domingo, 8 de janeiro de 2012

LIGA ZON SAGRES - 14.ª JORNADA

Leiria 0 * 4 Benfica
.
Data: 08JAN2012
Hora: 18:15
Local: Estádio Municipal da Marinha Grande
Árbitro: Cosme Machado (A F Braga )
Árbitros Assistentes: Alfredo Braga ... Nuno Eiras
Árbitro (4.º): Hélder Malheiro

Transmissão: TVI

Constituição das equipas:

U. LEIRIA: Gottardi; Ivo Pinto, Marco Soares, Edson e Patrick; John Ogu e Manuel Curto; Marcos Paulo, Elvis e Terroso; Djaniny.
SUPLENTES: Luiz Carlos, Jorge Chula, Shaffer, Cacá, Rúben Brígido, Léo e Jô.

BENFICA: Artur; Maxi Pereira, Luisão, Garay e Emerson; Javi Garcia; Witsel, Bruno César e Nolito; Rodrigo e Cardozo.
SUPLENTES: Eduardo, Jardel, Luís Martins, David Simão, Matic, Nelson Oliveira e Rodrigo Mora.

Marcaram: Bruno César, 9 m. Óscar Cardozo, 48m. Rodrigo 73m, 76m

Uma 1.ª parte em que o Benfica teve cerca de 63º de posse de bola e várias oportunidades de golo. Elucidativo da superioridade do Glorioso.
O Leiria entrou bem no jogo e, embora de forma atabalhoada, teve uma oportunidade de marcar, que só não aconteceu golo, por mérito de Maxi Pereira, que tirou a bola quando essa se encaminhava para a nossa baliza.
Aos 9 minutos Bruno César marca um grande golo. A partir daí só deu Benfica. Os jogadores do Leiria, muito rápidos sobre a bola, lutaram muito e até conseguiram a nível de meio-campo, equilibrar a partida, nessa especifica zona.
Rodrigo e Óscar Cardozo tiveram flagrantes oportunidades de marcar o 2.º golo. Não aconteceu por mero acaso.
Começámos o jogo com duas baixas importantes. Aimar e Gaitán não puderam dar o seu contributo à equipa por sofrerem de problemas físicos.
Gáitan desde Novembro do ano passado, que não consegue readquirir a sua boa forma física. Algo se passa que não está a funcionar bem. Sugere-se a melhor atenção do departamento clínico do Benfica.

Uma 2.ª parte BRILHANTE do Benfica. À campeão, sem mácula. Marcou três golos, mas poderiam ter sido muitos mais.
Pouco há a dizer tal a supremacia mostrada em campo por parte do Benfica. Um futebol de magia, caprichado, onde todos os jogadores se pautaram por uma exibição notável.
Não é possível definir se houve um ou outro que se destacasse. Todos foram inexcedíveis na luta, garra e vontade de vencer.
Anote-se que após este jogo, para além de nos isolarmos no 1.º lugar, ficamos também com o melhor ataque: 34 golos contra 32 daquele clubezeco lá de cima. A melhor defesa não tardará a ser nossa .
Não consigo dizer mais nada.

BENFICA... UM ORGULHO DE VIDA

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...