quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Pensar BENFICA

Estamos numa semana atípica no que concerne ao futebol.

Por um lado e depois de vencer, na Catedral, o Arouca para a Taça de Portugal por esclarecedores 5-1, as nossas energias passaram a concentrar-se em França onde o Benfica joga hoje com o Lyon para a Champions league.
Noutro prisma, penso que os nossos sentidos, mau grado a importância desse jogo para as aspirações que temos na prova, não está bem nesse concentrado, até porque Jorge Jesus já disse que não era decisivo e que o Benfica iria jogar, como sempre, para ganhar.
As nossas preocupações levam a afluir ao nosso pensamento todas as nuances que nos cercam e dizem respeito ao clube, mais especificamente, aos jogadores que integram os seus quadros.
Falemos de alguns, que serão certamente aqueles que neste momento mais convergem ao nosso pensamento.
Óscar Cardozo encontra-se lesionado e não entra nas contas para os próximos jogos, esperando-se que já esteja apto em 07NOV10, num jogo (Porto) que temos, e queremos ganhar.
Fábio Coentrão, pelos mesmos motivos, em dúvida para o jogo de Lyon, são dois factores importantes da nossa apreensão.
Mais Fábio Coentrão, visto que, quer queiramos quer não, o nosso ego sempre amigo da nossa estabilidade emocional, já nos reserva Alan Kardec, como um bom substituto do Óscar Cardozo, e por aí não me parece que tenhamos tanta inquietação. Veremos se acerta ou não, embora acreditemos nesse forte ensejo.
No treino de adaptação ao Estádio do Lyon, ocorrido ontem, em que Jorge Jesus deu uma enorme prenda a toda a imprensa, bem como, à população em geral, visto ter permitido que assistissem a todo o apronto, facto raro em todo o universo desportivo, Fábio Coentrão, treinou sem qualquer limitação, pelo que, tudo indica, irá jogar a titular, contra os franceses.
Deram à estampa esta semana duas noticias que poderíamos esperar, mais uma que outra.
Esperávamos decerto que, mais dia, menos dia, fosse anunciada a saída, como jogador, de Nuno Gomes, como já foi anunciado que Mantorras sairia no final da época. Ambos terminam contrato.
Dois jogadores muito queridos e estimados pela Nação benfiquista, mas sabemos que o tempo é inexorável e inegavelmente soberano na gerência sempre sábia dos contrastes que possam existir entre o útil e o menos útil.
Nuno Gomes pela idade (34 anos), Mantorras por já não se encontrar com possibilidades de jogar futebol, pelo menos no Benfica, onde é exigido que se jogue sempre ao mais alto nível, em virtude, de uma lesão contraida num dos joelhos, e ao que se sabe (ou se julga saber) menos bem tratada/curada, desconhecendo-se as razões do porquê, que porventura, nem a própria razão conhecerá, no âmago da desconexa ... verdade.
Os jornais desportivos e não só, já “contrataram” novos jogadores que chegarão ao Glorioso, em Janeiro, o que para nós benfiquistas já não é novidade. O contrário é que seria uma preocupação olhando ao nosso hábito.
O que me admira, isto entrando também um pouco na especulação, tipo "pimentinha" na conjuração, é falar-se que Franco Jara, pode sair em Janeiro, ou no final da época.
Na pré-época vi este jogador fazer exibições muito interessantes e nada fazia prever que tal acontecesse, mas que, “parando” para pensar, admite-se perfeitamente essa vertente, pois de certa forma, está no seguimento de um notado “apagamento”, praticamente se eclipsando, inclusive dos convocados do glorioso para cada jogo.

Depois de divagar um pouco resta-me esperar cheio de confiança por logo mais – 19H45 – para ver em acção aquela equipa fantástica que se chama por vontade do homem e pela graça de Deus, Sport Lisboa e Benfica
.
CORAGEM GLORIOSOS

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...