terça-feira, 12 de abril de 2011

Pablo Aimar - Um(a) LUZ Gloriosa

Com a gestão do plantel do Benfica levada a cabo por Jorge Jesus, em função de jogos importantes para as nossas ambições na presente época, levou a que, tanto em Portimão como na Naval, tivessem jogado aqueles a que se costuma designar de 2.ªs linhas (Ou 2.ªs escolhas ... ).

Não gostei do resultado de qualquer desses jogos. Evidentemente que não.

No entanto, a minha cultura benfiquista leva-me a parar para pensar, e não escondendo a cabeça na areia como a avestruz, não consigo agarrar no papel e na caneta e toca a desancar em Jorge Jesus e/ou na equipa. Na minha opinião temos jogadores - embora poucos - que não têm classe para jogar num clube como o Benfica. César Peixoto e Luís Filipe, são os casos mais flagrantes do que digo. Penso que no final da época vão sair. Quanto aos restantes - ou a sua maioria - jogadores, não nos podemos olvidar de reparar na sua idade. São "miúdos" de 20/21 anos, salvo raríssimas excepções, como por exemplo Júlio César que tem 24. São jovens que estão a crescer e como tal teremos que os saber apoiar e compreender. São estes jogos que permitem aos treinadores aquilatar do valor dos atletas e daquilo que podem render. Muitos destes jovens serão certamente emprestados nos final da presente época, a fim de rodar noutros clubes, onde poderão jogar com maior regularidade, ganhar endurance e poder regressar mais fortes e capazes de produzir mais e melhor.

Noutro contexto mais adulto, nós benfiquistas, teremos certamente um enorme ORGULHO em ler frases como as inseridas na imagem em epígrafe, proferidas por um dos melhores jogadores do Mundo, Pablo Aimar, que nos dá o privilégio de envergar o Manto Sagrado.

Diz Paulo Aimar que quer ganhar a Champions no Benfica. Esta ambição traduz o quanto este jogador gosta do clube e sente a alma benfiquista. Sabemos que perante estas declarações haverá os pseudos "deita abaixo" que sempre dirão que o que o jogador quer é dar "graxa" à direcção do Benfica e aos seus adeptos a fim de conseguir um novo contrato, o chamado "reforma antecipada".

Não vou por aí. Nenhum benfiquista assim deverá pensar. Pablo Aimar é um jogador que se decidir regressar à Argentina, o que não lhe faltarão é clubes interessados no seu concurso, que lhe pagarão decerto mais, ou o mesmo, ou certamente o aproximado, com a nuance sempre importante de ficar junto dos seus familiares, ou seja, no seu País. Ainda ontem numa entrevista publicada no site do Benfica dizia que nunca tinha jogado num Estádio onde estivessem 65 mil pessoas. Disse-o com um orgulho muito grande. Foram palavras sentidas saídas espontaneamente da sua alma, como voz de verdade. Pablo Aimar é um rapaz humilde que entrou no nosso coração e queremos, embora fale no meu desejo, que continue no Benfica, pelo pelo mais uma época.

No próximo ano estaremos na Champions League. Vamos jogar e ganhar o jogo de acesso, e participaremos nessa grande competição. Teremos certamente uma equipa diferente que, acredito, será ainda mais forte que a actual, já de si fortíssima, mesmo saindo alguns atletas que no nosso ego sabemos que acontecerá.

Que bom seria que a premonição de Pablo Aimar se concretizasse. E quem pode afirmar que não vai acontecer? Decerto que... ninguém.

VIVA O BENFICA

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...