terça-feira, 24 de maio de 2011

PINTINHO DA FERNANDA ... E A FARSA JUDICIAL ...

Vivemos, infelizmente, num mundo do faz de conta. Criou-se em volta das pessoas o síndroma da necessidade do consumismo.
Não interessa o género. Interessa sim... consumir.
Falo-vos assim para de certa forma mas uma vez irmos assistir a uma farsa a nível de Justiça.
Noticiam os jornais que deu entrada na Procuradoria-Geral da República (PGR) uma queixa crime - não se indica que a colocou - contra o Pintinho da Fernanda, em virtude de existirem indicios, e daí a queixa, de que esse, ou alguém directamente ligado ao Porto, onde também se encontrava o ex/árbitro António Garrido, que dizem ser o chefe das mulheres da Limpeza do Estádio do Dragon, e não como muitos maldosos dizem que é um elo de ligação entre o clube e árbitros no activo, terá (terão) todos jantado - facto denunciado pelo jornal "A Marca" de Espanha - ou estado conjuntamente com o árbitro holandês Bjorn Kuipers, após o jogo realizado contra o Villareal, na primeira mão das meias-finais da Liga Europa.
Dizem alguns que se encontravam em mesas separadas, não todos, mas alguns, os quais falavam entre si, não constando que tivesse sido através de fumos, ou toques de tambor, como reza a história dos índios. Talvez através de gestos e ... olhares
Fala-se que a ementa desse jantar não incluía "entradas", a fim de que não existissem mal entendidos.
Sou contra esta queixa. E sou porquê? Apenas e porque olhando e sabendo-se quem é o acusado, é o mesmo que, ir encher os cestos de papel, gastar-se dinheiro do Povo, visto que sabemos de fonte segura qual é o veredicto final: ARQUIVE-SE.
A Justiça, por muito que me custe admitir, não tem força para condenar o Pintinho da Fernanda.
Desconheço se por medo de algo que possa surgir do além, qual noite de tempestade, tipo as noites sangrentas do Porto, ou se, por amizades inexplicáveis e promiscuas entre quem tem o poder de decidir e a figura denunciada, 0u se, o "Barco" que navega entre a mentira e a verdade, tem apenso um nome: FARSA.

Nas escrituras judiciais surgirá mais um carimbo: ARQUIVE-SE - O POVO QUE PAGUE AS CUSTAS
E assim de Processo em Processo arquivado, continua a Farsa a nível judicial, no que concerne à personagem, Pintinho da Fernanda.

Adivinha-se mais uma VERGONHA JUDICIAL.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...