sábado, 11 de fevereiro de 2012

Benfica - Nacional :- 18ª Jornada

Benfica 4 * 1 Nacional
.
Local: Estádio da Luz - Lisboa
Árbitro: - Jorge Sousa (A.F. Porto )
Árbitros Assistentes: Bertino Miranda .. * .. José Ramalho
Árbitro (4.º.): Jorge Tavares
Observador: António Brandão
Delegados: Esmeraldo Augusto .. * .. Vítor Rosa

Espectadores: 53238... fabuloso

Constituição das equipas:

BENFICA: Artur; Witsel, Luisão, Garay, Emerson; Matic; Gaitán, Aimar e Nolito; Rodrigo e Cardozo.
Suplentes:- Eduardo, Bruno César, Nélson Oliveira, Miguel Vítor, Saviola, André Almeida e Capdevila.

Marcaram: Garay 8m; Óscar Cardozo 21m; Rodrigo 39m, 60m

NACIONAL: Marcelo; Claudemir, Neto, Danielson, Marçal; Todorovic; Elizeu, Diego Barcellos e Skolnik; Olivier e Keita.
Suplentes:- Igor, Mateus, Candeias, Juliano, Márcio Madeira, Pecnick e Mayko.
Marcou: Claudemir 27m (penalty)

Uma 1.ª parte simplesmente BRILHANTE do Benfica. Os seus jogadores jogam praticamente de "olhos fechados" tal o sentido posicional que cada um ocupa em campo.
O Nacional entrou na partida com um certo pendor atacante que surpreendeu o Benfica nos primeiros 5 minutos, não mais que isso. A partir daí os nossos jogadores abriram o livro e as jogadas de fino recorte técnico e alto TOQUE ARTÍSTICO sucediam-se quase por artes de magia.

Aos 26 minutos apareceu um "ARTISTA" que ninguém esperava. O ÁRBITRO. Numa jogada normalíssima em que interveio Emerson e um jogador do Nacional, este atira-se para o chão, e o "ARTISTA" marca penalty. Não é penaty nem em Portugal nem em parte alguma do mundo. Um lapso, ou um roubo preparado pelo antigo super-dragay???

Nico Gaitán apareceu a jogar como há muito não se via. Toque de bola fabuloso, controlo do sentido posicional, deu de bandeja o 2.º golo do Benfica, ao seu companheiro Óscar Cardozo. Uma jogada fantástica. Partiu com a bola controlada na sua frente, de junto à lateral, flectiu mais para o interior do terreno, passou por vários adversários, caminhou em direcção à area adversária, e ofereceu o golo ao seu colega, já referido. Jogada divina só ao alcance dos predestinados.
Mesmo sobre o minuto 45 faz um passe para Aimar que se dá golo era outro monumento à arte de bem jogar futebol.
Notou-se alguma falta do Maxi Pereira, visto que, Witsel que jogou no seu lugar, não estar talhado para actual naquela posição.
Javi Garcia não jogou, penso que por precaução e prevenção para o jogo de Quarta-Feira, para a Champions League, contra os russos. Matic está a fazer um grande jogo.

Uma 2.ª parte mais calma mas não menos BRILHNTE por parte do Benfica. Exibições fantásticas, pelo que, nem vou referir qualquer jogador, preferindo o elogio pelo conjunto.
Rodrigo marcou mais um grande golo e Óscar Cardozo falhou um penalty, atirando para fora. Como o jogo decorreu até isso se perdoa ao Óscar Cardozo.
Foi muito importante esta exibição antes do jogo para a Champions League, porque dá confiança à equipa

Continuamos na frente com toda a justiça

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...