segunda-feira, 11 de abril de 2011

Um " SARRDINHA" Intrometido e Provocador

Sou daqueles que penso que se o Benfica respondesse a todos aqueles que por esta ou aquela razão gostam de mandar bitaites, porventura não lhe restava tempo para fazer coisas importantes.

Jogou o Benfica contra a Naval de forma a poupar a equipa considerada principal visto que tem no próximo imediato, dois jogos importantíssimos, como são o jogo na próxima Quinta-Feira contra o PSV para a Liga Europa e no próximo dia 20 com o Porto para as meia finais da Taça de Portugal. Estando o campeonato decidido no que concerne à classificação do Benfica, é totalmente compreensível a rotação de jogadores.

Não faria sentido estar a utilizar a equipa base quando se aproximam jogos difíceis como referi. Perante este direito de decisão da equipa técnica do Benfica, insurgiu-se esta Segunda-Feira, Fernando Oliveira, presidente do Setúbal, em declarações a uma rádio.

Desrespeitosamente proferiu:

- Acho que treinador tem de ter respeito pela instituição. O Benfica é um clube que os treinadores têm de se habituar a respeitar. É um clube que tem milhões de adeptos e certamente que eles não ficaram nada satisfeitos com o comportamento da sua equipa porque querem ganhar sempre. Aquilo que aconteceu foi mau demais para ser verdade".

- Nós pugnamos pela verdade desportiva, não gostamos daquilo que vimos e penso que não fomos só nós... Foram também milhares de adeptos benfiquistas que me têm mandado mensagens de desconforto com aquilo que se passou.

- Acho que o Benfica é uma instituição grandíssima, que merece o máximo de respeito. Aquilo que ontem se passou foi mau demais para ser verdade"

Como benfiquista também não gostei do resultado do fim do jogo.

Noutro prisma compreendo perfeitamente a decisão de Jorge Jesus, olhando a que, é ele, quem trabalha com os jogadores e terá sobre os seus ombros a obrigação de dar ao Benfica e aos Benfiquistas, no final da época, o melhor, e o melhor, é a conquista de títulos.

O campeonato já não conta. Mas as outras três competições em que estamos inseridos, oferecem-nos legitimas aspirações a fazer tudo para as vencer.

Esse tudo implica uma gestão inteligente do plantel, e é isso que está a ser feito no Benfica. O presidente do Setúbal não foi correcto. Está a imiscuir-se onde não deve, pois o Benfica tem dirigentes à altura e não precisam de “colheradas” de “madalenas” intrometidas.

Luís Filipe Vieira, como presidente do Benfica, deveria reagir a esta provocação do seu homólogo. É um direito e um dever que lhe assiste e que, tenho a certeza, os benfiquistas aplaudiriam de pé.

Viva o Benfica

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...