quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Taça da Liga

Benfica 3 * 2 Olhanense
.
Local: Estádio da Luz - Lisboa
Árbitro: Artur Soares Dias (AFPorto)

Transmissão: Sporttv1

Equipas:

BENFICA: Moreira; Maxi Pereira, Roderick, Sidnei, David Luiz; Javi García; Felipe Menezes, Aimar, César Peixoto; Jara e Kardec.
SUPLENTES: Júlio César, Airton, Salvio, Weldon, Gaitán, Nuno Gomes e Luís Filipe

Marcaram: Javi Garcia 14 m; Franco Jara 22m; Salvio 71 m

OLHANENSE: Ricardo Batista; João Gonçalves, Mexer, Paulo Renato, Ismaily; Maynard, Nuno Piloto, Rui Duarte e Cadu; Toy e Djalmir.
SUPLENTES: Pedro Pereira, Jorge Gonçalves, Gerson, Lima, Fernando Alexandre e Yontcha

Marcaram: Djalmir 43 m; Rui Duarte 56 m

Um Benfica com uma 1.ª parte totalmente distinta da 2.ª. Mais pressionante, com velocidade, a não deixar jogar a Olhanense.
Na 2.ª parte muito diferente, para menos bem, em que o Benfica acabou por consentir o empate a dois golos, sendo Salvio a resolver com um grande golo, que fez o resultado final.
O 1.º golo da Olhanense parece-me ilegal, visto que, Djalmir controlou a bola com o braço direito antes de marcar o golo.
O penalty também me deixa dúvidas, mas o certo é que em situações semelhantes os árbitros acabam quase sempre por marcar.

Está feita a estória do jogo.

Viva o Benfica
.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...