quinta-feira, 3 de março de 2011

Fiquei "triste" após o derby

Amigos benfiquistas.

Ontem em mais um derby que ganhámos de forma natural por 2-1 com golos de Oscar Cardozo aos 34m e de Javi Garcia aos 90+(2), respondendo dessa forma ao golo consentido por nós, do Helder Postiga, aos 21m, oferece-me escrever algo sobre o o facto em si.
Não, não é sobre as fantásticas vitórias consecutivas, a nível nacional, que já são 18. Facto irrelevante em comparação com o jogo de ontem
Sabemos como o Benfica é solidário. Não queremos de forma nenhuma que ao Sporting aconteça o que aconteceu ao Boavista ou ao Salgueiros, clubes tão amigos que eram da agremiação corrupta, e que "navegam" em águas amargas
Somos livres, somos amigos, somos benfeitores.
Não queremos ver acabados os jogos do Sporting imagens como esta em que o desalento é a cara dos seus adeptos.
Queremos ver um povo alegre e bem disposto pois só assim o futebol faz sentido e ver pessoas com este semblante arrepia todos aqueles que gostam de ver toda a gente feliz.

Nós queremos um Sporting vivo e não um leão símbolo do clube como aquele que temos visto.
Ontem quisemos dar nova vida ao Sporting. Deixámos que jogassem um pouco na 1.ª parte, que marcassem um golo, a fim de levantar a moral, que se vissem rostos felizes nas bancadas daqueles que vestiam de verde.
Só que, infelizmente, os sportinguistas são uns mal agradecidos.

Quando na marcação da grande penalidade, bem assinalada, caso raro, nos árbitros, em jogos do Benfica e a favor do nosso clube, o Óscar Cardozo atirou a bola para que o Rui Patrício defendesse, a fim de que, os Sportinguistas desentupissem a garganta e conseguissem dar um grito de alegria, eis que, se puseram a fazer traquinices para os benfiquistas, como se tudo aquilo não fosse uma simulação para dar alento ao leão cabisbaixo.

Foi tal o despropósito que enervaram o Óscar Cardozo que logo após os brindou com o golo do empate, coisa escusada, caso os sportinguistas se mantivessem felizes mas sossegados no seu cantinho.
Não é nossa intenção ver o símbolo do Sporting desta maneira, caminhando triste e abatido.
Não queremos e até desejamos que voltem à ribalta, se possível já contra o clube assumidamente corrupto.

É que ver o Sporting sem saber o caminho a seguir é para um benfiquista uma tristeza, até porque nos lembramos do que foram "solidários" connosco aquando da Operação coração.
Lembramos e não nos esquecemos. Tão "amigos" que eles foram, onde só
nos bateram palmas, não se recordam? Eu recordo-me e ... bem.

Por isso o Benfica andou toda a 2.ª parte à espera que o Sporting marcasse o 2.º golo para que as suas hostes "acordassem" do seu "sono profundo" e voltassem à vida.
Não o "quiseram"fazer, quiçá - louvo a acção - por deferência à Águia Altaneira.
Respeitando essa decisão, os jogadores do Benfica, faziam jogadas atrás de jogadas de belo e fino recorte técnico, mas sempre no sentido de ajudar o Sporting, dando alegria aos seus adeptos, como se viu no remate de cabeça à barra, feito pelo Óscar Cardozo, que não quis marcar, prolongando dessa forma a fé dos sportinguistas.
Só que, enquanto o Benfica tudo fazia numa clara entreajuda ao Sporting, que se jogassem os penaltys, onde ao que consta Oscar Cardozo já tinha prometido, em solidariedade, que voltava a falhar, então não é que um jogador do Sporting teve a ousadia de enfrentar o Roberto e chutar contra as sua mãos numa clara falta de respeito, para com o Benfica?

Claro que os jogadores do Glorioso não gostaram e de forma digamos que normal foram brindar o seu adversário com um toque de oportunismo e franca habilidade do Javi Garcia, que obrigou o
Rui Patrício a abrir os braços dizendo para os seus colegas: Javi (ram) isto?

No final até que fiquei com um certo sabor esquisito na boca. Já provei, uma vez, uma perninha de râ frita, que não gostei. Agora ter de provar lagartinhos de cebolada, sinceramente que prefiro, uma boa costeleta de vitela.


Confesso que não gosto de ver imagens como esta.
Nem compreendo a razão para que tal aconteça.
Agora com um treinador novo que começa por perder um jogo e não dando mérito maior ao seu adversário e entra na pouca vergonha de criticar uma arbitragem que em nada prejudicou o Sporting é mesmo de uma pobreza de espírito sem qualificação.
Ou será que esta imagem refere-se a uma passagem do glorioso e o jogador esta em prece?: Curvo-me perante os melhores. Será?

Fala-se nos bastidores que findo o jogo houve reunião de emergência onde ficou decidido mudar o símbolo no emblema do clube.
Como adversário - mas muito amigo - não gosto. Cada um sabe de si, não é verdade?

Até sempre sportinguistas

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...