quarta-feira, 31 de março de 2010

Luís Filipe Vieira: “Jesus tem sido uma peça fundamental”

O presidente do Sport Lisboa e Benfica, Luís Filipe Vieira, defendeu esta terça-feira que o treinador Jorge Jesus tem sido fundamental na boa campanha da equipa na presente temporada, lembrando que boa parte dos jogadores já estavam no Clube antes da chegada do técnico.
“Não há dúvida que o treinador tem sido uma peça fundamental.
Tinha uma vontade muito grande de trabalhar com Jesus e de certeza que vai trabalhar muitos anos no Benfica”, afirmou Luís Filipe Vieira, que deixou a renovação de contrato de Jorge Jesus para um período não muito longe.
O Benfica fez um investimento forte em termos desportivos para esta época, mas antes teve um período em que teve de fazer uma recuperação ao nível financeiro.
Foi isso que Luís Filipe Vieira fez questão de relembrar:
“O Benfica em nove anos investiu 300 milhões de euros, desses mais de metade foram investidos em infraestruturas.
Como deve calcular, um clube ganhador não se faz de um dia para o outro. Primeiro tem de se ter um projecto para se apresentar aos benfiquistas.
Acho que a estratégia que seguimos foi sempre pensada nos sócios e adeptos do Benfica e fomos crescendo e consolidando diariamente.
Hoje não há um benfiquista que não acredite que vamos ser mais do que uma vez campeões e têm razões para pensar assim.
”O Benfica tem actualmente um passivo bancário de 200 milhões euros, mas Luís Filipe Vieira salientou que os “encarnados” têm activos que permitiriam abater esse valor. “Podia fazer um facto inédito. Podia-me ir embora do Benfica e deixar tudo pago”, revelou.
O presidente salientou que não pensa em vender jogadores. “O projecto que temos é ter uma equipa ganhadora. O Benfica tem, neste momento, um modelo. Se o Benfica se mantiver na Liga dos Campeões e tiver uma parte dos direitos televisivos com um determinado montante, o Benfica não tem necessidade de vender um jogador, pelo contrário pode se reforçar todos os anos e ter uma equipa grande em Portugal e na Europa. É o nosso grande objectivo”, disse.
Direitos televisivos
A questão dos direitos televisivos foi outro dos assuntos abordados. Tudo mudará em termos de receitas quando vencerem os contratos em 2013.
“O que torna o Benfica viável é estar na Europa e os seus direitos televisivos terem outra componente financeira. O modelo está feito e testado. É altamente viável desde que tenha essas duas componentes. Estar na Liga dos campeões, nomeadamente chegar aos oitavos-de-final, e ter uma determinada verba dos seus direitos televisivos”, referiu o presidente, mostrando-se convicto no encaixe financeiro que vai existir a partir de 2013: “Nessa altura vamos aumentar substancialmente esses valores desses contratos.
A partir de amanhã vamos começar a pensar nos direitos televisivos do Benfica. Vou dedicar-me inteiramente a isso.
Sabemos quem é o nosso parceiro hoje e de certeza que o parceiro sabe que o Benfica não vai rasgar o contrato e que é com quem vou falar primeiro.
”Na entrevista à estação de televisão, Luís Filipe Vieira expressou o desejo de continuar ao serviço do Clube por mais tempo. “Abracei esta missão porque sabia que era capaz de colocar o Benfica no devido lugar.
Aquilo que me move e fascina é continuar a servir o Sport Lisboa e Benfica e penso que ainda vou estar por muitos anos a liderar, desde que os benfiquistas assim o queiram”, afirmou.
.
Site do Benfica

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...