. 

Qualquer caloiro de um curso de contabilidade sabe que quando uma sociedade apresenta resultados positivos (e estas contas demonstram um resultado positivo de 2,5ME no final do terceiro trimestre), o seu endividamento não pode estar a crescer, na exata medida em que está a melhorar a relação entre os seus Activo e Passivo. 
Recordo que estes custos, que a crise financeira agravou a uma escala impensável há 2 anos atrás, mais não representam do que a remuneração que a SAD tem de pagar aos (Bancos e outros investidores) titulares dos Capitais alheios que estão investidos nos Nossos Activos;

J) (= H + I), Resultados Financeiros, negativos porque os Custos são bem maiores que os Proveitos;  
L) (= G + J) Resultados líquidos totais, uma vez que eu entendi não apresentar os valores inerentes a provisões para impostos (em sede de IRC), que são negligenciáveis.

(...) Continua:

3.º e último capítulo ( Sai às 09H00 de 18-08-2012) ( Sábado )

**/**
Escrito por: José Albuquerque

19 comentários:

  1. Simplesmente brilhante

    Penso que muitos companheiros, tais como eu, que pouco ou nada percebem de contabilidade, terão alguma diculdade em comentar os pontos em reflexo no artigo.
    Não esquecer que este texto é o segundo sobre a mesma matéria.

    No entanto, estou convicto, que o caro amigo José Albuquerque, gostará de ler uma palavrinha vossa e não se furtará a dar qualquer explicação que ache por bem dar.

    Vamos nessa companheiros benfiquistas???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como não consigo discutir os dados, permito-me apenas dar os parabéns ao autos do texto

      Paula Ruiz

      Eliminar
  2. Sou uma ignorante sobre o que aqui é exposto mas não me custa nada admitir que é um trabalho fantástico digno do mais elementar aplauso.

    Maria da Conceição

    ResponderEliminar
  3. Brilhante na análise e conjugação de dados.

    Este blogue e os benfiquistas estão de parabéns por poderem usufruir de pessoas com uma capacidade invulgar de bem escrever, sábios, inteligentes, que não se coíbem de nos brindar com verdadeiras obras de arte, como acontece com o sr José Albuquerque
    Parabéns

    XPTO ( Ramiro)

    ResponderEliminar
  4. Jose Albuquerque17/08/12, 19:20

    Companheiras e Companheiros,
    Eu bem sei que estas duas 'pastilhas' que escrevi como abertura do texto em que farei a minha previsao sobre o que deverao ser as "Contas" da SAD no fim do exercicio (30 de junho), sao de leitura complicada e bastante exigente.
    Ainda assim, incentivo-vos a lerem ao detalhe, a tentar compreender tudo o que escrevi, como condicao para melhor entenderem a ultima parte do texto (que o Enorme Fundador publicara amanha).
    Em contrapartida, eu comprometo-me a tentar responder a todas as vossas duvidas e comentarios, ate porque desde que temos esta nova caixa de comentarios, nunca mais tive nenhum problema em aqui 'entrar'.
    Boa leitura. Boa e critica.

    Viva o Benfica!

    ResponderEliminar
  5. Gostaria que o autor deste texto, o qual, que me parece muito sério e competente, que me esclarecesse se isto que publico a seguir tem algum "sumo" de verdade.
    ------------
    Fernando Tavares, ex-vice presidente dos encarnados, tece duras críticas a Luís Filipe Vieira, que não considera ser um presidente, mas sim o "dono do clube." Lucros da SAD caíram 59% no terceiro trimestre.

    A SAD do Benfica anunciou que os lucros do clube relativos ao terceiro trimestre de 2011/12 caíram 59% para 2,5 milhões de euros, relativamente ao período homólogo da época passada. Há um ano, os lucros eram de 6,2 milhões de euros.

    O passivo dos encarnados ascendeu a 400 milhões de euros, números que Fernando Tavares, antigo vice-presidente do clube para as modalidades, considera preocupantes.
    "O Benfica tem um passivo de 400 milhões de euros. Onde é que está o milagre disto? O milagre é o Benfica ainda conseguir pagar as suas contas.

