quarta-feira, 23 de setembro de 2009

As Pastilhas esgotaram




( Cliquem nas imagens para aumentar - ver/ler melhor )

Esta semana tem sido pródiga em azia para os lados de Contumil. Pelo menos ganham as farmácias que tinham Rennie/Kompensan em Stock e assim limpam as prateleiras. Existe até quem diga que tiveram que pedir à casa de Lisboa que enviasse para o Porto umas caixinhas de tal produto. Doença e/ou mal estar estomacal.
Hoje, mais exaustivamente, pelo que peço desculpa aos meus amigos, deixo aqui à vossa consideração aquilo que penso e está escrito sobre vários factores.

Em cima e considerando as leis do jogo - Lei 12 - faltas e incorrecções -, verifica-se a existência de duas CLARAS grandes penalidades. Uma foi, e bem, sancionada. A outra, não. A primeira refere-se ao jogo Braga-Porto, em que o Álvaro Pereira, atropela ostensivamente, agarra e pontapeia um jogador do Braga, quando a bola à muito já tinha passado. O árbitro, para cúmulo dos cúmulos, esfregava nesse momento os olhos talvez por o vento trazer das bancadas algum silvo de voz, quiçá grão de areia. Consta que o dito apitador estava bem colocado fisicamente, que não visualmente.
No jogo Leiria-Benfica o jogador do clube Leiriense, só por manifesto milagre, não arranca a cabeça ao Aimar. O árbitro também estava bem colocado e, como não esfregava - coisa rara neste árbitro quando apita jogos do Benfica - os olhos, não teve dúvidas em cumprir com as leis do jogo, que acima também se reproduzem.
Parece coincidência com outros tempos, não distantes, ou até digamos distracção de um árbitro, no caso especifico do lance em que intervém o Álvaro Pereira.
Desiluda-se quem pensa assim. Também não direi que é premeditado. Não irei tão longe.
Prefiro pensar que, alguma águia, nesse momento voava, no seu ar tranquilo e majestoso, sobre o Estádio do Braga - cidade onde existem muitos e bons benfiquistas - que terá distraído e desviado os olhos ao árbitro e assim esse, por manifesto azar dos bracarenses não tivesse visto o lance. Nem ele nem os árbitros auxiliares. Olhos que acompanham olhos têm 100 anos de abrolhos.

Perguntar-me-ão qual a razão disto acontecer. A resposta é simples. Confiram:

E isso dá-lhes uma dor de barriga que nem as pastilhas Rennie/Kompensan, consegue aliviar.

Não acham?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...