sexta-feira, 15 de abril de 2011

À porta do Inferno, abriu-se a porta do Céu



szólj hozzá: P2-2B
Ontem por motivos profissionais apenas assisti a cerca de 40 minutos do jogo entre o PSV de Eindhoven e o Benfica, para a liga Europa.


Dos videos que já vi e pelo que ia vendo a espaços, começamos o jogo em grande estilo vendo Nico Gaitan a passe de Óscar cardozo, rematar de forma acrobática, falhando o golo por milimetros. Seguidamente o lance que me pareceu ter enorme influência no que se passou a seguir em que o PSV marca dois golos, num momento de menos acerto da nossa equipa que me pareceu um pouco à deriva. Saviola aperece isolado em frente ao guarda-redes do PSV. Falhou de forma quase incrivel, rematando mal, permitindo a defesa do guardião adversário. Com o resultado em 2-0 acontece um dos momentos cruciais do jogo. O Benfica perde a bola a meio campo surgindo um jogador do PSV completamente isolado em frente ao Roberto. Numa intervenção fantástica, Roberto evita o 3.º golo adversário, o que seria, na minha opinião, terrivel para as nossas aspirações.


Mesmo no términus da primeira parte acontece o nosso golo, marcado de forma soberba pelo Xerife Luisão, capitão de equipa, um lutador incansável, que transporta na alma a força e a vontade de vencer. Com o golo a equipa que já vinha mostrando, desde o lance da defesa do Roberto, alguma estabilidade, acabou por vir para a 2.ª parte de forma totalmente serena, agarrando o jogo, criando lances de algum alarido junto da área do PSV, alcançando o empate na transformação de uma grande penalidade cometida sobre César Peixoto, que fez uma grande exibição, convertida por Óscar Cardozo. Poderiamos inclusive ter ganho o jogo o que olhando à nossa 2.ª parte não seria escandalo nenhum, embora se aceite o empate.


No menor acerto do Benfica ocorrido entre sensivelmente os 15 e os 30 minutos, não é alheia a lesão do Salvio, que terá partido um dedo do pé direito, vendo a época praticamente terminada para sí, e para mal do Benfica que assim se vê privado de um dos seus melhores elementos para os jogos dificeis que se avizinham para a Liga Europa contra o Braga e 2.ª mão das meias finais da Taça de Portugal, contra o Porto. A equipa sentiu o facto, desequilibrou-se na sua estrutura, o que quase nos custava a eliminatória.


Estamos por mérito próprio nas meias finais da liga Europa onde vamos jogar com o Braga - equipa motivada e que tem surpreendido a Europa em termos muito positivos, e que nos vai dar muito trabalho - com o 1.º jogo na Luz a 28 de Abril e a 5 de Maio em Braga


VIVA O BENFICA

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...