    As pessoas ainda não perceberam que a situação atual do Benfica é muito preocupante.
    O que o Benfica precisa é de um milagre desportivo, que possa ajudar a resolver, no futuro, os graves problemas financeiros que afetam o clube", considerou o dirigente, em entrevista ao semanário Expresso.
    "O problema, hoje em dia, é que o Benfica não tem comunicação.Tem propaganda.

    A comunicação é um instrumento que o Benfica devia ter ao seu dispor para divulgar mais e melhor o clube, a sua história e os seus valores. Pelo contrário, o que existe é propaganda, muito centrada na pessoa do presidente e dos constantes louvores à sua obra. Digamos que a comunicação do Benfica vive um período de "venezuelização", acrescentou o antigo "vice".
    Sugerindo Bagão Félix como futuro presidente do Benfica, Fernando Tavares alongou-se nas críticas a Luís Filipe Vieira. "Não é a fazer acordos com agências funerárias que a marca se desenvolve", sublinhou. "Neste momento, o Benfica não tem um presidente, eu diria que tem um dono", completou.

    A diferença nos lucros apresentados é explicada pela SAD com a transferência de David Luíz para o Chelsea. O defesa brasileiro foi transferido por 25 milhões de euros, que geraram uma receita líquida de 15,4 milhões de euros aos cofres da Luz. Os resultados operacionais, por sua vez, cresceram 232%, de 3,2 para 10,7 milhões de euros.

    A participação na Liga dos Campeões, que entre prémios da UEFA e outras receitas rendeu 26,4 milhões de euros, equilibram aos contas. Os proveitos operacionais subiram para 74 milhões de euros, mas os custos operacionais aumentaram 9,38% para 64 milhões de euros.
    Tal é justificado com o aumento nos gastos com o pessoal, que passou de 32 para 37 milhões de euros.

    Paula Vilhena

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esta noticia é de 19 MAIO 2012 e foi fornecida pelo DN Desporto

      Obrigado

      Paula Vilhena

      Eliminar
    2. Jose Albuquerque18/08/12, 04:14

      Companheira Paula Vilhena,

      Como já tive oportunidade, num texto de há umas semanas, comentar essas (e outras) declarações do Companheiro Fernando Tavares (FT), vou cingir-me aos aspetos económicos (aos ‘números’) dessa ‘noticia’ que aqui nos trazes, concordas?
      De facto, a comparação das “Contas” de terceiro trimestre deste ano (31/3/2012) e do ano passado (31/3/2011), faz ressaltar as seguintes diferenças (causas) principais: (1) enquanto na época anterior a SAD vendeu os ‘Passes’ de 2 dos Atletas mais valiosos (o Ramires e, depois, em janeiro, o Luiz), nesta época apenas foi vendido o Fábio; (2) enquanto os prémios UEFA da época anterior pouco ultrapassaram os 10ME, nesta época eles já tinham ultrapassado os 20ME (naquela data e, segundo sei, ainda sem contar com o ‘Market Pool’ inerente aos quartos de final); (3) paralelamente, esse desempenho na CL também originou um volume de prémios pagos a Equipa que ‘inflacionaram’ a rubrica de ‘custos com pessoal’.
      De resto, Companheira, apenas posso comentar essa ‘noticia’ e as ‘bocas’ do FT dizendo-te que são claramente falhas de rigor (as confusões entre Proveitos/Receitas e Custos/Despesas) e marcadas por uma obvia tentativa de denegrir os resultados da SAD e o Presidente (“… milagre e o Benfica ainda conseguir pagar as contas …”).

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    3. Bom dia

      Obrigado pela resposta que me fez feliz

      Paula Vilhena

      Eliminar

  6. Não percebo nada destas contas, mas quero dar os parabéns ao Ricardo/águia-livre pelo bom gosto da inovação do cabeçalho do blogue. Parece que ainda ninguém falou nisso.
    Está lindo a águia a sobrevoar os céus do nossa Estádio da Luz
    Maravilhoso bom gosto

    Beijinho Ricardo da tua amiga Fernandinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia Fernandinha

      Fico feliz por gostares

      Beijinho

      Eliminar
    2. Bom dia Fernandinha

      Fico feliz por gostares

      Beijinho

      Eliminar
  7. Depois de ler os dois artigos parece-me haver aqui uma vontade de mostrar aos benfiquistas que se Luis Filipe Vieira sair da presidência do Benfica, o clube acaba.

