sábado, 21 de maio de 2011

Benfica, Coração, dor, alegria, chama imensa

Em silêncio, no grito abafado

Sinto o vulcão dos sentimentos

És tudo na vida, não momentos

Pelo teu amor, alimentado

Quero fixar-te no olhar

Fechar os olhos, imaginar

Da árvore és o melhor fruto

Deixa-me que te ame

Que te admire

Que a tua força me inspire

Quando por ti estou sofrendo

Deixa-me estar a teu lado

Contemplar-te, mesmo calado

Ver-te emergir, por amor

Sentir no meu peito o teu calor

Sorrir, até chorar

Que ao conjugar o verbo amar

Possa na alma sentir

Que mesmo que a vida aos poucos se acabe

Haja uma força que o coração trave

Para que na paz do sentir

Na glória do teu existir

Possa por ti chorar e ... RIR


Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...