segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Foi o vento, meu bem, foi o vento


Obrigado aos amigos do cantinho: Pinceladas Gloriosas


Mais uma vez as instâncias que gerem o futebol português em nada contribuíram para que a verdade desportiva fosse o elo mais forte.
Ontem em Moreira de Cônegos, onde jogaram para a Taça de Portugal, o Moreirense e o Portoregional, com a vitória deste por 0-1, diz quem lá esteve que estava um temporal impróprio para a prática do futebol. Não chovia mas o ventilação era tal que ninguém, e nada conseguia estar ereto, e/ou ver em frente com a nitidez que se desejava e seria de aplicar a tão majestoso por único, momento.
Não seria necessária a utilização de nenhum anemômetro, aparelho composto de várias pás, que giram em redor de um pólo vertical, para aprimorar que a ventania era de mais de 120Km hora, o que pelos seus efeitos naturais, tornava impossível qualquer SER humano conseguir caminhar de olhos abertos, visto que a areia e outras partículas que se levantavam pelas fortes lufadas eram como mísseis toldáveis da visão.
Daí a existência de um lance afecto ao ataque do Moreirense que dá golo e é invalidado pela equipa de arbitragem por suposto fora de jogo.
Como acredito que os árbitros nos jogos em que intervém o Porto sejam de uma integridade e honra impoluível, fico na dúvida de a quem a ventania terá prejudicado nesse momento.
Começo a pensar mesmo que terá sido ao homem da imagem que não se terá posicionado dentro das normas exigíveis para que conseguisse filmar a posição ilegal do jogador marcador do golo.
Imagino que a refega fizesse balançar a Câmara de filmar, como toldava a visão dos árbitros, ou até quem sabe, o lance nunca tenha acontecido, e seja uma montagem, qual cabala, contra um clube, o Portoregional, que ao longo destes anos, tanto tem sido prejudicado pelos homens do apito, como se pensarmos bem nisso, nos fará chegar as lágrimas aos olhos, não sei se por culpa do vento, ou se serão de riso, talvez pela nossa coragem, em não nos abrigarmos das suas infaustas ações

Agora até o vento está contra eles na confiabilidade, ou então, se calhar somos nós, os corajosos, que estamos a ser fustigados pelos ventos agrestes

Bolas para o temporal

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...