    Não existe quem possa fazer melhor que ele parecendo que o Benfica está de BOA SAÚDE FINANCEIRA, que o passivo não é assustador, nem nada poderá continuar se Luis Filipe Vieira perder as eleições de Outubro

    Sinceramente e com o devido respeito pela administração deste blogue isto parece-me mais UMA CAMPANHA ELEITORAL ANTECIPADA A FAVOR DE LUIS FILIPE VIEIRA do que outra coisa.

    Estará este Sr José Albuquerque ao serviço dos corpos gerentes actuais do Benfica para que lhe faça propaganda eleitoral?

    Atenciosamente

    Filipe Norte Alves

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jose Albuquerque18/08/12, 04:38

      Companheiro Filipe Norte Alves,

      Parece-te isso tudo?
      Pois parece-te mal e não te fica nada bem acusares quem não conheces, sobretudo quando o texto te podia dar provas do contrário, se o tivesses lido sem preconceito.
      Se releres, sem preconceito, estes e outros textos meus sobre as “Contas” encontrarás as minhas justificações para uma situação financeira longe de ser boa, compensada por uma excelente situação económica.
      Quando te libertares desse anti Vieirismo primário, verás que consegues entender tudo isto e muitas mais coisas.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
  8. Para quem nao percebe muito de contabilidade como e o meu caso tem aqui uma boa oportunidade de comecar a elucidar-se e com um pouco de interesse ate porque se trata do Benfica tentar aprender, nos dias de hoje temos que nos adpatar. Penso no entanto que e inegavel que o post transparece seriedade e competencia. Obrigado pelo servico prestado. E agora mudando de assunto, ate porque eu tenho uma queda acentuada para a conspiracao. Sera impressao minha, mas penso que nao faz nem uma semana apareceu aqui uma senhora a comentar com o nome de Filipa Norte e hoje aparece um tal de Filipe Norte, ambos com discursos gemeos!!...Bem, caro Filipe Norte se questiona uma suposta propaganda pro Vieira, entao eu questiono-lhe a si a que grupo missionario pertence? Sera a Congregacao Filipina do Norte? Mas olhe pra pregar de forma presuasiva tem que estudar muito mais teologia (nao chega a papa quem quer)...RADIO BENFICA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jose Albuquerque18/08/12, 05:49

      Enorme RADIO BENFICA,

      "Congregacao Filipina do Norte"? (ahahahahahah)
      Olha la: tu nao tens um blogue?
      Eu acho que deverias arranjar um local para dares 'horizonte' a esse teu talento (so nao te invejo, porque nao sou invejoso).
      Obrigado por umas quantas gargalhadas.

      Viva o Benfica!

      Eliminar
    2. Boa tarde caro Jose Albuquerque. Nunca e demais agradecer os excelentes textos com que nos tem brindado. Em relacao a ter um blog, nao vejo como uma prioridade ...ja existem tantos. Disfruto fazendo comentarios de forma descontraida e descompremetida. Um abraco e Viva o Benfica! RADIO BENFICA

      Eliminar
  9. Gostava de saber se percebi bem : Os custos financeiros ascedem a 22 milhões por ano? Ou seja, se aceitássemos a proposta feita pela Olivedesportos só daria para pagar juros? Acho k já todos percebemos pelo estado do pais que esta nao e a solução... Será que a troika nos resgata também?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jose Albuquerque18/08/12, 03:36

      Companheiro(a),
      Percebeste perfeitamente: os custos financeiros (consolidados) da SAD devem chegar, no final do exercicio, aos 22ME.
      Esse valor 'astronomico' so pode ler-se quando comparado com o valor previsto para o conjunto dos Proveitos, que devem aproximar-se dos 140ME (soma dos Proveitos Operacionais, com os Proveitos c/ 'Passes' de Atletas e com os Proveitos Financeiros), momento em que passam de 'astronomicos' a ... perfeitamente admissiveis.
      Ou seja, a SAD nao necessita de 'resgate' nenhum (e muito menos da troika, ahahah)!
      Parece-me que percebeste ...

      Viva o Benfica!

      Eliminar

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...