quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Fernando Gomes... e as facilidades ao Porto.

Fernando Gomes, antigo funcionário da Sad do clube assumidamente corrupto, que fingidamente saiu de lá zangado com o padrinho - tudo fita - e actualmente Presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, apelou no passado domingo, aos presidentes da I liga e da Liga de Honra no sentido de respeitarem a contenção verbal relativamente às arbitragens que aprovaram recentemente.
Recordou: “Na Assembleia-Geral [da LPFP] de 27 de Junho passado, os clubes que participam nas provas profissionais aprovaram, por larga maioria e em muitos casos por unanimidade, que a Liga deveria mudar de atitude em relação a matérias essenciais”.

Lembrou ainda que: “Fizemos aprovar, por unanimidade, uma forte penalização das declarações contra elementos de arbitragem desde a sua nomeação até à hora do jogo”

Reparem nisto. Os árbitros podem decidir um jogo. Um penalty a favor de determinada equipa, cortar jogadas por fora de jogo inexistentes, favorecimento umas, e prejudicando outras, e os prejudicados têm de ficar caladinhos.
Claro que os favorecidos não falam. Só falam, pois quem não se sente não é filho de boa gente, os clubes que se sentem prejudicados, alguns como tem sido o Benfica, de uma forma tão infame, que se vê à vista desarmada. Penaltys que existem e não se assinalam, foras de jogo que só o árbitro na sua mente maliciosa vê, marcados contra o nosso clube.

Anotem isto. Muito se falou de Ricardo Costa, aquando esse era presidente da Comissão disciplinar da liga, dizendo que, o mesmo favorecia o Benfica.

Agora ninguém fala que estando Fernando Gomes como Presidente da Liga Portuguesa de Futebol, o Porto a época passada apenas empatou três (3) jogos, não perdendo nenhum, e na presente vamos ver como vai ser. Já começou em Guimarães onde muita gente diz que o penalty é duvidoso.
Em Leiria os jogadores dessa equipa, em particular a defesa parecia que haviam sido todos convidados para um almoço, tal era a displicência com que jogaram, contra o Porto.
O defesa direito, Ivo Pinto, nem se fazia aos lances, não correndo, seguindo a passo atrás do James Rodrigues. Incompetência? Não acredito. Outros valores mais altos se alevantam.

Mas ninguém fala nisso. Porque será?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...