sexta-feira, 14 de outubro de 2011

TAÇA DE PORTUGAL - 3.ª ELIMINATÓRIA

Portimonense 0 * 2 Benfica
.
Data: 14OUT2011
Local: Estádio Municipal de Portimão - Algarve
Árbitro: João Ferreira ( AF Setúbal )
Árbitros Auxiliares: Pais António, e Luís Ramos

Transmissão: Sporttv1

Equipas:

BENFICA: Eduardo; Miguel Vítor, Luisão, Garay e Capdevila; Matic; Nolito, David Simão e Bruno César; Rodrigo e Nélson Oliveira.
Suplentes: Mika, Emerson, Mora, Witsel, Saviola, Jardel e Luís Martins.

Marcaram: Bruno César 58m; Rodrigo 71m

PORTIMONENSE: Jules Goda; Ricardo Pessoa, Eliezio, Ruben Fernandes e Ricardo Nunes; Semedo e Wakaso; Jonas, Vítor Gonçalves e Fabrício; Rafa.
Suplentes: Ivo, Hammes, Organista, Ben Traoré, Marco Tiago, Simi e Tristan Plummer

Uma 1.ª parte incaracterística com pouco Benfica para aquilo que nós queremos. Muita posse de bola mas pouco envolvimento no jogo.
Devagar, devagarinho e andando, assim foi o futebol que estamos a apresentar em Portimão.
Uma bola no poste e um lance mal anulado a Nolito que não parou a jogada e levou cartão amarelo.
Como é possível um jogador profissional como Nolito levar um cartão por não parar com a jogada. Imperdoável, embora tivesse razão, pois não se encontrava em fora de jogo.
Confesso que me enervo ver o Benfica jogar assim. Tínhamos por obrigação de estar a ganhar até folgadamente olhando à classe dos nossos jogadores, comparados com os do Portimonense, que até são os últimos classificados da 2.ª liga.
Os jogos existem para se jogar e ganhar. O Benfica tem responsabilidades e tem de fazer muito mais na 2.ª parte do que fez na 1.ª.
Chega de brincar. Temos exemplos bem vivos na memória de outros jogos em que por desgraça, caímos na desgraça.
O deixar andar que mais tarde ou mais cedo marcamos deveria ser proibido existir na mentalidade dos jogadores benfiquistas.

Uma 2.ª parte melhor, mais bem conseguida que a 1.ª, mas mesmo assim, sem deslumbrar. Marcámos dois golos, através de Bruno César e Rodrigo, tivemos mais uma ou duas oportunidades, mais não fomos tão incisivos como gostamos de ser.
É verdade que tivemos 69% de posse de bola. Mas podíamos com mais um pouco de velocidade impor um outro jogo, mais motivante, menos monótono.
O Benfica cumpriu os serviços mínimos, ganhou como lhe competia, e agora é pensar no Basileia, para a Champions league.
Claro que contra o Basileia vão jogar outros jogadores e a história do jogo, se não for melhor, que seja, igual ao deste.
Gostei do futebol do Rodrigo. Temos jogador.
É claro que temos que dar valor aos jovens que jogaram pelo Benfica. Mas nós queremos sempre mais e mais....
De anotar que... não sofremos nenhum golo.

Viva o Benfica.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...