sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Benfica à BENFICA

Voltou ontem o Benfica, contra o Poltrava, a jogar à Benfica.
Perguntar-me-ão: Mas o que é isso jogar à Benfica?
Jogar à Benfica é fácil de explicar. É jogar de forma galvanizada, onde todos os jogadores se encontrem em movimento, com garra querer, suor e classe. Fazer com que, os sócios e adeptos/simpatizantes, se empolguem, saltem das cadeiras num aplauso, sorriso e abraço, gritando bem alto: BENFICAAAAAAAAAAAAAAAAAAA. BENFICAAAAAAAAAAAAAAAAA
É nesse simbolismo Amor/Paixão, que está o jogar à Benfica. É sairmos do Estádio com aquele sabor de injustiça se o resultado não for o melhor, mas conscientes de que a equipa tudo fez para ganhar
Contra o Poltava, entrou o Benfica, um pouco receoso, periodo que durou cerca de 30 minutos.
A partir daí, a equipa soltou-se, entrou no "Carrocel" e foi um regalo para quem gosta de futebol.
Garra, pressão alta, troca de posições, circulação de bola, futebol esclarecido e apoiado, remates e ... golos.
Bonitos golos, em jogadas envolventes, práticas, de um fulgor exemplar, mostrado pelos seus marcadores, onde o sorriso e a alegria de jogar foi bem patente.
Não gostaria de salientar qualquer jogador do Benfica.
No entanto, não consigo, olhando ao jogo de ontem, deixar de falar em Saviola, David Luis, Fábio Coentrão, Aimar e DI Maria, quais pianos que dão musica a uma orquestra já muito bem afinada, pelo maestro Jorge Jesus.
Shaffer, bem afinadinho pode vir a ser um caso sério no futebol do Benfica. Com umas aulas suplementares, a fim de (melhor) aprender como se defende, temos jogador. Os seus centros, são magistrais.
A continuar assim, DI Maria facilmente fará esquecer Reyes, não tenho qualquer duvida.
Ninguém admite que o Benfica não passa à fase de grupos.
Sabemos que os prémios monetários não se comparam à Champions-League, razão pelo qual, tudo iremos fazer para que na próxima época lá estejamos na forma directa. Oxalá nos deixem, pela verdade, razão e justiça
Se o Benfica passar à fase de grupos da Liga Europa, poderá ver entrar nos cofres, qualquer coisa como um milhão de euros. Acreditamos que estão garantidos.
A presença no Play-off, rende ao Benfica 90 mil euros
Na fase de grupos, começam aí sim, os prémios mais apetecíveis. Na eventualidade do Benfica ganhar os seis jogos - difícil mas não impossível - acumulará 840 mil euros, ou seja, 140 mil euros por vitória.
Se passar aos 16-avos-de-final, receberá mais 200 mil euros.
Passando, a eliminatória que se seguirá, renderá mais 300 mil euros e, se chegar aos quartos-de-final, mais 400 mil euros.
Se o Benfica chegar à final, poderá arrecadar cerca de 3 milhões de euros. ( E a conquista do "boneco", acrescento)
O empate, salvo erro, dá 40 mil euros. Não é muito, mas é melhor que nada.
A juntar a estes prémios, não podemos esquecer, as receitas do Estádio, provenientes da assistência que, acredito, encherão a Catedral em cada jogo, os direitos televisivos, entre outros prémios, que sempre advêm se o Benfica for ganhando os jogos que disputar.

Força Benfica. És o nosso ORGULHO.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Todos os comentários Anónimos - ou outros - menos respeitosos para com este blogue benfiquista e/ou para com outros comentadores, serão eliminados, sem prévio aviso. Obrigado.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...