sexta-feira, 17 de setembro de 2010

A força da alma de uma poeta benfiquista

Olá … Boa tarde !

Após este Desgaste todo, deixo aqui um “poetar” ao meu Benfica, com fé que iremos ganhar, a um mero clube sombra e com trauma.

Benfica eterno, que me faz voar
E, nas duas Asas da Águia Cheia de charme
Encontro imaginação, para me libertar.

Nos meus “poemas” de pura imaginação
Imagino, a Catedral como Céu
A beleza de um paraíso secreto,
O Paraíso para festejar,

Eterna paixão de Adepta
Benfica, um diamante que dignifica,
Cada golo da nossa camisola, um grito.
Que me faz viver, rir cantar e chorar;

O Grandioso, clube Rei
Neste pobre País, Portugal,
Espero e desespero em emoção
Por ele sinto fogoso crepitar no coração!

Benfica, desperta sentimentos belos em flor
E nas minhas divagações puras, de amor
Vou escrevendo com deslize nesta página em branco
Palavras em quase poesia, que explicam a razão
Desta minha paixão, que mesmo perdendo
Não se abate e não despreza em desilusão;

O meu Amor pelo encarnado Manto
Manto da cor do sangue que não renega
Sendo essa a perfeição tão suave como a Vermelha seda
Dos laços atados ao clube do meu coração!

Deste modo, face à enormidade de SER
No Domingo temos que Vencer…
E dar mais um passo para conquistar…

Benfica Sempre
.
Escrito por: Luz Benfiquista

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...