segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Comportamentos Benfiquistas.

Os melhores Adeptos do mundo – os Benfiquistas, já justificámos muitos adjectivos e fomos “tratados” de formas (que eu gostaria fossem) muito injustas. Não concordam? Então vejamos …

Os merdia, esses avençados, junta-letras, jornaleiros e comentadeiras, estão seguríssimos de que somos masoquistas! Não há outra explicação possível para a forma como desrespeitam o Glorioso e tudo o que Nos está ligado: Clube, Dirigentes, Atletas e, até, os próprios Adeptos (que somos as suas “audiências”), nada escapa a uma sanha tão insaciável quanto vergonhosa e que, não fossemos masoquistas, seguramente já lhes haveria reduzido as receitas a menos de metade.
Os adeptos do ex-Sporting Clube de Portugal, esses ranhosos e submissos herdeiros da falência de alguns Viscondes, estão seguríssimos de que somos assassinos (todos Nós), desde que um “very-light” foi ceifar a vida de um adepto, em vez de ter rebentado nas mãos da besta inconsciente que o largou.
Os comparsas do crac, ou não fosse f.c.porto a negação do des_porto, esses acreditam que somos touros tresmalhados e tentam espicaçar-nos com bolas de golfe, a ver se conseguem fazer-nos investir nos locais, nos momentos e nas formas mais erradas. Quem lhes dera que Nos comportemos como eles, amantes da corrupção e das vitórias “a qualquer preço”.
O mamão chupista, que também é merdia, esse hipócrita que, estando em claríssimo conflito de interesses, já deveria ter colocado a sua posição accionista na Benfica SAD á venda, prova a imensa amizade que Nos tem, dizendo alguma coisa como isto: não querem continuar a deixar-me chupar nessa teta, então vejam como eu ofereço 24 milhões de euros aos que mais vos amam. 24 esta época, mais 24 na próxima e outros 24 na última em que ainda aqui estarei “pendurado”. Este badameco chama-nos “Caro Amigo” e eu acho que ele Nos deveria chamar por “Papá”, “Progenitor”, “cama, mesa, charutos, roupa lavada, caviar, Dom Perignon e foi gras e filet mignon”.

Já olhando para dentro de Nossa “casa” (ponho as aspas porque o fazemos em qualquer lado e sem o menor pudor), também não são poucos os adjectivos a que recorremos para nos agredirmos: ele é “vieirista”, este é “seguidista”, aquele é “bipolar”, aqueloutro “anti-benfiquista” e isto já para não falar do que chamamos a super Atletas como o “Di”, ou o Tacuara e, sobretudo, ao Presidente!
Sendo mais de 14 milhões, é claro que, algum de Nós, num qualquer momento, foi e será capaz de justificar um qualquer dos adjectivos conhecidos na nossa língua, mas não é essa a questão!
Há dias eu perguntava “Somos Benfiquistas … para o quê?”, tal como poderia perguntar para que serve, a Nós e ao Clube, sermos Benfiquistas? Ou … para que serve o Glorioso Sport Lisboa e Benfica?

E como continuo numa maré de fazer perguntas … porque raio de caneco de razão é que a Catedral não enche?

Não, “… não me olhem com olhos laços …”! Não me digam que a Equipa não está a exibir-se como deveria, que, quer individual quer colectivamente, esta Equipa está a anos luz da que foi treinada pelo Trap e tem menos , muito menos, apoio!
Será por causa do “mau planeamento da época”? Será do apelo dos Corpos Sociais? Do frio e da chuva? Da “crise” (como se não vivêssemos “em crise” desde que aprendemos a falar e a escrever)? Porquê, afinal?
Amanhã, a Equipa vai defrontar o Shalke: duas belíssimas equipas, vários atletas de eleição, um dos melhores árbitros do mundo e, seguramente, o Melhor Estádio de futebol do planeta, ou seja … grande espectáculo garantido num desafio em que a Equipa deveria estar “EM CASA

Quantos Benfiquistas vão ter o comportamento correcto?
Para todos eles e por antecipação, vai hoje o meu

Viva o Benfica!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...