quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

LIGA DOS CAMPEÕES (GRUPO C - 6.ª E ÚLTIMA JORNADA )



BENFICA 1 * 0 OTELUL GALATI

Local: Estádio da Luz - Lisboa
Árbitro: Manuel Grafe (Alemanha)
Árbitros Assistentes: Markus Hacker, e Guido Kleve (Alemanha)
Árbitro (4.º): Robert Hartmann (Alemanha)

Sorteio para os 8.ºs de final: 16Dec2011

Constituição das equipas:

BENFICA: Artur; Ruben Amorim, Jardel, Garay e Emerson; Javi Garcia e Witsel; Gaitán, Pablo Aimar e Bruno César; Cardozo.
SUPLENTES: Eduardo, Miguel Vítor, Luís Martins, Nolito, MAtic, Rodrigo e Saviola.

Marcou: Óscar Cardozo, 7m

OTELUL GALATI: Grahovac; Rapa, Costin, Perendija e Ilie; Neagu, Filip e Giurgiu; Antal, Paraschiv e Iorga. SUPLENTES: Branet, Skubic, Benga, Frunza, Viglianti, Punosevac e Pena.

Exigente como sou atrevo-me a dizer que não gostei da 1.ª parte do jogo. O Benfica jogou muito devagar, como se a vitória estivesse, ou esteja certa. Não me parece que seja assim tão linear.
O Otelul, até cerca dos 33 minutos, praticamente não saiu do seu meio-campo, estacionando o chamado "autocarro" defronte à sua baliza, o que dificultou muito a manobra da equipa do Benfica.
Marcado que foi o 1-0, aos 7m, pelo Óscar Cardozo, numa jogada brilhante do colectivo, da direita, para a esquerda, sendo o ultimo passe de Nico Gaitán, para finalização do referido Óscar Cardozo.
Esperava-se que a partir da marcação do golo, que o Benfica, impusesse outra velocidade ao jogo, na procura do 2.º. Não o fez.
Aos 34 minutos, o Otelul quase empata. Valeu a atenção e categoria do nosso guarda-redes Artur. Duas defesas espantosas no mesmo lance, e depois Garay no local certo, que tirou dali a bola.
Nos últimos 5 minutos viu-se o Otelul aparecer mais junto à nossa grande área, onde por duas vezes causou perigo. Não muito aparente, mas algum perigo.

Uma 2.ª parte dentro da linha da 1.ª, com uma pequena diferença. O Otelul abriu mais o jogo e acabou por nos causar alguns problemas, não que ameaçasse o empate, mas não nos deixando jogar o futebol que podemos e sabemos.
O Otelul tentou jogar sempre no erro do Benfica, felizmente não tendo conseguido os seus intentos.
Também, noutro prisma, não me pareceu que o Benfica alguma vez mudasse a velocidade de 2.ª para 3.ª.
Algo lentos nas transições, muitas perdas de bola, alguma atrapalhação no momento do remate, inclusive algum egoísmo de Nolito que em boa posição, preferiu o remate, do que passar a um colega melhor posicionado.
No ultimo minuto Rodrigo falhou quase de forma escandalosa o 2.º golo. Talvez o cansaço já se fizesse notar.
Com a vitória por 1-0, que era o mais importante, consolidámos o 1.º lugar no grupo, o que é uma façanha notável, olhando a que grandes equipas, como por exemplo o M. United, ficaram pelo caminho, sendo relegados para a liga Europa.
O M. United, era inclusive na opinião de muitos o mais forte candidato a ficar em 1.º no grupo. Afinal !!!.
Saúdo a 1.ª vitória no Estádio da Luz, nesta competição, visto que, tínhamos empatado com o M. United e com o Basileia.
A exibição da equipa não foi a melhor, mas o resultado sim.
Ficando em 1.º lugar, vamos jogar o 2.º jogo dos 8.ºs de final, na Catedral, o que pode ser muito bem. Espero que o seja.

Lamento que tenham ouvido alguns assobios no Estádio. Continua a existir alguma pouca vergonha em alguns benfiquistas caso tenham sido desses os ditos assobios. Penso que foram...

Viva o Benfica

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...