terça-feira, 23 de março de 2010

DE FINAL EM FINAL

O Benfica habituou-nos desde o início da época a sermos (mais) felizes.

Acontece que o SISTEMA estudado e montado sobre uma estrutura corrupta não contava com um Benfica tão forte como aquele que temos actualmente.
Basta lembrar o discurso de “Pintinho Flatulento” quando de beicinho trémulo e lágrimas de arrepiar uma osga, prometeu convictamente o título de campeão da presente época à memória de José Maria Pedroto. A palavra "passe" estava lançada.
Discurso inflamado pela confiança que tinha na “passadeira” dos ímpios.
Só que, pouco a pouco, o SISTEMA, vai sendo destruído pela magnitude de um clube como é o Sport Lisboa e Benfica.
A final da Taça da Liga foi um exemplo do que o Sistema ainda estrebucha. O Portoregional, sabedor da sua incapacidade para ganhar ao Benfica e sapiente de que o campeonato é uma miragem, enviou ao Estádio do Algarve, duas setas envenenadas de mau cunho.
Refiro-me a Bruno Alves e Raúl Meireles.
Bruno Alves
, mau carácter como jogador, caceteiro por excelência, tudo fez para que jogadores do Benfica fossem expulsos.
Pontapeou Aimar, deu uma cotovelada em Óscar Cardozo, pois sabe que o jogador por vezes reage às agressões brutais de que é alvo, entre outros mimos espalhados e distribuídos por jogadores escolhidos a dedo. Óscar Cardozo, não (e bem) reagiu.
Por incrivel que pareça, não foi expulso, mas também não conseguiu fazer expulsar nenhum jogador do Benfica, como seria sua intenção. Do mal maior, o menor.
Raul Meireles, tosco no aspecto técnico, um artista na arte malévola de mau perdedor.
Deu-se ao “luxo” de maldosamente pisar as costas ao Carlos Martins, e calcar de forma cobarde e indigna, a canela do Kardec quando este se encontrava caido sobre o relvado.
Só não lesionou gravemente quaisquer destes jogadores por manifesta vontade do destino.
Não foi expulso, como devia e merecia ter sido. A "lógica" do SISTEMA em pleno funcionamento.
E toda esta "encomendada" violência, que tinha como "prémio" futuro, privar os jogadores do Benfica de jogarem contra o ... BRAGA, não foi vista pelos os olhos "azuis" do árbitro.
Ave rara este apitadeiro que, ao que dizem, já andou pelos super-dragueis, onde terá aprendido a arte do ... "envelope".
Duas bestas juntas a soldo do Doutrina, “pagos” sabe-se lá por quem, e/ou qual pomba negra, a "recado" de um Salvador qualquer de terras de arcebispos.
A vitória na Taça da Liga foi inequivocamente nossa. Mas a vida desportiva para o Benfica é muito mais que isso.
Cada jogo tem de ser encarado como uma final. Ganhar ao Benfica é ponto de honra para qualquer clube, o que só nos engrandece e estimula, desde que, essa vontade seja levada a efeito com “armas” desportivas e leais. No Algarve, isso não existiu.
Sábado mais uma final contra o Braga. Jogo difícil que tudo faremos, e temos classe para vencer.
Sei que os jogadores do Benfica irão dar tudo para que a vitória nos sorria e assim podermos ficar mais perto do nosso objectivo. Ser campeões.
Seremos um Universo de apoio ao nosso Benfica. Seremos mais fortes e faremos entoar em pleno Estádio da Luz, na presença da nossa águia, qual símbolo da nossa vontade, a nossa voz, a voz da nossa alma, o grito mais forte do nosso coração.
Será mais uma final.
Queremos e merecemos ser felizes

NÓS SÓ QUEREMOS UM BENFICA CAMPEÃO - NÓS SÓ QUEREMOS UM BENFICA CAMPEÃO - NÓS SÓ QUEREMOS UM BENFICA CAMPEÃO.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...