quinta-feira, 25 de março de 2010

ILETRADOS

O cidadão comum que acompanha o desporto em geral e o futebol em particular, pergunta-se o que seria o dito futebol português em comparação com aquele que se pratica na Europa, mais concretamente na Inglaterra, França, Itália, Alemanha e Espanha, se a lisura de processos fosse equivalente.
Acontece que por incrível que pareça, em Portugal, estamos entregues aos “bichos”.
Magistrados que são os responsáveis pelo Conselho de Justiça e pelo Conselho Disciplinar da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, não se entendem, fazendo cada qual, uma leitura diferente de casos que deveriam ter leituras iguais. Lei é Lei.
O contraditório deve existir, mas nunca na minha modesta opinião de simples arrumador de veículos, com efeitos do desfear de intenção, efeito sancionatório, e valor da própria lei.
No caso do túnel da Luz em que o Benfica em nada contribuiu e onde os principais intervenientes, quais atores de filme violento, foram Hulk e Sapunaru, jogadores do Porto, clube assumidamente corrupto, surgiu agora a disparidade de entendimento entre um e outro órgão de decisão.
O CD tinha aplicado as sanções de suspenção de 4 meses a Hulk e 6 meses a Sapunaru em função dos graves incidentes por eles protagonizados.
Agora veio o CJ dizer que os Stewads não são agentes desportivos, como considerava (considera) o CD, mas sim PÚBLICO, e daí ter passado um atestado de incompetência a Ricardo Costa e a Herminio Loureiro, responsáveis no orgão CD, dando em bandeja de prata, 3 jogos a Hulk e 4 a Sapunaru.
Fica na inteligência do mais leigo que esta insignificância visa apenas e só não se chegar ao cumulo de lhes oferecer umas férias na mais bela ilha paradisíaca, como prémio, daquilo que fizeram, talvez um ato de coragem, no túnel do Estádio da Luz.
Ou seja, que grandes burros, pobres iletrados, que são Ricardo Costa e Hermínio Loureiro.
Os outros, os sabichões, homens de letras, inteligentes.
Sabemos agora que os Stewards não são agentes desportivos. São PÚBLICO.
Assim revistam as pessoas, retiram-lhe até uma sande e/ou uma peça de fruta, porque não podem entrar para o recinto do espectãculo com esses objectos.
Se os Stewarts são PÚBLICO com que poder o podem fazer?
Então eu vou admitir que uma pessoa do PÚBLICO, me reviste?
Ficamos também agora, a saber, a razão porque esses, junto ao relvado, estão de costas para o jogo e não de frente como o PÚBLICO, em geral, está. É que não pagaram bilhete - o que agora em diante terão que passar a fazer, a fim de outros PÚBLICO(S) não se sentirem lesados - e por isso não podem olhar para o jogo. RIDICULO.
Em Inglaterra Cantona, num ato irrefletido deu um pontapé num espectador. Sanção: Nove meses de suspensão.
Em Portugal, considerando os Stewards, mero PÚBLICO, em vez de meses de suspensão, dá-se um LOUVOR a um jogador que, por mero mau intimo, os pontapeia.
.
Sabemos que o Benfica e os benfiquistas nada têm a ver com isto. Sabemos que apenas falamos por sentimentos de repulsa por atos que nos revoltam como desportistas que somos.
A sanção que nos interessa é aquela que jornada a jornada os nossos jogadores vão por decisão própria, ditando Lei, ganhando os jogos com classe e lisura de procedimentos.
Essa a nossa LEI, onde não existem inteligentes, "letrados e iletrados", mas sim, gente humilde, de carácter a avença honra, feita doutouramento.
A Lei da VERDADE, da CLASSE, da vontade férrea de ganhar e levar o vermelho aos campos de papoilas no próximo mês de Maio.

Sábado, presentes e não presentes, estaremos com o BENFICA, pois o BENFICA é, desportivamente, a nossa LEI

A nossa força, aquela que nos faz gritar e dizer ao mundo.
.
É TÃO LINDO SER DO BENFICA

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...